30 de nov de 2010

ALGUMAS CONCLUSÕES PODEM SER ADIANTADAS:


1. Uma polícia motivada é uma grande ferramenta;
2. É hora de falar em salários da polícia e militares;
3. Policiais e militares ganham horas extras?
4. Governos deviam cuidar mais de suas forças, pois são elas que sobem morro.

ALGUÉM TEM DE EXPLICAR

Foto poder aéreo
ELIANE CANTANHÊDE

BRASÍLIA – A decisão de Lula de manter Nelson Jobim no seu terceiro mandato, ops!, no governo Dilma, como antecipado pela Folha de S. Paulo dias depois do segundo turno, faz todo o sentido. O convite foi feito por Lula antes mesmo da eleição, repetido mais adiante por Antonio Palocci e finalmente formalizado por Dilma e aceito pelo ministro, que tende a ficar pelo menos mais dois anos. Depois é depois.

Jobim assumiu a Defesa em meio ao maior caos aéreo da história brasileira, mudou a Infraero, negociou a troca da cúpula da Anac, devolveu a autoridade da FAB para tratar a sublevação de sargentos, avançou muito nas negociações no Conselho de Defesa da Unasul. E o trabalho não está terminado.

Falta anunciar o vencedor do programa FX-2 e aguentar o tranco, agora e depois. Só Jobim, advogado, disciplinado e teimoso, vai conseguir responder a quilos de questionamentos, em especial se for escolhido o Rafale, que ficou em terceiro lugar no relatório técnico da FAB, é o mais caro dos três (os outros são o Gripen sueco e o F-18 dos EUA) e ninguém compra -seu único cliente é o governo da… França.

Jobim está no exterior, volta no dia 3, bate o martelo numa reunião com Dilma e Paulo Bernardo (Planejamento) no dia 6. Depois é convocar o conselho de defesa para o dia 10 e reservar o dia 15 para Lula tirar fotos e assinar os atos correspondentes com o presidente Nicolas Sarkozy. O cenário deverá ser a nova ponte entre Brasil e Guiana.

O risco é Dilma não se contentar com o relatório do próprio Jobim, já assinado pelo brigadeiro Juniti Saito (comandante da FAB), e pedir para dar uma olhadinha nas 27 mil páginas da FAB. Ali, há um detalhe cruel: a hora/voo do Rafale custa US$ 21 mil, três vezes mais do que a do Gripen e cerca do dobro do F-18. A compra é de 36 aviões, com 80% deles voando o ano inteiro, numa média de 200 horas/ano.
Dilma é economista e gestora. Portanto, boa de conta.

FONTE: fontebrasil / Folha de São Paulo/PA

MINHA COLUNA 30/11/2010


 "É muito fácil criticar aos outros cuja responsabilidade não temos."

Vereadores preocupados com o PROGRAMA LUZ PARA TODOS
Devido às constantes quedas de energia e o aumento de investimento feito pelos colonos como, por exemplo, em freezer, os Vereadores começam a demonstrar preocupação. Muitos estão perdendo grandes estoques de carne.

A Culpa é do galho
Não é galo, é galho. Esse é o culpado segundo informações das empresas responsáveis. Conforme a falta de manutenção na rede as árvores voltam a crescer encostando seus galhos nos fios, gerando curto.

Nesse rítimo
Do jeito que a coisa vai, daqui a pouco em Tarauacá vai ter mais médicos do que paciente.

Falando em médico, médico lembra enfermeiro (a).
Em acidente recente em frente ao beco da garagem, a SAMU veio sem enfermeiro. Está aí mais um desafio para o Governador Tião Viana. Ainda bem que ele é da área da saúde. 

Jovens acreanos crescem desconhecendo a história
Coisas de Tarauacá
Presenciado por mim em uma loja comercial, um freguês chega para o dono da loja e pergunta:
- Como é a forma de pagamento?
Não deveria ser o contrário?

Tempo da borracha
Isso se deve ao fato de que desde o tempo da borracha os seringueiros compravam fiado no barracão e assim ficavam sempre nas mãos dos patrões. 

Quem é inteligente
Compra a vista que tem desconto. É muito melhor.

A novela continua
O Governo não consegue comprar 36 caças para a Força Aérea. Só um porta-aviões americano tem mais ou menos uns 90.

Jornalista especialista em defesa deu uma pista
Um jornalista especializado na área de defesa deu uma grande pista indicando que pode não ser o Rafale o contemplado, pois o Gripen "voa" fortemente por fora.
  
Turista em visita ao Rio: Essa um amigo me mandou
Devo alugar um carro blindado ou um caminhão pipa?

Falando em Carioca. Só um minuto que vou pesquisar na net se há algum protesto contra a série “As cariocas”.
É! Não achei não.

Receptação é crime
Os nobres comerciantes têm que ficar atentos. Comprar mercadoria sem nota pode ser produto de roubo.  
Filme Nacional
Há muito tempo que não aparece um filme bom como O Alto da Compadecida, filme onde se vê nitidamente a interpretação dos atores. 

Não dê bola
Diz-se hoje em dia que é preferível comprar uma bola para os filhos do que um livro. Mas acho que voltaremos ao “normal” que é a preferência pelos livros. A concorrência da meninada tá grande e chegar à tão sonhada Europa anda ficando cada vez mais distante. 

Continuidade
Uma das palavras chaves para programas governamentais. Cria-se até um bom projeto, mas o mesmo falha por pura falta de continuísmo.

