31 de mai de 2017

TRIBUTO AO PASSADO - TARAUACÁ - JOANA PEREZ, MISS ACRE 1971

Livro conta história da chegada das Servas de Maria enviadas ao Acre para educar mulheres há quase 100 anos


Jovens desembarcaram em Sena Madureira em 1921, após enfrentarem uma viagem de três meses. Com dificuldades, irmãs fundaram colégios no interior e capital, segundo o livro 'Vivências Missionárias no Acre'.

Maria Marinela Brizzi e Maria Regina Mollinette lançaram livro contando história da chegada das Servas de Maria ao Acre (Foto: Quésia Melo/G1 )

Quésia Melo - No livro "Servas de Maria Reparadoras: Vivências Missionárias no Acre", as irmãs Maria Marinela Brizzi e Maria Regina Mollinette resgatam a história da chegada da congregação que foi enviada ao Acre com a missão de educar as mulheres. Um grupo formado por seis jovens, sendo cinco freiras e uma vocacionada, enfrentou três meses de viagem saindo de Turim, na Itália, para as cidades de Londres e Paris até pegarem um navio em Nova Iorque, desembarcarem em Belém (PA) até chegarem a Sena Madureira, no interior do Acre, em 1921.



Brizzi conta que os Servos de Maria foram fundados em 1900 na Itália. Em 1919, o papa Bento XV confiou a prelazia Acre Purus, atual diocese de Rio Branco, que vai desde Assis Brasil até Manoel Urbano, aos Servos de Maria que chegaram no estado em 1920, quando somente padres de lábrea e de Manaus visitavam a área uma vez por ano. O primeiro Servo de Maria no Acre foi o bispo Dom Próspero Gustavo M. Bernardi, que está enterrado na nossa Catedral de Rio Branco.

Foi Bernardi que mandou uma carta à fundadora das Servas de Maria perguntando se tinham irmãs para mandar em missão ao Acre, sobretudo no setor da Educação. Na época, segundo Marinela, os rapazes de Sena Madureira saíam do município para estudar em universidades da Europa, enquanto as mulheres precisavam aprender a cozinhar, bordar, corte costura, pintura e até tocar instrumentos musicais como o piano.

“A nossa fundadora, madre Elisa, teve muita coragem. Ela mandou uma carta para todas as irmãs dizendo “há algumas irmãs que se sintam disponíveis para ir até no Acre, lá na Amazônia?” e a resposta foi muito grande, muitas se ofereceram. Bernardi foi, claro, e pediu à madre fundadora que mandasse irmãs para a educação”, conta Brizzi.

Porém, ao chegarem no Acre, as Servas de Maria enfrentaram várias dificuldades e antes de oferecer educação assumiram vários tipos de trabalho, costurando e bordando para fora e até trabalhando na roça para se sustentarem.

Livro mostra trajeto das primeiras Servas de Maria que foram
 enviadas ao Acre (Foto: Quésia Melo/G1 )
“Tiveram uma estadia muito penosa, pois chegaram e foram morar em uma casa de palha e depois, com ajuda da prelazia, construíram o Colégio Santa Juliana, em Sena Madureira. Foi ali que começou mesmo a educação formal no município. Hoje somos consideradas as irmãs pioneiras na educação no Acre, porque as irmãs foram chamadas para a educação”, destaca Brizzi.

Irmã Juliana
O resgate de toda essa história só foi possível após Brizzi e Mollinette trabalharem dois anos pesquisando, ouvindo relatos e utilizando crônicas das comunidades paroquiais. O livro é dividido em duas partes, a primeira relata a viagem das Servas de Maria até o Acre e os desafios que enfrentaram.

A segunda conta a história da irmã Juliana, que foi umas das primeiras vocacionadas no Acre.

Juliana era chamada de Maria, mas após entrar para a congregação mudou o nome. Mollinette conta que ela viveu até os 103 anos e morreu às vésperas de completar aniversário.

“Ela nunca havia visto irmãs, mas sentia o chamado de Deus dentro dela e superou muitas dificuldades até entrar para a congregação. Ela teve uma vida exemplar, que vamos deixar para as novas gerações esse testemunho de fé e vida religiosa”, destaca.

Rio Branco
Após atuar em Sena Madureira, a irmã Juliana foi encaminhada para Rio Branco e, junto com a Madre Evangelista, construiu o Colégio São José com ajuda de outras irmãs. Mollinette conta que, segundo relatos, as irmãs passavam a noite quebrando tijolos para que os trabalhadores tivessem material para a construção pela manhã.

Para enfrentar as dificuldades, a irmã Juliana decidiu dar aulas de bordado , corte e costura em uma pequena casinha, onde hoje fica a Catedral Nossa Senhora de Nazaré, em Rio Branco, e que, na época, pertencia ao prefeito. Além disso, não tinham água filtrada e bebiam água retirada de um poço cheio de entulhos, ferviam, coavam e usaram para beber e fazer comida.

