29 de mar de 2016

SINDICATO DOS PROFESSORES DO RS DECIDE SE DESFILIAR DA CUT


CPERS tomou a decisão alegando que CUT está 'distante' da categoria.
Servidores aprovaram pauta de reivindicações, já entregue ao governo.

 Cpers entregou pauta de reivindicações ao governo do estado (Foto: Evandro Oliveira/Divulgação)

Em assembleia na tarde desta sexta-feira (27) em Porto Alegre, o sindicato dos professores decidiu se desfiliar da Central Única dos Trabalhadores (CUT). A presidente do CPERS, Elenir Aguiar Oliveira, alegou que a CUT estava distante da categoria. O encontro reuniu cerca de 6 mil servidores no Ginásio Gigantinho.

O CPERS também aprovou outras reivindicações, como a nomeação de concursados, a luta pela garantia dos royalties do petróleo para a educação e o pagamento integral do piso do magistério. A pauta foi entregue no início da noite ao governador José Ivo Sartori e ao secretário da Educação, Vieira da Cunha. Nos próximos dias, uma nova reunião entre governo e categoria deverá ser agendada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.