TARAUACAÊS: LETRA "B"

Baladeira – estilingue
Balseiro – um monte de pau no rio
Banana baié - Banana d’água
Banana grande - Banana da terra
Baldear – enxaguar
Banido – Alimento estragado
Bico de rosca - lâmpada para lanterna com rosca
Bossa – olha a bossa
Bodejar – murmurar
Bodó – Duas definições: peixe cascudo de fundo de rio ou açude ou os conhecidos bolinhos de chuva.
Batelão - Canoa coberta e grande
Bater uma chapa - tirar raio-X
Bico - chupeta
Bilota – Pedra arredondada feita de barro para usar em estilingue
Bilotinho – diminutivo- qualquer coisa pequena.
Binga nenhuma – coisa nenhuma
Biriboti – Bibelô
Bucho – Barriga

IMAGEM DO DIA

29 de nov de 2010

REPASSANDO

De quem é esta criança?
Repassem para todo o seus endereços de e-mail
Quem sabe a família que está desesperada, receba esta boa notícia.


Olá!
Eu, Soraya Pereira, Presidente do Projeto Aconchego , Grupo de apoio à Adoção e ao Apadrinhamento de Brasília, após constatar a veracidade do fato com a diretoria do Abrigo 'Nosso Lar'. Venho pedir a vocês que divulguem essa notícia.
Meu obrigada, Soraya Kátia Rodrigues Pereira

Em novembro, foi encontrado na rua, uma criança de aproximadamente 2 anos muito bem cuidada e muito bem vestida,  e disse se chamar Tiago.
Levado ao juizado,foi encaminhado ao 'Nosso Lar', onde trabalho. Temos informações de que diligências foram feitas na região onde a criança foi encontrada, e nada. Todas as delegacias notificadas, e nada. Não foi possível nenhum tipo de informação dessa criança. Como o tempo está passando, ela logo será encaminhada para adoção, mas não acredito que ela não tenha ninguém nesse mundo, pois quando ele chegou chorava muito e apresentava bons costumes. Já tentei com um amigo na Globo veicular a sua imagem, na tentativa de localizarmos a sua família, mas não é possível pois a política da Globo não permite a divulgação de crianças desaparecidas, o que não é o caso, pois essa é*'aparecida'*.

ELE FOI ENCONTRADO EM BRASÍLIA, MAS PODE SER DE QUALQUER LUGAR DO PAÍS.


Em algum lugar,uma família chora por ela...

TRIBUTO AO PASSADO - RB, FONTE LUMINOSA





Rio Branco/AC.
Quase era uma vez uma fonte, mas um iluminado se atreveu a tentar salvá-la. Ainda bem.


TK BIKE COM NOVIDADES

A TK bike colocou no mercado bicicletas com cores diferentes das que estamos acostumados a ver. Com cores bem chamativas fica até fácil de identificar sua bicicleta à distância. Seu proprietário Ivan ainda diz que pode fazer bicicletas personalizadas, desde que seja encomendada antes.

PETROBRAS DESCOBRE NOVAS ÁREAS DE PETRÓLEO NA AMAZÔNIA

Fábio Pontes, do Jornal A Gazeta  

A Petrobras já produz petróleo e gás natural em três campos no município de Coari.

A descoberta da estatal faz parte do Plano que tem por objetivo descobrir potenciais áreas para exploração (Foto: Cedida)
A Petrobras anunciou esta semana que novas áreas de petróleo foram descobertas na Amazônia, precisamente no município amazonense de Tefé. A área está bem próxima à província petrolífera de Urucu. Segundo os Testes de Longa Duração (TLD) realizados pela estatal, os poços teriam capacidade de produzir até 2.500 barris de óleo por dia.

Para a Petrobras, a quantidade encontrada é "um excelente resultado", diante das características do solo analisado. A Petrobras perfurou um poço de 3.485 metros na Bacia do Solimões. A região já é conhecida e dominada pela petrolífera. A Petrobras já produz petróleo e gás natural em três campos no município de Coari.

A descoberta da estatal faz parte do Plano de Avaliação de Descoberta (PAD), que tem por objetivo descobrir potenciais áreas para exploração de petróleo. O estudo em Tefé começou em setembro. O PAD foi aprovado pela ANP (Agência Nacional de Petróleo) e tem outras áreas a ser exploradas.

Entre eles está o Vale do Juruá, no Acre. A inclusão do Estado na estratégia da empresa foi possível por meio de intervenção política do senador e governador eleito Tião Viana (PT). A região do extremo oeste do Estado é apontada como potencial para a extração de petróleo. Estudos da Petrobras, ainda na décadas de 1980, teriam comprovado a existência de petróleo por lá.

Por conta das dificuldades de acesso à área, o que tornaria a exploração de alto custo, a empresa preferiu por descartá-la. Passados quase 3 décadas, o Acre que retornar os estudos para que se viabilize a extração da riqueza.

28 de nov de 2010

O LADO LIXO DA INTERNET (Clóvis Rossi)

A ombudsman da Folha, Suzana Singer, no domingo, e o especialista bielorrusso radicado nos Estados Unidos, Evgeny Morozov, na segunda, disseram sobre a internet o que eu há muito tinha vontade de dizer, mas estava esperando vozes mais autorizadas.

Suzana, sob o sugestivo título "Comente com moderação", cita cartas publicadas nesta Folha.com que são lixo puro, para emendar: "A rede, com o seu manto protetor do anonimato, libera o lado mais perverso e raivoso, como se viu recentemente na onda antinordestina que surgiu depois da vitória de Dilma Rousseff".

Quase perfeito, cara Suzana. Quase porque esse lado "perverso e raivoso" vem sendo liberado faz muito mais tempo.

Menos mal que a ombudsman puxou também para o seu texto comentário de uma leitora não identificada que diz: "Os comentários na Folha.com me fazem sentir vergonha de pertencer à raça humana". Bem-vinda ao clube, cara leitora, embora tema que sejamos muito solitários nele.

Na segunda-feira, Morozov ia um pouco na mesma linha mas apontando problemas ainda mais graves.

