31 de jul de 2017

Péssimas gestões passadas são os fantasmas dos atuais prefeitos. Isso é mais um motivo para uma política de austeridade - Não dá mais pra gastar com besteiras

Prefeitura de Sena está ‘afogada’ em dívidas e deve atrasar pagamento de servidores
Além das dívidas, município teve repasses bloqueados e fundos retidos



Parece que o prefeito de Sena Madureira (AC), Mazinho Serafim, começou a sentir na pele o que é gerir um município, pagar servidores, manter a ordem, tudo isso em meio à uma grave crise sócio-político-econômica.

A prefeitura divulgou, na manhã de sábado (29), uma nota de esclarecimento acerca do pagamento de servidores públicos do município, que deve atrasar.

A culpa? De acordo com a nota, não é dessa gestão: bens bloqueados, valores que dizem respeito a folha de 2016 impactaram, de acordo com a prefeitura, no pagamento da atual folha.

Dívidas

A nota citou, se entrar em detalhes, déficits sofridos – que podem ter acarretado uma maior fragilidade nos cofres: o município sofreu, por exemplo, bloqueios e retenções no FPM, fundo repassado aos municípios.

Débitos, falta de prestação de contas, imprecisão de informações são alguns dos motivos que podem fazer com que um município deixe de receber o repasse.

Para voltar a receber o valor, Sena Madureira precisa estar em quites com as obrigações legais, prestar contas e, se for o caso, devolver valores recebidos a mais referentes à Lei Complementar 87/1996.
Nota do blog: O Subtítulo é o título original

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.