24 de jan. de 2022

EMBRAPA desenvolve método de diagnóstico para avaliar o impacto do uso de tecnologias na fertilidade do solo

 

Bandeira imperial de um batalhão de infantaria da Guarda Nacional (de São Paulo)


Fonte: Faacebook/História Militar e Militaria Brasileira

Esta bandeira faz parte do acervo do Museu Paulista (mais conhecido como Museu do Ipiranga).

a REDE que governa o Brasil

 

Agência Brasil explica o que são cookies

 

Entenda como esse termo do dicionário digital influencia navegação


Peças importantes para a navegação na rede mundial de computadores, os cookies - biscoitos, em inglês - fazem parte do crescente dicionário digital da internet. Com a chegada da Lei Geral de Proteção de Dados, o consentimento para uso e armazenamento de cookies em sites tornou-se obrigatório. Esses arquivos mantêm informações importantes sobre identidade do usuário e podem ser usados sem consentimento. Mas, afinal, para que servem?

O termo cookie nasceu bem antes da internet. Em computação, costumava-se chamar pacotes de dados, enviados ou recebidos sem nenhuma alteração no conteúdo, de magic cookies. Em 1994, o programador Lou Montulli - considerado um dos pais dos navegadores modernos - publicou a primeira versão do Netscape Navigator, programa usado para ver conteúdo de páginas rudimentares nos primórdios da internet.

O Netscape é considerado um marco na história da computação. Entre as diversas inovações, uma funcionalidade que resistiu ao teste do tempo e tornou-se padrão: os HTTP cookies - que são os que usamos até hoje.

Os HTTP cookies são arquivos que identificam o usuário durante visita a um site. Eles servem para personalizar a experiência de navegação. É normal, por exemplo, que ao visitar um site de notícias você veja links já acessados que estão em cores diferentes, ou que uma rede social mostre que você já assistiu determinado vídeo. Ou ainda, que seu nome de usuário já esteja gravado no formulário de login da página de algum serviço com um carrinho de compras recheado de produtos que foram escolhidos dias atrás.

O exemplo mais corriqueiro de cookie é quando o usuário é logado em um serviço e passa por um redirecionamento de página. O procedimento acontece, por exemplo, em lojas online: ao adicionar um produto ao carrinho, o usuário envia para o servidor pequeno pacote de dados dizendo quem ele é, qual o produto e quantas unidades deseja. A troca e interpretação dessas informações são feitas por meio de cookies.

Sites de bancos, e-mails, serviços, jogos e notícias também usam cookies para se “lembrar” de quem está navegando.

Apesar de essenciais, os cookies podem ser usados para finalidades maliciosas. Por sua função, não podem ser usados para inserir vírus nas máquinas dos usuários, mas podem ser explorados em conjunto com outros artifícios mal-intencionados para extrair dados valiosos.

Sites que capturam cookies indevidamente podem usar informações sigilosas para traçar perfis de marketing direcionados sem o conhecimento e consentimento do dono do dispositivo. Também é possível “capturar” informações de geolocalização, IPs (endereços digitais únicos), e-mails, contas em redes sociais e até mesmo sessões ativas em plataformas bancárias, por exemplo.

Primário e de terceiros

Existem vários tipos diferentes de cookies. Os HTTP cookies, mais comuns, são divididos em duas subcategorias: os primários e os de terceiros.

Cookies primários: são criados diretamente pelo site que está sendo acessado. Geralmente são seguros, mas podem ser acessados e capturados por sites maliciosos;

Cookies de terceiros: são mais suscetíveis a problemas, já que geralmente pertencem a páginas com domínio diferente da que está sendo visitada. Visitar um site com vários anúncios, por exemplo, pode gerar inúmeros cookies, mesmo que o usuário não clique em nenhum deles.

O que os sites maliciosos buscam é informação sobre o perfil do usuário. Juntando esses pequenos fragmentos, como o hábitos de navegação, domínio do endereço de e-mail e informações de auto-completar, é possível tentar, por exemplo, roubar uma conta em redes sociais. 