Primeiro problema: "Alguns governos autoritários estão fazendo experimentos com propaganda ideológica e se tornarão muito ativos na internet. Nada na rede dificulta espalharem sua mensagem com mais ressonância do que nunca".

Segundo problema: "Operações sigilosas em que se pagam blogueiros ou se subsidiam sites para tentar mudar a opinião pública".

O especialista citou o Kremlin e o presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad, mas, na recente campanha eleitoral brasileira, ficou evidente que havia blogueiros pagos para destilar veneno.

Aliás, um dos problemas da internet é que você nunca sabe se este ou aquele blogueiro é apenas um legítimo interessado em participar do debate público ou é financiado por alguém com objetivos propagandísticos ou piores.

É desanimador verificar, nos comentários à colunas e blogues, a predominância de dois tipos de atitudes, ambas calhordas: uma é xingar, em vez de argumentar.

A outra é mais canalha: o remetente atribui um rótulo a quem faz um comentário como forma de desqualificar o interlocutor, em vez de responder a seus argumentos.

Funciona mais ou menos assim: João dos Anzóis Carapuça critica o Corinthians. Vem alguém e diz que João é palmeirense ou sãopaulino. Fica, por isso, dispensado de discutir os argumentos do João.

Vale na política, na economia, na religião, até no debate sobre meio-ambiente.

Um caso com algum parentesco com o exemplo acima é a polêmica sobre a premiação a Chico Buarque com o "Jabuti", tido como o principal prêmio literário do Brasil.

A premiação de "Leite Derramado", definida pelo público, foi contestada pela Editora Record, que deixou no ar o mesmo tipo de alegação já mencionado: Chico teria sido premiado por ter feito campanha por Dilma Rousseff, afinal tão popular que acabou eleita presidente da República. Não seria, portanto, pelo seu talento literário.

Todo o mundo tem o direito de gostar ou de odiar o livro. Eu ainda não li, mas li o anterior, "Budapeste", delicioso, daqueles que você pega e não consegue largar. Para o meu gosto, portanto, o talento de Chico está comprovado --e não só pelas suas músicas-- desde sempre. Talento reconhecido durante a ditadura, que o censurava, pela democracia antes de Lula chegar ao poder e depois também. Não há portanto motivos para colocar um fator político à frente da discussão de seu valor como escritor.

Claro que todo o mundo pode --e até deve-- discutir tudo o que Chico escreve, músicas ou livros. Mas que tal manter a discussão no âmbito da literatura ou da música, sem meter no meio outros fatores, como simpatias políticas? Vale para os comentários a textos de colunistas e blogueiros.

Clóvis Rossi é repórter especial e membro do Conselho Editorial da Folha, ganhador dos prêmios Maria Moors Cabot (EUA) e da Fundación por un Nuevo Periodismo Iberoamericano. Assina coluna às quintas e domingos na página 2 da Folha e, aos sábados, no caderno Mundo. É autor, entre outras obras, de "Enviado Especial: 25 Anos ao Redor do Mundo e "O Que é Jornalismo".

27 de nov de 2010

HUGO JÚNIOR EX PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL SE FILIA HOJE NO PT


Hugo Júnior ex PC do B, telefonou para informar que estará hoje à noite no Núcleo da UFAC se filiando ao PT. Infelizmente já havia marcado compromisso, mas fica aqui meu registro.
Hugo Júnior foi Vereador e Presidente da Câmara Municipal de 2005 a 2008.

FELICIDADES AO MAIS NOVO CASAL


Ontem à noite trocaram alianças o Maico e a Alexsandra. Desejo ao novo casal agora oficialmente falando, muitas felicidades na vida a dois.

Como todo casal muitas “tempestades” virão. Mas eles têm ao melhor comandante contra as batalhas da vida, O AMOR. Sua arma? Respeito com muita munição, o Diálogo. Muitos casamentos foram salvos porque um teve a coragem de dar o primeiro passo rumo à conversa.

26 de nov de 2010

TRIBUTO AO PASSADO - FUTEBOL TARAUACAENSE EM 1981

SELEÇÃO  TARAUACAENSE  DE 1981


Ó Lima, Orleans, Gilson Prado, Edmar, Robério, Lindomar Pires e Raimundinho Damasceno.


Cleudo Rocha,  Bené, Careca e Lindomar Araújo.

Agradecimentos ao Roberto Saraiva

MANDIOCA ENERGÉTICA, DO SILÊNCIO À PRÁTICA UM ANO DEPOIS

Projeto acreano contempla o mercado local de mistura do etanol de mandioca à gasolina, em torno de 25%. Produziria, assim, o seu próprio álcool hidratado para acionar geradores de energia elétrica em comunidades isoladas.

MONTEZUMA CRUZ
Editor de Amazônias

 
 



MANAUS (AM) e BRASÍLIA – O ato da assinatura do projeto de geração de energia elétrica a partir do etanol de mandioca, em Itacoatiara (AM), nesta quinta-feira (25) teve um simbolismo especial para Amazônia: apesar de o governo federal não ter ainda incluído essa cultura na matriz energética nacional, a Centrais Elétricas Brasileiras S/A (Eletrobras) deu a primeira arrancada rumo à produção desse etanol, em parceria com o Instituto de Desenvolvimento Sustentável (Inedes), Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e a Vale Soluções em Energia (VSE). A inclusão da mandioca atenderia à principal recomendação do 13º Congresso Brasileiro da Mandioca de 2009, em Botucatu (SP).

Em Vila de Lindóia, pequena comunidade no município de Itacoatiara, a 177 quilômetros de Manaus, esse grupo instalará dois geradores modificados, de 250 quilowatts (kW) cada, na usina concessionária de energia elétrica. O projeto custa R$ 3,8 milhões e tem prazo de 27 meses para execução. Os primeiros resultados da produção saem em dez meses, estima-se.