“Teve uma coisa muito interessante que nos relataram. As alunas durante o intervalo caminhavam pelo local e viram atrás dessa casinha um monte de sacas com material esquisito dentro. Era o cimento para a construção da Catedral. Elas foram dizer para irmã Juliana que tinham visto uma coisa fora do comum e não sabiam o que era. Nisso, a irmã Juliana respondeu: “minhas queridas, é o progresso que está chegando”. Depois disso o São José foi crescendo e elas partiram para o Rio de Janeiro e outros estados abrindo colégios e hospitais”, relata Brizzi.

Detentos são flagrados com drogas dentro de presídio de Rio Branco durante 'Operação Conde'


Operação Conde começou na segunda (29) com Exército e Sisp dentro de presídio de Rio Branco. Presos foram levados para a Defla por tráfico de drogas.

Ação do exército tem objetivo de apreender materiais ilícitos e proibidos dentro do presídio (Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre)

Ao menos três presos foram conduzidos para a Delegacia de Flagrantes de Rio Branco após a polícia encontrar drogas nas celas deles, dentro do Complexo Prisional Francisco d’Oliveira Conde (FOC). A ação ocorreu durante operação do Exército, em parceria com as forças de segurança da capital acreana, desencadeada na segunda-feira (29). A “Operação Conde” tem o objetivo de apreender armas, drogas e outros materiais ilícitos.

O material apreendido durante a varredura deve ser apresentado durante uma coletiva de imprensa na quarta-feira (31), às 17h, no Círculo Militar, em Rio Branco.

Os presos conduzidos à Defla são do pavilhão G, K e L do FOC. Segundo informações do boletim de ocorrência, no pavilhão K foram apreendidas duas embalagens de maconha, além de 13 tabletes da mesma droga. João Paulilno de Souza foi levado para a delegacia pelo crime, de acordo com a polícia.

Já no pavilhão L, a polícia encontrou cinco tabletes e três pequenas porções de maconha e 31 trouxinhas de cocaína com Francisco Gildomar dos Santos Feitosa. Na cela de Feliciano Pereira de Oliveira foram encontradas 37 trouxinhas de cocaína. Ele estava detido na cela 10 do pavilhão G.

A “Operação Conde” é realizada entre as polícias Civil e Militar, Polícia Federal (PF-AC), Polícia Rodoviária Federal (PRF-AC), IInstituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen-AC) e Corpo de Bombeiros Militar do Acre (CBMAC).

Eliane Sinhasique lista obras inacabadas e dispara: “A administração do PT é completamente incompetente”


Deputada usou sua fala no pequeno expediente na sessão da Aleac, para questionar uma postagem de Tião Viana

 Deputada estadual Eliane Sinhasique /Foto: Reprodução


Na manhã desta terça-feira (30), a deputada estadual Eliane Sinhasique usou sua fala no pequeno expediente na sessão da Assembleia Legislativa do Estado do Acre (Aleac) para questionar uma postagem do governador do Estado Tião Viana em que, no seu perfil do Facebook, ele afirma que o Governo Federal não investe nas obras da BR-364 e por este motivo a rodovia está nas atuais condições de trafegabilidade.

Em sua publicação, o governador disse: “Quando nos deixaram cuidar, nós do governo estadual tínhamos no mínimo cinco acampamentos do Deracre para manutenção permanente. Somente com manutenção permanente a BR-364 pode dar certo. Assim fazíamos, mas, a política medíocre nos tirou essa possibilidade”.

Sinhasique, no entanto, rebateu a publicação de Viana durante seu discurso e afirmou que a administração petista é incompetente: “Eu sinto vergonha alheia, pois engenharia com tempo e com dinheiro se constrói até embaixo do mar. O Eurotúnel que liga a Inglaterra à França, com mais de 50 km de extensão, está aí para provar, foi construído a 60 metros do fundo mar. O PT teve tempo e dinheiro, foram 13 anos de governo estadual, 17 de presidência da república e a culpa agora é do Governo Federal, é do Gladson, é do DNIT, é da oposição, é de todo mundo menos da própria incompetência do governo petista”, disse a peemedebista.

Eliane destacou que o governo do PT é conhecido por começar obras e não terminar: “A administração petista é completamente incompetente, R$ 19 milhões de reais foram colocados na obra de cinco andares do Pronto Socorro, que não acabou e já está em construção há oito anos. O Palácio do Comércio, com sete andares, custou R$ 6 milhões , olha a diferença. É ou não é incompetência?”, questionou a parlamentar.

Sinhasique relembrou outras obras com grandes investimentos por parte do Estado que também começaram e não foram finalizadas: “O Into já vai para o quinto ano de construção, R$ 24 milhões já foram investidos naquela obra e não conseguem finalizar, falta muita coisa. UPA de cruzeiro do Sul também está paralisada e o hospital de Sena Madureira nem começou, hospital de Brasileia também já está há três anos atrasado. Dinheiro tem e tempo também, não me venham com esta conversinha de que a culpa é do Governo Federal”.

