19 de jun de 2015

DEPUTADO JESUS SÉRGIO PARTICIPA DO DEBATE SOBRE O PLANO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO


  
Da Assessoria - O deputado estadual Jesus Sérgio (PDT), que integra a Comissão de Educação Cultura e Desporto da Aleac, tem participado ativamente dos debates temáticos do Plano Estadual de Educação (PEE) para o decênio 2015-2024, que são realizados no auditório da Assembléia Legislativa do Acre (Aleac).

O debate proposto pelo deputado Daniel Zen, que é o relator da matéria, conta com a participação de professores, coordenadores pedagógicos, diretores e assistentes administrativos de escolas para juntos possam analisar as metas previstas para educação no Acre nos próximos dez anos.

Para Jesus Sérgio, o debate é o momento em que os educadores podem buscar melhorias e as devidas adequações para cada segmento, seja educação infantil, ensino fundamental, ensino indígena, ensino médio e de jovens e adultos.


Uma audiência conclusiva acerca do debate foi realizada na tarde de terça-feira, 16, no auditório da Aleac, onde foram dados os encaminhamentos finais. Na quinta-feira, 18, foi a vez dos educadores de Cruzeiro Sul fecharem as adequações para o PEE naquela regional.

SOBRE O PEE - Uma das metas do Plano Estadual de Educação (PEE) é universalizar até 2016 o atendimento escolar para toda população de 15 a 17 anos, com a estratégia de desenvolver até o final do primeiro ano de vigência do PEE a nova matriz curricular do ensino médio, definindo conteúdos curriculares obrigatórios.

Para o alcance dessa meta, o PEE se propõe a realizar programas de formação para coordenadores pedagógicos e professores com foco na construção e implementação de inovações didático-metodológicas que assegurem os direitos de aprendizagem dos alunos.

O PEE também tem como meta elevar a taxa de alfabetização da população de 15% para 90%, até o final da vigência deste PEE , bem como elevar a taxa para 95%, reduzindo também o índice do analfabetismo funcional em 50%

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.