30 de set de 2015

PETROBRAS REAJUSTA GASOLINA EM 6% E ELEVA DIESEL EM 4% NAS REFINARIAS




A Petrobras anunciou na noite de terça-feira aumento de 6 por cento nos preços da gasolina e de 4 por cento no diesel nas refinarias a partir desta quarta-feira, no primeiro reajuste desses combustíveis da atual diretoria, num momento em que a forte alta do dólar frente ao real impacta custos de importação e eleva o endividamento em moeda estrangeira da companhia.


O último reajuste foi aplicado em novembro de 2014, ainda na gestão da presidente-executiva Maria das Graças Foster, quando a alta da gasolina foi de 3 por cento e a do diesel atingiu 5 por cento.

Com o reajuste, a diretoria comandada por Aldemir Bendine, que assumiu o posto de CEO em fevereiro, busca ganhar a confiança do mercado, ainda que haja falta de clareza sobre a fórmula para a alta dos preços dos combustíveis.

"Nós buscamos preços competitivos e alinhados ao mercado internacional. Essa é a política do presidente Bendine para garantir a competitividade da companhia. A meta é ter custos competitivos, mas temos de ter preços competitivos", afirmou uma fonte da empresa, na condição de anonimato.

"Se o dólar subir mais ainda, é claro que vamos ter que fazer novo aumento para manter preço competitivo", disse a fonte.

Embora os preços internacionais do petróleo tenham caído dramaticamente, o enfraquecimento de 35 por cento do real contra o dólar neste ano significa que os preços na bomba no Brasil permanecem relativamente baixos.

No caso da gasolina, o reajuste não é suficiente para compensar a defasagem de preços da Petrobras em relação ao mercado internacional, que estava em 9 por cento na terça-feira, segundo estimativa do Centro Brasileiro de Infraestrutura (Cbie), por conta da disparada do dólar.

O diesel, no entanto, será vendido pela Petrobras com um prêmio ainda maior ante os valores externos. Na terça-feira, o diesel era vendido no Brasil 11 por cento acima do mercado internacional.

"O governo teve bom senso, é um aumento muito pequeno, gera mais receita... Mas para ser excelente para o mercado tinha que ser 10 a 12 por cento, e isso não foi dado isso", disse o diretor do Cbie, Adriano Pires.

AVIAÇÃO COMERCIAL BRASILEIRA TERÁ PIOR DÉFICT DE SUA HISTÓRIA



PANROTAS - A aviação comercial brasileira deve ter o pior déficit de sua história no encerramento deste ano. O prejuízo deve ser superior a R$ 7,3 bilhões, de acordo com a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear). O valor é equivalente à soma dos resultados líquidos negativos registrados em três anos consecutivos pelo transporte aéreo (2011 a 2013), ou R$ 7,4 bilhões, segundo dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). 

LEIA TAMBÉM
Demanda por voos domésticos cai 0,6% em agosto

Segundo a Abear, o déficit está sendo impulsionado pela alta do dólar e pelo aumento de custos de 24% previsto para este ano, enquanto a receita deve crescer bem menos, ou 3,7%.

Eduardo Sanovicz, presidente da Abear
“Esse cenário coloca em risco uma década de conquistas, pois saltamos de um patamar de 30 milhões para 100 milhões de passageiros”, avaliou o presidente da associação, Eduardo Sanovicz. “Com o câmbio nesse valor, não é admissível trabalhar com custos muito acima da média mundial, como é o caso do combustível”, completou, ainda lembrando que, até agosto, a cotação do dólar acumula valorização de 55% na comparação anual. “Cerca de 60% dos custos da aviação são dolarizados.”

Para 2016, as projeções também indicam déficit de caixa. O valor deve ser de até R$ 12,2 bilhões, caso a cotação do dólar fique em torno de R$ 4,44. Se a moeda americana for cotada na casa dos R$ 3,88, as perdas poderão se situar em R$ 11,4 bilhões.

Sanovicz ainda afirmou que o cenário precisa ser enfrentado com maturidade, caso contrário os passageiros voltarão ao transporte rodoviário. “A Abear apresentou, na semana passada, seis propostas para enfrentar a atual situação econômico-financeira ao ministro da Secretaria de Aviação Civil (SAC), Eliseu Padilha. Nesta quinta-feira, será a vez do ministro da Fazenda, Joaquim Levy.”