Prefeitura recupera mais um trecho crítico na rua Epaminondas Jácome


Dando continuidade aos trabalhos de restauração da Avenida Epaminondas Jácome, a prefeitura de Tarauacá iniciou nesta terça - feira, 30, a recuperação de mais um dos trechos que causava transtornos tanto a pedestres, ciclistas, e condutores de veículos automotores. 

A recuperação deste local foi adiada por diversas vezes pela administração anterior que apenas se utilizava dos tapa-buracos, um paliativo. Com uma forma diferente de administrar, Marilete Vitorino decidiu resolver definitivamente o problema. 


O trecho está localizado na Avenida Epaminondas Jácome, próximo à entrada do armazém da DISTAK. No trajeto bairro-centro, a pavimentação está completamente comprometida numa extensão de mais de cem metros. 


São borrachudos”que se formaram não só nas laterais como no meio da pista, provocando risco de danos materiais e risco de acidentes. Todo esse material ruim está sendo retirado e colocado um novo tipo de solo para que o serviço tenha maior durabilidade. 


A Avenida apresenta a cada dia um fluxo maior de veículos, por se tornar uma das principais alternativas para quem segue do centro para Cohab, bairro Novo, Vila Seabra e Copacabana ou vice-versa. A determinação da prefeita é para que o trecho seja completamente restaurado. 


O Secretário de Obras Yan Silva explicou que após a recuperação das máquinas retroescavadeiras, moto niveladora e outros equipamentos, o município avançou com os serviços de recuperação das vias mais críticas danificadas pelo intenso período chuvoso. 


Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Tarauacá

J&F fecha acordo de leniência com MPF e pagará multa recorde de R$10,3 bilhões



Ricardo Brito - Procuradores do Ministério Público Federal e representantes da J&F fecharam na noite de terça-feira as bases de um acordo de leniência que prevê o pagamento de multa recorde no valor de 10,3 bilhões de reais por atos praticados por empresas controladas pela holding, informou a Procuradoria da República no Distrito Federal.

A multa, a maior já fixada para um acordo desse tipo no país e no mundo, foi estipulada após cinco propostas rejeitadas que foram apresentadas anteriormente pelo grupo controlador da JBS ao Ministério Público. A primeira delas era no valor de 700 milhões de reais e a última, antes de o acordo ser fechado, foi de 8 bilhões de reais.

Na segunda-feira, reportagem da Reuters havia informado que o MPF considerava estar havendo um avanço nas negociações para fechar o acordo que poderia ser celebrado nos próximos dias, conforme uma fonte que acompanha o caso.

O acerto incluiu fatos que são investigados por procuradores da República em cinco operações: Greenfield, Sépsis, Cui Bono, Bullish e Carne Fraca. O documento ratificando o acordo, segundo comunicado da Procuradoria, será assinado nos próximos dias, após a conclusão das discussões das cláusulas do acordo.

A leniência da J&F prevê que, do total a ser pago, 8 bilhões de reais serão divididos pelos seguintes órgãos e instituições nas respectivas proporções: Funcef, fundo de pensão da Caixa (25 por cento); Petros, fundo de pensão da Petrobras (25 por cento); Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Socialo (BNDES) (25 por cento); União (12,5 por cento); Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) (6,25 por cento); e Caixa Econômica Federal (6,25 por cento).

Os 2,3 bilhões de reais restantes da multa do acordo, segundo o comunicado, serão pagos por meio de projetos sociais, especialmente nas áreas de educação, saúde e prevenção da corrupção.

O acerto prevê que os pagamentos serão efetuados exclusivamente pela holding controladora, a J&F, uma forma de evitar, segundo uma fonte familiarizada com os termos da negociação, que sócios minoritários de outras empresas do grupo arquem com esse passivo. O pagamento deverá começar a partir de dezembro de 2017.

O acordo da J&F prevê 25 anos para o pagamento de todo o passivo. No período de vigência da leniência, os valores sofrerão atualização monetária pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), principal índice inflacionário brasileiro. A projeção feita é que, no futuro, o valor total a ser pago pela J&F alcance cerca de 20 bilhões de reais.

O total fixado para o pagamento da multa representa 5,62 por cento do faturamento livre de impostos registrado pelas empresas do grupo em 2016. Esse porcentual de multa por faturamento equivale à média verificada em outros quatro acordos firmados no âmbito da operação Lava Jato.

O montante estipulado na leniência da J&F é, em termos absolutos, o maior já firmado em acordos desse tipo no Brasil e no mundo. É superior à soma dos valores que serão pagos nas leniências pelos grupos Odebrecht (3,28 bilhões de reais); Braskem (3,1 bilhões de reais); Andrade Gutierrez (1 bilhão de reais) e Camargo Corrêa (700 milhões de reais).

Uma diferença entre a leniência da J&F e as demais empresas que fecharam esse acordo da Lava Jato é que todo o valor da multa arrecadada ficará no Brasil.

