15 de mar de 2015

O POVO NA RUA!



Luciano Tavares, do centro de Rio Branco lucianotavares.acre@gmail.com - A chuva não atrapalhou a manifestação do movimento “Fora Dilma” no Acre. Em Rio Branco mais de cinco mil pessoas, segundo a Polícia Militar,  foram às ruas centrais da capital acreana neste domingo em protesto contra a corrupção e o governo do PT.

Vestidos de verde e amarelo, com a cara pintada, apitos na boca, nariz de palhaço, panelas na mão e faixas de protesto, os manifestantes gritaram “fora Dilma, fora Tião e fora PT!”, por onde passaram no centro de Rio Branco. A caminhada começou por volta das 15h20 saindo da frente do Palácio Rio Branco e terminou às 17h.

No trajeto os manifestantes passaram pela sede da prefeitura de Rio Branco, depois em frente ao prédio do Ministério Público e na  Casa Rosada, sede oficial do governo do Estado. A concentração final ocorreu no Palácio, onde os manifestantes entoaram o hino nacional.

De cima de um carro de som, organizadores do evento e anônimos proferiram discursos inflamados contra a corrupção e o governo da presidente Dilma Rousseff. O governador do Acre, Sebastião Viana também foi citado várias vezes pelos manifestantes.

“Não tem ninguém pago aqui. Ninguém aqui recebeu 35 reias para estar aqui. Estamos aqui porque queremos mudança. Chega de tanta corrupção!”, disse o professor Breno Carrillo, principal articulador do “Fora Dilma” no Acre.

No momento em que os manifestantes protestavam em frente à Casa Rosada, gabinete do governador do Acre, o presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários, Adriano Marques, desafiou Sebastião Viana a “vir para o protesto”.

Pessoas de todas as idades, profissões e classe sociais participaram da manifestação. A Ordem dos Advogados do Brasil no Acre esteve presente através de suas comissões.  Entre os advogados estavam o presidente da Ordem no Acre, Marcos Vinicius Jardim, além dos advogados Sanderson Moura, Ednei Muniz e Roberto Duarte.

Sanderson, Adriano e Ednei
“Já é o maior movimento da história desde as Diretas Já!”, disse Sanderson Moura.

Famílias inteiras caminharam pelas ruas. Ao lado da esposa e de dois filhos, o micro-empresário José Luiz Augusto disse foi à “manifestação porque está cansado dos preços dos produtos como a gasolina e juros absurdos”, disse.

O pastor Jesus, da Igreja O Brasil Para Cristo, lamentou a ausência dos líderes espirituais e disse que a igreja brasileira tem importância fundamental na mudança social e política do país.

Nenhuma ocorrência foi registrada pela Polícia Militar durante a manifestação.
--------------------------------------------------------------------------------------------------
LEIA TAMBÉM 

NA CONTILNET
Mesmo com chuva, manifestantes lotam o centro de Rio Branco para participar do 'Fora Dilma'

VEJA
Londres e Nova York também têm protestos contra o governo Dilma

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.