Entre tais medidas, de acordo com a Abear, está o alinhamento do preço do querosene de aviação (QAV) com o mercado internacional, a eliminação da incidência do ICMS sobre o combustível, um “waiver” das tarifas aeroportuárias e de navegação com financiamento via Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC) e a revisão da regulação das Condições Gerais do Transporte Aéreo, entre outros temas.

“Não estamos propondo a isenção de subsídios. Nossas contas nós assumimos. O que a gente não pode mais é trabalhar em um cenário no qual os insumos que recaem sobre as empresas tenham preços tão díspares em comparação com o mercado internacional”, afirmou Sanovicz.

IMAGENS DO NOVENÁRIO DE SÃO FRANCISCO ONTEM DIA 29/09/2015

VEREADOR MARLINDO PINHEIRO SAI DO PC do B, VEJA ESTA E OUTRAS MUDANÇAS PARTIDÁRIAS NA CÂMARA DE VEREADORES DE TARAUACÁ


PSB E PROS SÃO OS MAIS PREJUDICADOS

* Em vermelho o novo partido ou ainda sem partido:

O Vereador Marlindo Pinheiro (sem partido),
O Vereador João Moreira (PP),
O Vereador Mirabor Leite (PMDB),
O Vereador José Sidenir (PC do B),
O Vereador Nasso Kaxinawá (PC do B),
O Vereador Valdor do Ó (PMDB),
A Vereadora Janaína Furtado (Rede Sustentabilidade),
A Vereadora Maria José (PT),
O Vice-Presidente Vereador Lulu Neri (PT), 
O 1º Secretário Vereador Manoel Monteiro (PC do B),
O Presidente Vereador Ezi Aragão (PT),

DEPUTADO JESUS SÉRGIO DESTACA REALIZAÇÃO DA EXPO TARAUACÁ 2015



O deputado Jesus Sérgio (PDT) convidou na sessão desta quinta-feira (24, na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), os parlamentares para participarem da Feira Expo Tarauacá 2015. Realizada pela prefeitura, em parceria com o Governo do Estado, Sebrae e outros parceiros, o evento será promovido no estádio Naborzão, entre os dias 1° a 4 de outubro, reta final do Novenário de São Francisco.

“Quero convidar meus colegas deputados para participarem do Novenário de São Francisco e para a Expo Tarauacá 2015. O evento está sendo organizado com muito carinho para toda a população acreana”, destacou.

O parlamentar disse que para aqueles que se propuserem a ir de carro ao evento, através da BR-364, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT), está realizando a recuperação dos trechos mais críticos. “O governo do Estado, juntamente com o DNIT, tem realizado um trabalho bacana na BR-364. A estrada já está bem melhor para trafegar. Então, quem quiser ir para Tarauacá prestigiar os nossos eventos poderá ir de carro se assim preferir”, concluiu.

FACECOISAS - D. PEDRO II





29 de set de 2015

DELEGADO AFIRMA QUE 70% DOS ROUBOS EM RIO BRANCO SÃO COMETIDOS POR PRESIDIÁRIOS DO SEMIABERTO


Os números apontam ainda que a maioria dos novos inquéritos é por roubo, seguidos por tráfico de drogas e furtos

Delegado Karlesso Nespoli Rodrigues

 JORGE NATAL - O diretor da Divisão de Investigação Criminal (DIC), delegado Karlesso Nespoli Rodrigues, disse na manhã de segunda-feira (28) que cerca de 70% dos roubos em Rio Branco são praticados por presos nos regime semiaberto, aberto e em condicional.

A última pesquisa realizada pela Vara de Execuções Penais de Rio Branco, em setembro do ano passado, apontou que 21,5% dos presos do regime semiaberto cometeram novos crimes na capital do Acre.

Os números apontam ainda que a maioria dos novos inquéritos é por roubo, seguidos por tráfico de drogas e furtos. O estudo revelou também que os homens são maioria entre os reincidentes.

Verificou-se, também, que há uma propensão maior para os crimes de roubo e tráfico. O objetivo da pesquisa é para que sirva de norte para novas políticas públicas para sistema carcerário e Segurança Pública.

Uma das razões para a reincidência pode estar na estrutura do sistema carcerário do Estado, principalmente porque é voltado somente para penalizar.

“Primeiro é preciso haver uma reforma no Código Penal Brasileiro. O preso não passa por nenhum processo de reeducação, de reinserção na sociedade. Não tem oportunidade de trabalhar e estudar e, por isso, ele provavelmente comete novos crimes”, analisou o advogado criminalista Roberto Duarte Júnior.