A leniência da J&F, espécie de delação premiada das empresas, vai levar, por exemplo, a suspensão de oito procedimentos de investigações em curso contra a holding e seus acionistas apenas no âmbito da Procuradoria da República do Distrito Federal.

Ainda não houve nenhuma denúncia criminal oferecida contra a empresa, embora as investigações da operação Bullish, uma das quatro que a J&F é alvo, estivessem bastante avançadas.

O fechamento do acordo de leniência, segundo a fonte ouvida pela Reuters, deverá funcionar com uma blindagem para que a empresa também responda na Justiça por irregularidades -- assim como ocorreu com os irmãos Joesley e Wesley Batista que tiveram há duas semanas acordo de delação premiada homologado pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

A J&F também costura um acordo de leniência com autoridades dos Estados Unidos, importante mercado consumidor dos produtos da JBS.

30 de mai de 2017

Prefeitura Anuncia pagamento do funcionalismo municipal referente a maio


Raimundo Vitorino
Secretário de Finanças

Amanhã quarta-feira (31), a prefeitura de Tarauacá estará efetuando o pagamento dos servidores municipais das diversas secretarias referente ao mês de maio de 2017. O anuncio foi feito pelo Secretário Municipal de Finanças, Raimundo Vitorino na manhã desta Terça-feira, 30.



Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Tarauacá

Frente fria à vista!

CZS: Jovem espera há dois meses internado no Hospital do Juruá por encaminhamento do TFD



Vanísia Nery - A estudante universitária Tatiane Rodrigues Pinho, de 21 anos, permanece internada há quase dois meses, no hospital do Juruá em busca tratamento fora de domicílio. O caso foi denunciado pela mãe da jovem em uma rede social na internet.

De acordo com texto escrito por ela, a filha está internada há 33 dias, aguardando por uma decisão do TFD para viajar e fazer uma cirurgia em Rio Branco. A jovem sofre  com problemas renais, seu caso é considerado grave. A mãe da estudante universitária recebeu a nossa reportagem e falou do estado de saúde filha.

Segundo a mãe, todos os procedimentos e autorização para viajar e fazer uma cirurgia na capital, já tinha sido autorizado pelo TFD. A falta de uma resolução definitiva tem agravado ainda mais o estado de saúde jovem.  Funcionaria pública e também universitária, a mãe da jovem conta que já não sabe o que fazer ou a quem recorrer para resolver o problema.  Além disso, durante todo o tempo que Tatiane permanece hospitalizada, a mulher tem faltado serviço e também as aulas.

RO: SEQUESTRO - Adolescente é amarrada, torturada e estuprada em cativeiro



A Polícia Militar, por meio do Núcleo de Inteligência  (NI), conseguiu localizar e libertar na manhã desta segunda-feira (29), uma adolescente de 15 anos que havia sido sequestrada e estava sendo torturada em uma residência, localizada no bairro  Cascalheira, zona Leste de Porto Velho.

De acordo com informações da polícia, a menor foi abordada na tarde do último domingo no condomínio Orgulho do Madeira por três homens em um automóvel  Celta de cor vermelha. Rendida, a vítima foi levada para o cativeiro, amarrada, torturada e estuprada. A polícia foi informada do crime, realizou diligências, conseguindo encontrar e libertar a adolescente. 



A menor contou aos policiais que era obrigada a gravar vídeos dizendo que seria morta hoje, caso o tio dela não quitasse uma dívida de droga que ele teria com um traficante de prenome Diego. Os criminosos fugiram com a chegada da polícia. No local foi encontrada certa quantidade de droga e duas munições de arma de fogo. A Polícia Civil segue com as investigações.


Comissão de Saúde da Aleac comprova as precárias condições do hospital de Manoel Urbano


Foram encontrados problemas como: Raio X precário, a não realização de exames de fezes e urina, falta repouso e mais


Comissão do Sinteac acompanhada de deputados estaduais
Foto: Assessoria

ASCOM SINTEAC - A audiência pública promovida pelo Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado do Acre (Sintesac) com a Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Estado Acre (Aleac), ocorrida na sexta-feira (26) na Câmara de Vereadores de Manoel Urbano, comprovou as graves denúncias sobre as condições na Unidade Mista de Saúde no município.

O Sintesac foi representado pelo tesoureiro da instituição, Jucelino Rodrigues, e pela diretora do Sintesac para a Saúde do Trabalhador, Alesta Amâncio. Pela Aleac estavam os deputados Raimundinho da Saúde (PTN) e Nelson Sales (PV), respectivamente presidente e membro da comissão de Saúde.



Conforme relatou Alesta Amâncio, foram constatados todos os problemas denunciados anteriormente, como o Raio X precário, a não realização de exames de fezes e urina, falta repouso, alimentação precária, escala de profissionais com déficit, bem como a ambulância do Samu, a qual vive com problemas e quebra a cada viagem.


Alesta destacou ainda o fato da rouparia da unidade de saúde ser enxugada no sol, pois a centrífuga está quebrada há um ano e existe somente uma pessoa para fazer todo o serviço. Outro ponto de denúncias são as péssimas condições do refeitório.



