31 de mar de 2015

"FUI CONVIDADA PARA AJUDAR A CONSTRUIR UM PROJETO PARA RIO BRANCO", DIZ SOCORRO NERI



Ray Melo - A professora da Universidade Federal do Acre (UFAC), Socorro Neri, confirmou na tarde desta segunda-feira (30), que recebeu um convite para se filiar ao PSDB. A ex-pró-reitora de Graduação da Universidade Federal do Acre (Ufac) disse que ainda analisa o convite formulado pelo presidente do ninho tucano, Márcio Bittar e pelo deputado federal Major Rocha, que assume o partido no mês de abril.

A última vez que Socorro Neri participou de disputas políticas foi em 1992, quando foi candidata a vereadora de Rio Branco. “Depois decidi que não me envolveria mais em política partidária. Passei muito tempo de PMDB, só me desfilei no final da gestão do prefeito Isnard Lei, em 2004, daí resolvi me dedicar à Ufac e me desvincular de política partidária. Em maio de 2012 assumi a vice-reitoria da Ufac e de novembro de 2012 a março de 2015 fui pró-reitora”, enfatiza.

Segundo Socorro Neri, um motivo que pesou para ela analisar o convite do PSDB, foi possibilidade de pensar e ajudar a construir um projeto para Rio Branco. “Não sou candidata a nada. Quero discutir soluções para a cidade onde moro. A construção de uma candidatura é um processo democrático, discutido com todos os partidos que integram o bloco de oposição no Acre”, avalia.

Ela acredita que os partidos de oposição precisam pensar em renovação de seus quadros, mas devem priorizar a construção de projetos administrativos, elaborados com ajuda de equipes técnicas que promovam estudos das reais necessidades da população. “Ajudar nesta construção é o que me faz analisar o convite do PSDB, juntamente com meus familiares e amigos”, diz Socorro Neri.

Questionada se ela aceitaria uma candidatura à prefeita da capital, Socorro Neri foi enfática: “Medo de desafios nunca tive, eu levo o trabalho muito a sério, mas vinculo tudo a estudos e planejamento. No momento, não sou candidata, estou avaliando um convite para me filiar e ajudar a construir um projeto com especialistas de diversas áreas. Quem decide candidatura é o conjunto da oposição”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.