20 de set de 2017

Tarauacá é um dos primeiros municípios acreanos a receber o serviço de telessaúde em cardiologia



Assecom - Na manhã desta terça-feira (19) uma equipe do Núcleo do Telessaúde de Minas Gerais (Hospital das Clínicas/UFMG) chegou ao município de Tarauacá para ministrar uma Capacitação e Implantação do Serviço de Telediagnóstico em Eletrocardiograma.

A oficina ocorreu no prédio do Centro de Educação Permanente – CEDUP e participaram do ato de abertura a Prefeita Marilete Vitorino, Secretária Municipal de Saúde Meirivania Daniel, a Coordenadora do Núcleo do Telessaúde Mônica Morais e o representante do Ministério da Saúde, Wandrei Sanches e equipe.


Para a Prefeita, Marilete Vitorino, o Telessaúde é uma ferramenta importantíssima para os profissionais em saúde, além de ajudar no rápido diagnóstico de nossos usuários do SUS: “Para nós é uma honra estar com vocês hoje aqui em nossa cidade. Gostaria de agradecer nossa Secretária de Saúde por abraçar esse projeto, que visa um melhor atendimento a nossa população. Agradeço a todos da Equipe que vieram de Minas Gerais, a representante do Telessaúde no Acre, Mônica Morais e dizer que estou muito feliz por este momento. Seja bem – vindos”

A Secretária Municipal de saúde, Meirivania Daniel, se emocionou e salientou sobre a importância do Programa Telessaúde “Desculpa gente! Fiquei até emocionada por este momento. Sabendo que as pessoas mais humildes serão as mais beneficiadas com este programa, porque a maioria tinha que ir até a capital para realizar um simples exame como, por exemplo, um eletrocardiograma, mesmo com poucas condições financeiras, sem contar que tinha que mostrar o exame ao um profissional da área, neste caso um cardiologista. Com a Implantação do Serviço de Telediagnóstico em Eletrocardiograma a pessoas não terão que se dirigir a Rio Branco para receber seus exames e seus diagnósticos, porque contaremos com uma equipe especializada por meio do Telessaúde”.


Já para o Representante do Ministério da Saúde Wandrei Sanches: “Nós viemos Implementar aqui em Tarauacá o Serviço de Telediagnóstico que é uma das atividades do Programa Nacional Telessaúde Brasil Redes, juntamente com o Núcleo Estadual do Acre que já oferta o teleeducação e o teleconsultória para quase todos os municípios do Acre, mas o Estado do Acre foi Escolhido para implantação do Telediagnóstico em cardiologia. Já foi implementado em Xapuri e agora estamos implantando em Tarauacá”

Wandrei Sanches ainda destaca “É uma alegria estar presente aqui hoje com todos vocês, e uma grande satisfação ter o Estado do Acre e a Gestão Municipal como parceira nesse Programa a nível nacional que só tem a somar na melhoria do atendimento a saúde e a rapidez no diagnóstico. Quero agradecer aqui a prefeita e todos os profissionais aqui presente”

Segundo a Coordenadora do Núcleo Estadual do Telessaúde do Acre, Mônica Morais, o Programa já vai fazer 10 anos que funciona no Brasil e faz apenas um ano que foi implantado no Estado do Acre, mas já conta com 20 municípios fazendo Teleconsultória e participando das ações de Teleeducação. 

“Esse novo serviço de Telediagnóstico em cardiologia é um presente para o Estado, porque a gente conhece a realidade e sabemos das dificuldades que é o deslocamento de pacientes até a Capital — então o Ministério da Saúde selecionou o Acre para essa oferta Nacional. Já fizemos a implantação em Xapuri, na Capital e agora aqui em Tarauacá, e ainda pretendemos ampliar pelo menos para mais dez municípios”, disse a coordenadora.

A capacitação ocorreu em duas etapas, a primeira teórica e a outra prática, que ocorreu no IFAC (Instituto Federal do Acre) onde os profissionais em saúde do município puderam treinar no novo equipamento que será instalado na UBS Padre Hubert.

Telessaúde Brasil Redes na Atenção Básica é um componente do Programa de Requalificação das Unidades Básicas de Saúde (UBS) que objetiva ampliar a resolutividade da Atenção Básica e promover sua integração com o conjunto da Rede de Atenção à Saúde. 

Dessa forma, tem como perspectiva a melhoria da qualidade do atendimento, a ampliação do escopo de ações ofertadas pelas equipes e o aumento da capacidade clínica, a partir do desenvolvimento de ações de apoio à atenção à saúde e de educação permanente para as equipes de Atenção Básica. 

Os núcleos podem ter abrangência municipal, intermunicipal ou estadual e deverão estar estruturados na forma de uma rede de serviços, articulando a atuação de Secretarias Estaduais de Saúde, instituições de ensino e serviços de saúde na qualificação das equipes. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.