6 de nov de 2015

COCA-COLA DEMITE 180 TRABALHADORES E ENCERRA ATIVIDADES DE PRODUÇÃO NO ACRE


A crise sofrida pelos setores da Indústria e Comércio brasileiro confirma cada vez mais que se faz presente no Acre. Nesta sexta-feira, 06, a Brasil Norte Bebidas, empresa que representa a Coca-Cola, decidiu demitir 180 funcionários da Indústria. A partir de agora, toda a produção da empresa será realizada no vizinho estado de Rondônia. A alegação é que a ação é consequência da crise financeira que paira sobre o país.

Há cerca de duas semanas, a empresa negou ao ac24horas que fecharia as portes, mas confirmou que parte da produção seria transferida para a capital rondoniense, que fica a pouco mais de 500 quilômetros de Rio Branco. Hoje, sexta-feira, a empresa Brasil Norte informou que serão mantidas todas as “demais atividades administrativas, comerciais, logísticas, estoque e expedição”, na sede acreana.

A empresa destacou em Comunicado oficial, que a “a migração para Porto Velho, é fruto de estudos realizados que apontaram para a necessidade dessa mudança, especialmente pelo ganho no custo de produção”, fator que demonstra possível prejuízo no território acreano, fruto da política econômica imposta pelo governo estadual.

Ainda segundo a Brasil Norte, no momento, os “maiores esforços estão voltados para que os funcionários da produção tenham oportunidades em outras vagas existentes no processo de seleção interna”, garantiu a Indústria de bebidas.

NO PAÍS
As demissões atingiram diversas áreas de atuação – motoristas, promotores de venda e até supervisores. E a ação começou por Pernambuco, onde a empresa demitiu “um motorista com mais de 20 anos de empresa sob a justificativa de que ele não estava apto para o serviço. Como não está apto e ficou 20 anos na função?”, questionou o sindicalista do estado. Segundo ele, até pessoas com atestado médico deixaram o grupo.

AÇÃO GLOBAL
A multinacional Coca-Cola anunciou em janeiro que demitiria cerca de 1.800 trabalhadores como parte do plano de cortes que busca economizar US$ 3 bilhões. A empresa de Atlanta começou a notificar os primeiros funcionários que terão seus contratos rescindidos, um processo que deverá levar alguns meses para ser concluído.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.