7 de jul de 2016

CHEFE DA CASA CIVIL DIZ QUE GOVERNADOR VAI DECLARAR ESTADO DE EMERGÊNCIA NESTA QUINTA-FEIRA


"O Rio Acre encontra-se com 1,88 metros que é o nível mais baixo de toda história pra essa época do ano", afirmou Márcia Regina

Thalis Gutierres - O Governo do Estado reuniu na sala de situação todos os órgãos responsáveis pelo planejamento das ações de contingência, a fim de instaurar atitudes emergenciais de fiscalização e racionamento para controlar a atual situação da seca dos rios no estado, assim como das queimadas urbanas e florestais.

A chefe da casa civil, Márcia Regina, afirmou que o governador deve assinar na próxima quinta-feira (7) o decreto que impõe estado de emergência no Acre, para que as ações necessárias, que contam com a ajuda do Governo Federal, possam ser tomadas o mais rápido possível.

Márcia ainda ressaltou que é preocupante a situação em que se encontram os níveis de medições dos rios no estado.

“O Rio Acre encontra-se com 1,88 metros que é o nível mais baixo de toda história pra essa época do ano, inferior até do que as medições do ano de 2005, ano que marcou a história como a maior seca já presenciada no Acre”, afirmou Márcia Regina.

Durante a reunião foi dito que a partir de amanhã dois técnicos da Agência Nacional de Águas (ANA), estarão no Acre para fazer diagnósticos mais exatos sobre a situação crítica do rio.

A força tarefa voltou a pedir que a população racionalize a utilização da água, e evite realizar queimadas, afinal a baixa umidade do ar, as altas temperaturas, além das fuligens resultantes do crime, pioram em muito a qualidade de vida da população.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.