28 de set de 2015

PRIMEIRO MEDICAMENTO TRANSDÉRMICO PARA DOENÇA DE PARKINSON CHEGA AO MERCADO BRASILEIRO


Em formato de adesivo, o primeiro e único tratamento transdérmico para doença de Parkinson ajuda a aumentar a adesão dos pacientes


Jornal dia a dia -  No Chegou no mercado farmacêutico brasileiro um novo tratamento medicamentoso para a doença de Parkinson – doença que afeta o sistema motor e provoca rigidez e tremores. O medicamento, disponível em mais de 40 países1, chama-se Neupro e é o primeiro e único administrado por via transdérmica para essa indicação. Produzido pelo laboratório UCB, vem em formato de adesivo que é aplicado sobre a pele, liberando a medicação de forma estável e contínua no decorrer de 24 horas. Ao redor do mundo, já são mais de 190 mil pacientes tratados com Neupro.


A alta adesão ao tratamento com Neupro se deve ao fato de, por ser transdérmico, não há passagem pelo trato gastro-intestinal, o que poderia causar náuseas. Em casos mais graves da doença de Parkinson, há pacientes que chegam a ingerir oito comprimidos por dia, o que pode gerar esquecimento de algum deles ou desistência do tratamento.

A dinâmica do tratamento consiste em aplicar o adesivo sobre a pele limpa, seca e saudável dos ombros, braços ou abdômen e deixá-lo por 24 horas no mesmo local. Ao substituir por outro adesivo, deve-se aplicá-lo em um local diferente. O Neupro pode ser utilizado tanto na fase inicial, quanto nas mais avançadas da doença de Parkinson. Quanto antes o paciente for diagnosticado e começar o tratamento, melhores serão os resultados. O medicamento é um agonista dopaminérgico, o que significa que age diretamente nos receptores de dopamina, um neurotransmissor responsável pelos movimentos. De tal forma, é um medicamento eficaz no controle dos distúrbios motores. Além da eficácia, a segurança e tolerabilidade também são bem vistas pela classe médica, principalmente pela baixa interação com outros medicamentos.

UCB é uma empresa biofarmacêutica global, fundada em 1928 por Emmanuel Janssen. Localizada em Bruxelas, na Bélgica, a UCB possui um modelo de “Inovação Aberta” baseado numa forte parceria com outras companhias biofarmacêuticas e universidades proeminentes.

Focada no paciente, investe em pesquisa e desenvolvimento de medicamentos e soluções para pessoas que vivem com doenças graves dos sistemas imunológico e nervoso central. Com mais de 8.000 colaboradores a UCB está presente em, aproximadamente, 40 países.

ESTAMOS EM PLENO NOVENÁRIO DE SÃO FRANCISCO, MAS QUEM FOI ESSE HOMEM?


Nasce Francisco,
filho de Pietro Bernardone

Franciscanos - Filho de Pedro e Dona Pica Bernardone, Francisco nasceu entre 1181 e 1182 , na cidade de Assis, Itália. Seu pai era um rico e próspero comerciante, que seguidamente viajava para a França, de onde trazia a maior parte de suas mercadorias.

Foi de lá também que ele trouxe sua linda e bondosa esposa, Dona Pica. Foi batizado em Santa Maria Maior (antiga catedral de São Rufino) com o nome de João (Giovanni). Mas quando Pietro Bernardone voltou de uma viagem à França, mudou de idéia e resolveu trocar o nome do filho para Francisco, prestando uma homenagem àquela terra.

Sua mãe era de origem provençal: as primeiras palavras ternas e afetuosas que o menino ouviu foram francesas. Esta língua foi gravada no seu coração: assim, afirmou o seu primeiro biógrafo, Tomás de Celano: “quando manifesta a sua alegria, canta na doce língua dos trovadores da cavalheiresca Provença”.

Segundo a maioria dos biógrafos de São Francisco, os padres de São Jorge lhe deram formação adequada e educação cristã. Mas o caráter e as qualidades melhores lhe vieram da mãe: meiga e firme, cristã fervorosa, toda dedicada à família.

Cedo, o garoto Francisco aprendeu do pai a arte do comércio que manejava com inteligência e proveito. Mas era um jovem alegre, amante da música e das festas e, com muito dinheiro para gastar, tornou-se rapidamente um ídolo entre seus companheiros. Adorava banquetes, noitadas de diversão e cantar serenatas para as belas damas de sua cidade. Enfim, Francisco era o líder da juventude de sua cidade.

