10 de mar de 2015

DE 61 MISSÕES FRANCESAS SOBRE O IRAQUE NA ÚLTIMA SEMANA, 5 RESULTARAM EM ATAQUES AO EI



DEMAIS MISSÕES, DE RECONHECIMENTO, CONTRIBUÍRAM PARA COLETAR DADOS DE INTELIGÊNCIA DENTRO DA CHAMADA ‘OPERAÇÃO CHAMMAL’, DE APOIO AÉREO A TROPAS DO IRAQUE CONTRA OS COMBATENTES DO ESTADO ISLÂMICO

Em nota divulgada nesta segunda-feira, 9 de março, a Força Aérea Francesa informou sobre as missões realizadas ao longo da última semana na chamada “Operação Chammal”, que é a contribuição francesa ao apoio aéreo de forças aliadas às tropas em terra que lutam, no Iraque, contra os combatentes do Estado Islâmico (EI, também denominado “Daech”).   Segundo a nota,  foram realizados no período 61 missões aéreas, 5 delas resultando em ataques ao solo.

A nota informa sobre ataque de oportunidade a dois edifícios que abrigavam combatentes do EI em Al Baghdali, em 27 de fevereiro, seguido de um ataque por aeronaves francesas na mesma área em 2 de março. Também no dia 2, aeronaves atacaram um grupo do EI que se posicionava em um palmeiral na área de Al Assad, e um ataque planejado na região de Bashiqa visou torres de observação na linha do EI entre Mossoul e Erbil.


Já no dia 4, outros combatentes foram neutralizados em ataques de oportunidade na região de Ain Al-Assad, enquanto se realizava a proteção de um comboio iraquiano. Além desses ataques, segundo a nota  as aeronaves francesas têm realizado, diariamente, missões de reconhecimento que são essenciais para coletar dados de inteligência, em coordenação próxima com outros aliados.


Periodicamente, o Ministério da Defesa da França e a Força Aérea Francesa divulgam notas e fotos a respeito do andamento das missões, realizadas por caças e jatos de ataque baseados nos Emirados Árabes Unidos (seis Rafale) e Jordânia (seis Mirage 2000D), com apoio de aviões de patrulha marítima e de reabastecimento em voo, e que recentemente foram reforçados com a chegada do navio-aeródromo francês Charles de Gaulle com aeronaves de combate Rafale e Super Étendard. Para saber mais sobre a “Operação Chammal”, clique nos links da lista mais abaixo.


FONTES / FOTOS: Força Aérea Francesa e Ministério da Defesa da França VIA PODER AÉREO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.