28 de mai de 2015

EM REUNIÃO, DEPUTADO JESUS SÉRGIO APRESENTA REIVINDICAÇÕES AO DEPASA



O Deputado Estadual Jesus Sérgio, esteve reunido na tarde desta quarta-feira, 27, com o diretor presidente do Departamento de Estadual de Água e Saneamento (DEPASA), Edvaldo Magalhães, para buscar soluções para o problema de falta d’água no bairro Triângulo, especificamente da comunidade que reside ao longo da BR-364, em Tarauacá.

Segundo relato dos moradores, 57 famílias, aproximadamente 300 pessoas, não dispõem de água em suas residências. O problema do desabastecimento afeta pelo menos três lotes.

Após ouvir as pautas de reivindicações apresentadas pelo parlamentar, Edvaldo Magalhães se mostrou receptivo em solucionar os problemas e informou acerca de algumas ações emergências já em curso para alguns lotes. Ele assegurou ainda que será feito um estudo dos problemas, a fim de traçar soluções para regularizar o abastecimento no local.

Edvaldo Magalhães destacou que alguns trabalhos já estão em execução, como por exemplo, realização de limpeza na estação de tratamento e realização de recuperações de algumas instalações.

Reforçando o que já havia sido explicado pelo gerente do DEPASA em Tarauacá, Sr. Alex, o diretor do DEPASA afirmou que para resolver o problema, das residências próximas a rotatória, será necessária a troca das tubulações finas por instalações mais grossas, com intuito de aumentar o volume de água nas casas. Segundo ele há na região pelo menos três graves problemas detectados, subdivididos por lote, sendo:

LOTE – Escola Valdina Torquato, sentido Cruzeiro do Sul, onde estão realizando as medições e futuramente será normalizado o serviço de água.

 LOTE – Região do Igarapé Preto foi informado que há uma dificuldade para solucionar o problema, uma vez que é preciso cortar a BR 364 e, tal feito, somente poderá acontecer com a permissão do DNIT.

  Região próxima a ponte sobre o Rio Tarauacá, segundo o gerente, não há muito que fazer, tendo em vista ser uma área de invasão e não há repasses para investimentos nessas situações. Todavia, será pensado em alternativas que melhore o abastecimento de água para aqueles moradores.

Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.