29 de set de 2015

DELEGADO AFIRMA QUE 70% DOS ROUBOS EM RIO BRANCO SÃO COMETIDOS POR PRESIDIÁRIOS DO SEMIABERTO


Os números apontam ainda que a maioria dos novos inquéritos é por roubo, seguidos por tráfico de drogas e furtos

Delegado Karlesso Nespoli Rodrigues

 JORGE NATAL - O diretor da Divisão de Investigação Criminal (DIC), delegado Karlesso Nespoli Rodrigues, disse na manhã de segunda-feira (28) que cerca de 70% dos roubos em Rio Branco são praticados por presos nos regime semiaberto, aberto e em condicional.

A última pesquisa realizada pela Vara de Execuções Penais de Rio Branco, em setembro do ano passado, apontou que 21,5% dos presos do regime semiaberto cometeram novos crimes na capital do Acre.

Os números apontam ainda que a maioria dos novos inquéritos é por roubo, seguidos por tráfico de drogas e furtos. O estudo revelou também que os homens são maioria entre os reincidentes.

Verificou-se, também, que há uma propensão maior para os crimes de roubo e tráfico. O objetivo da pesquisa é para que sirva de norte para novas políticas públicas para sistema carcerário e Segurança Pública.

Uma das razões para a reincidência pode estar na estrutura do sistema carcerário do Estado, principalmente porque é voltado somente para penalizar.

“Primeiro é preciso haver uma reforma no Código Penal Brasileiro. O preso não passa por nenhum processo de reeducação, de reinserção na sociedade. Não tem oportunidade de trabalhar e estudar e, por isso, ele provavelmente comete novos crimes”, analisou o advogado criminalista Roberto Duarte Júnior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.