22 de mai de 2017

Bolsonaro tem alcance de 56 milhões de votos, segundo pesquisa


Levantamento mostra força do pré-candidato à Presidência da República

 Milhões de eleitores votariam em Bolsonaro Milhões de eleitores votariam em Bolsonaro


Diogo Marcondes - A última pesquisa para as eleições presidenciais de 2018, divulgada pelo Instituto DataPoder360 no último dia 10, mostra que o deputado federal #Jair #bolsonaro (PSC-RJ) é o pré-candidato à Presidência da República com o maior alcance de votos entre todos os concorrentes.

De acordo o levantamento, Jair Bolsonaro conta com 17% dos eleitores que só votariam nele e em mais ninguém e poderia ser votado por outros 22%. A soma destas duas porcentagens representa 56,1 milhões de votos. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o Brasil têm 144 milhões de eleitores.


Luiz Inácio Lula da Silva (PT), por exemplo, aparece na liderança, com 24% de eleitores declarando que só votariam no petista. Mas apenas 12% dos eleitores poderiam votar nele. A soma das porcentagens, 36%, representa 51,8 milhões.

A rejeição ao petista, que é réu em três processos da Operação Lava Jato e em mais dois processos de outras operações, é muito grande: 54% dos eleitores não votariam no ex-presidente da República. Bolsonaro tem rejeição de 46%.

O prefeito da cidade de São Paulo, João Doria (PSDB), que aparece com 13%, poderia ser votado por outros 20% dos eleitores. Ou seja, até 47,5 milhões de votos. Resultado abaixo de Bolsonaro e de Lula.

Doria empata com Marina Silva (Rede), que aparece com 7% de eleitores que só votariam nela, e conta com 26% do eleitorado que poderia votar nela, segundo o DataPoder360.

O prefeito de São Paulo está bem à frente do seu padrinho político Geraldo Alckmin (PSDB). O governador do estado de São Paulo seria votado por apenas 4% dos eleitores. E outros 21% disseram que poderiam votar nele.

A rejeição a Alckmin é igual de Lula: 54%. Ambos só perdem em rejeição para Ciro Gomes (PDT), que tem 56% de eleitores que disseram que não votariam nele de forma nenhuma. Quatro porcento votariam somente no cearense e 21% poderiam votar.

Bolsonaro
A presença de Jair Bolsonaro no segundo turno é quase que certa, de acordo com pesquisas divulgadas por diversos institutos. O deputado federal aparece quase sempre na segunda posição e com chances reais de passar para a próxima fase da disputa.

Na pesquisa do DataPoder 360, que considerou dois cenários, Bolsonaro aparece na segunda posição do cenário 1, com 21%, enquanto Lula lidera com 25%.

No segundo cenário, o parlamentar é o segundo colocado, com 17%, enquanto Lula tem 27% e João Dória aparece com 13%.

Veja em que os eleitores votariam, poderiam votar ou não votariam.

Bolsonaro

Votaria somente nele: 17%

Poderia votar nele: 22%

Não votaria nele: 46%

Lula

Votaria somente nele: 24%

Poderia votar nele: 12%

Não votaria nele: 54%

Marina Silva

Votaria somente nele: 7%

Poderia votar nele: 26%

Não votaria nele: 53%

João Dória

Votaria somente nele: 13%

Poderia votar nele: 20%

Não votaria nele: 45%

Geraldo Alckmin

Votaria somente nele: 4%

Poderia votar nele: 21%

Não votaria nele: 54%

Ciro Gomes

Votaria somente nele: 4%

Poderia votar nele: 21%

Não votaria nele: 56% #Eleições 2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.