Essas máquinas serão abastecidas com etanol produzido na Fazenda Experimental da Ufam, localizada na rodovia Manaus-Caracaraí-Boa Vista (BR-174).  Utilizando a mais alta tecnologia mundial, o pólo energético alternativo será acionado on line, ou seja, com transmissão de dados via internet para a base em Manaus.

O uso do etanol de mandioca na produção de energia elétrica fora reivindicado há pouco mais de um ano pelo senador Tião Viana (PT-AC), durante reunião com os gerentes de Planejamento e Engenharia, Ademar Palocci, e de desenvolvimento Energético das Comunidades Isoladas, Ércio Muniz Lima, ambos da Eletrobras.

Naquela ocasião, Viana levava para análise da estatal dois fatores altamente positivos: 1) o pesquisador da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia (Cenargem), Luiz Joaquim Castelo Branco Carvalho havia concluído com êxito a transformação da massa da mandioca (inclusive da variedade açucarada, do Pará) em etanol, numa experiência feita no barracão da Embrapa Cerrados, em Planaltina (DF); 2) projeto idealizado pelo doutor em energia renovável, Diones Assis Salla, do Acre, demonstrava a possibilidade da construção de uma microdestilaria para o processamento de raízes de mandioca colhidas por famílias de pequenos agricultores no Vale do Juruá.

O senador levou para aquela audiência na Eletrobras o deputado Fernando Melo (PT-AC) e o engenheiro agrônomo Diones Salla. Com estudos em mãos, disseram ao coordenador corporativo de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) do Sistema Eletrobras, José Carlos Medeiros, que se tratava de um projeto simples, porém, capaz de revolucionar o fornecimento de energia para pequenas comunidades isoladas. “Uma tecnologia, que se obtiver sucesso poderá ser exportada”, assinalava Tião Viana.

Por que razão? O projeto acreano contempla o mercado local de mistura à gasolina, em torno de 25%, facilitando a produção do seu próprio combustível, o álcool hidratado a ser usado para acionar motores geradores de energia elétrica em comunidades isoladas. Custo inicial: R$ 1,4 milhão.
O presidente da Eletrobras Amazonas Energia, Pedro Carlos Hosken Vieira, assina o projeto de geração de energia elétrica por meio de etanol produzido da Mandioca /DIÁRIO DO AMAZONAS

  Etanol cresce 11% ao ano

O estudo de Diones Salla entusiasmou Ércio Lima, um apaixonado por energias alternativas. Na reunião, à qual também comparecia o então presidente da Eletrobras, Jorge Nassar Palmeira, Lima prometia estudar a possibilidade de introdução da agroenergia “de uma maneira justa” na matriz energética brasileira.

O Plano Nacional de Energia prevê investimentos de R$ 90 bilhões em grandes hidrelétricas, o que agregaria mais de 34 mil megawatts ao sistema até 2016. Hidrelétricas e energia nuclear são modelos que vêm encontrando cada vez mais resistência de ambientalistas. Para o etanol, estima-se um crescimento de 11% ao ano, bancado pela redução de impostos e outras medidas.

“A única restrição a esse modelo se deve à rejeição do cultivo de cana-de-açúcar em biomas da Amazônia e do Pantanal, por agredir o ambiente”, justificava Salla. A matriz energética brasileira de fontes renováveis, incluindo hidrelétrica, é de 45%, contra 16% da média nacional e 6% apenas nos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico.

O pesquisador da Embrapa Biotecnologia, Luiz Castelo Branco, e o agrônomo Diones Salla: mão na massa durante a transformação da mandioca em etanol, na experiência feita em 2009 /MONTEZUMA CRUZ

 Clique aqui para conhecer a análise energética de sistemas de produção de etanol de mandioca, cana-de-açúcar e milho, feita pelo doutor em agroenergia Diones Salla.
 FATOS E NÚMEROS ACREANOS

■ A cultura da mandioca tem robustez, presença abundante nos municípios, elevada tolerância à estiagem, pragas, fogo, e ao excesso de chuvas, bons rendimentos mesmo em solos de baixa fertilidade, baixa exigência em insumos modernos. É a melhor alternativa para reutilização das áreas degradadas.
■ No Acre cultiva-se e colhe-se mandioca em qualquer época do ano. Sua energia tem baixo impacto ambiental.
■ Jordão, 6,3 mil habitantes, na confluência dos rios Tarauacá e Jordão, é um dos municípios indicados pelo projeto acreano para sediar microdestilarias.

■ A 640 quilômetros de Rio Branco, Jordão paga caro pela gasolina: mais de R$ 5 o litro. Uma viagem de barco entre Jordão e Tarauacá demora cinco dias. A passagem de avião para Rio Branco custa R$ 400.

■ O cientista Diones Salla alerta que Santa Rosa do Purus e Marechal Thaumaturgo também se beneficiarão, porque estão próximos e também possuem lavouras de mandioca.

■ O senador Tião Viana considera essencial que a Amazônia tenha condições de produzir, cada vez mais, energias limpas. O projeto acreano viabiliza essa oportunidade, porque consolida o respeito aos biomas e ecossistemas.




AUDIÊNCIA PÚBLICA COM A VIOLÊNCIA NA BERLINDA

Ontem na Câmara Municipal aconteceu a Audiência Pública sobre a insegurança pública reinante, não só no município de Tarauacá, mas no país como um todo.

Fator determinante foi a violência que assola o município, de assassinatos, invasões de escolas para tentativa de assassinato; roubos; furtos; álcool; armas brancas em abundância (pessoas sendo presas duas vezes no dia com faca), isso demonstra toda falta de respeito que temos hoje com a justiça; drogas etc.

