1 de ago de 2017

Vox Populi: Senador Gladson Cameli lidera pesquisa espontânea para o governo do Acre


Na pesquisa estimulada, Cameli e Marcus Alexandre apontam empate; Jorge Viana e Marcio Bittar lideram primeiro voto para o Senado


O senador Gladson Cameli (PP-AC) aparece na frente das intenções de votos espontânea em pesquisa feita pelo Vox-Populi/TV Gazeta, divulgada na noite desta segunda-feira (31) pela emissora transmissora da Rede Record.

O senador aparece com 12%, contra 9% do prefeito Marcus Alexandre, único candidato avaliado em um universo de apenas 600 entrevistados, em 18 municípios. Ainda na pesquisa estimulada, Tião Viana aparece com 3%; Jorge Viana com 2%. Os votos brancos e nulos somam 24% e não souberam ou não responderam, 45%.

Na pesquisa estimulada, Gladson Cameli e Marcus Alexandre aparecem empatados tecnicamente, com 46% cada um das intenções de votos. Nesse cenário, em que, segundo a pesquisa, 92% dos eleitores estariam com seus votos decididos, o Acre teria, se o processo fosse hoje, a eleição mais acirrada dos últimos tempos. Ainda, segundo a pesquisa estimulada, votos brancos e nulos somam 6% e não responderam, outros 2%.

Detalhadamente, a pesquisa mostra que o candidato da oposição, senador Gladson Cameli crava 54% das intenções de votos no interior do estado. A diferença, que permite, segundo o Vox Populi, empate técnico no universo geral, é tirada por Marcus Alexandre, na capital, onde o atual prefeito tem 54% contra 36% de Cameli.

A disputa para o Senado Federal, onde o eleitor vai escolher duas vagas, apresenta os pré-candidatos Jorge Viana e Márcio Bittar na dianteira. Na pesquisa estimulada do primeiro voto, Jorge Viana aparece com 27% das intenções, em seguida, Marcio Bittar aparece com 15%.

Na pesquisa estimulada do segundo voto para senador Marcio Bittar aparece na frente de todos os pré-candidatos, com 18% das intenções de votos; Jorge Viana, Sérgio Petecão e Tião Bocalom aparecem com 13%; Major Rocha com 10%; Ney Amorim com 9%, e Vagner Sales com 8%.

No primeiro voto do Senado, Major Rocha tem 14%; Sérgio Petecão 11% e Tião Bocalom com 8%. Nesse cenário, Ney Amorim e Vagner Sales aparecem empatados com 7%. Brancos e nulos, 8% e não souberam, 2%.
No segundo voto para Senado, o universo de Brancos e Nulos somam 5%, não souberam ou não responderam, 11%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.