31 de mar de 2017

Secretaria de Promoção Social recebe veículo para atendimento as famílias



A Secretária de Promoção Social, Deise Figueiredo, recebeu um veículo que estará a serviço do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) na quinta-feira, 30, em Rio Branco.

De acordo com a secretária, o veículo será utilizado para as os trabalhos de atendimentos às famílias em situação de vulnerabilidade social à população.

“Este veículo vai garantir nossos deslocamentos para os atendimentos, fortalecendo nosso trabalho junto às famílias que precisam do nosso apoio, portanto somos gratos ao Gestor Estadual ”, disse Deise Figueredo.

Com informações da Assessoria de Comunicação

Protestos contra Nicolás Maduro tomam as ruas na Venezuela

Oposição planeja novas manifestações neste sábado contra a decisão judicial que suprimiu o poder da Assembleia Nacional

Deputados da oposição venezuelana em confronto com a Guarda Nacional, durante protesto contra a decisão da Suprema Corte de assumir as funções legislativas do Congresso - 30/03/2017 (Juan Barreto/AFP)

Manifestantes de oposição ao presidente Nicolás Maduro bloquearam importantes vias de Caracas e outras cidades na Venezuela, na manhã desta sexta-feira. Os protestos acontecem um dia depois de o Tribunal Supremo de Justiça (TSJ) assumir as atribuições do Legislativo, dissolvendo a Assembleia Nacional.

A oposição inicialmente convocou uma manifestação para este sábado, 01 de abril, mas os protestos começaram ontem mesmo, quando um grupo de deputados foi à sede do TSJ e acabou agredido por apoiadores de Maduro. Com receio da repressão policial, a convocação não foi confirmada, mas espera-se que a mobilização da população aconteça de qualquer forma.

Nas redes sociais, a inciativa ganhou força com a hashtag #EnLaCaleContraElGolpe. Apesar de pequenas e dispersas, as manifestações foram repreendidas com violência, denunciaram os participantes. Cinco estudante e uma jornalista teriam sido detidos pela polícia, segundo informações do jornal venezuelano El Nacional. 


 Situación tensa en los alrededores del TSJ   
A anúncio de que o TSJ assumiu por decisão judicial as funções da Assembleia Nacional foi recebido com repúdio ao redor do mundo. Estados Unidos, União Europeia (UE), Canadá e diversos países da América Latina (Brasil, Chile, Colômbia, Peru, Argentina, México, Panamá e Guatemala) condenaram a decisão. 

O secretário-geral da Organização de Estados Americanos (OEA), Luis Almago,  afirmou que a sentença é um “autogolpe de Estado perpetrado pelo regime venezuelano contra a Assembleia Nacional (AN), o último poder do Estado legitimado pelo voto popular” e convocou uma reunião de urgência este sábado para avaliar a situação.
Ex-presidente sul-coreana ocupa cela de 6 m², tem três refeições de 1 euro e TV controlada

EFE Em Seul Cho Sung-bong/Newis/AP
Park Geun-hye (ao centro) chega ao centro de detenção em Uiwang no dia em que foi decretada a sua prisão preventiva por corrupção no caso "Rasputina"


A ex-presidente da Coreia do Sul, Park Geun-hye, passou nesta sexta-feira (31) seu primeiro dia na prisão de Uiwang, no sul de Seul, depois que um tribunal decidiu por sua prisão preventiva por seu envolvimento no caso de corrupção da "Rasputina".


Park deixou o edifício da promotoria do distrito central de Seul, onde esperou durante horas para conhecer a sentença da corte, e por volta das 4h30 (hora local, 16h30 de quinta-feira, em Brasília) foi conduzida em seu carro particular até o presídio, acompanhada de seus guarda-costas, informou a agência de notícias "Yonhap".

A partir de agora, a ex-presidente deverá viver sob o regime rigoroso desta prisão, diferente de sua ampla casa de dois andares, no bairro de Samseong, ou os luxos da Casa Azul (palácio presidencial sul-coreano).

A ex-presidente terá sua própria cela, de pouco mais de 6 metros quadrados, onde receberá três comidas ao dia (cada uma delas avaliada em pouco mais de um euro) e no local tem um colchão, mesa, cadeira, televisor, lavabo e vaso sanitário.

