30 de abr de 2015

PREFEITURA MUNICIPAL LANÇA SITE OFICIAL COM INTENÇÃO DE TORNAR A ADMINISTRAÇÃO MAIS TRANSPARENTE


O Prefeito de Tarauacá Dr. Rodrigo Damasceno convidou jornalistas e comunicadores de Tarauacá pra apresentar o site oficial do município o qual disponibilizará serviços antes só vistos no governo estadual e federal como, por exemplo, impressão de contracheques online.
Prefeito Rodrigo Damasceno durante sua explanação do novo site
Com esse lançamento o município torna-se o terceiro no estado do Acre a disponibilizar esses tipos de serviços para seu cidadão, adequando – assim ao século XXI onde na guia CIDADÃO WEB (imagem abaixo), o tarauacaense poderá dispor de dezenas de serviços como tirar a guia do IPTU, Certidões Negativas de contribuinte e imóvel, guia de ISS, além claro de solicitar serviços como, por exemplo, o de coleta de entulho. Na guia Livro Eletrônico nota-se que a sonegação a partir de agora vai ficar mais difícil em todos os sentidos.


Para acessar o novo site, é só digitar www.tarauaca.ac.gov.br ou clique aqui.

TRIBUTO AO PASSADO - TARAUACÁ - CHEGADA DO GOVERNADOR GUIOMAR SANTOS

535 CONDUTORES SÃO FLAGRADOS DIRIGINDO SEM CNH NO ACRE


Os dados do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) e da Polícia Militar (PM) divulgados nesta quarta feira, 29, referentes aos os resultados das ações realizadas no primeiro trimestre deste ano, são assustadores. Com o aumento de 38% no número de abordagens, foram flagrados 537 condutores dirigindo sem permissão.

Ainda segundo as instituições, a quantidade de veículos recuperados nessas ações aumentou 88%, passando de nove, no ano passado, para 17 em 2015. Mesmo assim, o destaque dos trabalhos vai para a quantidade de flagrantes de condutores não habilitados, que cresceu mais de 200%, segundo o governo.

O comandante do BPTran, major Paulo Fernandes, analisa que isso é consequência da centralização das equipes em um único batalhão. Até julho de 2014, o policiamento de trânsito na capital era dividido em regionais, sendo transferidas, em agosto, todas as guarnições de trânsito para a antiga Ciatran, que foi transformada em um batalhão.

“Com isso, o trabalho passou a ser mais focado no policiamento especializado em trânsito, aumentando assim o número de abordagens e, consequentemente, as apreensões de veículos roubados e de drogas, prisões em flagrante por crimes de trânsito e captura de foragidos da Justiça. Além disso, ainda temos a redução no número de acidentes fatais”, afirmou Fernandes.

COMO UM TUÍTE CUSTOU US$ 8 BILHÕES AO TWITTER


Computador que procura informações financeiras na internet encontrou dados do Twitter
Computador que procura informações financeiras na internet encontrou dados do Twitter
Dan Simmons - As ações do Twitter na bolsa de valores caíram 25% na noite de terça-feira por causa de uma única mensagem publicada na rede social.

Na hora do fechamento da bolsa, as ações da companhia haviam caído US$ 8 bilhões.

