30 de abr de 2014

VISITANTE ILUSTRE - 30/04/2014

TRIBUTO AO PASSADO - REVISTA ANTIGA DE RONDÔNIA - 33

FACECOISAS - 30/04/2014


O Policial do departamento de polícia de Nova York (NYPD) reagiu a um assalto numa loja e acabou sendo atingido no tórax, os bandidos fugiram. O Policial está internado e passa bem. Ainda no hospital foi visitado pelo chefe da polícia e pelo prefeito de Nova York e diante de sua atitude de altíssimo amor à pátria e pela vida do próximo, foi agraciado com uma medalha de honra ao mérito e uma promoção imediata ao posto de detetive. 


29 de abr de 2014

AGORA COMPLICOU PARA OS DIREITOS HUMANOS - BANDIDO PODE DECRETAR PENA DE MORTE?


'Não sou comédia, sou bandido', diz homem ao confessar matar 5 no AM

Homem foi preso nesta terça-feira (29) após matar jovem com 30 facadas.
'Antes a mãe dele chorando do que a minha', afirmou preso na delegacia.

Adicionar legenda
Homem foi preso e confessou ter cometido cinco homicídios (Foto: Jamile Alves/G1 AM)


Um homem de 21 anos foi preso, nesta terça-feira (29), acusado de matar um jovem com 30 facadas no bairro São Francisco, Zona Sul de Manaus, por volta das 19h da segunda (28). Na delegacia, Diego Anjos Duarte, conhecido como 'Mutante', confessou ter cometido cinco homicídios e não demonstrou arrependimento pelos crimes. "Antes a mãe dele chorando do que a minha", disse.

Mutante foi preso na Rua Sobrinho Maranhão, no escadão do bairro São Francisco, situado próximo ao local do último crime. De acordo com a polícia, em depoimento, Diego Duarte afirmou ser contratado para matar rivais de uma facção criminosa do Amazonas. Ao G1, o preso confessou ter assassinado o jovem com 30 golpes de faca. "Só parei de dar facada nele porque a faca quebrou no peito", contou. Além deste crime, ele é acusado de já ter cometido outros quatros homicídios, três quando ainda era adolescente.

A polícia informou que o homicídio foi motivado por disputa por ponto de comercialização de drogas no bairro. No entanto, o suspeito negou a motivação. "Eu matei porque ele é safado. Me ameaçou, ameaçou minha família. Disse que ia dar um tiro na boca da minha mulher. Tenho Deus no meu coração, não sou comédia não, sou bandido. Se eu não for matar ele, ele me mata. Antes a mãe dele chorando do que a minha. Ele estava roubando as senhoras, moradores da comunidade. Quem está mais errado é o cara que vende droga ou que está roubando, fazendo o mal?", disse.

Diego Duarte relatou ainda que já havia cometido outros homicídios. "Comigo é assim. Só mato safado. Já matei cinco porque eles eram safados também. Se precisar matar mais gente eu mato mesmo. Sou sangue de raça", completou.

Ainda segundo a polícia, Diego responderá por homicídio e por tentativa de homicídio, porque tentou matar outro homem após o assassinato do jovem de 20 anos, mas a vítima conseguiu fugir. Ele deverá ser encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus.

Nota 1: O Título original está em azul .
Nota 2: O s grifos em vermelhos são meus.

BANDIDOS ARMADOS INVADEM CASA DE JUIZ, RENDEM FAMÍLIA E LEVAM DINHEIRO E CARTÕES DE CRÉDITOS


Com informações de Davi Sahid - A residência do juíz Romário Divino, da 2ª Vara da Infância e da Juventude de Rio Branco, que fica localizada na rua Saturno, no bairro Morada do Sol, foi invadida na manhã desta terça-feira, 29, por três homens armados,

De acordo com informações colhidas pela policia, os homens invadiram a casa por volta das 7h30 e renderam a empregada da casa, que foi amarrada e logo em seguida o bando rendeu Romário Divino. No momento do invasão, a esposa do Juiz havia saído de casa para ir deixar os filhos na escola. Ao retornar, ela também foi rendida e amarrada.

A reportagem do ac24horas conseguiu falar com o Romário Divino no momento em que ele ia na Delegacia Antiassalto da Policia Civil registrar o Boletim de Ocorrência. Visivelmente abalado, Divino revelou que nenhum dos três homens o reconheceram.

O magistrado relatou que o bando levou uma pequena quantia em dinheiro e os cartões de créditos que estavam em sua carteira. Divino ainda disse  que um dos bandidos chegou a perguntar se ele era policial.

“Eram três homens armados, anunciaram o assalto e apontaram a arma na minha cabeça”, revela Romário.

Outra informação apurada pela reportagem e colhida em uma dos depoimentos a polícia é que o bando aparentava está sob efeito de drogas, devido o nervosismo esboçado na ação criminosa.

As imagens do circuito interno de segurança da casa já foram solicitadas pela policia e o grupo invasor deverá ser identificado nas próximas horas.

