31 de out de 2012

TRIBUTO AO PASSADO - TARAUACÁ - ANIVERSÁRIO DO HEBERT, FILHO DO TONGA

MENSALÃO: DIRCEU E GENOINO PAGAM POR LULA, DIZ PRIMEIRA MULHER DE EX-MINISTRO


Clara Becker afirma que petista, com quem viveu por quatro anos no Paraná, 'não é ladrão'

Débora Bergamasco, de O Estado de S.Paulo A família do ex-ministro José Dirceu (Casal Civil) já se prepara para o pior: sua condenação em regime fechado por envolvimento com o mensalão. Enquanto o Supremo Tribunal Federal não decide a pena, parentes já planejam como serão as visitas na cadeia. A refeição da penitenciária é uma das preocupações, pois ele é reconhecido como um sujeito bom de garfo. "Meu medo é que ele se mate na prisão", chora Clara Becker, 71 anos, sua primeira mulher e mãe de seu filho mais velho, o deputado federal Zeca Dirceu (PT-PR).

Ernesto Rodrigues/Estadão - 28.10.2012
Dirceu durante votação no segundo turno
Casados por apenas quatro anos na época da ditadura militar, ela é amiga próxima do ex-marido há mais de três décadas e tem certeza de que "Dirceu não é ladrão". "Se ele fez algum pecado, foi pagar para vagabundo que não aceita mudar o País sem ganhar um dinheiro (...) Se ele pagou, foi pelos projetos do Lula, que mudou o Brasil em 12 anos", afirma, referindo-se ao pagamento a parlamentares da base aliada que receberam dinheiro para votar a favor de propostas do governo do ex-presidente Lula, segundo a denúncia do Ministério Público.

Para ela, militantes do PT como Dirceu e José Genoino, ex-presidente do partido, estão sendo sacrificados. "Eles estão pagando pelo Lula. Ou você acha que o Lula não sabia das coisas, se é que houve alguma coisa errada? Eles assumiram os compromissos e estão se sacrificando", indigna-se.

"Sabe, é muito sofrimento. Uma vez peguei meu filho chorando de preocupação com o pai. E minha neta, Camila, também sente muito."

Desde que começou o julgamento da ação penal 470, Dirceu diminuiu sua exposição pública. Para se poupar de constrangimentos, ele evita circular com desenvoltura, ser visto em Brasília ou jantar fora - seu passeio predileto. Agora, o ex-todo-poderoso do governo Lula lista quem são seus amigos fiéis e os recebe em sua casa de São Paulo ou na de Vinhedo (SP). No fim de semana do dia 7 de outubro, eleição municipal, ouviu ao telefone uma ordem expressa: "Benhê, limpa a área que eu tô chegando". Era Clara avisando que lhe faria uma visita na casa do interior paulista e deixando claro que não queria dividir a atenção do ex-marido com mais ninguém - nem com a atual namorada dele, Evanise Santos. Clara saiu de Cruzeiro do Oeste, no interior do Paraná, levando em um isopor uma peça de carneiro temperada no vinho branco e alecrim. Instruiu a empregada a deixar a carne três horas no forno, enquanto aguardava o anfitrião chegar em casa.

Quando ele apontou no portão, ela ouviu também uma voz feminina. Chispou escada acima e se trancou no quarto, alegando enxaqueca. Só desceu quando seu filho bateu na porta e avisou que a "dor de cabeça" já havia ido embora. Depois do fim de semana de comilança e champanhe, Dirceu despediu-se dela, dizendo: "Preciso ir embora mais cedo para São Paulo, tenho que eleger o (Fernando) Haddad".

Parente. "Hoje gosto dele como se fosse meu parente, mas já sofri muito. Sabe aquele homem que é tudo o que pediu a Deus? Pois Deus me deu e me tirou", sorri. Clara, que conta nunca mais ter namorado depois de viver com o ex-ministro, foi casada, na verdade, com Carlos Henrique Gouveia de Mello, um jovem órfão paulistano de origem argentina, pessoa que nunca existiu, a não ser no disfarce adotado pelo então subversivo banido do Brasil e procurado pelo regime militar.

Clara sabia que o marido guardava um segredo. Imaginou que ele tivesse uma família em outra cidade, mas que teria fugido "da bruxa da mulher dele e se ele quer ficar comigo e não com ela, deixe ele aqui, né?", lembra. Só quando a anistia política foi decretada, em 1979, foi que José Dirceu contou à mulher quem realmente era, apontando uma foto dele e de outros exilados em recorte de jornal. "Pensei assim: 'Ai, era isso? Grande coisa', porque nem estava por dentro do que aquilo significava."

Sua preocupação foi ter registrado o filho com o nome de um pai fantasma. Mas compreendeu a importância da mentira. Também diz não ter-se magoado quando, assim que voltou a ser Dirceu, mudou-se para São Palo. "Ele até quis que eu fosse junto, mas não dava, eu estava com filho pequeno, ajudava minha família e ele nem salário tinha, só queria saber de fundar essa miséria desse PT", conta ela, que é petista roxa, com direito a uma piscina nos fundos de casa decorada com a estrela e a legenda do partido em minipastilhas.

Arrependida. Para ela, o único golpe foi ir a São Paulo e encontrar cabelos pretos de mulher no banheiro. Descobriu que era traída. "O Dirceu me disse: 'Se eu tenho outra é um problema, agora se a gente vai se separar é outra questão'. E eu: 'Não, senhor, acabou aqui, cara'. Peguei minhas coisas, o moleque pela mão e fui embora. Hoje, me arrependo, se eu não tivesse deixado o campo limpo, estaria com ele...", imagina.

Ela diz já ter preferido ser viúva a ver Dirceu "cada dia mais bonito" indo em sua casa visitar o filho todo mês. Depois se convenceu de que seria melhor para Zeca ter o pai por perto e sempre cedia sua cama para o ex-marido dormir com mais conforto, mesmo que ele não tenha contribuído com um centavo de pensão. Clara acha que nunca foi amada por ele. "Dirceu nunca amou nenhuma mulher nessa vida, viu? O que ele amou foi a política e pode ir preso por isso", diz. "Agora que o cartão de crédito acabou, quero ver quem vai lá visitá-lo", provoca.

Em um de seus últimos encontros com o ex-marido, Clara o fez chorar: "Eu disse a ele: 'A nossa ampulheta está acabando, você não se tocou, hein, garoto? Mas se um dia você precisar de mim, eu venho cuidar de você'. Ele ficou todo apaixonado e prometeu que ia me comprar um cordão de ouro igual ao que o ladrão me roubou. Mas não comprou, né, só falou..."

