10 de dez de 2015

MAURÍCIO MACRI ASSUME PROMETENDO COMBATER A POBREZA, DERROTAR O NARCOTRÁFICO E UNIR OS ARGENTINOS


Fotos INFOBAE

Algumas ações de extrema falta de civilidade não tiraram o brilho do juramento de posse do novo Presidente da Argentina Maurício Macri. Para citar alguns exemplos, o primeiro foi o Presidente derrotado nas últimas eleições na Venezuela, Maduro, que mandou um representante em seu lugar sem nenhum motivo, a agora ex-presidente Cristina Kirchner que não fez uma transição nos moldes dos que raciocinam, demostrando ambos que realmente não estavam preparados para serem  estadistas, provando assim que estavam certos os que os acusavam, mas no entanto rebatiam tal tese, e como se não bastasse a falta de delicadeza da ex, alguns de seus correligionários populistas boicotaram sua posse, mas agora com a inicial falta de prestígio Kirchnerismo alguns 'dissidentes' para sua tristeza, compareceram.   

A Presidente Dilma Rousseff chegou atrasada por problemas de tráfego aéreo, problemas esses causado justamente pela falta de transição civilizada. (aqui).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.