18 de ago de 2017

Bolívia fechará acesso ao país para evitar o ingresso de grupos criminosos do Brasil

As pontes internacionais da Amizade, Wilson Pinheiro, Mapajo, Porto Evo e Primeiro de Maio estarão fechadas a partir desta sexta-feira


Alamara Barros - De acordo com informações do meio comunicação da cidade de Cobija, Capital do Departamento de Pando, localizado na fronteira com o Acre, o comando da polícia fechará o acesso ao país com objetivo de evitar o ingresso de grupos criminosos do Brasil.

As pontes internacionais da Amizade, Wilson Pinheiro, Mapajo, Porto Evo e Primeiro de Maio estarão fechadas entre 00h e 06h a partir desta sexta-feira (18), e será permitida somente a entrada de pedestres, munidos de documentos pessoais em mãos, tanto para sair, quanto para entrar.

As autoridades dos dois países pedem a compreensão dos moradores dos dois lados, /Foto: Reprodução

A medida que conta com o apoio da Polícia Militar do Acre nas cidades de Brasileia e Epitaciolândia, pois tem como objetivo e coibir a entrada e saída de produtos de roubo de veículos, tráfico de pessoas e drogas, contrabando e outros crimes, principalmente de membros de facções criminosas que vêm assustando a Bolívia.

As autoridades dos dois países pedem a compreensão dos moradores dos dois lados, uma vez que a medida será para a segurança dos cidadãos de bem.

Com informações O Alto Acre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.