VEREADOR LUIZ MELEIRO PC do B/TK RECONHECE EXCELENTE TRABALHO DA POLÍCIA DE TARAUACÁ E ENVIA PARA O COMANDO UMA MOÇÃO DE LOUVOR


CLIQUE AQUI PARA VER E ACOMPANHAR O TRABALHO DA PM DE TARAUACÁ, PRINCIPALMENTE OS DA COE.

BRASIL TEM UM POLICIAL ASSASSINADO A CADA 32 HORAS


ESTADÃO - CLARA ROMAN/VALMAR HUPSEL FILHO - Um policial é assassinado a cada 32 horas no país, revela levantamento feito pela Folha nas secretarias estaduais de Segurança Pública.

De acordo com esses dados oficiais, ao menos 229 policiais civis e militares foram mortos neste ano no Brasil, sendo que a maioria deles, 183 (79%), estava de folga.

O número pode ser ainda maior, uma vez que Rio de Janeiro e Distrito Federal não discriminam as causas das mortes de policiais fora do horário de expediente. O Maranhão não enviou dados.

São Paulo acumula quase a metade das ocorrências, com 98 policiais mortos, sendo 88 PMs. E só 5 deles estavam trabalhando. O Estado concentra 31% do efetivo de policiais civis e militares do país, mas responde por 43% das mortes desses profissionais em 2012.

Pará e Bahia aparecem empatados em segundo, cada um com 16 policiais mortos.

Para Camila Dias, do Núcleo de Estudos da Violência da USP, o número é elevado. "Apenas para comparação, no ano de 2010 foram assassinados 56 policiais nos EUA."

Segundo ela, a função desempenhada pelos policiais está relacionada ao alto número de mortes, mas em São Paulo há uma ação orquestrada de grupos criminosos, que leva ao confronto direto com a Polícia Militar.

Os PMs foram as principais vítimas, no Brasil e em São Paulo: 201, ante 28 civis.
Editoria de arte/Folhapress
VULNERÁVEL

Para a pesquisadora da USP, a maioria dos policiais é morta durante a folga porque está mais vulnerável e a identificação dos atiradores é difícil.

Guaracy Mingardi, ex-subsecretário nacional de Segurança Pública, diz que os dados revelam uma "caça" a policiais.

Segundo ele, trata-se de um fenômeno recente, concentrado principalmente em São Paulo numa "guerra não declarada" entre PMs e chefes da facção criminosa PCC.

Cabe à polícia, diz Mingardi, identificar os mandantes e a motivação dos crimes para evitar uma matança após a morte de um policial.

Muitos dos policiais morrem em atividades paralelas à da corporação, no chamado bico. "A minha responsabilidade é com o policial em serviço", diz o o secretário de Defesa Social (responsável pela segurança pública) de Pernambuco, Wilsom Sales Damásio, onde morreram 14 policiais neste ano.

Em vários Estados, os policiais reclamam de falta de assistência. "Já houve o caso de um policial ameaçado que foi viver na própria associação até achar uma nova casa", afirma Flavio de Oliveira, presidente da Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar do Espírito Santo.

MUITO LEGAL ESSA CAMPANHA PUBLICITÁRIA DA COLGATE


Engenhosa campanha publicitária da Colgate. 
A Colgate criou uma campanha publicitária muito engenhosa para promover o seu fio dental, para isso observem tranquilamente estas imagens antes que lhes explique os detalhes principais.





Bem, agora que já tiveram tempo de observar detalhadamente as imagens vamos ao essencial:
. Na primeira imagem a mulher tem um dedo a mais.
. Na segunda há um braco fantasma 
. Na terceira o homem só tem uma orelha. 
Se não o notaram então a campanha publicitaria cumpriu o seu objetivo, pois demostrou que os restos de comida nos dentes chamam mais a atenção  que qualquer defeito físico.

30 de out de 2012

NOTA DE ESCLARECIMENTO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE TARAUACÁ


Em virtude das especulações disseminadas pela cidade a Prefeitura Municipal de Tarauacá, representada pela Prefeita Marilete Vitorino de Siqueira, vem esclarecer o seguinte:

Devido à queda brusca de repasse do FPM (Fundo de Participação do Município) e do FUNDEB (FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO), repasse esses que vem do Governo Federal e que são utilizados em sua maior parte para pagar a folha de pagamento dos servidores, a Prefeitura encontrou esse mês dificuldade para efetuar esse pagamento, mas está tomando as devidas providências e já esta enviando a folha de pagamento para o banco agora à tarde.

Então, qualquer especulação referente a uso de dinheiro público para campanha eleitoral é uma inverdade disseminada por agentes políticos contra a ótima administração prestada nesse um ano e sete meses de competência e transparência nunca vista antes na história desse município.

Em relação ao problema ocorrido de corte de energia, o mesmo se encaixa na queda brusca de FPM, já que essa dívida de energia é resultado de parcelamento de contas deixado por administrações anteriores, com atraso no pagamento das parcelas que deveriam ter sido pagas pelos administradores que sucedemos.
Só para citar um exemplo temos 45 parcelas de R$ 12.188,42, já embutida na conta, e 120 parcelas de 4.309,41 perfazendo um total de R$ 1.065.608,20.

Portanto há que se diferenciar uma coisa da outra, já que a energia gasta por essa administração está dentro dos parâmetros e preceitos de economia e do zelo com o recurso público. 


OUTRA VISÃO SOBRE A DÍVIDA DO BRASIL - NO GOVERNO LULA DÍVIDA AUMENTOU EM 1 TRILHÃO


Dívida Interna: perigo à vista
SONOTICIAS - Autor: Waldir Serafim - A dívida interna do Brasil, que montava R$ 892,4 bilhões quando Lula assumiu o governo em 2003, atingiu em 2009 o montante de R$ 1,40 trilhão de reais e, segundo limites definidos pelo próprio governo, poderá fechar 2010 em R$ 1,73 trilhão de reais, quase o dobro. Crescimento de 94% em oito anos de governo.

Para 2010, segundo Plano Nacional de Financiamento do Tesouro Nacional, a necessidade bruta de financiamento para a dívida interna será de R$ 359,7 bilhões (12% do PIB), sendo R$ 280,0 bilhões para amortização do principal vencível em 2010 e R$ 79,7 bilhões somente para pagamento dos juros (economistas independentes estimam que a conta de juros passará de R$ 160,0 bilhões em 2010). Ou seja, mais uma vez, o governo, além de não amortizar um centavo da dívida principal, também não vai pagar os juros. Vai ter que rolar o principal e juros. E a dívida vai aumentar.