JOSÉ JOAQUIM SEABRA O HOMEM QUE EMPRESTOU SEU NOME A FOZ DO MURU

J. J. Seabra EM 1915

O polêmico J. J. Seabra

Uma das figuras mais controversas da política nacional no final do século XIX e início do século XX, José Joaquim Seabra (ou simplesmente, J. J. Seabra, como é mais conhecido) desperta até hoje fortes emoções, principalmente, em seu estado de origem: a Bahia. Sua rivalidade ferrenha com Ruy Barbosa, também já retratado por essa coluna, apenas contribuiu ainda mais para alimentar as polêmicas em torno de sua imagem.

Nascido em 21 de agosto de 1855, na Cidade Baixa de Salvador, Seabra é filho de um funcionário da Alfândega da Bahia, também chamado José Joaquim Seabra e de Leopoldina Alves Barbosa, irmã do contra-almirante Manuel José Alves Barbosa, futuro Ministro da Marinha. Assim, J. J. Seabra nasce em uma família urbana, sem vínculo com a terra, apesar dos bons contatos com grandes proprietários de terras. Trata-se de origem não especialmente privilegiada, mas bem relacionada com a elite soteropolitana.

Seabra realiza seus estudos preparatórios nos colégios Guilherme Rebello e Urbano Monte, em Salvador. Ingressa na Faculdade de Direito de Recife em 1873, tendo desempenho acadêmico notável: Seabra é aprovado com distinção em quase todos os anos, recebendo prêmio reservado para poucos. Forma-se em 1877, sendo nomeado promotor público em Salvador logo em seguida.

Casa-se, em 1878, com Amélia Benvinda de Freitas, em cerimônia celebrada pelo então arcebispo da Bahia, D. Joaquim Gonçalves de Azevedo. Estão presentes o barão Homem de Melo, presidente da província baiana, e José Luís de Almeida Couto, que governaria a Bahia em dois períodos posteriores. O casamento de Seabra mostra a sua ascensão na política baiana da época, apesar do casal ter posteriormente se separado.

Promotor público em Salvador, Seabra logo abandona o cargo para voltar a estudar no Recife, o que hoje seria equivalente ao doutorado. Após um ano obtém o título de doutor, participando em seguida, em 1879, de concurso para professor substituto da sua alma mater, a Faculdade de Direito de Recife. Obtém o terceiro lugar no concurso, o que o deixou extremamente insatisfeito. Não se conformando com o resultado, Seabra vai ao Rio de Janeiro, a fim de pedir a revisão do concurso, na audiência pública semanal do Imperador D. Pedro II. Surpreendentemente, consegue reverter o concurso a seu favor, sendo empossado como professor substituto em 1880. Já em 1886 torna-se professor catedrático, o ápice da carreira universitária.

J. J. Seabra constrói sólida carreira como advogado e professor no Recife. Com intuito de entrar na política, escreve cartas a alguns dos chefes do Partido Conservador baiano, como o Conselheiro Saraiva, o Visconde de Paranaguá, e o Barão de Cotegipe (que trouxemos o mês passado a essa coluna), pedindo para ser incluído na chapa de candidatos do partido. Não obtém sucesso. Decide então, em agosto de 1889, concorrer como candidato avulso na última eleição do Brasil Império. Contudo, também não é eleito.

Com a República, Seabra, até então profundo defensor da Monarquia, converte-se ao novo regime e é eleito deputado, em 1890, na nova Assembleia Constituinte. No ano seguinte, em 1891, aos 36 anos de idade, é nomeado diretor da Faculdade de Direito de Recife. Entretanto, permanece poucos meses no cargo, pois suas ambições políticas estavam na capital, o Rio de Janeiro.

Logo no início de seu mandato como deputado, Seabra atua de forma incisiva, aproximando-se de Deodoro da Fonseca e criando inimigos, como Floriano Peixoto. Em abril de 1892, apoia o “Manifesto dos 13 generais”, contra a permanência de Floriano –  então Presidente da República – no cargo. Como consequência, Seabra é preso e desterrado para Cacuí, região praticamente desabitada na Amazônia, e, depois para Montevidéu. Apenas recupera seu mandato na Câmara com a anistia de 1895, no governo Prudente de Morais. Nas eleições de 1896, Seabra é novamente eleito deputado pela Bahia, sendo reeleito em 1899.

No término de seu segundo mandato assume o Ministério da Justiça (1902-1906) do governo Rodrigues Alves, tendo ainda sido ministro das Relações Exteriores, interinamente, em 1902. É mais uma vez eleito deputado (1908) e assume mais uma vez um ministério, dessa vez, o da Viação e Obras Públicas (1910-1912), no governo de Hermes da Fonseca.

É no início de 1912 que ocorre o mais polêmico episódio envolvendo Seabra. O chamado bombardeio de Salvador, em 10 de janeiro de 1912, muda todo o cenário político na Bahia. O episódio leva à derrota os líderes conservadores como Ruy Barbosa, Severino Vieira e José Marcelino de Souza, e consagra J. J. Seabra como grande vencedor. Assim, é eleito governador da Bahia, o primeiro de seus dois governos no estado, marcando sua figura para a história política do país. Reurbanizou Salvador, destruindo construções coloniais em nome do progresso, processo que sofre críticas até hoje.

