17 de fev de 2017

“Mais uma conquista para nosso Acre”, destaca Gladson Cameli com a criação da Superintendência do Dnit no Acre



“Hoje começa a independência e a autonomia na Infraestrutura no estado do Acre. Éramos o único estado do país que não tinha o departamento próprio para cuidar de nossas obras federais, estávamos subordinados à Rondônia. Com empenho, compromisso, reuniões semanais com os departamentos responsáveis e muito trabalho, conseguimos acelerar o processo que, finalmente, foi concluído com a publicação no Diário Oficial da União, nesta manhã, do decreto 8.990, de 15 de fevereiro de 2017”, comemorou o senador neste dia histórico.

Concretização de um sonho

A luta para tornar o Acre independente de Rondônia se arrastava há anos. Muitas obras ficavam meses paradas por falta de aprovação. O estado acriano não tinha participação no processo de decisão e ficava à mercê de uma resposta de Rondônia para dar prosseguimento aos projetos. O supervisor do Departamento Nacional de Infraestrutura do Transportes no Acre (Dnit), Thiago Caetano, explica qual a importância dessa conquista para o estado:

“Um novo tempo na infraestrutura se inicia no estado. Agora podemos planejar, gerenciar e fiscalizar as obras que são prioridades em nossa região. Os projetos irão diretamente para Brasília para serem aprovados. E mais: agora podemos planejar o futuro de nossos projetos prioritários. Já começamos a ter espaço dentro do DNIT. Hoje, por exemplo, pela primeira vez, o Acre participou de uma reunião na capital federal para discutir sobre planejamento, orçamento, e futuro da Infraestrutura do Acre”, disse Caetano.

Compromisso, empenho e trabalho

“Foi fundamental a participação do senador Gladson Cameli. O processo se arrastava há anos. Alguns agentes tentaram empreender, mas só quando o senador tomou a frente a gente viu as coisas andando. O senador Gladson tinha reuniões semanais com a direção geral do Dnit, com os ministros dos transportes e do planejamento e também com o presidente da República. Com seriedade e articulação política, o senador Gladson conseguiu sensibilizar as autoridades competentes da necessidade e criação do órgão no Acre. Agora temos mais mecanismos para concretizar as obras do contorno de Brasileia e da restauração das BRs 317 e 364”, finalizou Thiago Caetano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.