A dívida interna tem três origens: as despesas do governo no atendimento de suas funções típicas, quais sejam, os gastos com saúde, educação, segurança, investimentos diversos em infraestrutura, etc.. Quando esses gastos são maiores que a arrecadação tributária, o que é recorrente no Brasil, cria-se um déficit operacional que, como acontece em qualquer empresa ou família, terá que ser coberto por empréstimos, os quais o governo toma junto aos bancos, já que está proibido, constitucionalmente, de emitir dinheiro para cobrir déficits fiscais, como era feito no passado. A segunda origem são os gastos com os juros da dívida. Sendo esses muito elevados no Brasil, paga-se um montante muito alto com juros e os que não são pagos é capitalizado, aumentando ainda mais o montante da dívida. A terceira causa decorre da política monetária e cambial do governo: para atrair capitais externos ou mesmo para vender os títulos da dívida pública, o governo paga altas taxas de juros, bem maior do que a paga no exterior, e com isso o giro da dívida também fica muito alto.

A gestão das finanças de um governo assemelha-se, em grande parte, a de uma família. Quando faz um empréstimo para comprar uma casa para sua moradia, desde que as prestações mensais caibam no seu orçamento familiar, é visto como uma atitude sensata. Além de usufruir do conforto e segurança de uma casa própria, o que é um sonho de toda família, depois de quitado o empréstimo restará o imóvel.  No entanto, se uma família perdulária usa dinheiro do cheque especial para fazer uma festa, por exemplo, está, como se diz na linguagem popular, almoçando o jantar. Passado o momento de euforia, além de boas lembranças, só vai ficar dívidas, e muito pesadelo, nada mais.

No caso, o Brasil está mais assemelhado ao da família perdulária: gastamos demais, irresponsavelmente, e entramos no cheque especial. Estamos pagando caro por isso.  Como o governo não está conseguindo pagar a dívida no seu vencimento, e nem mesmo os juros, ao recorrer aos bancos para refinanciar seus papagaios, está tendo de pagar um “spread” (diferença entre a taxa básica de juros, Celic, e os juros efetivamente pagos) cada vez mais alto (em 2008 no auge da crise, o governo chegou a pagar um “spread” de 3,5% além da Celic). E isso, além de aumentar os encargos da dívida, é um entrave para a queda dos juros, por parte do Banco Central.

O governo tornou-se refém dos bancos: precisa de dinheiro para rolar sua dívida e está sendo coagido a pagar juros cada vez mais altos (veja os lucros dos bancos registrados em seus balanços). Em 2009, em razão das altas taxas de juros pagas, o montante da dívida cresceu 7,16% em relação ao ano anterior, mesmo o PIB não registrando qualquer crescimento.
O problema da dívida interna não é somente o seu montante, que já está escapando do controle, mas sim qual o destino que estamos dando a esses recursos. Como no caso da família que pegou empréstimo para comprar uma casa própria, se o governo pega dinheiro emprestado para aplicar em uma obra importante: estrada, usina hidroelétrica, etc. é defensável. É perfeitamente justificável que se transfira para as gerações futuras parte do compromisso assumido para a construção de obras que trarão benefício também no futuro.

Mas não é isso que está acontecendo no Brasil. O governo está gastando muito e mal. Tal qual a família perdulária, estamos fazendo festas não obras. Estamos deixando para nossos filhos e netos apenas dívidas, sem nenhum benefício a usufruir. Deixo para o prezado leitor, se quiser, elencar as obras que serão deixadas por esse governo.  

Não tenho bola de cristal para adivinhar quem vai ser o próximo presidente da República: se vai ser ele ou ela, mas posso, com segurança, afirmar, que seja quem for o eleito vai ter que pisar no freio, logo no início do governo. Vai ter que arrumar a casa.

Waldir Serafim é economista em Mato Grosso
O conteúdo aqui publicado é de total responsabilidade de seu autor e não reflete necessariamente a posição de Só Notícias

TRIBUTO AO PASSADO - VISTA PANORÂMICA DO PORTO DE RIO BRANCO EM 1948

Vista panorâmica do Porto.
Data: 1948
Acervo: C.D.I.H.
Acervo Digital: Memorial dos Autonomsitas

1ª QUADRA DE ESPORTES COBERTA DA REDE MUNICIPAL TEM PREVISÃO PARA FICAR PRONTA EM MEADOS DO MÊS QUE VEM



ENCONTRA-SE EM FASE DE ACABAMENTO A OBRA DA PRIMEIRA QUADRA COBERTA DA REDE MUNICIPAL NA ESCOLA MUNICIPAL JOSÉ AUGUSTO.


A  PREVISÃO É QUE A OBRA FIQUE PRONTA ATÉ MEADOS DO MÊS DE NOVEMBRO PARA QUE OS JOVENS TENHAM MAIS UMA ALTERNATIVA PARA A PRÁTICA DE ESPORTES NO MUNICÍPIO.


ESSA É MAIS UMA OBRA DA PREFEITURA MUNICIPAL DE TARAUACÁ QUE VISA O BEM ESTAR FÍSICO E MENTAL DA POPULAÇÃO TARAUACAENSE, E O RESPEITO QUE A MESMA NUTRE PELOS SEUS JOVENS, QUE PRATICANDO ESPORTES CUIDAM DE SUA SAÚDE AFASTANDO-SE DAS DROGAS, POIS, PARA A ATUAL ADMINISTRAÇÃO SAÚDE NÃO É SÓ AUSÊNCIA DE DOENÇAS.

BLOG DA PREFEITURA MUNICIPAL DE TARAUACÁ

ENQUANTO ISSO NO PAIS DA COPA - 30/12/2102

Fotos: Selmo Melo
ACRE - CONTILNET -
Vigilante de escola pública é agredida com paulada na cabeça por dois menores 
Sebastiana sacou em seguida a arma e fez um disparo contra os dois, que correram, levando a sua bolsa com documentos.

Uma vigilante que presta serviço na escola Djalma Teles Galdino, no bairro Jorge Lavocat, foi agredida fisicamente por dois garotos, um deles aparentando apenas 9 anos. Sebastiana Barros Correia, de 36 anos, foi atingida com uma ripada na cabeça por e desmaiou. Quando tornou, percebeu que os dois tentavam tirar o seu revólver do coldre. Novamente, um dos menores tentou atingi-la com a ripa, acertando um de seus braços, mas ela se defendeu.