A queda ocorreu porque o ânimo dos investidores foi afetado pela publicação acidental de um balanço de resultados que deveria ter sido apresentado apenas após o fechamento dos mercados.
Mas como isso aconteceu? E como isso resultou no nível mais baixo das ações da empresa desde sua estreia no mercado?
O que aconteceu?
O Twitter ia anunciar seus lucros no primeiro trimestre do ano depois do fechamento do pregão de terça-feira em Nova York.
Essa prática dá tempo aos investidores para digerir a informação, dormir e depois voltar a negociar no dia seguinte.
Leia mais: Moda viral: as redes sociais acabarão com as passarelas?
Mas alguém pensou que seria uma boa ideia tornar a informação pública antes, na página de relações com investidores da Nasdaq, a bolsa de valores especializada em empresas de tecnologia.
Inicialmente, ninguém pareceu notar o erro, até que um tuíte bem colocado chamou a atenção para a informação revelando o desempenho abaixo do esperado do Twitter.
Os mercados estavam abertos ainda e o Twitter não teve tempo de apresentar formalmente os resultados com um comunicado para explicá-los.
O tuíte-pivô da brusca queda das ações da empresa veio da Selerity, consultoria que presta um serviço de informações específico para investidores.
Ela busca automaticamente documentos, comunicados para a imprensa e informações em redes sociais que possam ser úteis para os investidores. Envia então a seus assinantes o que chama de "inteligência" processada em tempo real.
Neste caso, a informação repassada veio da página da Nasdaq no Twitter.
A Selerity também divulgou a fonte da informação, para afirmar que era legítima.
As ações do Twitter caíram 6% antes que as negociações dos papéis fossem momentaneamente suspensas.
Quando elas foram retomadas, tinham caído mais 19%, antes de terminar o dia em queda de 18%.
De quem é a culpa?
O deslize parece ter sido da Nasdaq, depois que o Twitter entregou à bolsa detalhes de seus rendimentos antes de estarem prontos para a publicação oficial.
É como um site ou jornal violando um relatório embargado até um horário específico.
O fator-chave no incidente foi um computador da Selerity que faz busca na rede mundial de computadores em busca de informações financeiras importantes. Foi esse aparelho que encontrou a mensagem.

A Selerity diz que as pessoas ficaram sabendo da informação através da própria rede do Twitter.
Mas não rompeu nenhuma regra porque os resultados já haviam sido publicados e eram considerados de domínio público.
A Nasdaq culpou uma divisão sua chamada de Shareholder.com, que presta serviços para investidores.
"A publicação foi provocada por um problema operativo que expôs o comunicado na página de relações com investidores de Twitter durante cerca de 45 segundos", disse a Nasdaq.
"Durante esses segundos, o site foi captado por um terceiro que difundiu publicamente a informação", disse.

Não é a primeira vez
Não se trata da primeira vez que isso acontece. Há seis meses, a Nasdaq publicou acidentalmente os resultados do banco JP Morgan horas antes do encerramento das negociações da bolsa de valores.
A Selerity também se envolveu em um episódio similar. Em 2011, ela obrigou a Microsoft a publicar um comunicado oficial com seu resultado financeiro ao descobrir que os dados já estavam disponíveis em uma parte pouco acessada de seu site.
Mas o vazamento do tuíte não foi o único culpado pela queda nas ações do Twitter. Os resultados do primeiro trimestre foram claramente decepcionantes. Os lucros foram US$ 20 milhões abaixo dos US$ 456 milhões esperados por analistas. As previsões de rendimentos futuros também foram reduzidas.
O presidente-executivo do Twitter, Dick Costolo, se disse decepcionado com as cifras.
Por outro lado, a rede social anunciou novidades positivas. Seu conteúdo está mais integrado com as buscas do Google e a empresa negocia com a Apple integração semelhante.
Além disso, há planos para que as linhas do tempo das páginas dos usuários sejam programadas para destacar as publicações mais importantes das contas que seguem.
O que significa dizer que na timeline de quem segue a conta da empresa Twitter, deverão aparecer postagens da Selerity.

29 de abr de 2015

EVENTOS PRÓXIMOS NO MUNICÍPIO DE TARAUACÁ - TRABALHADOR TERÁ CORRIDA DE SÃO JOSÉ EM SUA HOMENAGEM - INSCREVA-SE JÁ!


ESPORTE

SAÚDE

APRENDA A CALCULAR SEU IPTU E VEJA A TABELA DE COBRANÇA DA REMOÇÃO DO SEU ENTULHO

EM TEMPO: MINHA QUERIDA PROFESSORA, NÃO É ATEAR A BANDEIRA, É HASTEAR A BANDEIRA OK?

ATENÇÃO PLATÉIA, UMA SALVA DE VAIAS PRA QUEM FEZ ISSO!