Estupefato com a falta de novidade desde a última Audiência Pública fui recorrer ao pai dos burros para, digamos, ter um avalista do que vou escrever.
Violência é um comportamento que causa dano à outra pessoa, ser vivo ou objeto. Invade a autonomia, integridade física ou psicológica e mesmo a vida de outro. É o uso excessivo de força, além do necessário ou esperado. O termo deriva do latim violentia (que por sua vez o amplo, é qualquer comportamento ou conjunto de deriva de vis, força, vigor); aplicação de força, vigor, contra qualquer coisa ou ente.
Assim, a violência diferencia-se de força, palavras que costuma estar próximas na língua e pensamento cotidiano. Enquanto que força designa, em sua acepção filosófica, a energia ou "firmeza" de algo, a violência caracteriza-se pela ação corrupta, impaciente e baseada na ira, que não convence ou busca convencer o outro, simplesmente o agride.
Existe violência explícita quando há ruptura de normas ou moral sociais estabelecidas a esse respeito: não é um conceito absoluto, variando entre sociedades. Por exemplo, rituais de iniciação podem ser encaradas como violentos pela sociedade ocidental, mas não pelas sociedades que o praticam.

Deduzo o seguinte:
Ouvi muito mais bobagens do que soluções de algumas pessoas presentes que usaram a tribuna. Os mais afoitos e porque não dizer ingênuos e falsos moralistas que tentaram politizar a audiência, perderam tempo.
Primeiro que existem vários tipos de violência, exemplo comum é a violência de uma autoridade (que ele vota inclusive), e neste país ganha Salário Mensal: R$ 16.512,09; e ainda vai aumentar
Mais
13º,+ 14º e 15º Salários;
Auxílio Moradia: R$ 3.000,00;
 Cota Telefônica: R$ 4.000,00;
Passagens: R$ 9.000,00;
Assinaturas Mensais de Revistas: R$ 1.000,00;
Assistência Médica: R$ 8.000,00;
Verba Indenizatória: R$ 15.000,00;
Verba de Gabinete: R$ 60.000,00.  Some!, do verbo somar.


Agora seus assessores: O fato é que além do vencimento e da verba indenizatória, cada um dos 513 deputados tem direito a verba de gabinete no valor de R$ 60 mil, destinada ao pagamento dos funcionários. Cada deputado pode empregar de cinco a 25 funcionários no gabinete. No número mínimo (5) cada um desses felizardos receberia em média R$ 12 mil/mês e no número máximo, o salário médio seria de R$ 2,4 mil, mas o fato é que cada deputado decide como vai gastar os R$ 60 mil a que tem direito, quantos funcionários vai ter e quanto vai pagar a cada um. Tudo isso com o nosso rico dinheirinho. Democracia cara a nossa!
Também tenho o meu, mas pelo menos tenho a conciência limpa que eu cobro ele.

Eu nunca o vi reclamar de nada a esse respeito. Isso sim é uma violência, chama-se contribuição para uma má distribuição de renda. Comprar voto também é crime eleitoral, quer maior violência que deixar um cidadão humilde a mercê dessa sobrepujança? Resumindo, eu também nunca o vi reclamar do Deputado em que ele votou, aliás, eu nunca vi esse cidadão nem próximo da biblioteca dessa cidade.
Esquece o cidadão que o exemplo tem que vir de cima.
Pior. Ainda insistem em que o caminho prioritário para sairmos dessa lama seja uma quadra de esporte. Infelizmente tenho que discordar, acho que é um fator relevante sim, mas não primordial. Fator primordial para minha pessoa é livro, é EDUCAÇÃO. Têm gente que ainda insiste em comprar uma bola para o seu filho, ao invés de um livro. Até no futebol a concorrência está grande, e sem falar na violência, as manchetes de jornais provam isso.
Educação não é fazer escola bonitinha.
Mas nem tudo foi ruim,
O Sr, Albanir Morais trouxe com sua fala todos de volta à realidade.
Tivemos também idéias boas como Audiência itinerante, tomara até que chegue à Câmara e no Senado Federal que é lá onde são feitas leis. Onde tudo começa, ou seja, a violência MOR. A Constituição é a Carta Magna desse país, uma Lei Municipal ou Estadual não pode ser maior do que ela. Lá temos Perpétua Almeida, Gladson Cameli, agora o Thaumaturgo, Márcio Bittar e outros mais para conversar e reivindicar como, por exemplo, não só reformas em delegacias e presídios, mas principalmente mudança nas leis, códigos e estatutos.
Esse blá, blá, blá, todo sobre causas, efeitos e consequências todo mundo está cansado de saber. Queremos é solução!
Boas falas também a do Kabim (mostrando inclusive documentos), vereador Roberto Freire (impunidade), Railton da Difusora (trabalho para menores), e poucas outras que peço desculpas, não me lembro no momento.
Até a próxima Audiência. 
Em tempo: Não ouvi muita coisa sobre pedofilía e violência contra a mulher.


25 de nov de 2010

FALANDO EM PADRE...

Reflitam...

Um grupo de artistas australianos chamado The Glue Society recentemente exibiu um projeto que certamente vai ser polêmico. O trabalho consiste em um conjunto de imagens digitais que procuram representar uma série de episódios bíblicos, como eles seriam vistos através de um satélite, como no Google Earth.

- O jardim do Éden

  A crucificação

  A Arca de Noé

A travessia do Mar Vermelho

INTERCEDA POR NÓS


Que ele interceda por nós, rogando ao Pai Celestial para ajudar a incutir na mente das autoridades que a insegurança é pior para quem não anda com segurança armada nem em condomínios fechados com cercas elétricas.