Sebastiana sacou em seguida a arma e fez um disparo contra os dois, que correram, levando a sua bolsa com documentos.

Segundo a vigilante, algumas semanas atrás, ela foi ameaçada por adolescentes que queriam usar a quadra de esporte da escola.

A determinação de direção era não deixar que eles entrassem. Esta condição pode ter relação com as agressões sofridas por ela.

MAIS:
AMERICANA É ATACADA A PAULADA EM PRAIA DO RIO

RIO DE JANEIRO - ESTADÃO - Uma americana foi internada na tarde de ontem, em estado grave, no Hospital Municipal Miguel Couto, no Rio de Janeiro, após ser agredida com um pedaço de madeira por um morador de rua. Renne Murdoch, de 44 anos, caminhava pela orla da Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio, quando foi atacada por Alexandre Luis de Oliveira Francesco, de 38.


Guardas municipais que estavam em um ponto de observação próximo ao Posto 8 relataram ter recebido uma denúncia de um pedestre alertando que um homem estava depredando um quiosque. Ao chegarem, a agressão já havia acontecido.

Os guardas conseguiram impedir que Alexandre fosse linchado. Ele foi levado para 16.ª Delegacia (Barra da Tijuca).

De acordo com informações da delegacia, Alexandre foi autuado pelo crime de tentativa de homicídio. Havia suspeita de que ele fosse usuário de crack, mas a informação não foi confirmada. Segundo os policiais, ele aparenta ter alguma deficiência mental.

Missionária. Renne mora no Brasil há 12 anos, onde realiza trabalho missionário com o marido, o pastor Philip Murdoch. Eles fundaram a igreja Luz às Nações (Ilan), que tem sede no Estado do Rio e possui unidades em Sergipe e Pernambuco.

O casal tem quatro filhos adolescentes. A assessora da Ilan, Hanna Martins, afirmou que Renne ficou desacordada em decorrência da agressão. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a americana sofreu traumatismo craniano, passou por duas cirurgias e permanecia internada ontem à noite no Centro de Terapia Intensiva do Miguel Couto em estado grave. Americana é atacada a paulada em praia do Rio

HUMOR - 30/10/2012

 É QUE EU TÔ COM MUITO CALOR SEU 'PULIÇA'

 TÁ BOM, TÁ BOM, A GERÊNCIA É SUA

 VIU! NÃO PRECISA DE DNA

 BOBAGEM, PODE ENTRAR, É SÓ UM FURACÃOZINHO

QQISSO!!!

29 de out de 2012

SANDY VISTO DO ESPAÇO

ANDRYO AMARAL PEDE DESCULPAS

BLOG DO ALTINONota enviada pelo editor da estatal Agência de Notícias do Acre, Andryo Amaral, por causa da repercussão decorrente da nota "A baixaria de Andryo Amaral".

Após ter usado a rede social Facebook para agredir o conterrâneo dele, Tião Bocalom, o assessor do governo do Acre se defende acusando o ex-candidato Fernando Melo (PMDB):

"Caro Altino Machado,

Venho, por meio de seu blog, pedir desculpas ao candidato derrotado Sebastião Bocalom, pela ofensa feita a ele em minha página no Facebook.

A infeliz postagem foi realizada num momento onde a razão estava comprometida com a emoção e quando isto acontece ficamos expostos a atitudes precipitadas como esta.

Durante toda a campanha eleitoral do segundo turno o apoiador do candidato Sebastião Bocalom, também candidato derrotado, Fernando Melo, se empenhou em tentar tirar minha paz e me afrontar.

Com a notícia da vitória do candidato ao qual eu apoiava me senti do direito de responder a altura, ou seja, descendo o nível do debate ao mesmo patamar, um equívoco.

Vejo que agi fora dos princípios ensinados por meus pais e me entristeço por isto. Infelizmente não posso mudar o que fiz, cabe a mim apenas desculpar-me e ele aceitar ou não.

Grato,

Andryo Amaral"

AINDA BEM QUE TEM GENTE CONTRA ESSE TIPO DE COISA NA FRENTE POPULAR DO ACRE - TALVEZ ELA AINDA TENHA SALVAÇÃO


A BAIXARIA DE ANDRYO AMARAL 
POR ALTINO MACHADO

O editor da estatal Agência de Notícias do Acre, Andryo Amaral, após confirmada a derrota do tucano Tião Bocalom como candidato à prefeitura de Rio Branco, usou a rede social Facebook para uma dura agressão:

- Preciso só falar mais uma coisa: Tião Bocalom! Vai pra puta que te pariuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu! 


Muita gente tentando fazer a sua parte pela paz na política do Acre e ele, que é pago com dinheiro do contribuinte, surge com uma grosseria desmedida.

Entre muitas reações de repúdio, destaco a do advogado Odilardo Marques, que defende o PT e os irmãos Jorge e Tião Viana:

- Reprovável a manifestação. Baixaria e desrespeito explícitos. Não comungo com esse tipo de comportamento de quem quer que seja. Registro aqui o meu mais veemente repúdio, e, em nome das pessoas civilizadas que votaram no Marcos Alexandre, que tenho certeza que é a maioria, venho de público pedir desculpas e ao mesmo tempo me solidarizar ao candidato Tião Bocalom em face dessa agressão injustificada. Parabéns candidato pelo debate político proposto, o qual propiciou e legitimou o pleno exercício da democracia.

É por essas e outras da equipe que trabalha no governo do Acre, gente que adora constranger os outros, que não sabe respeitar, ser humilde e muito menos dar valor à função pública que exerce, que a Frente Popular vem enterrando a sua história.

Amaral, junto com tantos outros da agência, estão na lista de jubilamento (veja) do curso de jornalismo da Universidade Federal do Acre.

JORNALISTA DA TV GAZETA DIZ QUE FOI DEMITIDO A PEDIDO DE SEBASTIÃO VIANA; SECRETÁRIO DE COMUNICAÇÃO DIZ QUE A ACUSAÇÃO É LEVIANA


Da redação ac24horas Rio Branco, Acre  O jornalista Assem Neto foi demitido na manhã desta segunda-feira, 29, da TV Gazeta, emissora do Grupo Recol, de propriedade do Empresário Roberto Moura. “Cheguei na TV pela manhã e não me deixaram sair para fazer as matérias rotineiras. Não tive pauta. A direção da TV me informou que o proprietário da TV iria conversar comigo pessoalmente e que eu aguardasse. Esperei um pouco. Depois, o departamento comercial, por telefone, me avisou que eu estava demitido”, disse ele em conversa com a reportagem.

