13 de nov de 2015

VEÍCULOS COM ADESIVOS DO DERACRE E SEMSUR ERAM USADOS PARA TRASPORTAR DROGAS NO ACRE


OPERAÇÃO AUDATHIA
De acordo com o delegado Leandro Alves Ribeiro, três empresários de Rio Branco estão presos

 Durante oito meses, foram movimentos R$ 3,2 milhões, diz PF


JORGE NATAL - A PF desarticulou a organização criminosa especializada no tráfico de drogas com atuação no estado do Acre e ramificações nos Estados do Pará e Mato Grosso do Sul. Durante oito meses, foram movimentos R$ 3,2 milhões.


De acordo com o delegado Leandro Alves Ribeiro, três empresários de Rio Branco estão presos. A organização criminosa tinha uma intensa movimentação financeira. “Agora estamos providenciando a quebra de sigilo bancário e sequestro de bens”, disse Ribeiro, referindo-se aos empresários responsáveis por financiar a compra e envio da droga para outros estados.

Um funcionário de uma empresa que presta serviço no aeroporto de Rio Branco responsável por passar informações aos criminosos sobre atuação da Polícia Federal também foi preso. Além de ex-ocupante de cargo político do município de Acrelândia.



A operação envolveu 130 policiais, que cumpriram 47 mandados judiciais: 15 mandados de prisão, 9 de conduções coercitivas e 23 de busca e apreensão nas cidades de Rio Branco, Epitaciolândia, Brasiléia, Assis Brasil, Cruzeiro do Sul e Mâncio Lima. Até o momento, 7 veículos foram apreendidos e foi iniciado um flagrante delito por arma de fogo enquanto as buscas estavam sendo realizadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.