26 de abr de 2017

Com velas acesas, manifestantes escrevem SOS STF na frente do Palácio Rio Branco em protesto



Luciano Tavares - Manifestantes escreveram com velas acesas a frase “SOS STF” na frente do Palácio Rio Branco, no Centro da capital do Acre, na noite desta terça-feira, 25, em protesto contra a contra a corrupção e a demora no andamento dos processos da Lava Jato na Corte suprema do Judiciário. O ato reuniu 23 pessoas, incluindo três crianças. “O protesto não teve caráter de multidão. Essa foi a média de pessoas em todo Brasil”, justificou o coordenador do Vem Pra Rua, Renê Fontes, movimento organizador do evento.

“A sociedade tá pedindo socorro. Os políticos não são julgados no STF. Ninguém é julgado no STF, na verdade. Aquela Corte tem sido ilustrativa. Diante de tudo que o juiz Sérgio Moro tem feito, o STF tem virado piada. Renan Calheiros tem 15 processos e nunca foi julgado por nenhum. Agora nós temos mais de 80 citados também na lista”, disse.

O coordenador do Vem Pra Rua recordou que a manifestação no Acre é mais simbólica ainda porque na lista de políticos arrolados na Lava Jato do STF constam o governador Sebastião Viana e o senador Jorge Viana, ambos do PT, acusados de terem recebido R$ 2 milhões de caixa dois, conforme delação de Marcelo Odebrecht.

“A manifestação aqui no Acre vem com gosto de fel. Na lista Fachin existem dois, um governador e um senador, da lista ‘Italiano’, do Palocci. Os irmãos Viana teriam recebido dois milhões de caixa dois”, lembrou Renê Fontes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.