29 de abr de 2015

ATENÇÃO PLATÉIA, UMA SALVA DE VAIAS PRA QUEM FEZ ISSO!


Queria aqui poder falar de outros tipos de marcas que o Teatro Municipal José Potyguara deixou. Mas infelizmente temos que conviver com esse tipo de atitude irracional de certas pessoas. As "marcas" que andam deixando dentro e fora dele é a da depredação. Várias vezes a Prefeitura já consertou pias e vasos dos banheiros que foram quebrados ou roubados.

Urge em nome da conservação, do conhecimento e do mínimo respeito pelo aos que aqui passaram, que se reveja o uso do teatro mais antigo do Acre. Eu era a favor de que fosse liberado para qualquer um, mas confesso que já mudei de opinião. O Teatro José Potyguara não é pra qualquer um. Quem conhece um pouco a história desse teatro, os autores, músicos, peças, figurinos e direções que já passaram por ele me arrisco a dizer que é um palco sagrado que está ali dentro. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.