Os horários para assistir televisão são controlados, assim como o tempo que a ex-presidente, que deve lavar seus próprios pratos e talheres, pode passar fora da cela (em torno de uma hora para fazer exercício ou receber visitas).

Park foi detida de maneira preventiva após a Justiça considerar o que existem provas de que ela cometeu crimes como abuso de poder, coação, revelação de segredos de Estado e suborno, este último punido pela lei sul-coreana com um mínimo de dez anos de prisão e até com prisão perpétua.

A promotoria, que na última segunda-feira pediu a prisão da ex-presidente devido a gravidade dos crimes de ela é acusada e a possibilidade de destruição de provas, considera que Park confabulou com sua amiga Choi Soon-sil, apelidada de "Rasputina", para criar uma rede que extorquia empresas em troca de favores do governo.

Encontro de lideranças mostra união e fortalecimento da oposição na cidade de Senador Guiomard


O senador Sérgio Petecão disse que o primeiro encontro das lideranças de oposição em Senador Guiomard tem uma simbologia muito grande. “A mensagem é de união," disse Petecão.



Jairo Carioca - Cerca de 200 pessoas lotaram o auditório da Câmara Municipal, para participar, ontem (30) à noite, em Senador Guiomard, do I Encontro de Lideranças da Oposição. Foi o primeiro ato político de onze partidos que formam o bloco visando as eleições de 2018.

Lideranças de onze partidos lotaram a galeria da Câmara Municipal de Senador Guiomard.

O Encontro de Lideranças – que contou com as presenças dos senadores Gladson Cameli (PP-AC) e Sérgio Petecão (PSD-AC) – reuniu o prefeito André Maia, vice-prefeitos,vereadores municipais, secretários, bem como o deputado federal Flaviano Melo (PMDB) deputados estaduais, lideranças, Juventude e militantes.

O prefeito André Maia – anfitrião do evento – deu boas vindas afirmando que “as eleições municipais acabaram em outubro do ano passado”. Ele parabenizou a presença do ex-prefeito James Gomes e o ex-candidato Jorge Catalan, que foram adversários políticos no ano passado.

O deputado federal Flaviano Melo disse que a trajetória política do senador Gladson Cameli lembra a sua, “está marcada por unanimidade”, destacou. Marcio Bittar, presidente do ITV, frisou“que para se libertar da tirania petista é preciso se unir” disse. O tucano lembrou em seu discurso as regras para composição da chapa majoritária frisando que o projeto maior é o Palácio Rio Branco.

O senador Sérgio Petecão disse que o primeiro encontro das lideranças de oposição em Senador Guiomard tem uma simbologia muito grande. “A mensagem é de união, todos que estão aqui dão um gesto de muita grandeza em torno desse grande projeto que visa a retomada do Palácio Rio Branco em 2018” disse Petecão.

Em seu discurso, o senador Gladson Cameli afirmou que o bloco de oposição vai aos municípios do estado ouvir e dialogar com a sociedade. O progressista destacou o gesto de humildade dos candidatos que foram adversários nas eleições municipais e afirmou: “o nosso adversário é a Frente Popular do Acre, o tempo é de zerar as brigas internas e de um olhar para o desenvolvimento do estado”, analisou.



Lideranças voltam a se reunir na manhã de hoje (31) na cidade de Capixaba, no Baixo Acre.

Foram justificadas as ausências do deputado federal Major Rocha (em missão internacional) e Tião Bocalom (que cuida da esposa em Minas Gerais). Nesta sexta-feira, as lideranças da oposição se reúnem na cidade de Capixaba, a partir das 11 horas, na Câmara Municipal.

NOTA DE ESCLARECIMENTO EM RELAÇÃO AO ÚLTIMO PROCESSO SELETIVO


A PREFEITURA MUNICIPAL DE TARAUACÁ, considerando o resultado do processo seletivo que fora divulgado no dia 29 de março de 2017, vem a público esclarecer sobre a divulgação de nome do Senhor SEBASTIÃO ROSALDO RODRIGUES LOPES para o Cargo de Vigia.