A vítima pode, então, ser redirecionada para armadilhas que executam códigos mais complexos, que instalam adwares, trojans e outros tipos de malwares na máquina ou celular.

Permitir ou remover

Os cookies não são obrigatórios, apesar de facilitarem muito a navegação e permitirem o uso de certas funções dos browsers. Ainda assim, são partes opcionais da experiência dos usuários na internet, e é possível limitar o uso dessa ferramenta. 

Permitir os cookies faz com que os sites possam receber e processar informações importantes para melhor experiência de uso.

Remover cookies é fácil, mas torna a navegação mais difícil. Sem eles, cada visita a uma determinada página será como a primeira vez. Nenhuma informação será guardada. A forma de desabilitar cookies varia para cada dispositivo e cada browser. A opção costuma estar em configurações > privacidades (a opção também pode estar listada em “Ferramentas”, “Opções de Internet” ou “Avançado”).

Para remover cookies que já foram comprometidos e arquivos maliciosos baixados ou executados sem permissão, é necessário o uso de antivírus.

Também é possível desfrutar de uma navegação anônima usando redes virtuais privadas (VPNs, na sigla em inglês). O serviço faz com que servidores não consigam identificar a origem direta do usuário, que está camuflado por um túnel de servidores localizados em diferentes regiões geográficas.

23 de jan. de 2022

Philadelphia Kensington area, Getting Worse, Tuesday, May 18 2021

 

A coisa nos EUA é mais séria o que muitos pensam.

Com apoio de aeronave, PRF prende homens que furtavam trilhos de trem em Pombos/PE

 

Por Agência PRF - Uma intervenção da Polícia Rodoviária Federal (PRF), por meio do Centro de Operações Especializadas do Nordeste (COE), cuja base está localizada em Pernambuco, resultou na prisão de dois homens integrantes de uma organização criminosa especializada em furto de trilhos de trem no município de Pombos, Agreste pernambucano. O flagrante foi realizado por uma equipe aerotática, que utilizava um helicóptero na operação.

A aeronave, que participava da Operação Rodovida – uma iniciativa do órgão para reduzir o número de acidentes e intensificar a presença policial nas rodovias federais e áreas de interesse da União-, foi informada que havia uma região onde uma quadrilha estaria furtando os trilhos de trem. Ao sobrevoar a localidade, os PRFs avistaram cerca de 10 homens em atitude suspeita, próximos à linha férrea.

Ao realizar o pouso, a equipe da PRF percebeu que os homens empreenderam fuga em direção ao matagal. Ainda assim, dois homens foram detidos, junto com diversas ferramentas usadas para extração dos trilhos. Botijões de gás, cilindros de oxigênio e maçaricos também foram localizados. No local, os policiais rodoviários federais apreenderam três veículos e uma motocicleta pertencentes ao bando. O dois homens e o material foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Vitória de Santo Antão.

Comandante da Marinha alemã renuncia após fala sobre Putin e a Crimeia

Guilherme Wiltgen - O comandante da Marinha alemã, Almirante Kay-Achim Schönbach, renunciou ao cargo na noite deste sábado (22/01), após se envolver em um incidente diplomático por declarar que o presidente russo, Vladimir Putin, “provavelmente merece respeito” e que a Crimeia era um caso perdido para a Ucrânia.

Após a renúncia de Schönbach, o nome e a foto dele foram removidas da conta na rede social. Na descrição do perfil passou a constar: “atualmente vago”.

O governo alemão logo tentou se distanciar dos comentários de Schönbach. “O conteúdo e a escolha das palavras das declarações não correspondem de forma alguma à posição do Ministério Federal da Defesa”, disse um porta-voz da pasta.

A coalizão governante da Alemanha discutirá as declarações do chefe da Marinha na segunda-feira.

Ucrânia pede que Alemanha se posicione

O Ministério das Relações Exteriores da Ucrânia pediu à Alemanha que rejeite os comentários de Schönbach sobre a Crimeia, justificando que eles prejudicam os esforços para combater a agressão russa.