Queria aqui poder falar de outros tipos de marcas que o Teatro Municipal José Potyguara deixou. Mas infelizmente temos que conviver com esse tipo de atitude irracional de certas pessoas. As "marcas" que andam deixando dentro e fora dele é a da depredação. Várias vezes a Prefeitura já consertou pias e vasos dos banheiros que foram quebrados ou roubados.

Urge em nome da conservação, do conhecimento e do mínimo respeito pelo aos que aqui passaram, que se reveja o uso do teatro mais antigo do Acre. Eu era a favor de que fosse liberado para qualquer um, mas confesso que já mudei de opinião. O Teatro José Potyguara não é pra qualquer um. Quem conhece um pouco a história desse teatro, os autores, músicos, peças, figurinos e direções que já passaram por ele me arrisco a dizer que é um palco sagrado que está ali dentro. 

CARTA ABERTA DA PROF.ª DR.ª LUÍSA GALVÃO LESSA KARLBERG AOS IMORTAIS DA ACADEMIA ACREANA DE LETRAS


Prof.ª Dr.ª Luísa Galvão Lessa Karlberg 
Blog Alma Acreana - Rio Branco, 27 de abril de 2015 

Excelentíssimos pares da Academia Acreana de Letras, 

Apresento-vos a proposta de trabalho de “TECIDO DA CULTURA ACREANA”, que pretendemos devolver no Acre, enquanto Diretoria da AAL, para o biênio 2015-2017.
Digo-vos que dedicarei o melhor de meus esforços, caso seja eleita Presidente, para fazer da Academia Acreana de Letras uma instituição forte, ativa, participativa, construtora e impulsionadora da literatura regional, bem como iremos trabalhar para o bom cultivo do idioma pátrio, considerando que os acreanos fazem parte dos 200 milhões de brasileiros que sonham em Língua Portuguesa. 

A nossa responsabilidade é imensa, mas estamos de mãos dadas com a comunidade regional para revitalizar a Academia Acreana de Letras, importante instituição para o fomento da Cultura, Literatura e das Letras no Acre. Deve ser essa Augusta Casa uma instituição cultural ciosa das altas tradições de Civilização e Cultura que são glorioso apanágio de nosso povo. 

A AAL abriga renomados intelectuais que podem contribuir para o desenvolvimento do Estado, em muitas áreas do conhecimento. E, nesse cenário, nós iremos valorizar cada membro do sodalício, naquilo que sabe melhor fazer, divulgando suas produções acadêmicas e motivando-o na concretização de seus projetos e no engajamento das políticas culturais no seio da AAL, sempre harmonizadas com a sociedade. 

Pedimos que votem em “TECIDO DA CULTURA ACREANA”, a única Diretoria que se apresenta para este pleito. Pretende-se, com esse título dizer que ‘o tecido da cultura voltará a ser tecido no seio da AAL’. Tecer a partir de esperanças antigas, sonhos novos. E dos sonhos novos, nova realidade, novo tecido a ressaltar a beleza e a diversidade cultural do Acre. 

Não se pretende realizar milagres, mas seremos os Gigantes nessa Nova Jornada. Seremos os acadêmicos que saltarão dos fatos para a imaginação e da imaginação para o mundo das ideias, das realizações, em busca de dias melhores para a AAL. Pensamos como Victor Hugo: “O futuro tem muitos nomes. Para os fracos é o inalcançável; Para os temerosos, o desconhecido; Para os valentes é a oportunidade”. É esta última que abraçamos. 

Pedimos que compareçam à Casa de Cultura, rua Pernambuco, bairro Estação Experimental, no horário das 9 às 17 horas e votem na Chapa intitulada “TECIDO DA CULTURA ACREANA”. 

Conclui-se com a célebre frase de John F. Kennedy: “A mudança é a lei da vida. E aqueles que apenas olham para o passado ou para o presente irão, com certeza, perder o futuro”. E nós iremos trabalhar para dignificar a Academia Acreana de Letras, aproximá-la dos escritores, poetas, cientistas e a comunidade do Acre e do mundo. 

