9 de fev de 2016

AGENTES FEDERAIS DIVULGAM CARTA-BOMBA: PF NO FIM DOS TEMPOS


Claudio Tognolli - Yahoo Notícias - Foi divulgada na noite de ontem, via Facebook, uma carta de 14 páginas, repleta de notas de rodapé, assinada pelos Agentes Federais do Brasil.

Confira a íntegra aqui

Trata-se de um petardo armagedônico, com 92 notas de rodapé que remetem a provas a subscrever as denúncias.

A palavra que mais brota do documento é “sucateado”.

Por exemplo: binóculos da marca Sophie custaram 80 mil dólares cada um. E não funcionam por falta de atualização de software.

O Tetrapol, caro sistema de comunicações comprado pela PF está parado e nunca foi usado. O AFIS, automated fingerprint identification, um sistema de identificação automatizada de impressões digitais, está sendo “ desmontado por má gestão”, denuncia a carta.

Lanchas adquiridas por força do governo dos EUA, após os atentados de 11 de setembro, estão em eterna manutenção.

Os chamados Vants, veículos aéreos não tripulados, refere o documento, “já não decolam mais”

O Comando de Ações Táticas de Brasília comprou 3 lanchas modernas, cada uma a um milhão de rais, para a nobre tarefa de patrulhar o Lago Paranoá.

Diz o documento ainda que entre 2008 e 2014 a PF tenha gasto RS$ 32 milhões somente com a mudança de lotação de membros do efetivo, ao custo de RS$ 156 mil por troca.

A missiva termina assim: “Não, senhores, a PF não é essa da Operação Lava Jato que tanto sucesso faz junto a opinião pública. A PF enfrenta graves problemas internos, que levam até o suicídio de seus membros. A PF precisa de um choque de gestão”.

A carta é tida e havida como a maior denúncia, com dados, já feita na história da PF

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.