Paralelamente, Kiev também destacou neste sábado sua “profunda decepção” com a posição do governo alemão “sobre o fracasso em fornecer armas de defesa à Ucrânia”. “A Ucrânia é grata à Alemanha pelo apoio que já forneceu desde 2014, bem como pelos esforços diplomáticos para resolver o conflito armado russo-ucraniano”, disse o ministro Dmytro Kuleba no Twitter.

No entanto, ele acrescentou que “os parceiros alemães devem parar de minar a unidade com tais palavras e ações e de encorajar Vladimir Putin a lançar um novo ataque à Ucrânia”, acrescentou Kuleba.

Na sexta-feira, a Alemanha chegou a impedir que a Estônia enviasse suas armas fabricadas na Alemanha para a Ucrânia. Berlim há muito argumenta que não apoia o envio de armas para zonas de conflito ativas e enfatizou que isso dificultaria uma solução pacífica para a crise.

“Pedi à ministra da Defesa, Christine Lambrecht, para me dispensar de minhas funções imediatamente”, disse o vice-almirante, em comunicado citado pela agência de notícias reuters. “A ministra aceitou meu pedido”.

A fala polêmica de Schönbach foi feita durante uma palestra na Índia, em um momento em que o mundo acompanha a escalada nas tensões na fronteira entre a Ucrânia e a Rússia e em meio a críticas de Kiev por Berlim não querer fornecer armas. “O que ele [Putin] realmente quer é respeito”, disse o vice-almirante na sexta-feira, falando em inglês em um vídeo postado no YouTube. “E, meu Deus, dar respeito a alguém custa pouco ou nada. É fácil dar a ele o respeito que ele realmente quer e provavelmente merece”, disse Schönbach, referindo-se à Rússia como um país antigo e importante.

Schönbach afirmou que as ações da Rússia na Ucrânia precisam ser debatidas, mas acrescentou que “a Península da Crimeia se foi, nunca mais voltará. Isso é um fato”.

As observações contradiziam diretamente a opinião oficial da União Europeia e dos Estados Unidos. Washington e seus aliados dizem que a anexação da península da Ucrânia por Moscou em 2014 foi inaceitável e deve ser revertida.

Ainda neste sábado, o Ministério das Relações Exteriores da Ucrânia convocou a embaixadora alemã Anka Feldhusen para enfatizar “a inaceitabilidade categórica” ​​dos comentários de Schönbach.

Schönbach deverá ser substituído pelo contra-almirante Jan Christian Kaack.

Schönbach pede desculpas

As declarações do chefe da Marinha alemã ocorrem no momento em que a Rússia reúne dezenas de milhares de soldados nas fronteiras da Ucrânia e em meio ao temor mundial de que uma invasão esteja em andamento. A Rússia nega.

Após o incidente diplomático, Schönbach publicou um pedido de desculpas na conta oficial da Marinha alemã no Twitter. “Foi claramente um erro”, escreveu. “Meus comentários sobre a política de defesa durante uma sessão de discussão em um think tank na Índia refletiram minha opinião pessoal naquele momento. Eles não refletem de forma alguma a posição oficial do Ministério da Defesa”, disse.

FONTE: DW

Nota do Blog: Até que enfim alguém de visão no velho continente.

**************************************************************************************

22 de jan. de 2022

Acontecimentos da AgroShop 🤎💚 - Você sabia que aves também precisam de atendimento veterinário ?


Caso clínico:

Quando se suspeita que a ave possa estar retendo ovo, além do histórico e anamnese, ao exame físico com a palpação da cavidade celomática é indicado verificar se existe aumento de volume.

As causas para retenção de ovos são diversas, desde erros de manejo, como pela falta de ninho, até por produção excessiva de ovos, estresse e deficiências nutricionais, em especial hipocalcemia.

Nesse caso clínico temos uma galinha de estimação, a Tita, muito querida pela família que voltou pra casa bem após a remoção do ovo na clínica.

@agroshopac

Segure sua soja, não venda!