CHARGE DO DIA

"É espantoso como as crianças e até bebês são suscetíveis à influência do elogio." (Juan de Mariana)

24 de nov de 2010

UMA BOA IMAGEM PARA IRMOS REFLETINDO - MAIORIDADE PENAL EM OUTROS PAÍSES

IPEA

TAM FAZ VOO EXPERIMENTAL COM BIOQUEROSENE DE AVIAÇÃO

A.Stewart

Um Airbus A320 da TAM fez um voo de 45 minutos hoje à tarde utilizando um biocombustível de aviação produzido a partir do óleo de pinhão manso. O avião experimental saiu do Aeroporto do Galeão, na zona norte do Rio, e voou sobre o Atlântico, no espaço aéreo brasileiro, depois retornando ao aeroporto de origem.


Segundo o presidente da TAM Linhas Aéreas, Líbano Barroso, a realização deste voo experimental materializa a participação da TAM num amplo projeto de desenvolvimento da cadeia produtiva desse biocombustível de biomassa vegetal, com o objetivo de se criar uma plataforma brasileira de bioquerosene de aviação sustentável. O próximo passo desse projeto inovador é a implementação e operação de uma unidade de plantio de pinhão manso, em escala reduzida, no Centro Tecnológico da TAM em São Carlos (SP), segundo nota da TAM.

A biomassa vegetal, fonte do bioquerosene de aviação utilizado no voo experimental, é 100% nacional, oriunda de projetos de agricultura familiar e de fazendas de porte significativo do interior do Brasil, que se dedicam à cultura pioneira do pinhão manso. Para assegurar a disponibilidade do biocombustível necessário para o voo experimental, a TAM adquiriu, por intermédio da Curcas Brasil, sementes de produtores de pinhão manso do Norte, Sudeste e Centro-Oeste, providenciou a sua transformação em óleo semirrefinado e exportou-o para os EUA, onde a UOP LLC, empresa do grupo Honeywell, fez o processamento do óleo de pinhão manso em bioquerosene e sua mistura com o querosene convencional de aviação, na proporção de 50% cada.
 
Fonte: Estadão

VEREADORES PREPARAM AUDIÊNCIA PÚBLICA DE AMANHÃ DIA 25

Os Vereadores da Câmara Municipal de Tarauacá preparam hoje 24/11 a Audiência Pública sobre Segurança Pública que se realizará amanhã nesta Casa. A mesma contará com a participação de autoridades e sociedade civil organizada.





Os Vereadores acreditam que desse movimento sairão metas para o combate a criminalidade e consequente diminuição da violência no município.


Fonte: Câmara Municipal de Tarauacá

COSTUMES TARAUACAENSES 1 – A FARINHA


Farinha aqui é coisa séria. Como vocês podem ver nas fotos o povo por aqui adora uma farinha de mandioca (macaxeira). Esse costume veio com os nordestinos para e extração do látex e está aqui até os dias de hoje. 

Com jabá (carne seca), ou simplesmente com ovos a farinha sustentou seringueiros e suas famílias em suas colocações e estradas por muitos e muitos anos. O lado negativo é que ela é ácida, e o consumo por anos prolongados causa gastrite, algo muito comum na população.

Observem á direita a quantidade de farinha no mercado municipal










Outro dado negativo que não é fator primordial, mas contribui, é o fato da farinha ser grossa e conter caroços grandes. Com a cultura de antigamente de só se arrancar dentes, ela hoje é uma das causadoras de muitas pessoas usarem dentaduras. 
Caroços comparados com um palíto de fósforo para terem idéia do tamanho

23 de nov de 2010

COREIAS EM PÉ DE GUERRA - PRESIDENTE SUL-COREANO PROMETE "ENORME RETALIAÇÃO" E CONSIDERA ATAQUE UMA INVASÃO

Presidente sul-coreano promete "enorme retaliação" e considera ataque uma invasão
UOL Notícias*
Em São Paulo

Lula condena ataque da Coreia do Norte à Coreia do Sul


Coluna de fumaça é vista na ilha sul-coreana de Yeonpyeong após ataque


Ataque derruba bolsas asiáticas
Incidente pode virar guerra?


O presidente da Coreia do Sul Lee Myung-bak disse nesta terça-feira (23) que é necessária uma "enorme retaliação" contra a Coreia do Norte após os ataques contra a ilha de Yeonpyeong, segundo a CNN. O líder sul-coreano defende a medida como a única forma de cessar as provocação do Norte.

"A provocação desta vez pode ser considerada uma invasão do território sul-coreano", disse Myung-bak, após reunião com seus principais assessores militares em Seul, segundo a agência de notícias Yonhap.
Veja imagens após os ataques

O Ministério da Defesa da Coreia do Sul disse nesta terça-feira que o disparo de projéteis efetuado pela Coreia do Norte e que deixou no mínimo dois mortos foi uma violação clara do armistício entre os dois países, e que o governo norte-coreano havia planejado os ataques intencionalmente.

"Esse é um ataque intencional e planejado... e é claramente uma violação do armistício", disse Lee Hong-ki, autoridade do Ministério da Defesa, a jornalistas. Já o presidente sul-coreano Lee Myung-bak disse que o ataque da Coreia do Norte é imperdoável. "Ataques indiscriminados contra civis são imperdoáveis, também em um sentido humanitário", disse.

A Coreia do Norte acusou nesta terça-feira a Coreia do Sul de ter disparado primeiro, informou a agência oficial norte-coreana KCNA.

"O inimigo sul-coreano, apesar de nossas reiteradas advertências, realizou provocações militares com disparos de artilharia contra nosso território marítimo ao lado da ilha de Yeonpyeong, a partir das 13h00 (04h00 GMT)", indicou o comando do exército norte-coreano em um comunicado divulgado pela KCNA.
                                                                            Conheça a localização da ilha

"O Exército norte-coreano continuará sem hesitar seus ataques militares se o inimigo sul-coreano se atrever a invadir nosso território, nem que seja 0,001 milímetro", segundo o comunicado.

