28 de set de 2015

TARAUACÁ: SEM FISCALIZAÇÃO TARAUACAENSES INSISTEM EM NÃO RESPEITAR AS LEIS DE TRÂNSITO NO MUNICÍPIO



Blog do Accioly - Um leitor do blog mandou um email protestando contra os condutores que não obedecem a sinalização de trânsito, contra os poderes públicos que não fiscalizam, bem como me pediu para que faça uma campanha para retirada do único semáforo instalado, no município, em frente ao Banco do Brasil e que o mesmo possa ser instalado, por exemplo, na esquina do Depasa, local onde acontecem mais acidentes. 

Enquanto alguns motoristas procuram obedecer a sinalização, outros a ignoram e não há fiscalização nesse sentido. Os ciclistas são os que menos respeitam o sinal vermelho. As pessoas que obedecem o sinal estão indignadas com a falta de educação desses tarauacaenses e com a falta de fiscalização por parte dos poderes públicos. E tem mais... Se você reclamar eles partem para a esculhambação. No dia que acontecer um acidente grave com uma dessas pessoas que avançam o sinal vermelho, aí as autoridades irão se preocupar em fiscalizar.

Esse blogueiro já presenciou um taxista que invadiu o sinal vermelho em plena 10 horas da manhã e por pouco não atropelou uma professora. 

Outro exemplo são as vias de mão única. Uma é a rua Duque de Caxias no trecho entre Epaminondas Jácome e Avenida Antônio Frota, e que passa ao lado do quartel da PM. A outra é a rua Generalíssimo Deodoro que dá acesso ao mercado. Poucos obedecem. 100% dos ciclistas não obedecem.

Veja o que escreveu o leitor do Blog que pediu para não ser identificado.


"Caro Accioly.


As vezes me sinto um completo "IDIOTA" quando paro no sinal de transito na esquina do Banco do Brasil, pois, só eu e poucas pessoas que obedecemos o referido "sinal vermelho". As bicicletas, as motos, os táxis (alguns), carros da Prefeitura e Governo do Estado, também as bicicletas cargueiras, acham que não tem obrigação de obedecer igual os outros.

Venho através deste convidá-lo para que comecemos uma campanha para acabar com o sinal naquele ponto ou solicitar dos poderes responsáveis pelo transito uma fiscalização mais rigorosa. 

Uma boa solução seria retirar daquele local e colocá-lo em locais que mais aconteceram acidentes, ou seja, na esquina do DEPASA e na entrada do Bairro Novo,por exemplo. Mas, que haja uma fiscalização/conscientização para que não venha acontecer o mesmo que está acontecendo hoje". 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.