Portos do Brasil - 22/01/2022

 

Entrevistado vem a público e desmente a Veja após fake news sobre rachadinha

Veterano da FEB completa 100 anos de vida e recebe homenagem de Regimento de Cavalaria

Santa Rosa (RS) – Nos dias 14 e 15 de janeiro, o 19º Regimento de Cavalaria Mecanizado (19º RC Mec) realizou uma homenagem ao veterano da Força Expedicionária Brasileira Lauro Alvis Fink, que combateu no teatro de operações da 2a Guerra Mundial na campanha da Itália. O febiano completou 100 anos de idade no dia 15 de janeiro.

Na oportunidade, o Capitão Rodrigo Mateus Nogueira, respondendo pelo comando do 19º RC Mec, presidiu a formatura, destacando a importância do dia muito especial para o regimento e para o Exército Brasileiro. "Ficamos muito felizes com a disponibilidade dele e de seus familiares para participarem de nossa solenidade militar na nossa unidade".

Durante as atividades, foram observadas todas as medidas preventivas contra a propagação da covid-19.


Fonte: 19º Regimento de Cavalaria Mecanizado

Turismo faturou R$ 14,7 bilhões em novembro de 2021. Valor representou uma alta de 19,3% na comparação com o mesmo mês de 2020

 

Omnisys recebe avaliação CMMI Nível 3 para desenvolvimento de software

 

Guilherme Wiltgen - A Omnisys, subsidiária da Thales, é reconhecida internacionalmente pelo CMMI (Capability Maturity Model Integration) no nível 3, pelo SEI (Software Engineering Institute). Trata-se de uma importante chancela sobre os processos tecnológicos adotados pela companhia, buscando mais eficiência e qualidade de entrega.

Para alcançar o reconhecimento, que assegura que a empresa possui processos bem caracterizados, compreendidos e descritos em padrões, procedimentos, ferramentas e métodos, a Omnisys investiu em uma série de melhorias operacionais, incluindo controle de qualidade, de tempo e de custos. Por exemplo, a taxa assertividade do Custo de Desenvolvimento de Software, calculada comparando o custo real ao custo estimado das entregas de desenvolvimento de software por mês atingiu os 100% após a implementação do modelo CMMI.

Criado a pedido do Departamento de Defesa dos Estados Unidos para padronizar a seleção de fornecedores de software, o CMMI se estabeleceu como referência para contratação de serviços de desenvolvimento de software principalmente para sistemas críticos, como os oferecidos a governos.

“Nós temos um compromisso de longo prazo com o Brasil e investimos continuamente para oferecer o estado da arte em produtos, sistemas e serviços. Conquistar a avaliação CMMI Nível 3 atesta nossa competência e a qualidade de nossas soluções, além de reforçar nossa posição de líder no mercado de defesa e parceira de longa data das Forças Amadas da Brasil”, diz Luiz Henriques, CEO da Omnisys.

21 de jan. de 2022

Postagens do Presidente Bolsonaro - 21/01/2022

Mais uma Operação resultando em aproximadamente R$ 88 milhões de prejuízo ao crime organizado.

Meia tonelada de cloridrato de cocaína.

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu 450 tabletes da droga  em uma carreta que trafegava na BR 364, KM 211 em Rondonópolis-MT.


As ferrovias das Malhas Paulista e Norte serão ampliadas com incentivos do @Governo do Brasil 

. Na Malha Paulista, está prevista a ampliação do Pátio Paratinga (ZPT), entre o km 108,8 e o 111,4, no trecho Paratinga-Perequê/SP. A ideia é implantar duas novas linhas com 2,5 km, que vão atender composições que se dirigem ao Porto de Santos/SP e projetos complementares no município de São Vicente/SP. 

. Já na Malha Norte, no Mato Grosso, haverá aquisição de até 45 locomotivas e 2.142 vagões que darão eficiência ao transporte de grãos, farelo, açúcar e fertilizantes.

As iniciativas contarão com financiamento do Regime Especial de Incentivos para o Desenvolvimento de Infraestrutura (Reidi), incentivo fiscal que viabiliza a realização de empreendimentos estruturantes no país, além de desenvolvimento e geração de empregos diretos e indiretos.