TARAUACÁ: SEM FISCALIZAÇÃO TARAUACAENSES INSISTEM EM NÃO RESPEITAR AS LEIS DE TRÂNSITO NO MUNICÍPIO



Blog do Accioly - Um leitor do blog mandou um email protestando contra os condutores que não obedecem a sinalização de trânsito, contra os poderes públicos que não fiscalizam, bem como me pediu para que faça uma campanha para retirada do único semáforo instalado, no município, em frente ao Banco do Brasil e que o mesmo possa ser instalado, por exemplo, na esquina do Depasa, local onde acontecem mais acidentes. 

Enquanto alguns motoristas procuram obedecer a sinalização, outros a ignoram e não há fiscalização nesse sentido. Os ciclistas são os que menos respeitam o sinal vermelho. As pessoas que obedecem o sinal estão indignadas com a falta de educação desses tarauacaenses e com a falta de fiscalização por parte dos poderes públicos. E tem mais... Se você reclamar eles partem para a esculhambação. No dia que acontecer um acidente grave com uma dessas pessoas que avançam o sinal vermelho, aí as autoridades irão se preocupar em fiscalizar.

Esse blogueiro já presenciou um taxista que invadiu o sinal vermelho em plena 10 horas da manhã e por pouco não atropelou uma professora. 

Outro exemplo são as vias de mão única. Uma é a rua Duque de Caxias no trecho entre Epaminondas Jácome e Avenida Antônio Frota, e que passa ao lado do quartel da PM. A outra é a rua Generalíssimo Deodoro que dá acesso ao mercado. Poucos obedecem. 100% dos ciclistas não obedecem.

Veja o que escreveu o leitor do Blog que pediu para não ser identificado.


"Caro Accioly.


As vezes me sinto um completo "IDIOTA" quando paro no sinal de transito na esquina do Banco do Brasil, pois, só eu e poucas pessoas que obedecemos o referido "sinal vermelho". As bicicletas, as motos, os táxis (alguns), carros da Prefeitura e Governo do Estado, também as bicicletas cargueiras, acham que não tem obrigação de obedecer igual os outros.

Venho através deste convidá-lo para que comecemos uma campanha para acabar com o sinal naquele ponto ou solicitar dos poderes responsáveis pelo transito uma fiscalização mais rigorosa. 

Uma boa solução seria retirar daquele local e colocá-lo em locais que mais aconteceram acidentes, ou seja, na esquina do DEPASA e na entrada do Bairro Novo,por exemplo. Mas, que haja uma fiscalização/conscientização para que não venha acontecer o mesmo que está acontecendo hoje". 

DEPUTADA QUER IMPLANTAÇÃO DO "BOTÃO DO PÂNICO NO COMBATE À VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER


“Trata-se de um aparelho tecnológico simples, barato e eficaz", diz Sinhasique

Deputada Eliane Sinhasique


A peemedebista Eliane Sinhasique apresentou, na manhã desta quarta-feira (23), na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), indicação de anteprojeto que dispões sobre a distribuição do “Botão do Pânico”, que é um dispositivo utilizado em vários outros estados no combate à violência doméstica.


“Trata-se de um aparelho tecnológico simples, barato e eficaz, em que em apenas três segundos a autoridade competente receberá a informação georreferenciada pelo GPS. O dispositivo permite inclusive gravação de áudio, e tem custo estimado em R$80, a unidade”, justificou a parlamentar.

A mulher com histórico de agressão recebe o aparelho e para que a polícia seja acionada, em caso de ameaça de maridos, companheiros ou namorados, basta que aperte o botão. Os Estados do Espírito Santo, de São Paulo, da Bahia, do Paraná, de Manaus e do Ceará já aderiram ao dispositivo e conseguiram reduzir os números de violência doméstica.

O botão é o instrumento que falta para que a medida protetiva se cumpra. “A distribuição do dispositivo assegura que a vítima não vai sofrer novas violências, nem correr risco de vida pelo agressor, principalmente aqueles que tem que manter distância por determinação da Justiça, e muitas vezes não cumprem pela falta de condição de controle”.

O uso do dispositivo será determinado pelo Poder Judiciário, que selecionará os casos de mulheres agredidas que necessitam de uma vigilância mais rigorosa da aproximação do agressor. (Assessoria)

25 de set de 2015

RÚSSIA E ISRAEL ANUNCIAM AÇÃO MILITAR COORDENADA NA SÍRIA


Em Moscou, Netanyahu e Putin anunciam plano de coordenar operações no espaço aéreo sírio para evitar "desentendimentos". Israel quer evitar que arsenal russo enviado a Assad acabe nas mãos do Hisbolá.