Assem revelou que o pedido da demissão passou pelas mãos do governador Sebastião Viana e do Secretário de Comunicação, Leonildo Rosas. “A ordem veio deles, infelizmente, mas explicarei tudo melhor em uma carta que enviarei aos colegas da imprensa a tarde”, relatou.

Ao ser procurado pela reportagem o secretário de comunicação do governo do Acre, Leonildo Rosas disse que a informação era uma surpresa para ele: “quando foi isso?… Não estou sabendo não…

Leonildo desconhece qualquer represália por parte do governo ao repórter e disse que “se alguém o queria demitir e usou o meu nome ou o do governador Tião Viana para consumar o fato é tão leviano quanto ele [Assem]”, respondeu ao se defender das acusações do repórter de que estaria sendo vítima por ser contra o projeto político de Sebastião Viana.

“O governador tem um estado pra cuidar e jamais perderia tempo com um assunto como esse. Ainda estamos comemorando a vitória [do Marcus Alexandre para a prefeitura] e acho que ele [Assem] não está sendo verdadeiro”, garantiu.

Leonildo Rosas diz que discorda das posições de Assem Neto, mas que respeita o fato de o jornalista defender um lado contrario ao seu por considerar que cada cidadão tem direito ao livre pensamento.

O secretário voltou a afirmar que “jamais eu ou o governador entramos em qualquer redação para constranger qualquer profissional”. E finalizou: cada um age de acordo com as suas convicções, muito embora todos nós sejamos responsáveis pelos nossos atos”.

Ao tornar pública a sua demissão, Assem usou o seu twitter para dizer: “Obrigado, governador!”.

Nos bastidores da TV Gazeta, dizem que o que teria motivado o jornalista a ser dispensado foi o fato de que nas últimas semanas ele vir postando nas redes sociais vídeos e fotos de possíveis crimes eleitorais cometidos pela PT neste segundo turno. Mas a gota d’água foi pode ter sido a denuncia do jornalista, neste domingo de eleição, aonde ele flagrou o presidente do PT na capital, André Kamai, assessor especial de Sebastião Viana, fazendo boca de urna numa praça da cidade. A reportagem feita por ele não foi exibida, mas causou ao proprietário da emissora transtornos.

O jornalista, que nos últimos seis anos trabalhou como assessor de comunicação da deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB-AC), em Brasília, e que recentemente retornou ao Acre por causa da família,  já foi premiado nacionalmente pelo seu trabalho como repórter.

A direção da emissora não se manifestou sobre o assunto.

MENSALEIRO SEM MEDALHA


Militares da reserva enviaram um ofício ao comandante do Exército, general Enzo Peri, pedindo a cassação da Medalha do Pacificador concedida ao ex-presidente do PT José Genoíno, condenado por corrupção ativa e formação de quadrilha no julgamento do mensalão. Genoíno recebeu a condecoração em 2003. Oito anos depois, ganhou a Medalha da Vitória do então ministro da defesa, Nelson Jobim, de quem era assessor. 
O decreto que regulamenta a concessão da honraria dada prevê que perderá o premio quem tiver sido condenado por crime contra soberania nacional ou contra o Érario – caso dos condenados do mensalão. A decisão é exclusiva do general Enzo, que ainda não se manifestou.

 FONTE/FOTO: Veja, via Notimp/O Globo/ FORTE

OPA QUE COISA BOA, VAMOS ESPERAR AGORA QUE O DISCURSO SAIA DO PAPEL



Ministro da Defesa fala sobre o Livro Branco de Defesa Nacional


No Mar on line - Jornalista Paulo Henrique Amorim e o Ministro da Defesa, Embaixador Celso Amorim


Em entrevista veiculada, no dia 22 de outubro, na TV Record, o Ministro da Defesa, Embaixador Celso Amorim, apresentou pontos centrais do Livro Branco de Defesa Nacional, destacando o plano de modernização das Forças Armadas e a Estratégia Nacional de Defesa do País.
Dentre os assuntos comentados, em relação ao Poder Naval, destacam-se a visita a portos africanos do Navio-Patrulha Oceânico (NPaOc) “Amazonas”, recentemente incorporado à Armada, e a construção do Submarino com Propulsão Nuclear Brasileiro.

Livro Branco de Defesa Nacional
O Livro Branco permite, de forma transparente, o acesso ao amplo contexto da Estratégia de Defesa Nacional, em perspectiva de médio e longo prazos, que viabilize o acompanhamento do orçamento e do planejamento plurianual relativos ao setor. Segundo o Ministro, “Defesa não é um assunto só das Forças Armadas ou sequer só do Governo, é um assunto da sociedade.”

NPaOc “Amazonas”
O NPaOc “Amazonas” foi recentemente adquirido do Reino Unido e chegou ao País, em 19 de setembro de 2012. Em sua primeira comissão arvorando a Bandeira Nacional, visitou os portos da costa oeste africana, com propósito de estreitar os laços diplomáticos. “... acabei de receber há pouco tempo aqui um Navio-Patrulha Oceânico que o Brasil adquiriu com o objetivo de poder construir os próximos no Brasil, isso também é muito importante (...) Nós fomos à África. Fomos visitar Cabo Verde, Benin, Nigéria, São Tomé e Príncipe. Então, há uma diplomacia militar que também está se desenvolvendo e há muita consciência dos militares da importância disso. (...) Por exemplo, o Brasil ajudou a construir a Marinha da Namíbia. Países como Cabo Verde querem a nossa cooperação.”

Submarino com Propulsão Nuclear Brasileiro
Quanto ao Submarino com Propulsão Nuclear Brasileiro, o Ministro da Defesa, Embaixador Celso Amorim ressaltou aspectos importante sobre sua construção e emprego: “Nós temos necessidade de proteger a nossa costa, principalmente, não a costa stricto sensu, mas toda zona das 200 milhas, mais a Plataforma Continental. E qual é a vantagem do submarino nuclear?  (...) um submarino nuclear não quer dizer um submarino com armas nucleares, é à propulsão nuclear. Qual é a grande vantagem do submarino à propulsão nuclear em relação ao submarino convencional? É o tempo que ele fica debaixo d’água. É o tempo que ele é capaz de observar sem ser observado e, portanto, capacidade de defender sem ser atacado. Então, o submarino nuclear, fundamentalmente, tem este objetivo.”

A entrevista foi concedida ao jornalista Paulo Henrique Amorim, idealizador e apresentador do Programa “Entrevista Record - Atualidades”. A íntegra da conversa pode ser assistida pela Internet, no Portal R7. Encontra-se disponível, também, na página da Marinha na Internet na seção Sala de Imprensa “Marinha na Mídia/Televisão”.