Inicialmente cumpre informar que o nome do Senhor SEBASTIÃO ROSALDO RODRIGUES LOPES provavelmente consta na lista de classificados do concurso em virtude de que este é pai do Candidato RAIRITON DE MESQUITA LOPES e supostamente da análise de currículos e seleção de nome, acabou acontecendo erro material.

Como se vê no resultado parcial, a pontuação de ambos é a mesma, 15 (quinze) pontos, e ambos estão muito próximos na ordem classificatória, fato este que demonstra o cometimento de erro material que nada afeta o resultado do certame em questão.

Resta pacificado o entendimento de que a qualquer tempo comprovado erro material pode ocorrer revisão do resultado, inclusive tendo o Superior Tribunal de Justiça se manifestado a respeito de retificação de resultado quando comprovado erro material, decisão no Mandado de Segurança de n. 17270/MT Rel. Min. José Arnaldo da Fonseca. DJ. 23.05.2005, p. 309.

Portanto, considerando o erro material em destaque, será devidamente republicada a ordem classificatória com a inserção do próximo classificado, aproveitando ainda para sanar possíveis erros materiais ainda a serem constatados em demais cargos, permanecendo inalterada a pontuação dos candidatos que já obtiveram seus nomes publicados no resultado do certame, havendo apenas a alteração dos erros materiais constatados pela comissão.

Fica inalterado o prazo para interposição de recursos prevista para o dia 31 de março de 2016.

Comunidade internacional condena decisão do Tribunal Venezuelano


Brasil, Argentina, México, Colômbia, Peru, Estados Unidos e União Europeia divulgaram notas oficias nesta quinta-feira

O presidente venezuelano Nicolás Maduro durante apresentação do informe de gestão na Assembleia Nacional, em Caracas - 15/01/2016 (Carlos Garcia Rawlins/Reuters)

O anúncio de que o Tribunal Supremo de Justiça (TSJ) da Venezuela assumiu por decisão judicial as funções da Assembleia Nacional nesta quinta-feira foi recebido com repúdio ao redor do mundo. Países da América Latina, além de Estados Unidos e União Europeia, emitiram declarações oficiais condenando a medida.

Brasil

Em nota publicada pelo Itamaraty, o governo brasileiro afirmou considerar a sentença “um claro rompimento da ordem constitucional” e que “vê com grande preocupação a sentença daquele Tribunal que suspendeu arbitrariamente as imunidades dos parlamentares venezuelanos”. Acrescentou ainda que as decisões do TSJ violam o princípio da separação dos poderes e “alimentam a radicalização política no país”.

Relembre os golpes de Maduro contra a Venezuela clicando (aqui)

Peru

O ministério das relações Exteriores do Peru anunciou a retirada definitiva do seu embaixador da Venezuela, sob a justificativa de que a decisão violentou o Estado de Direito e quebrou a ordem constitucional e democrática do país.

“A separação, independência e respeito recíproco dos poderes públicos é um elemento essencial da democracia representativa, que todos os membros da Organização dos Estados Americanos se encontram obrigados a respeitar”, disse o comunicado emitido pelo governo peruano.

Colômbia

A Colômbia emitiu uma nota oficial onde registrou sua “profunda preocupação” com a decisão adotada pelo Tribunal venezuelano. Também insistiu “na necessidade de um diálogo entre venezuelanos e os temas essenciais para a estabilidade política e social do país”.

“O governo da Colômbia reitera a sua convicção de que a separação de poderes e a aderência estrita às normas constitucionais são fundamentos essenciais para o pleno exercício da democracia representativa, a coexistência pacífica do povo e do estado de direito”, disse o texto oficial.

30 de mar de 2017

Sinhasique orienta população a entrar na Justiça contra cobrança indevida de ICMS na conta de energia


Da Assessoria/Ravenna Nogueira - A deputada estadual Eliane Sinhasique (PMDB) comemorou a vitória que teve na Justiça com relação ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) cobradas pela distribuição e transmissão de energia.

“Essa cobrança é indevida! Entrei na Justiça, individualmente, porque como deputada e cidadã não posso fazer uma representação coletiva. Pedi que cessassem com a incidência do ICMS sobre a Tarifa de Uso do Sistema de Transmissão (TUST) e Tarifa de Uso do Sistema de Distribuição (TUSD) e ganhei”, declarou a parlamentar.

