10 de ago de 2017

A pedido de Gladson Cameli, aeroporto de Cruzeiro do Sul passa a operar a partir das 6 horas da manhã na próxima segunda - A matéria é da Contilnet


"Quem está entre a vida e a morte não pode esperar até dez horas para receber socorro”, comentou Cameli

Imagem digital do Aeroporto de Cruzeiro do Sul

Jairo Carioca - O Aeroporto Internacional de Cruzeiro do Sul (AC) passará a operar mais cedo a partir da próxima segunda-feira (14). A medida atende a um pedido do senador Gladson Cameli (PP-AC) junto à presidência da Infraero e vai ajudar no transporte de passageiros das regiões mais isoladas, como os municípios de Marechal Thaumaturgo, Santa Rosa do Purus, Porto Walter e as Vilas da Foz do Breu e Restauração.

O aeroporto da segunda maior cidade do estado, abre para pousos e decolagens somente a partir das 9 horas. Com a decisão, as operações começam a partir das 6 horas da manhã, no nascer do sol, como costumam dizer os pilotos.

“Isso vai ajudar a salvar vidas, muitas vezes, chegávamos em regiões distantes para buscar um paciente em situação de emergência somente às 11 horas. Agora não, com o plano de voo, no máximo, estaremos às 7 horas no lugar mais isolado” informou Cleilson Thaumaturgo, gerente de uma das empresas que operam na região.

Ainda de acordo com o gerente, o novo horário trará mais pousos e decolagens que irão aquecer o mercado e aumentar o número de passageiros que passam no Terminal.

“Isso é bom para a Aviação Civil e para quem precisa se deslocar até uma cidade vizinha” acrescentou Cleilsson.

No primeiro trimestre de 2017, em comparação com o mesmo período em 2016, o número de passageiros que passa pelo aeroporto de Cruzeiro do Sul saltou de 18.758 para 21.184 embarques e desembarques, um aumento de 12,9%.

Gladson sensibilizou presidente da Infraero que acatou as alterações /Foto: Reprodução

O senador Gladson Cameli destacou a boa vontade do presidente da Infraero, Antônio Claret de Oliveira, que após estudos de viabilidade técnica, decidiu pelo novo horário de atendimento.

“Conseguimos sensibilizar o presidente da Infraero, principalmente frisando a importância desse horário de atendimento para quem precisa do Tratamento Fora de Domicílio, uma questão de vida. Quem está entre a vida e a morte e mora na Foz do Breu ou na Restauração por exemplo, não pode esperar até dez horas do dia seguinte para receber socorro”, comentou Cameli.

O deputado estadual Nicolau Júnior debateu a demanda junto a Comissão de Transportes da Assembleia Legislativa do Acre. Para ele, essa é mais uma vitória de quem tem compromisso com a vida.

“Somos gratos à medida e esperamos contribuir ainda mais com o bem estar da população do Juruá que sofre ainda com o isolamento de algumas cidades e depende quase que exclusivamente da Aviação Civil”, disse Nicolau.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.