31 de mai de 2016

GINA MENEZES - "NÃO HÁ MAIS COMO A SESACRE TRATAR COM NATURALIDADE AS MORTES DE CRIANÇAS NA MATERNIDADE"


Absurdo

As inúmeras mortes de bebês recém-nascidos na maternidade Barbara Heliodora atingiram o limite do absurdo e alguém precisa tomar uma providência imediata.

Adiado

O secretário Gemil Junior adiou a coletiva que concederia nesta manhã de segunda-feira (30). Fez mal, qualquer adiamento soa como falta de coragem para falar sobre o fato.

Nada mais importante

Nenhuma agenda com o governador ou com o presidente da República seria mais urgente do que esclarecer a morte destas crianças. São de vidas que estamos falando e isso requer cuidado.

Nada de natural

Não há mais como a Sesacre tratar com naturalidade as mortes de crianças, até porque não há nada de natural ou normal nisso.

Difícil

Obviamente que também compreendemos que o secretário Gemil Junior é apenas um ator nessa complicada engrenagem que configura a Secretaria de Saúde, uma das pastas mais difíceis para ser gerida. Mas mesmo assim, será preciso firmeza para trazer luz sobre esta situação.

Pode se prejudicar

A Secretaria de Saúde é uma secretaria cheia de vícios, amarras e áreas dificílimas de serem geridas. Se Gemil não se cuidar, ele vai sair prejudicado na gestão desta pasta.

Empresas terceirizadas

A Associação de Empresas Terceirizadas entrou em contato com a reportagem da ContilNet e prometeu enviar uma nota onde nega as informações passadas em off por esta colunista de que estariam fazendo uma espécie de cartel para dificultar a entrada de outras empresas do setor.

Contraditório

Esta coluna está aberta ao contraditório e sempre estaremos dispostos a ouvir o outro lado da história como manda o bom jornalismo, mas as informações passadas por nossa fonte serão dadas da mesma forma e sem prejuízo de conteúdo.

Sinhasique

A deputada Eliane Sinhasique (PMDB), pré-candidata a prefeita de Rio Branco, sabe tirar até mesmo das perseguições políticas que sofre.

Violência

A Secretaria de Segurança Pública precisa tomar uma atitude imediata contra essa onda de violência que atinge Rio Branco. A mais nova vítima da onda de assaltos foi o presidente regional do PHS, Manoel Roque.

Bom dia a todos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.