“Além disso, a direção tem agido com desumanidade no trato aos servidores, com perseguições e tudo o mais. Várias reuniões foram realizadas e as denúncias foram encaminhadas ao MP, com reuniões com a equipe de governo, inclusive em Rio Branco, e até mesmo envolvendo os vereadores da cidade para a mudança na administração local, mas sem resultado”, ressaltou.

A expectativa do Sintesac é de que com o envolvimento da Comissão de Saúde da Aleac, a situação seja resolvida e o atendimento aos moradores da cidade seja regularizado, bem como hajam as melhorias das condições de trabalho dos servidores.

O encontro contou ainda com a presença de representantes do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), prefeito de Manoel Urbano, todos os vereadores do município e mais de 200 moradores. A quantidade de pessoas foi tão grande que lotou o plenário da Câmara.

Negociação para acordo de leniência do grupo J&F teve avanços, diz fonte



Ricardo Brito - O Ministério Público Federal em Brasília avalia que têm avançando as negociações em torno do fechamento do acordo de leniência entre a instituição e o grupo J&F, controlador da JBS, e que ele poderá ser celebrado nos próximos dias, disse à Reuters uma fonte que acompanha o caso.

A avaliação é que o grupo, em menos de duas semanas, saiu de uma proposta inicial que previa o pagamento de uma multa baixa, de 700 milhões de reais, e fez outras quatro ofertas no período, alcançando o valor de 8 bilhões de reais.

Apesar da última proposta ser próximo ao que pretende o MPF --de 10,994 bilhões de reais--, a oferta foi rechaçada pelos procuradores. Mas, segundo uma fonte familiarizada com as negociações, ficou demonstrado que a J&F está disposta a fechar o acordo de leniência, uma espécie de delação premiada da empresa, e que teria capacidade para melhorar os termos da proposta.

Atualmente, no âmbito da Procuradoria da República no Distrito Federal, há oito procedimentos de investigação em curso para investigar a conduta da holding e de seus acionistas. Essas apurações referem-se a casos da esfera penal e cível.

Ainda não houve nenhuma denúncia criminal oferecida contra a empresa, embora as investigações da operação Bullshit, uma das quatro que a J&F é alvo, estão bastante avançadas.

O fechamento do acordo de leniência, explicou a fonte, deverá funcionar como uma blindagem para que a empresa também responda na Justiça por irregularidades --assim como ocorreu com os irmãos Joesley e Wesley Batista que tiveram há duas semanas acordo de delação premiada homologado pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

O fechamento do acordo de leniência dará, de acordo com a fonte, condições para que a empresa volte a atuar no mercado sem qualquer tipo de embaraço. Detalhes sobre o pagamento de multas não judiciais e/ou administrativas --de órgãos como o Tribunal de Contas da União ou Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade)-- estão sendo discutidos entre as partes.

Ninguém, entretanto, fala se o acordo será efetivamente selado e quando isso vai ocorrer.

A J&F também costura um acordo de leniência com autoridades dos Estados Unidos, importante mercado consumidor dos produtos da JBS.

DELAÇÃO

A divulgação do conteúdo da delação premiada dos irmãos, segundo a fonte, tem pesado no endurecimento das negociações da leniência.

O grupo, segundo o diretor da J&F Ricardo Saud, fez pagamentos de propina a 1.829 candidatos, de 28 partidos das mais variadas colorações e também a 16 governadores eleitos. Essas informações indicam, conforme a fonte, o poder de fogo do grupo, que teria, sim, capacidade de arcar com o pagamento de multas mais elevadas.

A primeira tratativa para o grupo fechar a delação foi com o MPF de Brasília ainda em fevereiro. Contudo, como os irmãos Batista iriam citar autoridades com foro privilegiado, a negociação e o fechamento do acordo ficou por conta do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e sua equipe.

Os procuradores que conduziam investigações contra o grupo na primeira instância não acompanharam, conforme a fonte, o desenrolar dessas negociações para a delação. Ainda assim, a tentativa era para fechar os dois acordos --de delação e de leniência-- ao mesmo tempo, mas não houve consenso quanto ao último.

29 de mai de 2017

Após anúncio da Petrobras, postos de combustível reduzem mais de 2% no preço da gasolina


Redução foi anunciada no último dia 25 pela Petrobras. Em alguns estabelecimentos, a gasolina comum baixou de R$ 4,19 para R$ 4,09 em Rio Branco.

Redução começa a chegar ao consumidor riobranquense (Foto: Aline Nascimento/G1)

Aline Nascimento - Postos de combustível de Rio Branco começaram a reduzir o preço da gasolina comum e aditivada após o anúncio da Petrobras. Em alguns estabelecimentos, a redução chegou a mais de 2%. No último dia 25, a Petrobras divulgou um comunicado que ia reduzir o preço médio nas refinarias em 5,4% para a gasolina e em 3,5% para o diesel.