DW -Reunidos em Moscou nesta segunda-feira (21/09), o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, e o presidente da Rússia, Vladimir Putin, anunciaram um plano de coordenar suas operações militares no espaço aéreo da Síria.

Segundo o premiê israelense, os governantes "concordaram sobre um mecanismo" para "prevenir desentendimentos entre as Forças de Defesa de Israel e tropas russas".


Israel teme que aviões de guerra e sistemas antiaéreos enviados pela Rússia às forças do regime do presidente sírio, Bashar al-Assad, acabem nas mãos do Hisbolá. Principal inimiga de Israel, a milícia com base no Líbano é aliada de Assad e recebe suporte do Irã.

"Nossa política é fazer de tudo para impedir o envio de armas ao Hisbolá", disse o primeiro-ministro israelense.

"Segunda frente"
Durante o encontro, Netanyahu disse a Putin que o Irã e a Síria vem fornecendo armas de guerra avançadas ao Hisbolá na tentativa de estabelecer uma "segunda frente terrorista nas Colinas de Golã". A região foi tomada da Síria por Israel e anexada ao território do país em 1981.

Putin afirmou que "entende" as preocupações, mas rejeitou a ideia de que as forças de Assad e o Irã estejam criando uma "segunda frente" contra Israel.

O presidente russo argumenta que o auxílio militar à Síria é necessário no combate ao grupo "Estado Islâmico" (EI) e que o envio de armamentos está de acordo com tratados internacionais vigentes. Já os Estados Unidos acusam Moscou de fomentar o conflito entre o regime de Assad e os rebeldes sírios.

Na semana passada, o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, alertou que a tática russa de enviar armamentos à Síria ameaça o combate dos EUA e de países aliados contra o EI. Imagens de satélite mostraram a chegada de tanques e outros equipamentos militares russos a uma base aérea próxima à cidade de Lataquia, onde fica o principal porto da Síria.

Putin argumentou que as ações de Moscou no Oriente Médio sempre foram e serão "responsáveis."
Após a reunião, Netanyahu disse que informou a Casa Branca sobre "cada detalhe" do encontro. "Todos têm interesse em evitar choques desnecessários" sobre a Síria, afirmou o premiê.

Descarregamento de avião russo com ajuda humanitária na Síria
Descarregamento de avião russo com ajuda humanitária na Síria

VENEZUELA ENVIA MILITARES A REGIÃO DISPUTADA E CAUSA PROTESTO DA GUIANA


foto: opera mundi


DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS - As Forças Armadas da Venezuela enviaram nesta terça-feira (22) milhares de soldados à fronteira com a Guiana, no leste do país. A movimentação perto da área disputada entre os dois países levou a protesto do vizinho.


As atividades militares acontecem um dia após a Guiana ameaçar levar a disputa pela região de Essequibo à Corte Internacional de Justiça por considerar esgotados os esforços da ONU para resolver o conflito.

De acordo com o ministro da Defesa, Vladimir Padrino López, as tropas realizam um exercício militar. "Fazemos um exercício de deslocamento operacional. (...) Estamos nos preparando em todas as frentes."

O anúncio do ministro é feito minutos depois de o presidente da Guiana, David Granger, reclamar do reforço militar na fronteira. Para ele, seu colega Nicolás Maduro segue um rumo perigoso ao evitar uma solução pacífica.

"Achamos que a Venezuela está tomando neste ponto um caminho perigoso em vez de buscar uma solução pacífica para o assunto. A Venezuela parece seguir um rumo ofensivo e agressivo."

Granger busca o apoio de países da América antes de se pronunciar sobre a disputa pela região de Essequibo na Assembleia-Geral da ONU, em discurso previsto para a próxima sexta-feira (25).

Nele, defenderá que os limites entre os dois países foram acertados no tratado assinado entre a Venezuela e o Reino Unido em 1899. Caracas afirma que o documento foi fraudado para beneficiar na época aos britânicos.

VOLTA

A disputa fronteiriça entre Venezuela e Guiana foi reativada no final de maio depois que a companhia Exxon Mobil descobriu uma jazida de petróleo no litoral de Essequibo.

O tema foi colocado em segundo plano em agosto quando o governo de Nicolás Maduro decidiu fechar sua fronteira oeste com a Colômbia, sob a alegação da atividade de grupos paramilitares e contrabando.

A questão começou a ser resolvida na segunda (21) depois de reunião entre Maduro e o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, mediada pelo Equador e o Uruguai. Um dos pontos é a abertura progressiva da fronteira.