Ao término de seu mandato em 1916, é eleito senador pela Bahia, voltando para o Rio de Janeiro (1917-1919). Em seguida, é novamente eleito para o governo baiano. Durante seu segundo mandato, em 1922, candidata-se a vice-presidente na chapa encabeçada por Nilo Peçanha. É derrotado pelo candidato oficial Artur Bernardes e permanece governador até ser deposto pelo governo federal em 1924. Seu último mandato político se dá em 1933, novamente como deputado pela Bahia, para participar da Assembleia Constituinte. J. J. Seabra vem a falecer em 5 de dezembro de 1942, no Rio de Janeiro.

É impressionante a biografia de Seabra. Sua fulminante atuação acadêmica, com grande destaque na Faculdade de Direito do Recife, foi o trampolim para uma longa e polêmica carreira política. Seabra participou de duas Assembleias Constituintes, fato extremamente raro. Sua figura desperta admiração e ódio até os dias de hoje.


Carta Forense/porAlessandro Hirata

Você pode ler mais também no wikipéida.

RÁPIDAS PELO BRASIL - 29/04/2014



UOL - Dilma cai 7 pontos e tem 37% das intenções de voto, diz pesquisa CNT/MDA



REUTEURS - Vice do COI diz que preparação da Olimpíada do Rio é a "pior" da história

R7 - Mercado imobiliário esfria e abre espaço para pechincha

O GLOBO - Mantega confirma pacote de estímulo ao setor automotivo

DA SÉRIE: ANIMAIS - 29/04/2014


ELEFANTES SE REENCONTRAM APÓS 22 ANOS




NO CHILE - CÃO TENTA SALVAR OUTRO QUE FOI ATROPELADO

TRIBUTO AO PASSADO - REVISTA ANTIGA DE RONDÔNIA - 32

28 de abr de 2014

LAUDO MÉDICO AFIRMA QUE SAÚDE DE GENOÍNO ESTÁ 'ESTABILIZADA'


Laudo diz que ex-presidente do PT está 'em ótimo aspecto físico'; documento vai embasar decisão do presidente do STF, Joaquim Barbosa sobre local do cumprimento da pena

MARIÂNGELA GALLUCCI - Médicos da Universidade de Brasília (UnB) que examinaram o ex-deputado federal José Genoino no dia 12 de abril concluíram que o quadro clínico do ex-parlamentar está "plenamente estabilizado" e não há gravidade. O laudo foi pedido pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, que vai decidir se Genoino continuará a cumprir em casa a pena por envolvimento com o esquema do mensalão ou se deverá ser transferido para uma prisão.

Ex-presidente do PT foi submetido a uma cirurgia 
cardíaca em julho passado - Felipe Rau/ Estadão
"Assim, em bases estritamente objetivas e definidas, não se expressa no momento a presença de qualquer circunstância justificadora de excepcionalidade e diferenciada do habitual para a situação médica em questão, visando o acompanhamento e tratamento do paciente em apreço", concluíram os médicos. De acordo com eles, durante o exame, Genoino estava em "pleno gozo das suas faculdades mentais", "em ótimo aspecto físico" e caminhando normalmente sem restrições.

Condenado ao cumprimento em regime semiaberto à 4 anos e 8 meses por corrupção ativa, Genoino foi submetido a uma cirurgia para correção da artéria aorta em julho do ano passado. Preso em 15 de novembro, o ex-deputado ficou menos de uma semana no complexo penitenciário da Papuda. Ele foi transferido para um hospital depois de ter reclamado de problemas cardíacos e, em seguida foi para a prisão domiciliar. O ex-presidente do PT foi submetido a uma cirurgia cardíaca em junho do ano passado.   

DETENTO ATUALIZA FACEBOOK DE DENTRO DE PENITENCIÁRIA NO ACRE


Direção do Iapen informou que vai investigar o caso.
Interno faz parte do regime fechado do presídio estadual.


Tácita Muniz - Do G1 AC - Detento posta foto dentro de presídio no Acre (Foto: Reprodução/Facebook)

Agentes penitenciários identificaram um interno do Presídio Estadual Francisco d'Oliveira Conde, em Rio Branco, que atualiza sua página do Facebook de dentro da cela através de um aparelho celular. As postagens estão datadas entre os meses de abril e março, sendo que a última foi no domingo (27). No álbum da página pessoal, é possível ver fotos do interno dentro da cela. A direção do Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen) informou que será aberta uma investigação para saber como o celular foi parar nas mãos do preso.

O presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Acre (Sindap), Adriano Marques ressaltou que problemas como esses são comuns no Acre devido à falta de um aparelho bloqueador de celular. "Os aparelhos de raio-X estão quebrados, então é fácil de passar celulares. A partir do momento que se tem um bloqueador de celular, é possível evitar esse tipo de situação", destaca.

O diretor presidente do Iapen, Dirceu Augusto disse que o caso será apurado pela administração e garantiu que a compra do bloqueador de celular está sendo agilizada. "Enquanto ao cidadão, ele é autuado por usar equipamento que não pode dentro do presídio. Ele é levado para a delegacia, o celular é recolhido e instaura-se um procedimento para saber como é que ele recebeu este a aparelho. É feita uma investigação. Geralmente esses aparelhos entram através de familiares, mulheres. São várias opções", ressalta.

O G1 entrou em contato com a penitenciária de Rio Branco, onde foi confirmado que o preso fazer parte do regime fechado, porém não foi passada a condenação do interno.

