4 de mai de 2016

PMs DE CONFRONTO COM QUATRO MORTOS EM PORTO ALEGRE SÃO CONDECORADOS


Policiais participaram da ação que terminou em morte em frente a hospital.

PMs receberam as homenagem do governador José Ivo Sartori.
Josmar Leite

 Governador José Ivo Sartori entrega medalha a policial condecorado (Foto: Josmar Leite/RBS TV)

Da RBS TVEm solenidade na manhã desta quinta-feira (28), os policiais militares que se envolveram na ocorrência que terminou com quatro criminosos mortos foram condecorados em Porto Alegre. O governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, participou da cerimônia e fez a entrega das medalhas aos PMs.

Segundo a Brigada Militar, no evento foram homenageados os policiais militares que se destacaram no policiamento ostensivo, e como reconhecimento pelos serviços prestados. Ao todo foram entregues 38 medalhas a policiais e bombeiros militares, com destaque no trabalho entre 2015 e 2016. Ainda foram condecorados brigadianos com mais de 35 anos de serviço. Seis policiais militares que morreram em serviço também foram lembrados.

No discurso, o governador Sartori elogiou o trabalho da brigada militar e reconheceu a dificuldade em investir mais na segurança pública. “Nós temos boa vontade, mas a folha de pagamento passou do limite”, afirmou ele.

O tiroteio em que os PMs estavam ocorreu em frente ao hospital Cristo Redentor, na tarde da última sexta-feira (22), após uma perseguição. Além dos quatro suspeitos mortos, dois policiais ficaram feridos, segundo informações da Brigada Militar.

“A homenagem que a Brigada prestou é pelo heroísmo, pela valentia, pelo destemor. O resultado morte é um resultado que a gente nunca busca. Mas é circunstância do fato. Qual a maior vitória da frente do HCR? Nenhuma pessoa inocente foi ferida”, acrescentou o comandante da corporação, coronel Alfeu Freitas.

O ato ocorreu na Academia de Polícia Militar, na capital. A solenidade faz parte da Semana Tiradentes, que homenageia o patrono das policias no Brasil.

Imagens de uma câmera de segurança (veja no vídeo ao lado) posicionada em frente ao hospital mostram o momento em que aconteceu a troca de tiros. O vídeo mostra a chegada do veículo da polícia em frente ao hospital, e alguns pedestres fugindo. Instantes depois, o veículo cinza aparece dando ré, para e um homem desce correndo em direção ao hospital e cai, aparentemente ferido.

Um PM aparece e atira contra ele, que se rende. Depois, ele e outros policiais dão diversos tiros na direção do carro, e outro policial recolhe objetos semelhantes a armas de fogo de perto do automóvel.

Segundo a Brigada Militar, policiais do 11º Batalhão de Polícia Militar abordaram dois veículos, um Honda Civic e um Hyundai i30, na Rua Marajó, na Vila Ipiranga, na Zona Norte da capital. Durante a aproximação, os suspeitos fugiram e os policiais iniciaram a perseguição, que se estendeu até a Rua Domingos Rubbo, no bairro Cristo Redentor.

Carro com marcas de bala após tiroteio em frente a hospital em Porto Alegre
(Foto: Divulgação/BM)
O carro da polícia foi alvejado, e dois PMs ficaram feridos, com tiros de raspão na cabeça, no braço e no punho esquerdo. Ao chegarem em frente ao hospital, os PMs pararam para buscar apoio aos feridos. Os criminosos pararam e atiraram contra a equipe da BM, que revidou, matando quatro homens.

De acordo com o tenente-coronel Regis Rocha da Rosa, foram encontrados um fuzil calibre 5,56 mm e três pistolas com os homens.

Um inquérito policial militar está em andamento pra apurar a conduta dos quatro PMs.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.