6 de ago de 2016

AUMENTO DE EMPREGO NOS EUA SUPERA EXPECTATIVAS EM JULHO E RENDA SOBE


Pessoas em fila para feira de empregos
 em Nova York. Shannon Stapleton
Lucia Mutikani - O emprego nos Estados Unidos aumentou mais que o esperado em julho e a renda avançou, o que deve reforçar as expectativas de aceleração do crescimento econômico e aumentar a probabilidade de aumento da taxa de juros pelo Federal Reserve, banco central norte-americano, neste ano.

Os novos empregos, excluindo o setor agrícola, aumentaram em 255 mil vagas no mês passado, com as contratações subindo bastante depois do dado revisado de 292 mil em junho, informou o Departamento de Trabalho nesta sexta-feira.

A taxa de desemprego permaneceu em 4,9 por cento à medida que mais pessoas entraram no mercado de trabalho. Destacando a força do mercado de trabalho, os salários médios por hora aumentaram em 0,08 dólares, ou 0,3 por cento. As contratações de maio foram revisadas para cima, a 24 mil, ante dado anterior de 11 mil.

Economistas consultados pela Reuters previam abertura de 180 mil vagas em julho e a taxa de desemprego caindo 0,1 ponto percentual, para 4,8 por cento.

O forte crescimento do emprego no mês passado deve reforçar a confiança do Fed em um mercado de trabalho que autoridades vêem como o pleno emprego ou algo perto dele. A chair do Fed, Janet Yellen, disse que a economia precisa criar um pouco menos de 100 mil empregos por mês para ajustar-se ao crescimento da população.

O segundo mês consecutivo de ganhos robustos de emprego é um impulso para a economia após o crescimento médio a taxa anual de 1,0 por cento nos últimos três trimestres. No mês passado, o Fed descreveu o mercado de trabalho como "reforçado" e avaliou que parecia que ele ainda estava se fortalecendo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.