NOTA: SIM MINISTRO,  VOLTANDO RAPIDINHO AO QUE O SENHOR FALOU: 
" É o tempo que ele fica debaixo d’água. É o tempo que ele é capaz de observar sem ser observado e, portanto, capacidade de defender sem ser atacado. Então, o submarino nuclear, fundamentalmente, tem este objetivo.”
DEFENDER COM O QUE MESMO?

SERIA ENGRAÇADO SE NÃO FOSSE TRISTE


Muitos teriam começado a escrever esse texto dizendo: “Eu acho engraçado”, mas eu não vejo graça quando as pessoas não conseguem enxergar ao seu redor o perigo iminente.

É como se você tivesse na mata pressentindo a onça, você não consegue enxergá-la pela sua competente camuflagem, mas ela está lá olhando pra você. Mal comparando eis aí um perigo que ronda nossa sociedade, a excessiva crítica em cima de uma PM que literalmente se mata pra que você consiga pelo menos andar na rua de dia, já que a noite, eu não aconselho não.

Bastou o coitado (AQUI) “explodir” erroneamente, PERDEU A PACIÊNCIA COM TANTA IMPUNIDADE OBVIAMENTE, (mas gostaria de ouvir também sua versão), claro, pra todo mundo cair de pau em cima. Tiraram até foto olha que bonitinho.

Eu gostaria de fazer apenas uma pergunta pra essa pessoa que tirou essa foto:

Por que Vossa Senhoria não tirou uma foto de um traficante vendendo crack na porta da escola ou até mesmo um(a) coleguinha seu, e entregou para esse mesmo policial? 

Eu sei por quê. Porque criticar negativamente uma instituição que está na berlinda ou evidencia todo dia pelo seu ofício é fácil, difícil é você não chamar a polícia quando sua mãe é arrastada pelos cabelos dentro de um comércio, e quando sua irmã de 11 anos e uma vida inteira pela frente, vê tal cena e sai de dentro do carro assustada, e ainda toma um tiro no peito, como aconteceu semana passada em Uberlândia. CLIQUE AQUI PARA VER O VÍDEO.

Mas na hora a primeira coisa que vem a cabeça é chamar a polícia. Quando cometem um erro todo mundo cai de pau em cima. Mandar uma mensagem para uma família de um PM que perdeu o pai enfrentando o crime organizado, (aliás, a única coisa organizada no Rio de Janeiro mesmo, é o crime), ninguém manda.

Agora: Isso aqui ninguém mostra!


Difícil meu amigo e minha amiga, é você enfrentar tudo isso.
Mas como já dizia Siqueira Campos,

 “A PÁTRIA TUDO SE DEVE DAR, SEM NADA EXIGIR EM TROCA, NEM MESMO COMPREENSÃO”.


Que Deus nos ajude!

O SALTO EM QUEDA LIVRE MAIS CURTO DO MUNDO - TEM DOIDO PRA TUDO

MARCUS ALEXANDRE , DO PT, É O NOVO PREFEITO DE RIO BRANCO


Ray Melo, da redação de ac24horas - Em uma disputa acirrada, Marcus Alexandre (PT), da coligação Frente Popular de Rio Branco, venceu o segundo turno das eleições e é o novo prefeito de Rio Branco, com 90.557 votos, 50,77% dos votos válidos.

O petista derrotou o tucano Tião Bocalom (PSDB), que teve 87.818 votos, (49,23%) vencendo na maioria das seções eleitorais. A incerteza de quem seria o prefeito da capital acriana permaneceu durante toda apuração, com a expectativa na abertura de cada urna.

Tião Bocalom iniciou a apuração na frente, chegando a colocar 200 votos de diferença para o petista Marcus Alexandre, que reagiu com os votos dos bairros, onde o Governo do Acre fez fortes investimentos de infraestrutura.

Sai como vencedor e principal articulador do pleito, o governador Sebastião Viana (PT), que chegou a ser criticado pela imposição do nome do diretor-presidente do Deracre, para representar a FPA na disputa eleitoral deste ano.

Os partidos de oposição, que entraram como francos favoritos na campanha eleitoral penaram pela desorganização e desunião no primeiro turno da campanha e não souberam administrar o favoritismo, amargando mais uma derrota.

Com o apoio e o pedido de votos da presidenta Dilma Rousseff (PT), do governador Sebastião Viana (PT), dos senadores Jorge Viana e Aníbal Diniz (PT), o estreante e ungido da cúpula petista Marcus Alexandre mantém o poder na capital do Estado, nas mãos do PT.

Esta é a terceira derrota consecutiva de Tião Bocalom, em disputas majoritárias. A militância petista superou o tucano bico duro, que manteve seu nome como candidato dos últimos pleitos, com o apoio da executiva nacional do PSDB.

A Frente Popular assimilou a mensagem deixada pelo eleitor na eleição estadual de 2010, voltando às ruas com a força total de seus militantes e líderes partidários, que gastaram sola de sapato, no convencimento das comunidades que o projeto do PT seria o melhor.

Com os egos inflados, os líderes de oposição, que chegaram a contar vitória em 18 dos 22 municípios, entraram na campanha eleitoral, divididos e pecaram pela falta de organização e entendimento, amargando a derrota por uma diferença mínima.

Prevaleceu à força da máquina pública e a liderança de Sebastião Viana, que sobrepujou os partidos de oposição, que não souberam administrar a vontade de mudança da população da capital, que deu vitória as oposicionistas na eleição anterior.

Ao lado do seu vice, Márcio Batista (PcdoB), Marcus Alexandre tem a missão de administrar a maior cidade do estado. A vitória apertada da FPA mostra que ajustes são necessários no projeto da coligação na administração pública nas cidades do Acre.
NOTA: POR ENQUANTO PRA MIM NENHUMA NOVIDADE. A OPOSIÇÃO NO ACRE CONTINUA NÃO SE UNINDO E O PC do  B À SOMBRA DO PT. VÃO TER QUE AGUENTAR A TAL DA NÃO ALTERNÂNCIA DO PODER POR PELO MENOS MAIS UNS OITO ANOS. AGORA: COM O GOVERNO DO ESTADO NA MÃO E A  PREFEITURA, OU SEJA, DUAS "MÁQUINAS DE RESPEITO" E TER UMA DIFERENÇA ÍNFIMA, PRENUNCIA-SE MUDANÇAS NO FUTURO NA POLÍTICA ACREANA. SE CONSEGUIRAM ELEGER MARCUS ALEXANDRE, PRATICAMENTE UM DESCONHECIDO, VÃO DAR AS CARTAS NA FPA COM MENOS FLEXIBILIDADE.
AGUARDEMOS.