Gerente de um posto de combustível do Centro da capital acreana, Valmir Martins, disse que o preço da gasolina comum baixou de R$ 4,19 para 4,09 no sábado (27). Já o valor da gasolina da aditivada reduziu de R$ 4,22 para R$ 4,12. “Geralmente, é uma redução de 8 a 10 centavos. Já chegou nas refinarias e repassados para os postos”, destacou.

O comerciante Samuel Borges, de 32 anos, ficou surpreso na manhã desta segunda-feira (29) quando foi abastecer o tanque do carro. Ele falou que tinha lido a notícia em uma rede social, mas não teve muita fé que a redução chegasse até o consumidor.

“Apesar de pequena, já é algo para comemorar. Abasteci na quinta [25] e hoje [segunda, 29] de novo. Tinha visto no Facebook, mas não dei muita importância. Às vezes falam, mas não reduzem”, comentou.

Apesar de reduzir o valor da gasolina comum em dois centavos, tendo em vista que há quatro dias era comercializada a R$ 4,16 e nesta segunda o valor é R$ 4,14, o gerente de um posto no bairro Isaura Parente disse que não foi informado oficialmente da redução.

“Na verdade, não chegou nada para a gente. Anunciaram lá, mas não chegou nada para gente ainda. Estamos seguindo apenas os outros postos”, ressaltou Neulemir de Sousa.

Secretário Gemil Júnior e Sebastião Viana entregam 10 novas ambulâncias em Rio Branco



João Renato Jácome -  Um total de 10 novas ambulâncias foram entregues ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), da Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre). A cerimônia de entrega aconteceu nesta segunda-feira, dia 29, na Praça da Revolução, no Centro de Rio Branco. Os veículos serão enviados ao interior do estado. Apenas uma ambulância ficará na Capital.

O investimento, segundo informou o Palácio Rio Branco, é da ordem de R$ 1,6 milhão, fruto de parceria entre a Sesacre e o Ministério da Saúde. Os recursos para os veículos estavam alocados desde 2016, e demora na entrega das viaturas se deu, segundo a secretaria, por questões burocráticas para a contratação de seguro e implantação de rádios.

“O Estado faz essa solicitação. Você imagina que todos [os estados] podem pedir ao Ministério da Saúde. Houve um empenho da nossa equipe, o Acre se antecipou para conseguir esses veículos, e está aí o resultado. Nós recebemos sete veículos, e depois foram mais três. Um total de dez veículos para a Capital e o interior”, explica o secretário da pasta, Gemil Júnior.

Em média, 30% das mortes são evitadas com o auxílio das ambulâncias do Serviço Móvel de Urgência, explicou o governador Sebastião Viana, durante discurso. O petista lembrou as inúmeras reclamações feitas por usuários da saúde pública na cidade de Manuel Urbano, inclusive sobre a ambulância da cidade. O governante, contudo, falou em investimentos que vão atingir a cidade.

“A população clama pela mudança no padrão da ambulância. Mas se colocarmos, em uma semana ela está totalmente quebrada. Então, não adianta colocar uma ambulância zero por semana, que não vai resolver. Estamos tentando uma caminhonete traçada. Em última etapa, vamos ter que colocar um avião permanente para o transporte das vítimas de uma necessidade de TFD, de Manuel Urbano. Não é fácil!”, comentou o governador.

O governador fez o questionamento porque, segundo ele, a situação da rodovia federal BR-364, entre Rio Branco e o município, está crítica, prejudicando, consequentemente, o transporte dos pacientes que precisam de imediata transferência para um hospital de maior porte. “O governo federal se omite há muito tempo de manter essa BR como tem que manter”, frisou.

Para o líder do governo na Assembleia Legislativa do Acre, deputado estadual Daniel Zen (PT), a entrega das ambulâncias representa um “investimento mais do que necessário. Sabemos que nossas unidades de saúde do interior têm avançado na oferta de serviços. A gente fica alegre porque percebe o governo continuando a investir na saúde, na educação e na segurança como áreas vitais para a inclusão social”.

Sétima convocação dos candidatos aprovados no processo seletivo Edital N° 002/2017

A PREFEITURA DE TARAUACÁ, ATRAVÉS DA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO, TORNA PÚBLICA A SÉTIMA CONVOCAÇÃO DOS CANDIDATOS APROVADOS NO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL N° 002/2017


ESTADO DO ACRE
PREFEITURA MUNICIPAL DE TARAUACÁ


PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO COM CADASTRO DE RESERVA PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA E DE EXCEPCIONAL INTERESSE PÚBLICO DE SERVIÇOS DAS SEGUINTES SECRETARIAS: ASSISTÊNCIA SOCIAL, OBRAS, SAÚDE, ADMINISTRAÇÃO E EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO DE TARAUACÁ.

A PREFEITURA DE TARAUACÁ, através da Secretaria Municipal de Administração, torna pública a sétima convocação dos candidatos aprovados no Processo Seletivo Simplificado Edital n° 002/2017, destinado à Contratação Temporária de servidores de excepcional interesse público de serviços das Secretarias de Assistência Social, Obras, Saúde, Administração e Educação do município de Tarauacá.