A oposição ao chavista e outros críticos estrangeiros acusam o mandatário de usar as crises diplomáticas para poder ganhar as eleições parlamentares de dezembro. 

CONTA DE LUZ PODE SUBIR 8% APÓS ANEEL MUDAR COBRANÇA DE ENCARGO



G1 - A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta quinta-feira (24) uma nova metodologia de cobrança da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), que é um encargo cobrado nas contas de luz. Parte da conta, que até então era paga pelas indústrias, será repassada aos consumidores residenciais, o que pode representar uma alta de até 8% nas contas de luz.

O impacto no bolso do consumidor será sentido quando autorizado o reajuste tarifário anual de cada distribuidora de energia.

A agência se viu obrigada a rever as regras de cobrança da CDE devido a uma decisão judicial que desobrigou as empresas de arcar com os valores, movida pela Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Energia e de Consumidores Livres (Abrace). A entidade alegou “ilegalidade” no sistema de cobrança atual.

“Não é do meu intento, não é do intento da Aneel, mas a decisão judicial tem que ser cumprida”, disse o relator do processo, André Pepitone da Nóbrega, na reunião da diretoria do órgão que aprovou a nova metodologia.

A Aneel tentou derrubar a liminar, mas teve o primeiro pedido negado pela Justiça. A agência, no entanto, promete seguir na batalha judicial para tentar reverter a decisão.

Repasse de R$ 1,6 bilhão
Pelos cálculos da agência, o cumprimento da decisão judicial levará ao repasse anual de R$ 1,6 bilhão aos consumidores residenciais. Inicialmente, o valor será pago pelas distribuidoras de energia, que poderão repassá-lo aos consumidores por meio de reajustes das tarifas.

Já a indústria fica desobrigada a arcar com os valores de forma retroativa a 3 de julho deste ano, que é a data da obtenção da liminar na Justiça.

Os recursos destinados à CDE compõem um fundo de investimentos para o setor, aplicado, por exemplo, no financiamento de ações do governo, como o programa Luz para Todos e subsídios à tarifa de famílias de baixa renda. O fundo, no valor de R$ 18,9 bilhões ao ano, é gerido pela Eletrobras, vinculada ao Ministério de Minas e Energia.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
MINISTRO APRESENTA A SENADORES E DEPUTADOS DO ACRE SOLUÇÃO EMERGENCIAL PARA APAGÕES

Senadores e deputados federais do Acre se reuniram com o ministro Eduardo Braga/Foto: Assessoria

A Termonorte volta a operar no sistema de distribuição de energia elétrica no Acre e Rondônia afastando riscos de novos apagões


Em audiência, com o senador Gladson Cameli (PP-AC) e as bancadas federais do Acre e de Rondônia, nesta quinta-feira,23, o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, informou que a usina Termonorte foi reativada para atender os dois estados que, nos últimos dias, sofreram com constantes apagões.

De acordo com ministro Braga, a ligação da Termonorte tem como objetivo garantir o fornecimento de energia para os estados do Acre de Rondônia sem interrupções. “Estamos adotando várias medidas emergenciais para que não ocorram falhas no sistema de distribuição, como vem ocorrendo nos últimos dias. Ou seja, são medidas para solucionar o problema de maneira mais rápida e afastar os riscos de novos apagões”, destacou.

Para o senador Gladson Cameli, essa não é a solução definitiva para os apagões. “A geração de energia, por meio do óleo diesel, tem um custo altíssimo. Preocupado com a medida adotada, indaguei ao ministro se essa ação elevaria ainda mais as contas de energia dos acreanos que já pagam a energia mais cara do país. O ministro me garantiu que não haverá mais aumentos nas tarifas de energia”, afirmou.

Por fim, o ministro também informou que estão trabalhando para entregar até o final de 2016 a terceira linha de transmissão para que o sistema funcione de forma completa e de maneira eficaz.

CHILE CONGELA SALÁRIOS DE POLÍTICOS COMO SINAL DE AUSTERIDADE


A medida promoverá uma economia de 70 milhões de pesos chilenos
(pouco mais de 400 mil reais) aos cofres públicos (Foto: AFP)
O Sul - Em meio à desaceleração econômica e à previsão de menor arrecadação de impostos, o governo do Chile anunciou nesta segunda-feira (21) que vai congelar os salários dos 200 funcionários do governo mais bem remunerados como um sinal de austeridade. A presidente Michelle Bachelet, ministros, deputados, senadores e lideranças regionais também abrirão mão do reajuste de 4,5% que seria aplicado em 1º de dezembro.