Nota:O  'negócio' tá uma festa mesmo.

DICA TARAUACÁ NOTÍCIAS - CADELINHA AMOROSA


Você que está procurando um animalzinho de estimação, sugiro que pegue essa cadelinha que vive em frente a Igreja de São José em Tarauacá. Meiga e carinhosa ela só espera um lar para disponibilizar todo o seu amor. Eu só não pego pra mim porque já tenho cinco.  Só precisa dar um bom banho tirar as pulgas e dar a primeira dose da vacina. Isso não sai por mais de 40 reais. Aproveite.

REFLEXOS DE UMA CRISE CAMUFLADA


A estatização da CCEE 


EDITORIAL O ESTADÃO - Com certeza vão muito além dos formalmente alegados "motivos pessoais" as razões da demissão de três dos cinco conselheiros da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) no dia seguinte à aprovação, por esse órgão colegiado, da tomada de um empréstimo de R$ 11,2 bilhões para socorrer as distribuidoras. Não é mero acaso o fato de os três conselheiros demissionários serem representantes do setor privado. Os que permanecem no cargo, entre eles o presidente da CCEE, foram indicados pelo governo.

As finanças das distribuidoras foram abaladas pela desastrosa política energética do governo Dilma e agravadas pela falta de chuvas nas principais regiões produtoras. Para evitar uma crise ainda mais grave no setor, já afetado pela baixa capacidade de geração das usinas hidrelétricas, o governo poderia repassar paulatinamente para as tarifas o custo adicional em que incorreram as empresas ou utilizar recursos do Tesouro. A primeira alternativa, porém, seria prejudicial às pretensões eleitorais da presidente; a segunda oneraria os contribuintes e afetaria ainda mais a frágil política fiscal, marcada por mágicas contábeis e números de baixa credibilidade. Acabaria, também, afetando os planos eleitorais de Dilma.

Sem fazer o que deveria ter feito para tentar atenuar os efeitos nocivos de sua política energética, o governo decidiu montar uma operação de socorro financeiro às distribuidoras, endividando fortemente a CCEE. Trata-se de utilização de um órgão colegiado em finalidade não prevista na legislação que o criou nem em seus estatutos originais: uma operação financeira de grande vulto para a qual, por sua própria função, não tem como oferecer garantias - fato que deve ter sido levado na devida conta pelos conselheiros que se demitiram.

Ironicamente, quem propôs a criação da CCEE foi a então ministra de Minas e Energia Dilma Rousseff - que assina, solitariamente, a exposição de motivos ao então presidente Lula para a edição de medida provisória (MP) instituindo mudanças na comercialização de energia elétrica. Assinada em dezembro de 2003, com o número 144, a MP foi aprovada com alterações pelo Congresso e se tornou a Lei n.º 10.848, de março de 2004.

O texto assinado pela então ministra de Minas e Energia é claro. A CCEE é pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, e entre suas finalidades estão a administração, o registro e a liquidação dos contratos de compra e venda de energia entre geradores e distribuidoras. Não há na MP nem no texto da lei (que, na parte relativa à CCEE, sofreu pouquíssimas mudanças em relação à MP) nenhuma referência a seu papel de tomador de empréstimos ou de emprestador de dinheiro para as empresas que dela fazem parte.

Ao anunciar que, por meio de uma estranha operação de engenharia financeira, a CCEE tomaria empréstimo de R$ 11,2 bilhões para socorrer as distribuidoras - que receberão R$ 4 bilhões do Tesouro, pois estão comprando energia das termoelétricas a um valor maior do que, por imposição do governo, podem cobrar dos consumidores -, as autoridades do setor elétrico e da área econômica imaginaram ter fechado o pacote de socorro para o setor.

Com isso, o plano alardeado pelo governo Dilma de redução de tarifas, além de ter desorganizado o setor, resultará em custos bilionários, que alguns especialistas estimam em R$ 50 bilhões. Por mero interesse eleitoral do governo, esses custos pouco afetarão as contas de luz nos próximos meses, mas implicarão aumentos de tarifas e gastos adicionais do Tesouro nos próximos anos.

A crise política na CCEE é um custo adicional da política energética de Dilma. Estatutariamente, o órgão tem um conselheiro indicado pelo Ministério de Minas e Energia, e que é seu presidente natural; os demais conselheiros são indicados pelas empresas geradoras, pelas distribuidoras, pelas comercializadoras e pelos agentes em conjunto. Permaneceram no cargo o presidente e um conselheiro que já ocupou a presidência em dois mandatos (o que é permitido por lei) - ou seja, também um representante do governo.

Nota do Blog: O subtítulo é o título original

ESCRITOR ARIANO SUASSUNA, CANSADO DE ESPERAR, É FLAGRADO DEITADO EM AEROPORTO

Ariano Suassuna, respeitado escritor brasileiro, deitado no chão do Aeroporto de Brasília Foto: reprodução/ facebook

Ariano Suassuna, uma dos mais respeitados escritores brasileiros, autor de obras como “O auto da Compadecida”, foi flagrado nesta terça-feira, deitado em pleno chão do Aeroporto de Brasília. O escritor, que estava na capital federal para uma série de compromissos, se deitou e apoiou a cabeça numa pasta.