Saudações acadêmicas. 
Prof.ª Dr.ª Luísa Galvão Lessa Karlberg

Observação: Para aquelas pessoas que não me conhecem, coloco, aqui, um resumo do meu CV. LUISA GALVÃO LESSA KARLBERG - Possui graduação em Letras Vernáculas pela Universidade Federal do Acre – UFAC (1979); Mestrado em Letras pela Universidade Federal Fluminense – UFF (1985); Doutorado em Letras (Letras Vernáculas) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ (1992); Pós-Doutora em Lexicologia e Lexicografia pela Université de Montréal, Canadá; Professora aposentada da Universidade Federal do Acre (2003); Professora Visitante Nacional Sênior – CAPES (2010-2014). Atualmente escreve para os jornais: Agência Amazônia de Notícias (2008-2014); Gosto de Ler (2010-2014); A Gazeta (1988-2014). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Língua Portuguesa, atuando principalmente nos seguintes temas: Língua Portuguesa, Dialectologia Social, Linguagem e Ensino, Linguagem e Identidade Cultural, Lexicologia e Lexicografia, Onomasiologia, Fonologia da Língua Portuguesa, Semântica da Língua Portuguesa, História da Língua Portuguesa, O Português do Brasil, Gramática Histórica, Filologia Românica, Produção Textual, Redação Jornalística I, Gramática da Língua Portuguesa, Estilística da Língua Portuguesa, Linguística Aplicada ao Ensino de Português, Redação Jornalística II, Redação Jornalística III, Redação Jornalística IV, Epistemologia e Metodologia da Pesquisa. É autora do Atlas Etnolinguístico do Acre - ALAC (1991-2015); Autora do Dicionário do Acre (2003); Autora de Termos e Expressões Populares do Acre (1985); Autora do Glossário Vale do Acre: látex e agricultura de subsistência (1996); Autora das Cartas Lexicais do Atlas Etnolinguístico do Acre (2011); Membro da Academia Acreana de Letras; Membro Fundadora da Academia dos Poetas do Acre;  Membro da Academia Brasileira de Filologia; Membro da International Writers and Artists Association (IWA), sediada na cidade de Toledo, Ohio, USA. Coordenadora da Pós-Graduação em Língua Portuguesa (Campus Floresta (2011-2018)); Orientadora de Pós-Graduação em nível de Mestrado e Doutorado; Orientadora de Pós-Graduação Lato Sensu; Orientadora de bolsistas PIBIC (Campus Floresta - UFAC); Pesquisadora DCR do CNPq (2015-2018).

28 de abr de 2015

RIO BRANCO: IGARAPÉ JUDIA TRANSBORDA E JÁ ATINGE ALGUMAS RUAS DA CIDADE DO POVO

TRIBUTO AO PASSADO - VELHOS TEMPOS DO SINJAC



Velhos tempos do SINJAC (Sindicato dos Jornalistas do Acre). Raimundo Afonso, Rachel Moreira, Jane Vasconcelos e Beth Costa (Pres. da FENAJ).

Acre em P&B - acervo pessoal Pitter Lucena

27 de abr de 2015

VISITANTE ILUSTRE - 27/04/2015 - POIS É, JACARÉ!

 
EM UMA FERROVIA VOCÊ ESTARIA MAIS SEGURO, NÃO É?

TARAUACÁ: DEPUTADO JESUS SÉRGIO APRESENTA REIVINDICAÇÃO DOS MORADORES DO TRIÂNGULO AO DNIT



Aproximadamente 100 famílias que residem ao longo da entrada do município de Tarauacá, no bairro Triângulo, zona urbana, procuraram o deputado estadual Jesus Sérgio e o ex-vereador Chico Batista, ambos do PDT, após serem notificados pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) por residirem a menos de 50 metros da BR 364.

Em reunião ocorrida na tarde de sábado, 18 de abril, representantes da comunidade relataram que foram notificadas para que removessem suas residências para uma distância de no mínimo 100 metros da BR. A determinação se deve em virtude da realização do processo de mapeamento e regularização de toda a faixa de domínio.