A medida promoverá uma economia de 70 milhões de pesos chilenos (pouco mais de 400 mil reais) aos cofres públicos. Mas tem forte impacto em um momento em que a classe política do país atravessa uma crise de confiança devido a escândalos de corrupção que alcançaram até a família presidencial. A proposta nasceu dentro do Parlamento, que se propôs ainda a criar uma comissão para estudar a mudança permanente da legislação que prevê reajustes anuais a deputados e senadores.

Segundo previsão da Cepal (Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe), o Chile deverá crescer 2,5% neste ano, como resultado da queda dos preços das matérias-primas que exporta, como o cobre.

FACECOISAS - 25/09/2015

24 de set de 2015

NO BRASIL, MORTES POR DEPRESSÃO CRESCEM 705% EM 16 ANOS



Fabiana Cambricoli - Em 16 anos, o número de mortes relacionadas com depressão cresceu 705% no Brasil, mostra levantamento inédito feito pelo jornal O Estado de S. Paulo com base nos dados do sistema de mortalidade do Datasus. Estão incluídos na estatística casos de suicídio e outras mortes motivadas por problemas de saúde decorrentes de episódios depressivos.


Foi a depressão, somada à dependência química, o que provavelmente levou o ator americano Robin Williams, de 63 anos, a se matar, na segunda-feira passada, dia 11. Os dados mostram que, em 1996, 58 pessoas morreram por uma causa associada à depressão. Em 2012, último dado disponível, foram 467.

O número total de suicídios também teve aumento significativo no Brasil. Passou de 6.743 para 10.321 no mesmo período, uma média de 28 mortes por dia. As taxas de suicídio são muito superiores às mortes associadas à depressão porque, na maioria dos casos, o atestado de óbito não traz a doença como causa associada.

No Brasil, a faixa etária correspondente à terceira idade é a que reúne as estatísticas mais preocupantes. No caso de mortes relacionadas à depressão, os maiores índices estão concentrados em pessoas com mais de 60 anos, com o ápice depois dos 80 anos.

No caso dos suicídios, embora os números absolutos não sejam maiores entre os idosos, a maior taxa de crescimento no período analisado ocorreu entre pessoas com mais de 80 anos. Entre 1996 e 2012, o suicídio cresceu 154% nesta faixa etária.

Causas
Segundo especialistas, o aumento de suicídios e de mortes associadas à depressão está relacionado com dois principais fatores: o aumento das notificações e o crescimento de casos do transtorno. "Como o assunto é mais discutido hoje, há maior procura por atendimento médico e mais diagnósticos. Mas também está provado, por estudos epidemiológicos, que a incidência da depressão tem aumentado nos últimos anos, principalmente nos grandes centros", disse Miguel Jorge, professor associado de psiquiatria da Unifesp.

Jorge explica que, além do componente genético, que pode predispor algumas pessoas à doença, fatores externos da vida atual, como o estresse e a grande competitividade profissional, podem favorecer o aparecimento da doença.

No caso dos idosos, a chegada de doenças crônicas incuráveis, o luto pela perda de pessoas próximas e a frustração por não poder mais realizar algumas atividades os tornam mais vulneráveis à depressão e ao suicídio. "Um estilo de vida estressante, o uso de drogas e álcool e insatisfação em diversas áreas são fatores de risco para a doença. Fazer escolhas pessoais e profissionais que ajudem a controlar esses fatores é uma forma de prevenir a depressão", diz o especialista.

TRIBUTO AO PASSADO: PROFESSORA RILZA DANIEL - DA SÉRIE: QUEM FOI?


UMA PEQUENA BIOGRAFIA

A professora Rilza Maria Daniel do Nascimento, bela mulher, serena nascida às 20 horas do dia 5 de fevereiro 1958 no Município de Tarauacá-Ac, Bairro Senador Pompeu, sendo a 5ª filha de uma família de 09 filhos genéticos e 04 adotados ficando assim uma família de 13 filhos. 

Filha de Elmiro Daniel de Souza e Maria Alina de Souza do Santo Daniel, seus avós paternos Francisco Joaquim Daniel e Maria José de Souza, seus avos maternos Joaquim do Vale Santos e Eliza Nogueira dos Santos. Rilza adorava esse nome recebido de seus pais que deixava sempre gravado em diferentes objetos seus como: jóias, vestimentas, murais arte de serigrafia e diários.  