Ariano, de 87 anos, estava aguardando um voo para Recife quando foi fotografado por um outro passageiro na sala de embarque. O aeroporto estava lotado por conta do fim do feriado prolongado. A foto foi postada pelo passageiro no Facebook e vem sendo compartilhada por dezenas de pessoas.

A assessoria de imprensa do escritor confirmou ser ele na foto: "Ele precisa esticar as costas. É um hábito comum dele, não foi uma forma de protesto, mas pena que os aeroportos não ofereçam conforto para os passageiros". No fim de semana, Ariano foi homenageado na Bienal do Livro, em Brasília.

27 de abr de 2014

HOJE MISSA COM O ECC NA PARÓQUIA DE SÃO JOSÉ

BANDIDOS PERDEM O MEDO DA POLÍCIA E INSTITUEM TERROR NOS BAIRROS DE RIO BRANCO


Ray Melo - O medo tomou conta da capital do Acre. Imagine estar em sua casa, na periferia de Rio Branco, após um cansativo dia de trabalho, se preparando para jantar com sua família tranquilamente, e, de repente, ser ameaçado e espancado por cinco homens mascarados e armados, diante de sua esposa e filhos. Esta situação foi vivida pelo vereador Raimundo Vaz (PRP), mas acontece também diariamente com dezenas de trabalhadores que se tornaram reféns da falta de segurança.

Coincidência ou não, mas depois da briga entre as policias militar e civil, os índices de violência dispararam nos bairros da capital. Ladrões ignoram câmeras de segurança, cercas elétricas, segurança particular e agem com liberdade e extrema violência. Esta situação assustadora não atinge apenas as classes mais elevadas. Se tornou rotina também em comércios e residências humildes.

Na última quarta-feira, Raimundo Vaz, passou por momentos de terror, quando cinco bandidos invadiram sua casa, no bairro Calafate. Os criminosos forçaram o vereador a deitar no chão e apontaram armas paras as cabeças de seus dois filhos menores de idade. O vereador não descarta que o crime tenha ocorrido por represália às denúncias que fez na Câmara, sobre o avanço da criminalidade.

O vereador fez um desabafo sobre a ineficiência do sistema de segurança do governo do Acre. Vaz diz ainda que poderá deixar endereço que reside há mais de 20 anos, por temer que os criminosos voltem e uma tragédia ocorra com sua família. Ele revela que retirou sua esposa e filhos da casa e, só conseguiu dormir depois que teve garantias que o policiamento foi reforçado na área.

“Estou assustado, meus filhos estão traumatizados e minha esposa apavorada. Toda está situação aconteceu justamente no dia em que realizamos uma audiência pública para debater o avanço da criminalidade e a falta de segurança. Eu estava feliz da vida pela sessão, pensando que enfim, teria colocado o assunto de segurança de forma verdadeira. Foi notícia em todos os jornais”, diz Vaz.

Para Raimundo Vaz, há uma questão social muito forte movendo a criminalidade. Ele acredita que não se revolve o tema da violência, apenas com o combate punitivo, mas estaria faltando campanhas educativas, recreativa e de conscientização por parte das autoridades estaduais. Raimundo Vaz questiona ainda que estaria acontecendo uma falta de comando das forças policiais do Acre.

“A polícia hoje perdeu a qualidade, não pelo profissional, mas pela decisão de comando. Na hora que se cria uma cisão lá em cima, ela vai caindo até sua base. Se a pirâmide rachar em cima, a fissura vai chegar à base. A cidade ficou sem lei, no dia que a PM brigou com a Polícia Civil. Os bandidos ganharam confiança e ficaram rindo. Não é uma avaliação científica, mas prática”, enfatiza Vaz.


O presidente do PRP, Júlio César, (o Julinho) disse que vai levar o problema da falta de segurança ao governador Sebastião Viana (PT). Ele quer que a Secretaria de Segurança dê uma resposta, não apenas no caso de Vaz, mas em todas as ocorrências de assaltos e arrombamentos que não são registradas nas delegacias, “porque a população não acredita mais no sistema de segurança”.

“O PRP exige uma posição de quem está representando a Secretaria de Segurança. No caso do nosso vereador, todas as linhas precisam ser investigadas. Sou policial há 31 anos, sei que a partir do momento que o Vaz levantou o debate que o calafate estaria abandonado e sofrendo com a falta de segurança, os bandidos podem ter se reunido e decidido dar um susto nele”, suspeita Julinho.

O dirigente partidário afirma que bandidos podem ter montado uma estrutura de pode paralelo no Calafate. “Quando Raimundo Vaz resolveu mexer na ferida, os criminosos disseram: vamos dar uma acochada neste cara. Eu acredito que é uma ação criminosa organizada. O policial tem até medo de prender estes meliantes, porque quem pega processo é o policial que vai às ruas”.

Julinho acredita que “a partir do momento que um secretário passa mais de quatro anos num setor, ele se acomoda. Acho que o governador tem que tomar uma posição. Dentro da casa da gente quem manda é o homem e a mulher que precisam ter sintonia para educar os filhos. No executivo é a mesma coisa. Se o governante não tem sintonia com os secretários a coisa desanda”.

