15 de fev de 2017

Eliane Sinhasique critica reajuste da passagem de ônibus e cobra postura do prefeito


A líder da oposição na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputada Eliane Sinhasique (PMDB) rechaçou, na manhã desta terça-feira (14), o aumento da tarifa de ônibus para R$ 3,80 (inteira) e R$1,14 (estudante).

“Rio Branco é a capital que tem a menor malha viária de todas as capitais do país. As empresas circulam muito pouco, gastam menos combustível. Além disso, não pagam impostos, não recolhem FGTS, não recolhem INSS. Por isso, não justifica a passagem no valor de R$3,80”, declarou.

A parlamentar criticou a postura do prefeito Marcus Alexandre com relação às empresas de transporte coletivo. “Mais uma vez, os empresários dão o ultimato no prefeito e conseguem um reajuste de 27% na passagem de ônibus do município. Um aumento muito acima da inflação”.

Sinhasique cobrou “pulso forte” do prefeito. “Marcus Alexandre precisa ter coragem para enfrentar esse monopólio das empresas de ônibus no nosso Estado. Chega de faca no pescoço da nossa população. O peso do valor da passagem pesa muito no bolso do trabalhador, do estudante, do cidadão que precisa andar de ônibus”.

Detran

Antes da sessão, Eliane esteve reunida com o diretor do Departamento de Trânsito do Acre, Pedro Longo, para apresentar uma lista de sugestões para que as notificações de multas cheguem ao proprietário de veículo e ele possa recorrer.

“Erros nos endereços estavam prejudicando a entrega das notificações, por isso sugerimos que o Detran disponibilize link em seu site para atualização de cadastro e notifique o proprietário de veículos também via e-mail, SMS, whatsapp e através de Sistema de Notificação Eletrônica”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.