17 de jul de 2017

MANAUS - Projeto ambiental incentiva alunos a cuidar e cultivar horta em escola estadual

A prática dos alunos na atividade interdisciplinar irá contribuir na merenda escolar e na geração de renda própria

Projeto consiste em aulas de práticas ambientais e sustentáveis com alunos dos ensinos fundamental e médio (Foto: Eduardo Cavalcante/Seduc)


A educação ambiental vem fazendo parte da rotina dos estudantes das escolas estaduais do Amazonas. A horta escolar da Escola Estadual Gilberto Mestrinho, localizada no bairro Colônia Antônio Aleixo, zona leste de Manaus, que foi inaugurada na manhã desta segunda-feira, tem a função de conscientizar a comunidade escolar com aulas de práticas ambientais e sustentáveis.


O projeto vem sendo trabalhado há um ano pelo professor de Geografia Jair Joicimar e alunos dos ensinos fundamental e médio da escola, que cultivam, em um espaço de mais de 50m², maracujá, hortelã, crajiru, couve, cebolinha e berinjela.

A prática dos alunos na atividade interdisciplinar fortalecem as aulas de Geografia, Biologia, Matemática e Química e vão futuramente contribuir na merenda da escola, além de beneficiar os alunos com geração de renda, pois, ao aprender a cultivar legumes e hortaliças no ambiente escolar, eles são incentivados a desenvolver sua própria horta em casa.

As atividades de sustentabilidade iniciaram com a reciclagem de garrafas PET, pneus e, atualmente, evolui para o projeto da horta escolar. O professor Jair Joicimar diz que o lema do projeto é "Fazer para aprender fazendo".

"Quando a gente mesmo faz, a gente nunca esquece", ressaltou o professor. Ele explicou que os alunos aprendem também sobre sustentabilidade, pois reutilizam matérias orgânicas, como as cascas das bananas que eram descartadas na hora do lanche e que se transformam em adubo para plantação na horta.

O gestor Leonardo Pinheiro ressaltou que o mundo está pedindo socorro e que uma das respostas que podem solucionar o os problemas do meio ambiente é a reciclagem. “Nós estamos buscando isso para os nossos alunos, para que eles tenham uma visão da importância da sustentabilidade e da reciclagem".

Pamela Bernardo, 15 anos, do 1º ano do ensino fundamental, participa do projeto e auxilia o professor com algumas atividades, como regar as plantas diariamente, contribuindo para o desenvolvimento da horta na escola. “É diferente. Antigamente não tinha nada nesse espaço, mas agora tudo está tão bonito, variado e cheio de cor. Eu pretendo me dedicar cada dia mais, ajudando os professores”, concluiu a estudante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.