Em 2021, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (Ministra Damares) investiu cerca de R$ 60 milhões em políticas públicas para a população feminina. O valor representa 98% de execução do orçamento previsto para o período.

As ações de enfrentamento da violência e promoção de direitos alcançaram mais de 15 milhões de mulheres. Entre as principais iniciativas está a implementação de unidades da Casa da Mulher Brasileira (CMB) em todo o país.

Por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), em 2021, foram mais 5,5 mil obras e projetos entregues à população em todas as regiões do país, envolvendo ações de pequeno, médio e grande porte. 

Com investimento federal de R$ 10,6 bilhões, incluindo Orçamento Geral da União e financiamentos, as ações do MDR geraram 700 mil empregos diretos e indiretos e permitiram a concretização de intervenções históricas, como a conclusão das obras físicas do Projeto de Integração do Rio São Francisco, após 13 anos de espera.


AMAPÁ: A pavimentação de 110 km da BR-156/AP, tronco Norte, está avançando. O DNIT trabalha na aplicação de Concreto Betuminoso Usinado a Quente no km 662, em Calçoene. 

A rodovia é fundamental na ligação de todo o estado, da fronteira com a Guiana Francesa até a divisa com o Pará.

As obras de pavimentação da BR-156/AP começaram em outubro/2021 e vão melhorar as condições de trafegabilidade e a segurança dos usuários. Nesta frente, serão mais 4,6 km de pavimentação, sendo 3,6 km contínuos a partir do povoado de Carnot.

Ao invés do Macron espalhar mentiras sobre o Brasil deveria explicar por que esta botando lenha na fogueira em relação à Rússia

O intuito é claro, diminuir o crescimento do Brasil. Mentiras atrás de mentiras.

Essa demagogia usada por 'Micron' não cola mais.

O que o mimado sonhador tem que explicar é porque a França ainda continua sugando a África.

Explica também Micron, porque suas leis ambientais na Guiana Francesa são tão fracas e a do Brasil são tão fortes.

É por essas e outras que anda levando tapa na cara e ovada.

Biden tenta fugir de pergunta sobre sua saúde mental após pesquisa

Mãe do presidente Jair Bolsonaro morre aos 94 anos

Morte foi informada pelo presidente nas redes sociais

A mãe do presidente Jair Bolsonaro, Olinda Bonturi Bolsonaro, morreu na madrugada de hoje (21). Ela estava com 94 anos e morava em Eldorado, no interior de São Paulo.

O presidente, que está em viagem internacional ao Suriname e à Guiana, informou o falecimento da mãe em suas redes sociais.

“Com pesar, o passamento da minha querida mãe. Que Deus a acolha em sua infinita bondade. Neste momento, me preparo para retornar ao Brasil”.

Em postagem no Twitter, a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, disse que estava orando pelo presidente e sua família.

“Orando agora pelo nosso presidente e a família. Dona Olinda Bolsonaro, a mãe que ele tanto amou e honrou, foi para o céu. Que Deus console toda a família. O senhor foi um filho extraordinário, presidente. Força, Michelle! Força, meninos! Descanse em paz dona Olinda!”.

Em nota, a Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) apresentou condolências pelo falecimento de dona Olinda. A Secom “une-se à toda a equipe de governo e aos brasileiros em condolências e orações pelo falecimento da senhora Olinda Bonturi Bolsonaro, mãe do presidente Jair Bolsonaro. Que Nosso Senhor acolha a alma de dona Olinda e ampare o senhor presidente da República e demais familiares”.

Quem também se manifestou pelas redes sociais foi o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. "Registramos nosso sentimento de pesar ao presidente Jair Bolsonaro e familiares pelo falecimento da sra. Olinda Bonturi Bolsonaro, após uma vida longa e feliz. Um exemplo a ser seguido por sua força e coragem”, postou Queiroga em conta no Twitter.