A artilharia da Coreia do Norte disparou nesta terça-feira (23) dezenas de projéteis contra uma ilha sul-coreana, em um dos mais pesados bombardeios contra o sul desde a Guerra da Coreia (1950-1953). Pelo menos dois soldados morreram  e 15 ficaram feridos, alguns em estado grave, segundo o ministério da Defesa sul-coreana. Forças sul-coreanas revidaram e enviaram um jato de combate para a área.

A ilha de Yeonpyeong fica ao sul da linha de fronteira decretada pela ONU após a Guerra da Coreia (1950-1953), mas fica ao norte da linha reivindicada por Pyongyang.

Uma reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU chegou a ser noticiada após informações repassadas por uma fonte diplomática francesa à agência de notícias AFP. A informação foi negada pelo embaixador Lyall Grant, representante britânico na ONU e presidente em exercício do Conselho de Segurança. "Não foi solicitada nenhuma reunião", limitou-se a responder à imprensa.


O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu nesta terça-feira moderação às duas Coreias depois de condenar o ataque.

A Casa Branca condenou fortemente o ataque e exigiu o fim das ações. "Os Estados Unidos condenam fortemente um ataque de artilharia desfechado pela Coreia do Norte contra uma ilha da Coreia do Sul e pedem à Coreia do Norte que interrompa suas ações beligerantes", disse a Casa Branca em um comunicado.

A União Europeia (UE) condenou "firmemente" o ataque da Coreia do Norte. "Estou profundamente preocupada com os acontecimentos de hoje na península coreana, que provocou vítimas entre militares e civis sul-coreanos", disse Catherine Ashton, chefe da diplomacia europeia. "Condeno com firmeza este ataque", acrescentou.

O ministro britânico das Relações Exteriores, William Hague, condenou "energicamente" o ataque norte-coreano. "O Reino Unido condena energicamente o ataque não provocado pela Coreia do Norte à ilha sul-coreana Yeonpyeong. Estes ataques não provocados só conduzem a mais tensões na península coreana", disse o ministro.

O ministro alemão das Relações Exteriores, Guido Westerwelle, disse estar "extremamente preocupado" com a escalada da tensão na península coreana. "Esta nova provocação militar ameaça a paz da região", disse. "Esta tensa situação exige uma atuação sensata de todos os implicado e celebro os esforços do presidente sul-coreano Lee para que a situação se acalme", acrescentou. "O governo da Alemanha assegura seu apoio e transmite suas condolências aos cidadãos da República da Coreia e seu governo nesta situação difícil".

Michèle Alliot-Marie, chefe da diplomacia francesa, pediu a Pyongyang que acabe com as "provocações". "Condeno com a maior firmeza os disparos de artilharia norte-coreanos dirigidos à ilha de Yeonpyeong", declarou a ministra em comunicado.

"A França apela à Coreia do Norte que termine com as provocações e se abstenha de qualquer novo ato suscetível de aumentar a tensão na região", acrescentou.

A Rússia vê "um perigo colossal" na escalada da violência na península coreana, disse o ministro do Exterior Sergei Lavrov. "É necessário encerrar imediatamente todos os ataques. Há um perigo colossal que deve ser evitado. A tensão na região está aumentando", disse Lavrov a jornalistas durante visita ao Belarus.

A China expressou preocupação com as informações sobre o ataque norte-coreano a uma ilha sul-coreana nesta terça-feira, no último incidente na escalada de tensões na península que faz fronteira com o território chinês.

Um porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da China, Hong Lei, disse em entrevista à imprensa que os dois lados da península deveriam "fazer mais para contribuir para a paz" e que é imperativo o retorno às conversações envolvendo seis países, com o objetivo de por fim ao programa nuclear da Coreia do Norte.

"Ouvimos as notícias e expressamos nossa preocupação. A situação ainda precisa ser confirmada", disse Hong, respondendo a uma pergunta sobre o ataque de artilharia desfechado pela Coreia do Norte.

A China é o único aliado expressivo da Coreia do Norte. A ajuda econômica e o apoio diplomático chinês são importantes para o isolado país comunista, cujo líder, Kim Jong-il, visitou a China duas vezes este ano para fortalecer as relações bilaterais.
 

ROBERTO FREIRE É O NOVO VEREADOR BLOGUEIRO DE TARAUACÁ

O Vereador Roberto Freire seguindo a ordem natural na Câmara Municipal de Tarauacá apresenta seu BLOG para a população de Tarauacá e pelo visto não foi só a quem o elegeu. Roberto Freire trata de um assunto polêmico e mostra com prova documental que foi absolvido de toda acusação de nepotismo a que foi submetido.

A onda de blogs na internet está demonstrando acima de tudo que ela veio para democratizar a comunicação no século XXI, servindo inclusive para que as pessoas exponham suas versões dos fatos.

SANDERSON MOURA ESCOLHE DIA INTERNACIONAL DO LIVRO PARA ANUNCIAR LANÇAMENTO DO SEU LIVRO


Em uma data muito propícia o renomado Advogado Dr. Sanderson Moura anunciou para o próximo dia 02 de dezembro o lançamento de seu livro Advocacia e Oratória ou do Homem de Bem que Sabe Falar sobre advocacia e oratória, oratória essa em que é especialista. 

Sanderson Moura é tarauacaense e advogado criminalista, é também Fundador da Associação dos Advogados Criminalistas do Acre -ACRIM, sendo inclusive o seu primeiro presidente.  
                                                                                                                 
Advocacia e Oratória ou do Homem de Bem que Sabe Falar, será lançado, conforme informações acima, dia 2 de dezembro, Dia do Advogado Criminalista, às 19h e 30min, no Memorial dos Autonomistas.

