13 de jul de 2016

POLÍCIA FEDERAL DEFLAGRA 'OPERAÇÃO LABOR' PARA INVESTIGAR FRAUDES EM LICITAÇÕES PÚBLICAS NO AC



Os nomes dos suspeitos e maiores explicações a respeito da investigação, devem ser esclarecidos no decorrer do dia


ALAMARA BARROS - Em contato com a assessoria da Polícia Federal, a reportagem da ContilNet foi informada que ontem os agentes da corporação realizaão a ‘Operação Labor’, que seria responsável por investigar crimes de fraude em licitação pública e frustração de direitos trabalhistas.

Ainda de acordo com a assessoria, foram emitidos 12 mandados sendo quatro de condução coercitiva, quatro de busca e apreensão e os outros restantes de prisão.

De acordo com nota emitida pela assessoria da PF, no decorrer das investigações, constatou-se o conluio de empresários individuais que se utilizavam de empresas diferentes para fraudarem licitações e direitos trabalhistas.

As empresas deste grupo criminoso simulavam “concorrência” em procedimentos licitatórios com o objetivo de fraudar a lei de licitações e, assim, contratar com o poder público. O grupo controlava cerca de 4 CNPJ’s (cadastros na Receita Federal de empresas) diferentes para cometer as fraudes.

Calcula-se que os contratos firmados pela organização criminosa com o poder público na esfera federal, estadual e municipal ultrapassam 12 milhões de reais.

As investigações tramitaram sob sigilo na Justiça Estadual Brasiléia e acompanhadas pelo Ministério Público Estadual da referida comarca. Enquanto isso o processo segue em andamento a fim de descobrir outros braços da organização criminosa e possíveis outras vítimas do esquema.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.