O presidente do PRP, partido aliado de Sebastião Viana, faz duras críticas, mas não cogita abandonar o projeto do governo petista. “Temos muita gente sem fazer nada, que deveriam ser colocadas nos bairros. Há falhas gritantes e falta de comando, tanto da PM, quando na polícia civil. Um exemplo é o caso de seu sobrinho, que se tornou um crime perfeito. A polícia nunca chegou ao corpo”.

O aliado de Sebastião finaliza fazendo um alerta ao cardeal. “Govenador abra os olhos, entre em campo, exija mais dos gestores de segurança. Está faltando ação dos secretários. As pessoas não registram os assaltos porque não acreditam mais no sistema de segurança. Tome as rédeas do problema e dê a resposta que a população espera de um governante comprometido”, desabafa Julinho.

Após finalizar suas declarações, Júlio César disse que é provável que seja acionado na corregedoria de Polícia Civil, na segunda-feira, por questionar os gestores de segurança. Os número mostram que a violência cresceu assustadoramente nos primeiros meses do ano. Mais de 10 execuções foram registradas. Os assaltos e arrombamentos se tornaram parte da rotina da população de Rio Branco.

TENTATIVA DE FUGA NA PENAL DEIXA 2 PRESOS BALEADOS, 5 RECAPTURADOS E UM FUGITIVO

Gina Menezes - Uma tentativa de fuga em massa aconteceu na manhã de sábado (26), no Presídio Francisco de Oliveira Conde, deixando dois presos feridos, após confronto com os agentes penitenciários. Seis detentos conseguiram fugir, sendo que cinco já foram recapturados, até o momento.

Cinco detentos conseguiram fugir, mas foram recapturados em seguida/Foto: Cedida

De acordo com Adriano Marques, presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Acre, a tentativa de fuga aconteceu no chamado banho de sol, ocasião em que cerca de 250 presos estavam na área aberta do pavilhão K, chamado Chapão.

Na ocasião do motim dos presos, havia apenas dois agentes penitenciários para garantir a segurança do local.

Um dos presos alvejados durante
tentativa de fuga no presídio

De acordo com informações, tão logo perceberam a tentativa de fuga, os agentes disparam tiros de advertência; mesmo assim, os presos continuaram investindo no objetivo de fugir.

“Isto prova o que dizemos há muito tempo. Apenas dois agentes para mais de 200 presos não resolve a situação”, declara.

As imagens foram cedidas por um agente penitenciário que não quis se ientificar com medo de represálias.

26 de abr de 2014

TRIBUTO AO PASSADO - REVISTA ANTIGA DE RONDÔNIA - 31

DA SÉRIE: FLORES DA MINHA CASA - 26/04/2014

FACECOISAS - 26/04/2014

 

MJ DIZ QUE ACRE RECEBEU R$ 5,3MILHÕES PARA ASSISTÊNCIA DE IMIGRANTES


MJ diz que o Acre recebeu R$ 5,3 milhões para assistência de imigrantes

Jairo Carioca - O Ministério da Justiça divulgou nota ontem (25) informando que o governo do Acre recebeu um total de R$ 5,3 milhões como recursos adicionais para assistência à saúde e integração social dos imigrantes que entraram através da tríplice fronteira.

O documento informa ainda que por meio do Conselho Nacional de Imigração, foi concedido visto de permanência em caráter humanitário, de garantir documentação básica de forma simplificada e imediata (com registro, CPF, carteira de trabalho e cadastro no Sistema Nacional de Emprego).

Com relação o envio dos imigrantes para outras capitais do país, o Ministério esclarece que se deu por conta da situação de calamidade decorrente da cheia do Rio Madeira. “Em razão disso, o Governo do Acre tomou a decisão temporária de facilitar o deslocamento desses migrantes devidamente documentados para os outros estados de destino final”, diz o documento.

A chegada de cerca de 400 imigrantes em São Paulo causou uma crise entre os governos. De acordo com a publicação do jornal A Folha de São Paulo, a secretária de Justiça do Estado de São Paulo, Eloisa Arruda, chamou de “irresponsável” a conduta do governo do Acre ao facilitar a vinda de 400 haitianos para São Paulo nos últimos 15 dias. O governo Geraldo Alckmin (PSDB) reclama que não houve comunicação entre as autoridades acreanas.

Em resposta, o governador do Acre, Sebastião Viana usou sua página no facebook. Para Sebastião, as críticas partem de uma elite paulista preconceituosa.

25 de abr de 2014

BRASIL IMPRODUTIVO

Não faltará quem se agaste, por aqui, com o tom um tanto derrisório da reportagem desta semana na revista britânica "The Economist" sobre a economia do Brasil. Será um erro, daqueles que se explicam quando a paixão turva o raciocínio e a objetividade.

"Você começa a perder tempo no momento em que pisa no Brasil", queixou-se à publicação o empresário texano Blake Watkins, que saiu de Nova York para abrir um restaurante fast food em São  Paulo.

Não é preciso deixar de ser patriota para reconhecer que o empresário tem razão. Basta atentar para o trânsito infernal,  a morosidade da burocracia, o custo e a qualidade incompatíveis dos serviços públicos ou privados.