No documento de notificação, as famílias são orientadas a comparecerem a unidade local do DNIT para apresentarem num prazo de 30 dias a defesa e/ou justificativa, além da documentação da propriedade do imóvel (Título Definitivo, Registro em Cartórios ou outros) e cópia dos documentos pessoais do titular.

Devido à falta de informações, as famílias que residem no entorno ficaram apreensivas e pediram a intermediação do deputado estadual Jesus Sérgio, que também é presidente da Comissão de Obras Públicas, Transporte e Comunicação da Assembléia Legislativa do Acre (Aleac).


Tão logo regressou à capital, Jesus Sérgio esteve reunido na tarde da segunda-feira, 20, com o supervisor da unidade do DNIT no Acre, Thiago Rodrigues Caetano, para apresentar os reclames da comunidade. Segundo o parlamentar, o gestor assegurou que não há motivos para preocupação, uma vez que a notificação se faz necessária para que possa ser realizado o cadastramento das famílias que residem no perímetro.

No último sábado (26), o deputado estadual, Jesus Sérgio, o ex-vereador Chico batista e suas equipes estiveram reunidos novamente com a comunidade para apresentar os encaminhamentos da reunião realizada com o supervisor do DNIT. 


Jesus Sérgio: “Quero aqui tranquilizar a todos e reafirmar meu total apoio às famílias que enfrentam este momento de aflição diante duma possível ameaça de remoção. Estive reunido com o supervisor do DNIT, que me assegurou tratar-se de um cadastramento das famílias que residem às margens da BR 364. Estarei disponibilizando meu mandato e minha equipe para prestar total apoio no que for necessário, a fim de defender e representar essas famílias. Segundo o supervisor do DNIT não há motivos para preocupação, mas de toda forma estarei atento aos reclames da comunidade”.

Sebastião Elizeu, uma das lideranças da localidade, parabenizou a agilidade do parlamentar. “O deputado Jesus Sérgio é um homem que cumpre com seus compromissos. Veio aqui ouviu nossas necessidades e de imediato fez o que tinha que ser feito e já disse que continuará fazendo. Estamos muito contentes com a rapidez em que trouxe uma resposta para a gente, que estávamos nos sentindo muito angustiados com essa notificação. O nosso muito obrigado, senhor deputado, esperamos continuar contando com seu apoio e de sua equipe”, disse o morador. 

Por: Angela Rodrigues

DA SÉRIE: FOTOS DO ABIMAEL LOPES - 27/04/2015

CONHEÇA A HISTÓRIA DE SEIS EXPLORADORES QUE FORAM AOS CONFINS DO PLANETA E SUMIRAM SEM DEIXAR RASTROS



Para cada explorador de sucesso, como Cristóvão Colombo ou Vasco da Gama, existiram outros aventureiros que desapareceram na imensidão dos oceanos, selvas e desertos na missão de desbravar novas terras. Em volta desses personagens, foram criadas dezenas de histórias, fantasiosas ou não, que tentam dar respostas aos seus misteriosos destinos. Abaixo, segue uma lista de seis exploradores enigmáticos que viajaram aos confins do planeta e nunca mais foram vistos.

1. Perry Fawcett: Esse coronel desapareceu em 1925, quando procurava uma mítica cidade perdida na selva amazônica, conhecida como “Z”. Ele e seus dois acompanhantes desapareceram sem deixar rastros. Algumas teorias dizem que eles foram assassinados por nativos hostis, enquanto outras culpam a malária, a inanição e ataques de onças.

2. George Bass: Grande aventureiro e navegante britânico. Depois de descobrir o estreito entre a Austrália e a Tasmânia, planejou uma viagem à América do Sul, com a esperança de se tornar rico. Ele partiu em fevereiro de 1803, mas logo desapareceu com sua tripulação no Oceano Pacífico e nunca mais foi visto. Algumas teorias afirmam que Bass e seus homens chegaram à costa chilena, mas foram detidos por contrabandistas e obrigados a passar o resto de suas vidas em uma mina de prata espanhola.

