1 de fev de 2017

Sinhasique denuncia ônibus que circula em Rio Branco com mais de R$ 9 mil em dívidas junto ao Detran


O último licenciamento pago pelo veículo foi em 2013, segundo o Detran

Deputada denunciou ônibus em condições irregulares /Foto: Reprodução

Nany Damasceno -  Deputada Eliane Sinhasique (PMDB) denunciou na tarde de terça-feira (31) por meio de sua página pessoal no Facebook que um ônibus da empresa Auto Viação Floresta, que detem boa parte da frota que de coletivos que circulam em Rio Branco.

Segundo a parlamentar, um dos coletivos que faz a linha Antônio da Rocha Viana estaria com os documentos vencidos e acumula uma dívida superior a R$ 9 mil junto ao Detran/AC: “ESTÃO RINDO NA NOSSA CARA! Flagramos hoje esse ônibus, que faz a linha Tancredo Neves Via Antônio da Rocha Viana, com os documentos vencidos! Só esse ônibus deve mais de 9mil reais, conforme informações do Detran, em IPVA, multas, licenciamento e seguro!”, escreveu em sua página.

O último licenciamento pago pelo veículo foi em 2013, segundo o Detran. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), dirigir veículo não licenciado é infração gravíssima, com multa, sete pontos na carteira e apreensão do veículo.

Diante disto, Sinhasique questiona ainda sobre as supostas regalias que as empresas recebem por parte do poder público: “A pergunta que não quer calar: Por que não pagam como qualquer outro proprietário de veículo? Vai a Eliane Sinhasique ou qualquer outro cidadão OU empresa circular com veículo com documentos vencidos para ver o que o policiamento de trânsito faz com a gente! Recolhem nosso veículo na hora! SÓ AS EMPRESAS DE ÔNIBUS TEM REGALIAS!”, protestou a deputada.

Suposto relatório de infrações do veículo /Foto: Reprodução

O outro lado

A ContilNet tentou entrar em contato com o Sindicato das Empresas de Transportes Coletivos do Estado do Acre (Sindicol) durante toda a manhã desta quarta-feira (1°), mas não foi atendida nos telefones de contato disponíveis na página da empresa.

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (RBTrans) também foi procurada para falar sobre o assunto, mas a assessoria de imprensa do órgão informou que o superintendente, Gabriel Forneck, esteve em reunião durante todo a manhã desta quarta-feira e não poderia falar com a nossa reportagem.

O espaço continua sempre aberto para que os responsáveis apresentem suas versões sobre o caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.