A "Economist" não se limita a juízos de valor, e talvez por  isso cause tanto incômodo. O Brasil investe só 2,2% do PIB  em infraestrutura, muito abaixo da média de 5,1% no mundo  em desenvolvimento. De 278 mil patentes concedidas em 2013  pelos Estados Unidos, meras 254 foram para invenções brasileiras.

No domingo, reportagem desta Folha corroborou o descaso nacional com a inovação, mãe verdadeira do aumento sustentável de  produtividade. O Inpi (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) consome em média 10 anos e 10 meses para conceder uma  patente. No campo das telecomunicações, o prazo médio está em 14 anos e 2 meses.

Entre países desenvolvidos, esse intervalo não ultrapassa três anos: nos EUA são 2 anos e 7 meses; no Japão, 2 anos e 6 meses; na China, 1 ano e 11 meses. Não é difícil compreender por que um empreendedor descartaria o Brasil como opção para sediar um laboratório de desenvolvimento de  semicondutores, por exemplo.

A chave do atraso, como aponta com exatidão a revista britânica,  está na produtividade.

O produto anual do trabalho de um empregado brasileiro está na casa de US$ 20 mil (calculado pela metodologia de paridade de poder de compra). Nos anos 1960, era da ordem de US$ 15 mil, maior que o obtido por sul-coreanos –os quais, hoje, produzem quase US$ 70 mil. A China, que partiu de patamar muito inferior, já nos alcançou.

Não estranha, assim, que o Brasil esteja perdendo mercado para exportações chinesas até na Argentina, sua grande parceira de  Mercosul. Em 2005, a participação brasileira nas importações argentinas estava em 36,5%; no primeiro trimestre de 2014,  ficou em 24,8%. No mesmo período, a China saltou de 5,3% para 
18,4%.

Indignação, apenas, nada pode contra essas cifras acabrunhadoras. É imperativo convertê-la em brio, algo muito mais produtivo.

GÁS METANO PRODUZIDO POR VACAS É USADO PARA ABASTECER VEÍCULOS


Cientistas argentinos desenvolveram tecnologia para aproveitar o gás metano de bovinos que tem efeito estufa na atmosfera do planeta

 mochina acoplada nas vacas coleta gás metano que tem efeito estufa na atmosfera

A primeira experiência para aproveitar a energia do gás metano produzida por bovinos foi colocada em prática.

Cientistas argentinos desenvolveram uma espécie de mochila para ser acoplada nas costas das vacas com capacidade para armazenar até 300 litros de metano.

Um tubo é inserido no aparelho digestivo de vaca para coletar o gás, que depois é convertido em energia.

A inovação poderia solucionar o problema da dependência do petróleo e ao mesmo tempo ajudar a reduzir a contaminação gerada pelas vacas durante a digestão.

As emissões associadas à pecuária representam 14,5% das as emissões de origem humana. Segundo a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), 18% dos gases de efeito estufa são emitidos por bovinos.Em um dia, uma vaca contamina o mesmo que um carro que percorre 60 quilômetros, segundo a FAO.

Tração animal. Cada animal emite por ano 4,8 toneladas de gás metano, o mesmo liberado anualmente por uma caminhonete com tração nas quatro rodas.

Uma mochila cheia de gás metano produzido por uma vaca seria suficiente para movimentar um motor de um veículo por 24 horas.

A iniciativa dos cientistas argentinos tem por objetivo encontrar uma alternativa para reduzir a emissão de gás de efeito estufa e ao mesmo tempo desenvolver uma forma de aproveitamento sustentável dessa energia que hoje é liberada na atmosfera.

O sistema está sendo desenvolvido pelo Instituto Nacional da Argentina de Tecnologia Agropecuária (INTA), na periferia de Buenos Aires. Uma vaca de 550 kg poderia produzir de 800 a 1 mil litros de gás metano por dia.


Emissões bovinas. As vacas são de longe as maiores responsáveis pela emissão de gases de efeito estufa, contribuindo com cerca de 25% de todo o metano produzido no planeta.

Os pesquisadores responsáveis pelo projeto dizem que no futuro as fazendas podem vir a ser totalmente autossuficientes em termos energéticos com o aproveitamento do gás metano produzido por apenas duas vacas.

Como um dos maiores produtores de carne bovina do mundo, com cerca de 55 milhões de cabeças de gado, 30% das emissões totais de gases de efeito estufa na Argentina são lançados na atmosfera pelos bovinos.

Os cientistas estão trabalhando para desenvolver novas dietas para vacas que para facilitar a digestão e reduzir as emissões de gases.

COPA DO MUNDO E TIRO PELA CULATRA: Governo federal organiza evento antiprotesto e local vira área de… protesto!

Enquanto Gilberto Carvalho (em pé) tentava falar em evento antiprotesto, aconteciam os… protestos (Foto:Danilo Verpa/Folhapress)
Por Reinaldo Azevedo -  Tsc, tsc, tsc… Acho que eles estão perdendo a mão. Leiam o que informa Eduardo Costa, na Folha:
Um evento organizado pelo governo federal, Diálogos Governo-Sociedade Civil, cujo objetivo era mostrar os benefícios trazidos pela Copa à população e desestimular manifestações, virou palco de protestos de manifestantes. Cerca de trezentas pessoas, representantes de 70 instituições, como sindicatos, movimentos sociais, como os dos sem-teto, entre outras lideranças locais, lotaram hoje um salão na Casa de Portugal, no centro de São Paulo.