Pergunte ao Príncipe: Dom Bertrand (Parte 6)

20 de jan. de 2022

IICA e Fundo Verde do Clima fecham parceria de US$ 100 milhões para projetos de redução das emissões de metano nas Américas

Para secretário de Inovação do Mapa, Fernando Camargo, iniciativa pode ajudar países a cumprirem meta de diminuir as emissões de metano na pecuária

Foto: Kelem Silene Guimarães/Embrapa

Compromisso firmado pelo Brasil e outros 100 países durante a COP-26, a redução de emissões de metano no setor agropecuário ganhou reforço. Nesta semana, o Fundo Verde do Clima (GCF, sigla em inglês) apresentou projeto para buscar reduzir as emissões de metano da pecuária das Américas, em iniciativa que será financiada com recursos da ordem de US$ 100 milhões.

O anúncio foi realizado durante a cerimônia virtual de posse do diretor-geral do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), o argentino Manuel Otero, do qual a ministra Tereza Cristina participou enquanto presidente da Junta Interamericana de Agricultura (JIA). Desde junho do ano passado, o Fundo credenciou o IICA para implementar projetos financiados pela sua carteira de créditos, o que permite ao organismo acesso a recursos que apoiem iniciativas de adaptação e resiliência climática da agricultura e da ruralidade nos países das Américas.

“Esta parceria entre o Fundo Verde do Clima e o IICA é de extrema importância, pois se vislumbra o financiamento e recursos para o aprimoramento da pesquisa e outras tecnologias de inovação, as quais entendemos que é o caminho a ser trilhado. A redução do rebanho não é uma opção, o que se acredita é que com muita tecnologia e inovação nós vamos conseguir reduzir, e já há estudos para isso, a emissão de metano”, repercute o secretário de Inovação, Desenvolvimento Sustentável e Irrigação do Ministério, Fernando Camargo.

A adesão ao compromisso global de redução de 30% nas emissões é voluntária e o Brasil já desenvolve várias ações que podem contribuir para essa meta. O secretário reforça a criação de gado em sistemas integrados permitindo que as emissões da pecuária sejam absorvidas pela lavoura e pela floresta que coexistem no sistema produtivo. Essa é uma das tecnologias do Plano ABC+, que promove práticas para uma agropecuária de baixa emissão de carbono com meta de redução de mais de 1 bilhão de toneladas até 2030.

Entre as estratégias que já são utilizadas para reduzir a emissão de metano na pecuária brasileira estão o melhoramento genético de pastagens para desenvolver alimentos mais digestíveis para os animais e o melhoramento genético dos animais, permitindo o abate precoce e, assim, a redução da emissão desses gases. Também está em estudo a utilização de aditivos que podem ser agregados na alimentação animal, com substâncias como algas, taninos e óleos essenciais.

“Então, esse é o melhor dos mundos: ter um animal geneticamente menos emissor, com uma boa alimentação e num sistema de criação em que se consegue fazer a remoção das emissões”, finalizou Camargo.

O IICA informou que primeiro passo da iniciativa, que vai contribuir para o desenvolvimento de processos produtivos mais eficientes e abrirá oportunidades tanto para o setor público quanto privado de apresentar seus projetos no continente americano, será a realização de estudos de viabilidade, a partir de um aporte inicial de US$ 1,5 milhão do GCF. 

O GCF, sediado na Coreia do Sul, é um fundo criado pela Convenção Marco das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, com uma carteira de US$ 20 milhões. A missão é ajudar países em desenvolvimento a elaborar práticas e tecnologias de adaptação às mudanças climáticas e à mitigação de seus efeitos.

A instalação dos trilhos no lote 7 da FIOL II, próximo a São Desidério/BA, está a todo vapor. A VALEC Ferrovias trabalha na construção de 485,4 km da ferrovia, entre Caetité/BA e Barreiras/BA

 

Rússia começa a receber os novos Su-30SM2

Fernando Valduga - A fabricante de aeronaves russas United Aircraft Corporation (UAC) iniciou as entregas dos mais recentes caças multifuncionais Su-30SM2 para as Forças Armadas Russas como parte de uma encomenda de defesa do estado russo.

O Su-30SM2 é uma versão modernizada do Su-30SM. As primeiras aeronaves da nova modificação com pintura naval já partiram da fábrica de aviação de Irkutsk para o local de sua implantação, conforme relatou hoje o canal de TV do Ministério da Defesa da Rússia.

