13 de ago de 2015

BR 364: DEPUTADO JESUS SÉRGIO DENUNCIA ATRASO NO PAGAMENTO ÀS CONSTRUTORAS E ELABORA RELATÓRIO SOBRE PRECARIEDADES DA ESTRADA


Da Assessoria - O Deputado Jesus Sérgio denunciou ontem na tribuna da Assembleia Legislativa do Acre (ALEAC), a precariedade da BR 364 e o medo retratado pelos moradores, que residem ao longo da estrada, que temem o isolamento e o desabastecimento dos pequenos comércios, especialmente nas áreas mais longínquas.

Jesus é presidente da Comissão de Obras Públicas da ALEAC e tem lutado incansavelmente pela manutenção da estrada. Em suas visitas, ele tem buscado assegurar à população o direito a trafegabilidade e afirma que não medirá esforços pela luta do não fechamento da BR. O parlamentar reuniu uma série de depoimento de moradores, produtores rurais, comerciantes, que integrará um relatório a ser enviado ao Governo do Estado e ao Departamento Nacional de Infraestrutura (DNIT).
No documento constará ainda um detalhamento das condições de trafegabilidade da estrada com fotos e investigação sobre o andamento das obras e trechos mais críticos. 
Em seu discurso, Jesus leu o desabafo de um professor da escola Francisco Napoleão de Araújo, situada na Comunidade do Gregório.

“A nossa preocupação é para que a BR não feche. A gente enfrenta sérios problemas com os ônibus, que transportam os alunos até a escola. Até este momento não tivemos uma semana sequer, sem que enfrentasse problemas como: pneus furados, que atolam nos buracos, motores que quebram. O que mais nos preocupa no momento atual - é que se não for feito um trabalho urgente irá ocorrer o fechamento da BR, se isso acontecer não vamos conseguir fechar o ano letivo. Já no tocante a vida do povo, os produtos vão aumentar pelo menos em 300%, sem contar que enfrentaremos a escassez de alimentos e a falta de remédios e atendimento médico”, leu Jesus na Tribuna da ALEAC.

Em abril deste ano, Jesus esteve reunido com o representante do DNIT, onde foram asseguradas medidas emergências, porém as mesmas não foram cumpridas em virtude de atrasos no pagamento dos serviços já executados pelas empresas. Nesta semana, o governador Sebastião Viana anunciou o retorno das obras – em caráter de emergência – porém o representante do DNIT no Acre informou ao deputado Jesus Sérgio que enquanto os pagamentos em atraso não forem sanados, as obras permanecerão em ritmo lento, fato que espera que seja resolvido no mais breve espaço de tempo possível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.