16 de dez de 2015

PAULO HENRIQUE AMORIM É CONDENADO NOVAMENTE A INDENIZAR GILMAR MENDES


Desta vez, o apresentador afirmou que Mendes "transformou o STF em balcão de negócios" e terá de desembolsar mais R$ 50 mil
Por Implicante 

A informação saiu em nota na coluna de Mônica Bergamo na Folha de S. Paulo deste sábado (14):

REPARAÇÃO
O blogueiro Paulo Henrique Amorim, apresentador da TV Record, foi condenado a pagar R$ 50 mil por danos morais ao ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal). Em 2008, ao criticar decisões do magistrado, Amorim afirmou que ele “transformou o Supremo Tribunal Federal num balcão de negócios”.

SEM QUERER
Em sua defesa, Amorim sustentou que as afirmações “não representam ofensa à honra e reputação do autor, caracterizando-se como livre expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação”. A juíza Tatiana Dias da Silva, de Brasília, considerou, no entanto, que “a matéria produzida pelo réu não relatou fato verídico, não teve o intuito apenas de informar a coletividade”, mas, sim, “teve o escopo de depreciar a imagem do autor, sem qualquer amparo”. O advogado de Amorim informa que vai recorrer da decisão.

DESTINO CERTO
A juíza determinou que os R$ 50 mil a serem pagos por Amorim devem ser destinados à Apae de Diamantino (MT), onde Mendes nasceu.

Histórico

Alguns meses atrás o apresentador da TV Record e “blogueiro progressista” já havia sido condenado a indenizar Gilmar Mendes no mesmo valor em processo semelhante, analisado pela mesma juíza. Ele também acumula diversas outras condenações, relembre aqui todas elas.

Mesmo com este histórico, o blog de Amorim segue sendo patrocinado pela Caixa Econômica Federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.