As principais áreas de melhoria do Su-30SM2 em relação ao Su-30SM são um motor avançado e um novo radar de antena faseada, que expande drasticamente suas capacidades de combate, de acordo com a reportagem. Ao mesmo tempo, o caça manteve todas as vantagens da versão básica: supermanobrabilidade, longo alcance de voo e um amplo arsenal de armas.

O caça Su-30SM foi testado com o motor AL-41F-1S apenas alguns meses atrás. Faz parte do plano do ministério russo de alcançar o máximo de semelhança possível com o Su-35.

O novo motor para o Su-30SM2 é o motor AL-41F-1S TVC derivado do jato Su-35 topo de linha. O novo motor fornecerá uma maior relação empuxo-peso, menor consumo de combustível e maior tempo entre revisões quando comparado com o motor Al-31FP original.

Outra novidade no Su-30SM2 é o radar PESA, o derivado N011M Bars-R com maior desempenho de detecção e rastreamento (comparado ao radar do Su-30SM). A atualização do SM2 inclui o sistema de distribuição de informações e comunicação multicanal OSNOD que permite a integração da aeronave na rede de comando e controle de nova geração da Rússia.

Perigo à vista, pode faltar milho no Brasil no 2º semestre

1ª privatização portuária do Brasil já tem data marcada. É dia 25/03/2022

 

O Trem brasileiro que Estabeleceu um Recorde

 


Com a demanda por transporte ferroviário aumentando, temos acompanhado a chegada de novas locomotivas e vagões e também uma mudança no padrão das operações, principalmente após a renovação das concessões e uma das mudanças mais significativas aconteceu na malha paulista, que é uma das mais movimentadas, se não a mais movimentada do Brasil. 
Para entender o contexto, é preciso explicar que no trecho conhecido como Corredor de Exportação, que começa em Rondonópolis-MT e termina em Santos-SP, até pouco tempo a Rumo circulava com trens que tinham cerca de 80 vagões, levando cargas até o porto de Santos e voltando praticamente com o mesmo tamanho. 

Há pouco mais de um ano, aproveitando-se das melhorias nas vias e na qualidade das locomotivas e vagões, esses trens aumentaram de tamanho em cerca de 50%, passando a rodar com mais de 120 vagões como padrão, mas mantendo a operação dos trens de 80, partindo de alguns terminais espalhados ao longo da malha. 

No entanto, em momentos de maior movimentação, durante a safra, ou em períodos chuvosos que comprometem o tráfego na serra de Santos, era comum vermos dois trens de 80 vagões se juntarem e formar apenas um com mais de 160, otimizando o tempo de deslocamento na subida da serra até chegar em Itu, onde novamente eram separados e formavam duas composições. 

Esses trens eram os maiores trens do estado de São Paulo e estavam entre os maiores do Brasil, em termos de comprimento, mas recentemente essa marca foi ultrapassada! Como já era de se esperar, aproveitando-se que o trecho entre Santos e Campinas é quase 100% duplicado, optou-se por unir também os trens maiores, formando uma grande composição com mais de 240 vagões e seis locomotivas tornando-os os maiores trens que já circularam em nosso estado de maneira regular! 

Essa composição leva um maquinista na primeira locomotiva e um segundo maquinista na locomotiva líder do segundo trem, coordenando as operações via rádio, num sistema que é chamado de "locoman". 

Por enquanto, essa operação deve ficar restrita aos trens vazios que retornam de Santos, mas não será surpresa se ela se estender aos carregados, para a alegria dos que gostam de ver esses gigantes em movimento. Só não vai ser muito interessante para quem precisar esperar a passagem deles em uma Passagem de Nível.

F-39E Gripen abaixo de zero!

Guilherme Wiltgen - A Saab do Brasil liberou algumas imagens do F-39E Gripen FAB4101 cobertos de gelo no rigoroso inverno sueco, onde as temperaturas atingem bem abaixo do 0º C nessa época do ano.