A cobrança de ICMS referente à distribuição e transmissão corresponde a cerca de 30% do total de impostos da conta de energia. Por isso, Sinhasique incentiva à população a entrar na Justiça contra essa cobrança irregular.

“Entrem na Justiça, busquem os seus direitos, porque vocês vão conseguir. Judicialmente há um entendimento de que não se pode cobrar ICMS em cima de transmissão e distribuição de energia, só pode cobrar em cima do meu consumo real de energia”.

A parlamentar lembra que há tempos cobra a redução do ICMS na conta de energia. “É um absurdo o valor de ICMS nas nossas contas. Já apresentamos aqui várias indicações pedindo a redução, antes mesmo de ser deputada e vereadora já fazia o movimento ‘mais energia, menos impostos’, coletando assinaturas. Mas, nunca obtivemos êxito. E, agora, através da Justiça temos como eliminar a cobrança do ICMS em cima da taxa de transmissão e distribuição de energia”.

Justiça do Acre autoriza instalação da CPI que investigará a venda ilegal de casas na Sehab




Ray Melo - O Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC) acatou por unanimidade o mandado de segurança impetrado pelos deputados do bloco de oposição na Assembleia legislativa do Acre (Aleac) para instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que tem como objetivo investigar a participação de agentes públicos da Secretaria de Habitação e Interesse Social do governo do Acre, no esquema de venda ilegal de casas e fraude ao programa habitacional desenvolvido pelo governo do Acre.


O Mandado de Segurança que pede a instalação da CPI foi protocolado após a derrota do requerimento de autoria do deputado Gerlen Diniz (PP), no plenário da Aleac. Diniz alega que seu requerimento alcançou ao número de assinaturas necessário para criação da Comissão. O parlamentar destaca que de acordo com a Constituição Estadual, seu pedido não precisaria passar por apreciação e votação em plenário, sendo necessária a imediata criação da CPI da Sehab.

No mês de outubro de 2016, O Procurador de Justiça do Ministério Público Estadual, Cosmo Lima de Souza, emitiu parecer favorável ao Mandado de Segurança impetrado pelos deputados de oposição na Justiça que pedia a imediata instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI). Cosmo Lima, se manifestou pela concessão da segurança, declarando-se nula, por ilegal, a submissão do requerimento à aprovação da maioria dos deputados no plenário da Assembleia Legislativa.

Durante o julgamento do Mandado de Segurança, o desembargador Roberto Barros pediu vistas. Nesta quarta-feira (29), o portal do TJ divulgou o voto vista de Barros, que acompanhou voto proferido pelo desembargador relator, ponderando pelo prosseguimento da instauração da CPI com a denominação das autoridades que irão participar da comissão conforme o requerimento da Aleac, solicitando que o Mandado de Segurança seja acolhido pelo desembargador relator.

O Acórdão deverá publicar a decisão nos próximos dias pelo desembargador relator que. Os desembargadores atestaram a inconstitucionalidade da votação que derrubou o requerimento no plenário da Casa e acataram a tese dos deputados de oposição que alegavam o descumprimento do regimento interno da Assembleia Legislativa do Estado do Acre e da Constituição do Estado que diz que a instalação da comissão deve ser imediata após o requerimento alcançar o número de assinaturas necessárias.

RJ: Tráfico manda foto de arsenal para desafiar polícia no Rio


Criminosos mostram dezenas de fuzis para policiais federais e PMs que buscavam carga roubada em São Gonçalo, com o recado: ‘Entra aqui para buscar’

Arsenal exibido por traficantes que trocaram tiros com a polícia no Complexo do Salgueiro, no Rio (Reprodução/Reprodução)


Leslie Leitão  - Um caminhão com uma carga de aparelhos de ar-condicionado, avaliada em 300 000 reais, foi roubado em São Gonçalo, região metropolitana do Rio de Janeiro, na terça-feira. Sem seguro da mercadoria, um agente da Polícia Federal foi até o Complexo do Salgueiro tentar recuperá-la. E pediu que o recado aos criminosos fosse levado por um mototaxista. A resposta dos traficantes veio em tom ameaçador: fizeram o motoboy fotografar um verdadeiro arsenal (é possível contar pelo menos 20 fuzis, de diferentes modelos e calibres) e mostrar para o agente, que contava com apoio da Polícia Militar: “Entra aqui para buscar a carga”, disseram os traficantes.


