1 de abr de 2016

CASOS DE MALÁRIA EM CRUZEIRO DO SUL AUMENTAM 23%


Alexandre Gomes - Cruzeiro do Sul voltou a registrar um aumento significativo no número de casos de malária. Segundo a gerência local de endemias, órgão controlado pelo Governo do Estado,  o acréscimo é de 23 % em relação ao mesmo período do ano passado.

A região vive um período sazonal devido à intensidade das chuvas, época propícia para a proliferação do mosquito transmissor da doença, que inclusive tem afetado bairros na zona urbana da cidade, como revelou Hélio Cameli, gerente de Endemias de Cruzeiro do Sul.

Somente nos bairros Cruzeirinho Novo e Sabueiro mais de 1600 pessoas foram atendidas pelos agentes através de coletas de lâminas em fevereiro e março. Dessas, 50 tiveram os exames confirmados com malária vivax ou falsiparum.  Nestes casos, o paciente já sai com o remédio na mão.

Manoel Silva de Araújo, morador do Cruzeirinho, já pegou malária três vezes e foi novamente ao posto de saúde fazer o exame, pois desconfia que esteja novamente com a doença.

O agente de endemias Fabrício Bezerra orienta os moradores a tomar precauções na tentativa de evitar a doença.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.