Enquanto o ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, fazia uma apresentação sobre “o que o Brasil ganhou com a Copa”, uma faixa estendida por manifestantes por trás dele informava: “Não vai ter Copa”. Um grupo que vestia camisetas que traziam a inscrição “O povo de rua é o primeiro eliminado da Copa” ironizava todas as informações divulgadas pelos palestrantes.
(…)

CÂMARA APROVA PROJETO SOBRE TRÂNSITO DE FORÇAS ESTRANGEIRAS NO PAÍS


Luciano Nascimento – Repórter da Agência Brasil
Edição Nádia Franco


A Câmara dos Deputados aprovou dia (23), Projeto de Lei Complementar 276/02, que autoriza o ministro da Defesa e os chefes das Forças Armadas a autorizar o trânsito e a permanência temporária de força estrangeiras no país. De autoria do Executivo, o projeto altera os casos previstos na legislação em que a competência para determinar o ingresso de forças estrangeiras é privativa da Presidência da República, independentemente de autorização do Congresso Nacional.

Pela projeto aprovado, o ministro da Defesa poderá autorizar o ingresso de forças armadas estrangeiras nos casos de missões de busca e salvamento; missões humanitárias; programas de treinamento ou aperfeiçoamento; transporte de pessoal, carga ou de apoio logístico. O texto também autoriza o ministro da Defesa a permitir a entrada de forças em situações de “visita oficial ou não oficial programadas pelos órgãos governamentais, inclusive as de finalidade científica e tecnológica e atendimento técnico, nas situações de abastecimento, reparo ou manutenção”.

De acordo com o autor do substitutivo aprovado, deputado Ney Lopes (PMDB-RN), o objetivo da medida é diminuir a burocracia envolvendo a autorização para a entrada de forças estrangeiras no país, uma vez que é frequente a passagem de aviões e navios militares procedentes de países vizinhos pelo espaço territorial brasileiro. “São cerca de 800 pedidos por ano, de liberações de sobrevoo ou de pouso”, além de mais de 50 de atracamento de navios de guerra estrangeiros".

Em sua justificativa, o deputado argumentou ainda que tais situações se configuram em situações de rotina e que o “Poder Executivo apresentou o projeto em exame, a fim de desburocratizar o andamento de tais processos autorizativos e, sobretudo, evitar que a mais alta autoridade do país seja sobrecarregada desnecessariamente”.

POLÍCIA MOÇAMBICANA À CAMINHO DO BRASIL PARA GARANTIR SEGURANÇA NO MUNDIAL DE FUTEBOL

FOLHA DE MAPUTO - Um contingente da Polícia da República de Moçambique (PRM) está a caminho do Brasil onde vai reforçar o efectivo de segurança montado para o Campeonato Mundial de Futebol a iniciar em Junho próximo.

De acordo com fonte do Comando-Geral da Polícia, citado pelo Notícias, o efectivo moçambicano estará sob comando das autoridades brasileiras e a sua principal missão será garantir segurança nos estádios de jogos e na protecção das selecções que ali estarão alojadas. Explicou que a protecção a ser dada pelos agentes nacionais será às selecções no hotel, durante os treinos e no percurso para os estádios de jogos. Eles farão parte de um comando conjunto.

Um dos estádios de destaque onde a participação policial moçambicana se fará sentir durante a competição, será no Estádio do Maracaná. Construído para a Copa do Mundo da FIFA de 1950 e imortalizado como palco da inesquecível final entre Brasil e Uruguai, um dos capítulos mais marcantes da história do torneio, este estádio reassume a condição de protagonista no Brasil 2014.

O Estádio de Maracanã vai acolher o maior número de partidas da competição, sete confrontos ao todo, e nele será disputada a final da copa a 13 de Julho, com os agentes moçambicanos privilegiados para reforçar o controlo de segurança.

Renovado para este Mundial, o Estádio, que ficou conhecido como “O Maior do Mundo” – chegou a receber 200 mil torcedores e detém vários dos maiores recordes de público da história do futebol, tem agora capacidade para 73.531 espectadores e continua sendo o maior do Brasil.

Refira-se que estarão no Mundial as seguintes selecções: GRUPO A – Brasil, Croácia, México e Camarões; GRUPO B: Espanha, Holanda, Chile e Austrália; GRUPO C: Colômbia, Grécia, Costa do Marfim e Japão; GRUPO D: Uruguai, Costa Rica, Inglaterra e Itália; GRUPO E: Suíça, Equador, França e Honduras; GRUPO F: Argentina, Bósnia, Irão e Nigéria; GRUPO G: Alemanha, Portugal, Gana e Estados Unidos; GRUPO H: Bélgica, Argélia, Rússia e Coreia do Sul.

NOTA: Isso não pode ser verdade.

COPACABANA


COMO AS PESSOAS VEEM

COMO REALMENTE TÁ O "NEGÓCIO"

DE QUEBRA IMAGENS SOBRE O CONTROLE QUE ESTÃO MANTENDO EM SP

E UM RECADO PRA FIFA