Segundo o site Tempo.com, em 06/12/21 no remoto povoado de Naimakka, localizado na fronteira com a Finlândia no extremo norte, foi registrada a temperatura de -43,8°C, a mais baixa medida na Suécia desde o início dos registros em 1860.

Já mais ao sul, na cidade de Anápolis, onde se localiza a Base Aérea de Anápolis – Campo Marechal Márcio de Souza e Mello (BAAN), no planalto central brasileiro, os F-39E/F vão encontra uma situação totalmente diferente, onde as temperaturas são inversamente proporcionais às de Linköping, se mantendo no inverno com uma temperatura mínima na média entre 16 e 18ºC. Segundo o site climate-data, Anápolis possui uma temperatura média de 22,4 °C.


Em breve, o F-39E/F estará protegendo os céus mais “calientes” do Brasil.

19 de jan. de 2022

O comunismo caiu de podre! Diego Casagrande

Covid-19: Infarmed confirma notificação de suspeita de reação adversa no caso de criança que morreu

Agência Lusa

CNN/Portugal - Segundo o regulador nacional, estão a ser recolhidos “dados adicionais por parte do notificador para análise e avaliação da imputação de causalidade”

O Infarmed confirmou que recebeu esta segunda-feira notificação de suspeita de reação adversa no caso da morte de uma criança com teste positivo para SARS-CoV-2 no domingo no Hospital de Santa Maria.

“Confirmamos que recebemos a notificação de suspeita de reação adversa no decorrer do dia de hoje e que a mesma se encontra a ser tratada pelo Infarmed em conjunto com a Unidade Regional de Farmacovigilância de Lisboa, Setúbal e Santarém”, adiantou a Autoridade Nacional do Medicamento à agência Lusa.

Segundo o regulador nacional, estão a ser recolhidos “dados adicionais por parte do notificador para análise e avaliação da imputação de causalidade, uma vez que, não sendo a aparente relação temporal o único determinante na avaliação da causalidade, é necessário proceder à recolha de toda a informação clínica”.

Esta análise precede a sua comunicação à base de dados europeia EudraVigilance, o sistema de gestão e análise de informações sobre suspeitas de reações adversas a medicamentos, que foram autorizados ou em estudo em ensaios clínicos no Espaço Económico Europeu.

O Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte (CHULN) anunciou esta segunda-feira que um menino de seis anos com teste positivo para SARS-CoV-2 morreu no domingo no Hospital Santa Maria e que as causas da morte estão a ser analisadas.

O centro hospitalar afirmou, em comunicado, que a criança deu entrada no Hospital de Santa Maria no sábado com “um quadro de paragem cardiorrespiratória”.

“A criança tinha a primeira dose da vacina contra a covid-19, tendo o CHULN notificado o caso ao Infarmed e à Direção-Geral da Saúde”, refere o comunicado.

Segundo os dados da DGS, desde o início da pandemia, morreram três crianças entre os zero e os nove anos.

Califórnia tem onda de saques a trens de carga; ferroviária quer evitar área

40ª força-tarefa da Marinha Chinesa é enviada para missão de escolta no Golfo de Áden


A 40ª força-tarefa da Marinha do Exército de Libertação Popular da China (PLA Navy) partiu de um porto militar na cidade de Zhanjiang, província de Guangdong, no sul da China, no sábado (15/1) para realizar uma missão de escolta no Golfo de Áden e nas águas da Somália.

A frota é composta pelo destróier de mísseis guiados Hohhot, a fragata de mísseis Yueyang e o navio de suprimentos Luomahu, com dezenas de soldados de operações especiais e dois helicópteros a bordo.

Em preparação para a missão, a força-tarefa realizou treinamentos sobre o uso de armas, contraterrorismo e antipirataria, além de reabastecimento no mar.

A Marinha do PLA começou a realizar missões de escolta no Golfo de Áden e nas águas da Somália em dezembro de 2008.


FONTE: Global Times

NOTA DA REDAÇÃO: Na tabela abaixo, dados atualizados sobre os de navios de guerra da Marinha do PLA envolvidos na operações antipirataria no Golfo de Áden desde 2008. Via @CyberRealms1, no Twitter.