O mesmo solicita que confirmem a  presença no lançamento ligando para o número 3223 2324.

FOTO DO DIA

22 de nov de 2010

GAROTA DE 9 ANOS TEM MÃO IMPLANTADA NA PERNA PARA FAZER REIMPLANTE 3 MESES DEPOIS

 CHINA - Os cirurgiões conseguiram salvar a mão de uma jovem chinesa usando um procedimento comum para os médicos, porém, bem estranho para a maioria de nós.

Li Ming, de 9 anos, perdeu sua mão esquerda ao ser atropelada por um trator enquanto ia para a escola, em julho deste ano.

 
Como seu braço estava muito danificado para recolocar imediatamente a mão amputada, eles resolveram implantá-la na sua perna direita. A intervenção foi feita para evitar que o tecido da mão morresse.

Depois de três meses uma equipe médica em um hospital em Zhengzhou, provícia de Henan, transplantou a mão de volta.

Segundo o Daily Mail, o assessor de comunicação do hospital, Dr. Hou Jianxi, disse: “Quando ela entrou, a mão esquerda estava totalmente separada do corpo. Foi muito assustador. Mas Ming Li agora pode mover seu pulso novamente e sua mão esquerda está com uma cor rosa saudável, provando que o sangue está circulando bem”.

A garota ainda será submetida a mais duas intervenções cirúrgicas durante o próximo ano para melhorar as funções de sua mão e remover as cicatrizes.

Os médicos estão muito confiantes com relação à retomada dos movimentos após fisioterapia: “Nós não podemos dar uma percentagem exata, mas ela deve ser capaz de cuidar de si mesma e até mesmo dirigir um carro”, disse o Dr. Hou.

IG

DÚVIDO QUE VOCÊ CONSIGA LER ISSO SEM UM DICIONÁRIO NA MÃO

Amanhã é o dia internacional do livro, então me adiantando para ajudar a lembrar quem não sabia e poder, por exemplo, falar em sala de aula para seus alunos, a partir de hoje estarei colocando muito do costume e cultura tarauacaense, abrangendo palavras e expressões rotineiras ou não. Isso, além do tom de curiosidade servirá também para pessoas que porventura venham a morar aqui em Tarauacá, já irem se adaptando a certas coisas.
Começarei com um pequeno texto para mostra um pouco do vocabulário local, colocando  aos poucos, em ordem alfabética um dicionário, para irem guardando.
Abaixo a Letra “A”.
OBS: Palavras como o verbo "mogar" e expressões como "tá porre" em vez de porre só parqa citar alguns exemplos, serão explicados conforme o dicionário de tarauacaês for se desenrolando.
Meu muito obrigado, e aceito sugestões.

Antes de um Fluviana um compadre adulou o outro para que matassem um barrão.  Aperreou tanto até que o outro aceitou.
Antes de pegarem o bicho, esse se desvencilhou, arrebentou a cerca de grossos mourões e desceu o barranco até a BR. 
A calma que estavam, um fumando uma porronca e o outro comendo uma baié, de repente se transformou em inferno, quando viram uma moto indo na direção dele. Não deu outra acertou em cheio o incauto. 
Com pena do porco agonizando e do pixé que começava a se formar, um deles puxou a peixeira e abarcou no moribundo, até que esse deu seu derradeiro grito. Foi sangue xiringando há uma distância medonha.  
Um caboclo que vinha passando cortou uma gíria com ele mesmo, e depois virando para um dos compadres, pediu que dessem o resto para ele. Tentou arrastá-lo, mas o quarto nem mogou de tão pesado. 
Na mesma hora uma viatura da polícia ia passando, parou e chamou o SAMU, enquanto a ambulância não chegava constataram que o motociclista não estava com seus documentos em dias e escutaram uma zoada. Era uma "rilux" que vinha correndo demais e não deu tempo de parar pipinando o resto do porco que ainda se conseguia enxergar. Os compadres desejaram naquele momento estar tarrafeando em um casquinho ou em um batelão em vez de estarem ali no meio daquela confusão. 
O PM constatou que o motorista estava porre e não titubiou sacou o bafômetro junto com seu bloco de multa, só que descobriu que trocou a caneta pelo grafite, e assim não pode aplicar a multa.
A essa altura os compadres começaram a discutir. Um colocou o dedo na venta do outro, um insultando o outro, mas quando um chamou a mãe do outro de quenga, não demorou a um deles espoletar, e a peia comeu.  
Enquanto um guarda separava a briga, o outro rebolava o rebotalho do porco no mato para liberar a BR. 
A notícia espalhou rápido, chegando ao ouvido da esposa do mais velho. Essa foi avexada mesmo caxingando por uma enorme dor nos quarto, ao encontro do acontecido, chegando lá constatou que perdeu tempo, pois estava com uma sapiranga danada e não consegui enxergar nada. Desconfiada saiu de fininho com seu sorriso amarelo. 


TARAUACAÊS LETRA -"A"

Abarcarpeguei, bati ou mandei. EX(s): Abarquei um chute (mandei um chute), ou Abarquei o poste (bati no poste). 

AberturarPartir pra cima Ex: Aberturei fulano pela gola e...

Acolá – ali, lá.

Acruviana - friagem (frente fria que chega até o Acre) Estarrei colocando essa palavara  na letra "A".

Adular - Implorar - Ficar implorando a uma pessoa para fazer algo.

Arreto Frescura; exibição.

ArribarSubir

ArrudeioDar voltas antes de entrar no assunto, ou rodear 

Avia - Apressa 

Aperreado Agoniado ou apressado

LapiseiraApontador 

Aprumada – No eixo; reto

Ata - Fruta do conde 

Avexado – com pressa