28 de out de 2012

ENQUANTO ISSO NO PAÍS DA COPA - QUARTA NOITE SEGUIDA DE VIOLÊNCIA EM SP TERMINA COM QUATRO MORTOS E 12 FERIDOS


Zona leste da capital paulista registrou a maioria dos casos; pelo menos 27 pessoas foram assassinadas na Grande SP desde a última quarta-feira

Jéssica Freitas - O Estado de S.Paulo -  Pelo menos 27 pessoas foram assassinadas na Grande SP desde a última quarta-feira
São Paulo, 28 - A quarta noite seguida de violência na Grande São Paulo terminou com ao menos quatro pessoas assassinadas e 12 feridas. A zona leste da capital paulista registrou a maioria dos casos. O total de mortos entre a noite de quarta-feira, 24, e a madrugada deste domingo é de pelo menos 27.

Por volta das 23h desse sábado, 27, três homens foram baleados no Jardim João XXIII, na zona oeste de São Paulo. Segundo a Polícia Militar, as vítimas estavam na Praça Irmão Joaquim do Livramento, quando desconhecidos passaram em uma moto e atiraram. Uma das vítimas morreu enquanto recebia atendimento no pronto-socorro do Jardim Sara. Dois feridos estão internados no pronto-socorro do Hospital Bandeirante. 

Zona leste - No Parque Boa Esperança, região de São Mateus, na zona Leste da capital paulista, um homem foi morto a tiros e um casal ficou ferido. Os disparos foram efetuados por dois homens em uma moto na Rua Curumatim, próximo ao CEU São Mateus. O casal foi levado ao pronto-socorro de São Mateus. 

Também em São Mateus, uma pessoa morreu após uma tentativa de assalto. Segundo a polícia, dois irmãos que saíram de uma casa noturna na Avenida Aricanduva tentaram assaltar o motorista de um carro estacionado próximo ao local. A vítima estava armada, reagiu e atirou. Um dos suspeitos foi atingido e morreu. O outro assaltante fugiu. O atirador não foi encontrado pela polícia.

Na Vila Formosa, também na zona leste, dois homens em uma moto atiraram em quatro pessoas que estavam na Rua Bernardo de Lima, na madrugada deste domingo. As vítimas foram encaminhadas para prontos-socorros do Jardim Iva e da Vila Nhocuné. O estado de saúde dos feridos não foi divulgado.

Ainda na zona leste, em São Miguel Paulista, o Corpo de bombeiros encontrou o corpo de um desconhecido na Rua Erva Prata. Não há informações sobre a causa da morte.

Zona Norte - No bairro do Pari, na zona norte de São Paulo, dois homens e uma mulher foram baleados por dois homens que também estavam em uma moto. As vítimas receberam atendimento no pronto-socorro Santana e não correm risco de vida.

Centro - No Brás, na Rua 21 de Abril, outros dois desconhecidos, também em uma moto, dispararam contra um homem. Ele foi encaminhado para o pronto-socorro João XXIII e seu estado de saúde é considerado grave, segundo a Polícia MilitaR.
----------------------------------------------------------------------------------------------

27 de out de 2012

CAI O ÚLTIMO ARGUMENTO DOS MACONHEIROS: DROGA É MAIS PREJUDICIAL DO QUE ÁLCOOL E TABACO, SIM!

REINALDO AZEVEDO - Um dos lobbies mais organizados, mais influentes e mais aguerridos do Brasil é o dos maconheiros. Não há, já demonstrei aqui — acho que em centenas de textos —, uma só centelha lógica em seus argumentos. Ao contrário: no fim, tudo termina na mais pura irracionalidade. Não repisarei argumentos. O capítulo 3 de “O País dos Petralhas II” chama-se “Das milícias do pensamento” — um dos subcapítulos tem este título “Da milícia da descriminação das drogas”. Como, em certas franjas, o consumo da maconha — e de algumas outras substâncias — se mistura com hábitos próprios dos endinheirados, a descriminação ganhou porta-vozes influentes. Por incrível que pareça, está presente até na eleição do comando da OAB…

Leiam reportagem de Adriana Dias Lopes, que é capa da VEJA desta semana. Cai por terra a mais renitente — embora, em si, seja estúpida, já demonstrei tantas vezes — tese dos defensores da descriminação da maconha: a de que a droga ou é inofensiva ou é menos danosa à saúde do que o tabaco e o álcool, que são drogas legais. Errado! Leiam trecho da reportagem:

(…)
A razão básica pela qual a maconha agride com agudeza o cérebro tem raízes na evolução da espécie humana. Nem o álcool, nem a nicotina do tabaco; nem a cocaína, a heroína ou o crack; nenhuma outra droga encontra tantos receptores prontos para interagir com ela no cérebro como a cannabix. Ela imita a ação de compostos naturalmente fabricados pelo organismo, os endocanabinoides. Essas substâncias são imprescindíveis na comunicação entre os neurônios, as sinapses. A maconha interfere caoticamente nas sinapses, levando ao comprometimento das funções cerebrais. O mais assustador, dada a fama de inofensiva da maconha, é o fato de que, interrompido seu uso, o dano às sinapses permanece muito mais tempo — em muitos casos, para sempre, sobretudo quando o consumo crônico começa na adolescência. Em contraste, os efeitos diretos do álcool e da cocaína sobre o cérebro se dissipam poucos dias depois de interrompido o consumo.

Com 224 milhões de usuários em todo o mundo, a maconha é a droga ilícita universalmente mais popular. E seu uso vem crescendo — em 2007, a turma do cigarro de seda tinha metade desse tamanho. Cerca de 60% são adolescentes. Quanto mais precoce for o consumo, maior é o risco de comprometimento cerebral. Dos 12 aos 23 anos, o cérebro está em pleno desenvolvimento. Em um processo conhecido como poda neural, o organismo faz uma triagem das conexões que devem ser eliminadas e das que devem ser mantidas para o resto da vida. A ação da maconha nessa fase de reformulação cerebral é caótica. Sinapses que deveriam se fortalecer tornam-se débeis. As que deveriam desaparecer ganham força”.
(…)

Leiam a íntegra da reportagem especial na edição impressa da revista e depois cotejem com tudo o que anda dizendo a turma da descriminação, cujo lobby é tão forte que ganhou até propaganda gratuita na TV aberta, o que é um despropósito.