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO
CARGO: MONITOR DE ÔNIBUS ZONA URBANA ESC. 15 DE JUNHO II /NÍVEL FUNDAMENTAL
NOME
CLASSIFICAÇÃO
BARTOLOMEU DE SOUSA PORTELA FILHO

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO
CARGO: CUIDADOR DE CRIANÇA: CRECHE MUNICIPAL FERNANDA ABREU /NÍVEL MÉDIO
NOME
CLASSIFICAÇÃO
ALEXANDRA DE SOUZA BISPO
19º

DA CONTRATAÇÃO
Os candidatos deverão se apresentar no dia 02 de junho de 2017, na Secretaria Municipal de Educação, no horário das 9 h às 12h, munidos dos seguintes documentos, em original e 01 (uma) Cópia:

A - Histórico Escolar correspondente ao nível;
B - Cédula de identidade;
C - CPF;
D - Título de eleitor e comprovante de votação na última eleição;
E - Cartão PIS/PASEP;
F - Certidão de casamento ou nascimento;
G - Certidão de nascimento de filho(s), se menor de idade;
H - Comprovante de residência;
I - Certificado de reservista, se do sexo masculino;
J - Certidão de antecedentes criminais, das Secretarias da Segurança Pública dos Estados em que o candidato houver residido nos últimos 5 (cinco) anos;
K - Carteira profissional ou de trabalho, a depender do cargo que fora aprovado;
L – Declaração de Acúmulo de Cargo.

Tarauacá – Acre, 29 de maio de 2017



MARILETE VITORINO DE SIQUEIRA
Prefeita de Tarauacá

Em nota, Ufac promete punir todos os responsáveis envolvidos em depredação de campus universitário


“A gestão da Ufac tem o dever de adotar todas as medidas legais necessárias para proteger o patrimônio público", diz a nota

 Capivara morreu atropelada e granja do curso de Agronomia foi depredada


Nany Damasceno - A reitoria da Universidade Federal do Acre (Ufac) se manifestou por meio de nota na tarde desta segunda-feira (29) sobre as polêmicas acerca da depredação no prédio da instituição durante um evento na última sexta-feira (26).


De acordo com denúncias de estudantes da instituição, paredes da universidade foram pinchadas e outros espaços, como a granja experimental do curso de Agronomia, também teriam sofrido depredação durante um sarau organizado pelo Fórum Aberto de Arte, Cultura e Diálogos. Além disso, alunos alegaram que no mesmo dia uma capivara foi morta dentro do campus, vítima de atropelamento.

Segundo a reitoria, todas as medidas necessárias, previstas na legislação, serão tomadas para apurar responsabilidades de indivíduos por conta das infrações cometidas: “A gestão da Ufac tem o dever de adotar todas as medidas legais necessárias para proteger o patrimônio público, bem como punir todos os responsáveis envolvidos em transgressões que afetem a segurança das instalações e equipamentos da universidade”, diz a nota.

Uma das preocupações dos estudantes da Ufac após as ações de vandalismo ocorridas no sarau era que a reitoria proibisse a realização de eventos culturais no interior da instituição, mas na nota, a universidade diz que continua defendendo as atividades culturais nos campi: “A Reitoria ressalta, entretanto, que se mantém o posicionamento de defesa da realização de atividades, no interior do campus, que promovam o desenvolvimento cultural de todos os membros da comunidade universitária”.

Confira a nota na integra:

Nota da Reitoria

A Reitoria da Universidade Federal do Acre (Ufac) informa que tomará todas as medidas necessárias, previstas na legislação, para apurar responsabilidades de indivíduos por infração cometida, na última sexta-feira, dia 26 de maio, referente a depredação do patrimônio público da instituição, por ocasião de um evento ocorrido no Coliseu, localizado no campus de Rio Branco.

A realização de eventos de socialização e integração, no interior da universidade, envolve a responsabilidade compartilhada de unidades administrativas e/ou acadêmicas, representações estudantis e/ou similares, dependendo da natureza da festividade.

Assim, a gestão da Ufac tem o dever de adotar todas as medidas legais necessárias para proteger o patrimônio público, bem como punir todos os responsáveis envolvidos em transgressões que afetem a segurança das instalações e equipamentos da universidade.

A Reitoria ressalta, entretanto, que se mantém o posicionamento de defesa da realização de atividades, no interior do campus, que promovam o desenvolvimento cultural de todos os membros da comunidade universitária.

Prefeita Marilete e Secretário de Agricultura cumprem agenda em Rio Branco



Assecom - A prefeita Marilete Vitorino que encontra-se na capital acriana em agenda oficial acompanhada do Secretário de Agricultura, Gleicionei Fernandes participou de uma reunião na manhã desta segunda-feira (29), com representantes da Fundação Nacional de Saúde - FUNASA, para tratar sobre projetos de Saneamento Básico para o município. 