O recado tinha como objetivo evitar um confronto intenso, que deixaria a população local sob fogo cruzado. Pois foi o que aconteceu. Em seguida, homens do 7º Batalhão de Polícia Militar (Alcântara) fizeram uma operação para tentar recuperar a mercadoria. O tiroteio durou mais de uma hora e, ao final, os policiais não conseguiram encontrar a carga. Para piorar, um dos vidros do veículo blindado ficou bastante destruído em razão da quantidade de tiros. Ninguém ficou ferido.

O audacioso desafiante foi o traficante Thomás Jhayson Vieira Gomes, o Neném ou 2N, uma das lideranças do tráfico no Complexo do Salgueiro, região que tornou-se um dos principais bunkers da facção Comando Vermelho: “É uma favela que concentra bandidos de várias regiões do Rio de Janeiro hoje, inclusive pela dificuldade que a polícia tem de atuar. Qualquer ação ali dentro precisa ser planejada, já que o confronto será intenso, em virtude do armamento pesado que eles têm em mãos”, afirma o  delegado Marcus Vinícius Amim, da Delegacia de Homicídios Niterói-São Gonçalo.

Saque

Já na zona oeste do Rio, bandidos roubaram um caminhão de bebidas em Jacarepaguá e levaram o material para dentro da Cidade de Deus, favela que conta com uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) há sete anos. Fotos publicadas nas redes sociais mostram a população – inclusive crianças – saqueando a carga.
Moradores saqueiam caminhão de bebidas na Cidade de Deus, no Rio de Janeiro (Reprodução/Reprodução)

27 de mar de 2017

Prefeita Marilete Vitorino como fazia na sua última passagem pela prefeitura volta a confraternizar com o povo. Dessa vez foi seu aniversário



A Prefeita Marilete Vitorino acertadamente mantém sua política humanitária como já fazia desde sua última passagem pela Prefeitura. Dessa vez, comemorando seu aniversário com os trabalhadores da Secretaria de Obras do Município. Ocafé da manhã ainda contou com a presença do deputado estadual Nicolau Júnior, do gerente de Obras Lulu Nery e sua filha Paloma Vitorino, esposo e amigos. 

Nos quase dois anos em que passou pela prefeitura Marilete reuniu-se várias vezes com os trabalhadores como mostram os links abaixo:


Segundo sua assessoria de comunicação a Prefeita Marilete Vitorino em sua fala disse:

“Estou muito emocionada em comemorar meu aniversário com todos vocês, pois são pessoas que cuidam da manutenção da nossa cidade e Limpeza e são tão importantes quanto os demais funcionários; Agradeço também a minha família e confesso que não tenho palavras para agradecer o tamanho do carinho que tenho recebido de todos vocês”, agradeceu a gestora.

Egito e Chile retomam importações de carne brasileira


 - Egito e Chile decidiram neste sábado retomar as importações de carne brasileira depois de terem tomado medidas de suspensão após escândalo deflagrado pela operação Carne Fraca, da Polícia Federal.

Em 2016, as importações de carne brasileira pelo Egito somaram 690 milhões de dólares, segundo informações do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC). As do Chile, por sua vez, responderam por 441 milhões de dólares.

Em comunicado, o ministério de Agricultura egípcio informou que reabriu o mercado para importações autorizadas de empresas brasileiras, acrescentando que as remessas estariam sujeitas aos controles tanto no Brasil quanto no desembarque no Egito.

O governo chileno também anunciou neste sábado a derrubada das suspensões, segundo fontes diplomáticas, após uma equipe sanitária do país ter visitado o Brasil nesta semana e ter recebido explicações do ministério de Agricultura.

No caso chileno, ainda continuarão suspensas as importações advindas das 21 fábricas sob investigação na Carne Fraca, que já tiveram suas licenças de exportação suspensas pelo governo brasileiro.

