9 de mar de 2016

AMEDRONTADOS COM AUMENTO DA VIOLÊNCIA, TARAUACAENSES INICIAM CAMPANHA "VOLTA COE"


A campanha ganhou forças nas redes sociais entre os internautas acreanos e tem como objetivo sensibilizar as autoridades da Segurança Pública do Acre e o governador Tião Viana


COE deixou de atuar em Tarauacá

Amedrontada com o aumento dos índices de violência, a população de Tarauacá iniciou uma campanha que pede a volta do Batalhão de Operações Especiais (Bope) no município, que antes era denominado Companhia de Operações Especiais da Polícia Militar (COE).


O agrupamento da COE em Tarauacá foi criado em 2005 e, de acordo com autoridades da segurança, o indicie de criminalidade na cidade diminuiu consideravelmente.

“A população se sentia mais segura com as ações do grupo. A COE combateu o narcotráfico e assaltos na cidades”, disse o morador José da Silva.

Com o fim da companhia no município, os assassinatos, tráfico de drogas e assaltos voltaram a ser notícias nos veículos de informação. Com isso, a população inicia a campanha “Volta COE”, pedindo a volta do batalhão.

A campanha ganhou forças nas redes sociais entre os internautas acreanos e tem como objetivo sensibilizar as autoridades da Segurança Pública do Acre e o governador Tião Viana para que o Bope retomem as atividades na cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.