O encontro aconteceu no próprio órgão da FUNASA e contou ainda representantes do Ministério Público, membros da Associação dos Municípios do Acre - AMAC e representantes de Epitaciolândia. 

Em pauta, discussões em busca de melhorias para os municípios representados (Tarauacá e Epitaciolândia) que operam em busca de parcerias com os governos, bem como através de emendas junto aos parlamentares para captação de recursos.

A prefeita continua em agenda oficial em Rio Branco visitando as instituições governamentais em busca de mais resultados positivos que vislumbre o desenvolvimento sócio-econômico nos diversos setores do município.

SGA divulga resultado final da prova objetiva do concurso da Polícia Civil; confira sua classificação


Além da lista geral, também foi divulgada uma lista extraoficial com a classificação por ordem de pontuação


Ricardo Bispo - A Secretaria de Gestão Administrativa (SGA) divulgou no Diário Oficial do Estado nesta segunda-feira (29) o resultado final da prova objetiva do concurso público da Polícia Civil do Acre. O certame oferece 176 vagas para o cargo de agente de Polícia Civil, 20 vagas para auxiliar de necropsia, 18 vagas para delegado de Polícia Civil e 36 para escrivão de Polícia Civil, totalizando 250 vagas.

A lista com os nomes dos candidatos e suas pontuações está entre as páginas 100 e 110 do Diário Oficial, para agilizar a busca o interessado pode apertar as teclas ‘Ctrl+F’ no documento aberto e procurar o nome desejado, Clique aqui e confira a lista completa. Além da lista geral, também foram divulgadas tabelas extraoficiais com a classificação por ordem de pontuação.

O leitor da ContilNet, Júnior Chaves, de Sena Madureira, destrinchou a lista durante a madrugada e separou o ranking de candidatos por pontuação em todos os cargos, confira abaixo o trabalho do jovem:

Classificação geral




Mais de 2.000 mil pessoas recepcionaram Jair Bolsonaro em Londrina



Paulo Eduardo Martins - Mais de duas mil pessoas recepcionaram Jair Bolsonaro no aeroporto de Londrina. Estas pessoas não receberam nada para estar lá, foram espontaneamente.

Nenhum partido tem essa capacidade de mobilização. Partidos se tornaram estruturas obsoletas, servem aos caciques, são fechados ao povo, enquanto ao povo Bolsonaro vai de peito aberto.

Nessas posturas, Jair não precisa de nada que os partidos possam lhe oferecer, a não ser o registro. Já os partidos, esses precisam de tudo que o Capitão Deputado tem: respeito do brasileiro trabalhador, votos e conexão com o sentimento da sociedade.

O establishment político-intelectual, o mesmo que descarrilhou o Brasil, insiste em ignorar Jair Bolsonaro. Aliás, não só a Jair. O establishment costuma ignorar ou desdenhar de tudo que está fora dele, como um trem impávido que segue a rota e ignora a paisagem. Pior para o establishment.

Ignorado, o povo renega o papel de paisagem, encontra amparo em Jair Bolsonaro e começa a traçar uma rota própria para alcançar o poder.

Assim, Jair poderá chegar em 2018 como um trem embalado para atropelar todos aqueles que estão fora dos trilhos, aos que nos trilhos estão paralisados e também aos que virão em sentido contrário à sua rota.

Prefeitura de Tarauacá recebe mais uma remessa de merenda escolar



A Prefeitura de Tarauacá recebeu na manhã deste sábado, 27, os itens que estavam faltando para completar o cardápio da Merenda Escolar e reabastecer as escolas municipais da rede de ensino básico, além dos Programas EJA, Mais Educação e a Creche.

A merenda recebida hoje foi só um complemento do carregamento anterior. Até segunda feira, 29, mais um abastecimento estará chegando à todas as unidades de ensino.

De acordo com a coordenadora da merenda escolar, Nilzimar Torres, o estoque vai garantir assim o bem estar e a boa alimentação dos alunos que frequentam as escolas do município, o que também deve aumentar o rendimento desses alunos em sala de aula.

No cardápio estão merendas de boa qualidade como arroz, charque, frango, óleo, macarrão, salsicha, açúcar, suco, bolacha, biscoitos e uma grande variedade de outros produtos incluindo produtos da agricultura familiar do município que fornece alimentos produzidos em suas localidades e livres de agrotóxicos para que sejam usados na merenda escolar com verduras, legumes e frutas.

Entre esses alimentos estão: milho, cheiro verde, alface, abóboras, melancias, como muitos outros produtos produzidos de forma orgânica, o que dá garantia de saúde aos alunos que vão consumi-los.

O cardápio vem da determinação da prefeita Marilete em contratar uma nutricionista capacitada para definir o que deve ser consumido nas escolas do município.

“Os cardápios devem ser preparados levando em conta o valor nutricional dos alimentos, garantindo dessa forma, os nutrientes necessários para o crescimento e desenvolvimento adequado das crianças para garantir seu bem estar durante o período em que permanecem na escola” enfatizou a prefeita.