Neste sábado, a China também anunciou a reabertura do mercado para a carne brasileira após intensa mobilização do governo para a retomada dos desembaraços aduaneiros.

O governo coordena esforços para impedir o embargo e reverter suspensões à carne brasileira após a operação da PF ter revelado que frigoríficos pagavam propina a fiscais do ministério da Agricultura para obterem a liberação de produtos.

A intenção é circunscrever as restrições às plantas que estão sob suspeita. Entre elas, estão unidades de gigantes do setor, como JBS e BRF.

(Por Dominic Evans e Anthony Boadle; Edição de Marcela Ayres)

25 de mar de 2017

Merval explica o golpe da lista fechada



Merval Pereira, em O Globo, explica cristalinamente por que os partidos se articulam para aprovar o voto em lista fechada. Os políticos querem esconder-se do eleitor e, assim, conseguir renovar o mandato:

"Hoje, quando a maioria dos atuais parlamentares está envolvida por delações de corrupção de empreiteiras, ter a garantia de concorrer a uma vaga acobertado pela sigla partidária vale ouro para os parlamentares, com trocadilho.

Essa proposta de lista fechada, no entanto, já foi derrotada dentro do próprio Congresso, quando ela parecia mais favorável ao PT do que aos demais partidos. O ambiente político mudou, e a solidariedade entre os acusados, sem diferenciação partidária, faz com que a proposta tenha boa chance de ser aprovada.

Ela traz em si uma contradição fundamental, a de fortalecer as direções partidárias no mesmo momento em que os partidos políticos brasileiros estão desmoralizados às vistas da Nação. Na primeira tentativa, foi relevante para que não fosse aprovada ressaltar que os eleitores não escolheriam seus candidatos diretamente, mas votando em uma lista previamente preparada pelos partidos.

Hoje, essa especificidade é justamente o que faz a proposta ser palatável a uma maioria parlamentar que quer se esconder do eleitor. A reação à proposta pode vir apenas das manifestações populares, mas na situação atual os senhores parlamentares já não se assustam com a voz rouca das ruas, mas com a possibilidade de cair na lista do Janot.

Não que, em isso acontecendo, temam ser condenados pela Justiça e impedidos de disputar as eleições, sabem que não haverá tempo para tal. Mas temem ser rejeitados pelos eleitores caso tenham que fazer campanhas individuais. No bolo partidário, têm mais chance de passar no teste eleitoral."

24 de mar de 2017

Cesário deve pagar mais R$ 20 mil por afirmar que Gladson comprou votos com dinheiro do tráfico


Os próximos dias não devem ser fáceis para o assessor do deputado Léo de Brito (PT), o militante e futuro presidente do PT, Cesário Campelo Braga


 Após ser condenado recentemente pela justiça a pagar R$ 10 mil a título de indenização ao senador Gladson Cameli (PP), por afirmar em sua página no facebook que o parlamentar acreano estaria bêbado e provocando o governador Sebastião Viana (PT) em voo vindo de Brasília a Rio Branco. em julho de 2015, o juiz Giordane Dourado, titular da 3ª Vara Cível de Rio Branco, condenou nesta sexta-feira, 24, o petista a pagar mais R$ 20 mil a Gladson.

A condenação é devido o militante do PT ter afirmado que o dinheiro usado na campanha do senador Gladson Cameli, no ano de 2014, era oriundo do tráfico de drogas. A nova condenação obriga ainda Cesário a excluir a publicação feita em sua página no facebook e ainda se retratar publicamente.

Com mais essa condenação, Cesário deve desembolsar R$ 30 mil para pagar as indenizações impostas pela justiça somente ao senador Gladson Cameli. Outras ações devem ser julgadas nos próximos meses.

Acre registrou 119 mortes violentas em menos de noventa dias; em março já são 34 casos



João Renato Jácome - O número de mortes violentas registrado no Acre já está em 120. Os dados foram coletados dos boletins de ocorrências registrados entre 1º de janeiro e 23 de março. Em janeiro, foram 44 mortes. Já em fevereiro o número caiu para 44, mas o índice se recuperou em março, marcando, em apenas 23 dias, 34 casos de mortes violentas.