3. Gaspar e Miguel Corte-Real: Esses irmãos portugueses desapareceram durante suas respectivas viagens ao litoral do atual Canadá. Em 1501, Gaspar conduziu uma frota de três naves em uma expedição à região costeira da Terranova. Depois, deveria regressar a Portugal, mas tanto ele quanto o seu navio não foram mais vistos. Miguel retornou à América em 1502 para resgatar o seu querido irmão, porém desapareceu sem deixar pistas.

4. Jean Francois de Galau Lapérouse: Em 1785, o rei da França, Luís XVI, o enviou a uma grande expedição de mapeamento mundial. Ele partiu de Brest e chegou à Austrália em 1788, mas, depois de deixar a Baía de Botany, sua frota desapareceu. Uma expedição de resgate chegou em 1791, mas não encontrou nenhum traço de Lapérouse, seus dois navios e seus 225 tripulantes.

5. Sir John Franklin e Francis Crozier: Em 1845, a dupla de exploradores realizou uma expedição para descobrir a rota marítima que une o Atlântico ao Pacífico. Porém, depois de passar a ilha de Baffin, a expedição desapareceu sem deixar nenhum rastro. Anos depois, investigações revelaram que os navios de Franklin e Crozier ficaram presos nas geleiras durante o inverno de 1846 e 1847. Cinquenta barcos foram até o Canadá com o objetivo de localizar a tropa perdida, mas os corpos de Franklin e Crozier nunca foram recuperados.

6. Peng Jiamu: este aventureiro biólogo chinês desapareceu durante uma expedição no deserto de Lop Nor, um dos lugares mais secos do mundo, em 1980. Peng iniciou suas viagens nos anos 50 e, 30 anos depois, dirigiu uma equipe de pesquisadores a Lop Nor. Após alguns anos de viagem, ele desapareceu repentinamente de seu acampamento, deixando uma mensagem na qual dizia que iria buscar água. De acordo com os conhecedores do local, provavelmente Jiamu foi soterrado por uma tempestade de areia ou esmagado por uma avalanche de terra.

25 de abr de 2015

REDE-BERÇO PARA BEBÊS -


ENCOMENDAS COM DONA JÚLIA WANDERLEY - (68) 9906 0318

NOVO VÍDEO PROMOCIONAL DO KC-390

SCHALIN PARALISA A OPERAÇÃO DE SONDAS PARA A PETROBRAS


Investigada na Lava Jato, empresa teria suspendido atividades após ações na Justiça determinarem o arresto dos ativos. Companhia busca recursos para evitar pedido de falência
  
A Schahin Petróleo e Gás, operadora de plataformas petrolíferas para a Petrobras, busca no mercado uma linha de crédito para evitar pedido de falência, informaram duas fontes familiares com o assunto. Enquanto isso, a empresa suspendeu as operações de algumas das sondas de perfuração contratadas pela estatal, uma vez que credores pedem à Justiça que os ativos sejam usados como garantia para o pagamento de dívidas. O valor dos bônus emitidos pela empresa no mercado internacional despencou. A Schahin pode apelar à recuperação judicial ainda esta semana, disse uma das fontes, que pediu anonimato. 

Por volta do meio dia de ontem, os bônus da Schahin com vencimento em 2022 caíam US$ 0,09, para US$ 0,51 em Nova York, a pior queda e o valor mais baixo desde que foram vendidos em março de 2012. A captação, na qual a empresa levantou US$ 651,5 milhões, está garantida pelo fluxo de caixa gerado por contratos de longo prazo com a Petrobras para aluguel da sonda Sertão. A empresa tem seis sondas contratadas com a Petrobras e, segundo informações do mercado, cinco delas estariam com as operações paralisadas. A Schahin disse que não comentará o assunto. Procurada, a Petrobras também não se manifestou. 

No mês passado, a Fitch Ratings rebaixou os bônus Schahin II Finance para BB-, três degraus abaixo do grau de investimento, citando a alta alavancagem e as condições de crédito mais difíceis. A unidade de engenharia do grupo, Schahin Engenharia, está entre as empresas que foram banidas temporariamente de novas licitações da Petrobras por causa das investigações da Operação Lava Jato. O banco HSBC acionou a companhia na Justiça por uma dívida de US$ 56 milhões em notas promissórias não pagas. 

