14 de nov de 2018

Emylson Farias não presta conta do Fundo Nacional de Segurança e TCE quer saber do dinheiro


Julgamento no TCE acontece nesta quarta e terá como relator do processo o conselheiro José Augusto Araújo

Emylson Farias e Tião Viana/Foto: Reprodução

Salomão Matos - O ex-secretário de Segurança Pública do Acre, na gestão do então governador do Estado, Tião Viana, Emylson Farias, que deixou o cargo para disputar as eleições como vice-governador na chapa encabeçada pelo ex-prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre (PT), vai ter que sentar no banco dos réus nesta quinta-feira (14), para explicar aos conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE), sobre a aplicação dos recursos do Fundo Nacional de Segurança, referente ao 1° bimestre de 2017.

Na pauta da sessão, refere-se a resolução do TCE n° 87/2013, que disciplina a aplicação de recursos no âmbito da administração pública, institui um cronograma de obrigações do gestor para fins de prestação de contas e de adimplência além de outras providências, o que não foi feito por Farias.

O processo de nº 23.924.2017-30 de que trata a matéria, terá como relator o conselheiro de contas José Augusto Araújo e a sessão tem previsão de início às 10h da manhã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.