Residiu muito anos no bairro tradicional desta municipalidade Senador Pompeu, conhecido popularmente como (bairro da Praia). Como todas as crianças nascida e criada em município teve uma infância maravilhosa, era uma criança muito feliz, gostava muito de brincar de boneca, correr, pular, brincadeira de roda, lagarta pintada, limãozinho, melancia, brincadeiras com regras, tomar banho no rio, esconde-esconde, trinta e um alerta, barra do fura, amarelinha, escorrega lavai um, brincadeira de “pira”. Sua primeira comunhão na Igreja matriz de São José foi no dia 15 de agosto de 1969.  


Como era tradicional naquela época, nas noites de lua cheia ficava com sua família em roda de contagem de historia no terreiro da casa ouvindo contos diversos realizados pelos adultos com temas rebuscados que causavam muitas emoções na mesma pela magia transmitida de forma envolvente em sentimentos como amor, saudades, dor, tristeza e alegria. Foi uma jovem que adorava viver participando de todas as diversões vividas em sua época, como festas, eventos culturais e estudantis, onde colecionou incontáveis amigos e namorados. 

Em 1983 conheceu um rapaz, por quem se apaixonou fazendo assim seu laço matrimonial, união que gerou apenas uma linda filha, Aline Daniel do Nascimento, que por vontade sua tornou-se única. Seu desenlace matrimonial acontece após sete anos de casada, causa maior de sua possível morte que gerou uma anormalidade cardiológica seguida de descargas emocionais elevando.   

 Iniciou sua vida estudantil na escola Omar Sabino de Paula no ano de 1965, concluindo assim sua primeira formação na escola Plácida de Castro no ano de 1973, no ano de 1977 terminou o magistério. Durante muito tempo morou em Tarauacá, destacando-se no exercício do magistério como professora das escolas de Ensino Fundamental Prof. Omar Sabino de Paula, Instituto São José e Dr. Djalma da Cunha Batista. Mudou-se para a capital acreana por motivo de doença em 1989. Onde trabalhou na representação de Tarauacá em Rio Branco. Exerceu o ofício de magistério nas escolas de Rio Branco Professor Padre Antônio Diogo Feijó. Com uma brilhante carreira profissional docente interrompida bruscamente por sua morte em 06 de março de 1991, acarretando uma perda significativa para a educação e seus familiares ficando sua filha sobre os cuidados de seus avôs maternos, como uma parte de sua importante passagem breve entre os que amavam, como uma filha recebida com a bondade divina por sua essência humana.  

Meus sinceros agradecimentos a família pelas informações.

DEPUTADO JESUS SÉRGIO (PDT) INTERVÉM JUNTO A FUNAI EM PROL DE MORADORES DA COMUNIDADE SÃO VICENTE, ALTO RIO GREGÓRIO


Da Assessoria - O deputado estadual Jesus Sérgio (PDT), esteve reunido no sábado, 12, com 26 famílias da comunidade do São Vicente, na região do Alto Rio Gregório, que após residirem por anos em terras indígenas ainda lutam para receber suas indenizações relacionadas às benfeitorias. 

O deputado foi convocado pelas famílias para buscar informações e intermediar a situação dos moradores. Após reuniões com representantes da Fundação Nacional do Índio no Acre (Funai) e na Coordenação Regional da Funai no Juruá, Jesus Sérgio foi orientado a contactar a sede em Brasília e, após enviar cópia do memorando entregue pelos moradores, obteve boas notícias aos moradores: o tramite final para pagamento das indenizações devem ocorrer entre a última quinzena de setembro e a primeira de outubro, ou seja em aproximadamente 30 dias. 

Segundo o parlamentar, dois servidores da Funai no Acre e outro que virá de Brasília irão compor uma Comissão, que ficará responsável por efetuar os pagamentos, mas antes, os servidores da Funai farão visitas in loco às famílias para que, então, seja efetivada a liberação da ordem de pagamento aos moradores.

“Estou muito contente em poder contribuir e intervir como representante dessas famílias que há anos sofriam de um lado para outro sem que houvesse uma solução para esse impasse. Agora temos o compromisso por parte do Governo Federal, por meio da Funai/Brasília, que os pagamentos serão efetuados em aproximadamente 30 dias. Essa boa notícia me traz um sentimento de dever cumprido e de alegria em poder representar e defender os interesses daqueles que mais precisam”, destacou Jesus Sérgio ao assegurar ainda que estará acompanhando o desenrolar da situação, bem como os prazos estipulados pelo órgão em Brasília.