15 de dez de 2015

RJ GANHA CANAIS PARA DENÚNCIA CONTRA MAUS-TRATOS EM ANIMAIS


Relatos podem ser feitos pelo telefone ou por e-mail.
Atendimento é de segunda à sexta entre 9h e 18h.

Cadela apelidada de 'Carminha' passou a noite tranquila na Suipa (Foto: Renata Soares/G1)

A população do Rio de Janeiro, graças à Comissão de Defesa dos Animais da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), ganhou dois canais para quem quiser denunciar maus-tratos. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (14).

Os relatos podem ser feitos pelo telefone 0800-2823595. O atendimento é de segunda à sexta entre 9h e 18h. As denúncias também podem ser encaminhadas para o e-mail comissaodireitodosanimais@alerj.rj.gov.br. Para denunciar, basta mandar texto e fotos, comprovando as alegações, que a Comissão irá apurar os casos com rigor.

"Com a abertura desses canais, a população entrará em contato direto conosco para relatar os abusos que acontecem com nossos bichinhos. Pedimos que encaminhem fotos nítidas e textos com o máximo de dados para nosso e-mail, que faremos as apurações dos relatos. Quem preferir denunciar por telefone, deve ligar em horário comercial. A população não deve ter medo, pois denunciar é um ato de cidadania", ressaltou a presidente da Comissão, Daniele Guerreiro.

São considerados maus-tratos o abandono, espancamento, envenenamento, prender animais em correntes, negar água e comida, capturar animais silvestres, obrigar o animal a puxar peso superior à sua força, negar assistência veterinária ao animal ferido ou doente, não abrigar o animal na chuva ou sol, utilizar animais em shows que lhes cause estresse e promover rodeios e rinhas de galo, entre outros. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.