Sobre o assunto, a Secretaria de Segurança Pública (Seps) ainda não se manifestou. Em todo o ano de 2016, o Acre registrou cerca de 350 assassinatos, parte deles com requintes de crueldade. Na Capital, Rio Branco, está o maior número de crimes contra a vida. A pasta se mantém em silencia sobre isso desde o ano passado.

No início do mês, uma fonte do ac24horas, ligada à Sesp, deu o seguinte depoimento: “Seria possível que o número de mortes violentas ultrapasse o mês de janeiro”, disse ao lembrar que só não o foi porque fevereiro teve apenas 28 dias. E os números devem aumentar ainda mais até o fim do mês, na semana que vem.

Pelo levantamento do portal, somente em março, municípios como Cruzeiro do Sul, Acrelândia, Rio Branco e Porto Acre estão na lista, sendo este último palco de dois assassinatos. Em muitos casos, a ordem para as mortes parte de dentro dos presídios, onde líderes de facções criminosas estão presos.

Veja, abaixo, os nomes e as circunstâncias em que os acreanos foram assassinados. Um dos casos, contudo, não está relacionado, já que a polícia ainda trabalha na investigação do crime e na identificação da vítima.

“A autonomia do DNIT chega ao Acre porque houve vontade política”, diz Gladson Cameli

Para Cameli, mais que um sonho, a Superintendência do DNIT no Acre representa crescimento para todo o estado

Discurso de Gladson Cameli durante o evento /Foto: Assessoria

“O DNIT chega ao estado do Acre porque houve vontade política”, disse o senador Gladson Cameli (PP-AC) na manhã desta quinta-feira (23), durante a solenidade de implantação da Superintendência do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT) no Acre. O evento aconteceu na sede do órgão, na BR-364, em Rio Branco.

A solenidade contou com a presença de deputados estaduais, prefeitos, representantes do Exército Brasileiro, Policia Rodoviária Federal, TCU, lideranças religiosas, servidores do DNITl, UFAC, CREA, e do diretor executivo do DNIT em Brasília, Hapher Luiggi Mônico da Rosa.

Thiago Caetano foi o primeiro a fazer uso da palavra, destacando a importância da autonomia administrativa e dos projetos que serão executados a partir deste verão, entre eles, o de recuperação da BR-364.

“O senador Gladson Cameli foi fundamental para a implantação dessa superintendência, assim como toda a bancada federal. Essa empreitada também teve a mão do governo. Agora é agilizar licitações e contratos e tocar obras com qualidade”, disse Caetano.

Superintendente do DNIT no Acre, Thiago Caetano /Foto: Assessoria

Para o diretor do Deracre, Cristovam Moura, o órgão está entregue em boas mãos, de uma pessoa capacitada e técnica, que conta também com o respeito do governador do estado, Tião Viana.

A deputada estadual Eliane Sinhasique (PMDB), lembrou que durou décadas para que o estado realizasse esse grande sonho. Ela desejou boa sorte ao novo superintendente e disse que vai fiscalizar as obras das rodovias federais.

O deputado estadual Jesus Sérgio (PDT), lembrou o trabalho pioneiro do Exército Brasileiro na abertura da rodovia, falou do preço dos alimentos comprados nos municípios ao longo da rodovia quando não havia estrada aberta de inverno a verão. “É preciso manter e aperfeiçoar a cada dia essa estrada tão importante para todos”, acrescentou.

O progressista Nicolau Junior disse que a superintendência é uma esperança para o povo do Juruá, principalmente os que moram ainda em regiões isoladas e que precisam sair dessa condição. “O Thiago é novo, tem visão futurista e vai saber conduzir muito bem a gestão desse órgão”, disse Nicolau.

Parlmanetares compareceram ao evento e parabenizaram o novo superintendente /Foto: Assessoria

O diretor executivo Halpher Luiggi fez questão de esclarecer o esforço do presidente Michel Temer na implantação da superintendência. O Acre era o único estado que não contava com uma gestão independente. Mais de 2 mil quilômetros de rodovias federais passam a ser administrados. “Não vai mais ficar nenhum quilômetro de rodovia federal nesse país sem a presença do DNIT”, garantiu Halpher.