Embora não tenha nenhum executivo preso, a Schahin é uma das empresas que vêm apresentando dificuldades financeiras depois de serem incluídas na lista de empreiteiras investigadas por suposto pagamento de propina para conseguir contratos com a Petrobras. Cinco delas já deram início a um processo de recuperação judicial: OAS, Galvão Engenharia, Alumini Engenharia, Iesa e Jaraguá.

Fundo sueco também vai processar a Petrobras 

Depois de investidores americanos irem à Justiça contra a Petrobras para tentar recuperar perdas, um fundo de pensão sueco, o AP1, que em dezembro detinha 3,7 milhões de papéis da empresa, engrossou a lista de processos contra a petroleira em tribunais no exterior, na esteira dos escândalos de corrupção envolvendo a companhia. 

Segundo informações do “Financial Times”, os suecos alegam que a estatal brasileira não revelou em seus balanços sua real situação, não provou que seus controles para evitar a corrupção funcionavam e sobrevalorizou seus ativos. Ao contrário dos americanos, que decidiram reunir todas as ações em um mesmo processo, o fundo sueco abrirá um caso separado. As ações da Petrobras acumularam perdas de 43% no ano passado. 

Nas duas últimas semanas, a Dimensional Fund Advisors e seis fundos de pensão de Nova York também optaram por ações individuais para processar a Petrobras por alegadas perdas com o escândalo de corrupção. “Normalmente fazemos isso nos juntando a class actions, mas desta vez pensamos que é do interesse de nossos acionistas buscar nossos direitos diretamente”, disse ao FT um porta-voz do Dimensional. De acordo com alguns advogados, a busca por ações individuais pode garantir melhores acordos aos investidores. 

Desde dezembro, dezenas de fundos de pensão americanos já entraram na Justiça contra a Petrobras por perdas após o início da Operação Lava Jato. No mês passado, os pedidos foram consolidados em uma ação coletiva, com o fundo britânico Universities Superannuation Scheme (USS) escolhido como líder. O USS alega que perdeu US$ 84 milhões com a queda das ações da estatal após o início da crise. 

24 de abr de 2015

PREFEITURA DE TARAUACÁ REALIZA UM DOS MAIS BELOS DESFILES CÍVICOS JÁ REALIZADOS EM TARAUACÁ


O DESFILE FOI EM COMEMORAÇÃO AOS 102 ANOS DO MUNICÍPIO


A Prefeitura Municipal de Tarauacá realizou hoje um belíssimo Desfile Cívico retornando assim ao calendário local uma das mais tradicionais festas realizadas na cidade.


A solenidade contou com a presença do Prefeito Dr. Rodrigo Damasceno, do Vice Prefeito Chagas Batista, da representante do Núcleo de Educação Estadual Professora Francisca Aragão, o Coronel Juvenal e autoridades locais.

Todas as secretarias do município desfilaram com cartazes e com os materiais que são usados no dia a dia, destacando o empenho que as mesma tem obtido na atual gestão.


Com a participação especial da Banda da Polícia Militar que começou dando o tom aconchegante de PARABÉNS PRA VOCÊ, vindo prestigiar o evento diretamente de Rio Branco marcando com essa visita histórica, o ritmo colorido dos desfiles das Escolas e afins.

Prefeito Dr. Rodrigo Damasceno hasteando o Pavilhão Nacional
O Prefeito Dr. Rodrigo Damasceno ao lado da Primeira Dama Úrsula Prado fez uso da palavra destacando que, dessa vez, a salva de palmas era para a própria população Tarauacaense, merecedora dessa festa alegre e contagiante por ser uma população guerreira, haja vista ter enfrentado nada mais nada menos que doze enchentes nesse período invernoso.

ABAIXO VEJA ALGUMAS IMAGENS

Assecom Tarauacá