Para encerrar este post, vejam alguns dados cientificamente colhidos sobre os consumidores regulares de maconha:
– têm duas vezes mais risco de sofrer de depressão;
– têm duas vezes mais risco de desenvolver distúrbio bipolar;
– é 3,5 vezes maior a incidência de esquizofrenia;
– o risco de transtornos de ansiedade é cinco vezes maior;
– 60% dos usuários têm dificuldades com a memória recente;
– 40% têm dificuldades de ler um texto longo;
– 40% não conseguem planejar atividades de maneira eficiente e rápida;
– têm oito pontos a menos nos testes de QI;
– 35% ocupam cargos abaixo de sua capacidade.

E, digo eu,  por tudo isso, 100% deles defendem a descriminação…

RÁPIDAS - 27/10/2012






LUCRO DA PETROBRAS CAI 12% NO TERCEIRO TRI E FRUSTA EXPECTATIVA


Por Leila Coimbra e Jeb Blount

O lucro líquido da Petrobras caiu 12,1 por cento no terceiro trimestre na comparação com o mesmo período do ano passado, frustrando as expectativas, apesar de a empresa ter conseguido reverter o prejuízo registrado no segundo trimestre, graças ao reajuste dos combustíveis e a um câmbio mais favorável.

A gigante estatal de petróleo lucrou 5,567 bilhões de reais no terceiro trimestre, abaixo da previsão do mercado, que esperava alta de 20 por cento no lucro para 7,5 bilhões de reais no período entre julho e setembro.

No segundo trimestre, a empresa teve perdas de 1,3 bilhão de reais, o primeiro prejuízo em mais de 13 anos.

"A reversão do resultado do trimestre anterior está relacionada aos reajustes nos preços da gasolina e do diesel, realizados em junho e julho, com o aumento da produção de diesel em nossas refinarias, com os menores gastos com baixas de poços secos ou subcomerciais e estabilidade cambial", afirmou a presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, em comunicado.

No acumulado do ano até setembro, a Petrobras amarga uma queda de 52 por cento no lucro, para 13,43 bilhões de reais.

A executiva observou que, apesar dos resultados melhores no terceiro trimestre em relação ao segundo, a empresa persistirá "trabalhando com determinação e foco na recuperação da rentabilidade". A companhia está realizando um programa de redução de custos e deverá divulgar metas de corte de gastos em dezembro próximo.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da Petrobras no terceiro trimestre somou 14,375 bilhões de reais, queda de 12,5 por cento ante o mesmo período do ano passado. Em relação trimestre anterior, houve uma alta de 36 por cento.

A receita somou 73,79 bilhões de reais no terceiro trimestre, ante 63,55 bilhões de reais no mesmo período do ano passado. 

26 de out de 2012

PREVISÃO DE TEMPESTADE POLÍTICA AGITA A CIDADE DE TARAUACÁ


Digna de um filme hollywoodiano a última denúncia envolvendo empresário, funcionário público, fuga na madrugada, menor de idade, e claro, muito dinheiro, é a mais nova novidade de uma chaleira que já estava prestes a entrar em ebulição, tudo inclusive já averiguado pelo Ministério Público. 

Conversei ontem com o Delegado da cidade, Dr. Samuel Mendes que por sigilo para não atrapalhar as investigações não pôde dar muita informação, apenas me confirmou que a denúncia é verídica e que em breve teremos um desfecho sobre esse caso.

O que corre à boca pequena na cidade do abacaxi e do pepino grande, é que, se esses fatos forem confirmados o resultado do último pleito acontecido no último dia 07 pode dar uma guinada de 180 graus.

FAMÍLIA DE PREMIÊ CHINÊS ACUMULA FORTUNA, DIZ NY TIMES



NEW YORK TIMES - A família do primeiro-ministro chinês, Wen Jiabao, um líder conhecido por suas origens humildes e por sua compaixão com o povo, acumulou uma enorme fortuna durante o mandato dele, revelou o jornal The New York Times nesta sexta-feira.

"Uma revisão de registros corporativos e regulatórios indica que os parentes do primeiro-ministro, alguns dos quais com um pendor agressivo para os negócios, incluindo sua mulher, controlavam um patrimônio avaliado em pelo menos 2,7 bilhões de dólares", disse o jornal.

Os sites do Times em inglês e chinês foram bloqueados na China na manhã de sexta-feira, assim como as buscas no serviço Sina Weibo (espécie de Twitter chinês) pelo nome do jornal e dos filhos e esposa de Wen.

Hong Lei, porta-voz da chancelaria chinesa, disse a jornalistas que a reportagem "difama o nome da China, e tem motivos escusos".

Questionado sobre o bloqueio aos sites, ele disse: "A China gere a internet em concordância com as leis e regras".

O NY Times noticiou que a mãe, irmãos e filhos de Wen acumularam a maior parte da sua riqueza desde que Wen foi nomeado vice-premiê, em 1998. Ele foi promovido a primeiro-ministro em 2003.

Citando um exemplo, o jornal disse que sociedades controladas por parentes de Wen e seus amigos e colegas detinham em 2007 a soma de 2,2 bilhões de dólares em ações da Ping An Insurance (Group) Co of China Ltd. Esse foi o último ano em que a propriedade acionária foi revelada em documentos públicos.

A mãe de Wen, de 90 anos, tinha na época 120 milhões de dólares investidos na Ping An, uma das maiores firmas mundiais de serviços financeiros.

O NY Times disse ter apresentado as informações ao governo chinês, que se negou a comentar. Os familiares de Wen também evitaram fazer comentários ao jornal.

A vida privada dos líderes chineses, assim como o seu patrimônio, são assuntos tratados de forma sigilosa na China. Mas a imprensa oficial chinesa eventualmente divulga denúncias contra funcionários subalternos, e relatos sobre o alto escalão na imprensa ocidental e de Hong Kong permitem avaliar os lucros que os cargos públicos rendem a seus ocupantes.

Ocasionalmente, funcionários graduados são apanhados e punidos em casos de corrupção.

O jornal disse que a família de Wen esconde seu patrimônio com a ajuda de laranjas, e que os investimentos incluem um projeto de condomínio fechado em Pequim, uma fábrica de pneus no norte da China, e uma empreiteira que participou das obras do estádio "Ninho de Pássaro" e de outras instalações usadas na Olimpíada de Pequim-2008.

(Reportagem de Terril Yue Jones, Ben Blanchard e Sabrina Mao, em Pequim)/reuters