Para o senador Gladson Cameli, “o DNIT chega ao Acre porque houve vontade política”. Ele citou o nome de cada senador e deputado federal que ajudou no projeto e destacou que todos os compromissos assumidos pelo ministro Maurício Quintella em sua visita ao Acre estão sendo cumpridos.

Gladson Cameli ao lado do diretor executivo do DNIT, Halpher Luiggi /Foto: Gladson Cameli

“Nosso próximo passo será a construção do Anel Viário de Epitaciolândia e Brasileia. Em maio faremos a primeira caravana de visitas nas obras da BR-364. Estou cheio de esperança de um Acre cada vez melhor. A superintendência é mais que um sonho, representa definitivamente o nosso crescimento em infraestrutura”, destacou o senador.

Em ato simbólico, as autoridades apagaram a sigla que indicava a dependência do DNIT à Rondônia e, em seguida, descerraram a placa de implantação da Superintendência no Acre.

23 de mar de 2017

Adimplente: Prefeita Marilete Vitorino está apta a fechar convênios e ir em busca de recursos para o município



A Prefeita Marilete Vitorino conseguiu  tirar a Prefeitura do Cauc (Cadastro Único de Convênios) 

O Cauc tem o propósito de simplificar a verificação do atendimento aos requisitos fiscais para a transferência voluntária de recursos da União, para entender melhor o Cauc seria como um SERASA ou SPC em relação a pessoa física.

Assim sendo, a Prefeitura de Tarauacá a partir de hoje está em dia com todas as suas obrigações constitucionais, o que permite que possa celebrar convênios em todas as esferas governamentais.

No Blog da Prefeitura a prefeita Marilete Vitorino, tem relatado sempre, em entrevistas à população, do seu compromisso com as finanças públicas de Tarauacá. “Tudo só é possível com a integração da nossa equipe, e hoje estamos em condições de pleitear qualquer convênio”, afirmou a prefeita.

Justiça obriga Cesário Braga a pagar R$ 10 mil a Gladson Cameli por afirmar que senador estava bêbado




O 3º Juizado Especial Cível da Comarca de Rio Branco condenou Cesário Campelo Braga, futuro presidente do PT no Acre, a pagar R$ 10 mil a título de indenização ao senador Gladson Cameli (PP), por afirmar em sua página no facebook que o parlamentar acreano estaria bêbado e provocando o governador Sebastião Viana (PT) em voo vindo de Brasília a Rio Branco. em julho de 2015. Ainda de acordo com a postagem do petista, o comandante da aeronave teria sido acionado para retirar o senador de perto do governador e colocá-lo em outro assento.


Além do dinheiro, a justiça determinou que o militante do PT apague a postagem ofensiva feita no facebook contra o senador e que ainda se retrate por meio da rede social. A decisão é do juiz Giordane Dourado, titular do 3º juizado.

De acordo com o magistrado, o contexto exposto da postagem nas redes social revela nitidamente que Cesário “procedeu com, no mínimo, negligência grosseira em relação à boa-fé e ao imperativo ético – exigível de qualquer titular de direitos e deveres – de aferir a plausibilidade do que afirmou sobre o reclamante, expondo este pelas infindáveis teias do ciberespaço ao juízo censório da comunidade por conduta sem indícios sérios de veracidade”.

Após denúncia, policiais militares são recebidos a tiros de metralhadoras israelenses no Bosque


Durante a troca de tiros ninguém foi ferido e quatro pessoas foram presas


Local da ocorrência /Foto: Cedida
Na tarde desta quarta-feira (22) a Polícia Militar recebeu uma denúncia a respeito de pessoas em atividades suspeitas na Rua Dom Pedro, localizada no bairro do Bosque.

Quando chegaram a uma residência no local, a guarnição foi prontamente recebida por tiros de metralhadores e entrou em confronto com os suspeitos. Durante a troca de tiros ninguém foi ferido e quatro pessoas foram presas.


Armas apreendidas /Foto: ContilNet

No local a polícia apreendeu três metralhadoras de fabricação israelense, uma metralhadora de calibre 9 mm e drogas pertencentes ao mundo do tráfico acreano.

Os criminosos foram encaminhados à delegacia para as devidas providências