17 de ago de 2015

OS FREIOS DA TOYOTA HILUX - AUTORIZADAS RECOMENDAM QUE DONOS NÃO USEM FREIOS EM EXCESSO


4 RODAS/WALDEZ CARMO AMORIM | FOTOS: RENATO PIZZUTO - Quem acompanha nossa seção de Longa Duração já deve ter notado que raramente precisamos trocar os discos de freio no período de 60 000 km. Às vezes nossos carros são desmontados e as peças ainda estão em bom estado. Então imagine a surpresa de quem precisa trocar um disco de freio em menos de 10 000 km. Esse tem sido o caso de alguns proprietários da picape Hilux e da Hilux SW4, que têm sofrido com o empenamento dos discos de freio, como aconteceu com o comerciante Hilário Alves de Brito, de Belo Horizonte (MG), dono de uma Hilux SRV 2005 automática. “Com 27 000 km, substituí os discos e pastilhas quatro vezes. Em uma delas, viajei com o carro logo após trocar os discos e, 1 100 km depois, estavam empenados novamente. Apenas na revisão de 10 000 km, a concessionária trocou os discos e pastilhas na garantia,” diz Hilário. 

Porém nem sempre o serviço é realizado em garantia, conforme relata o empresário Antônio Elias Lopes, de Belo Horizonte (MG), proprietário de uma Hilux 2006 automática. “Com 80 000 km troquei discos e pastilhas mais de dez vezes, e em todas elas eu tive de pagar pelas peças e pela mão de obra.” A razão da troca prematura das peças seria um empenamento dos discos, causado por um superaquecimento no sistema. 

Mas, para algumas concessionárias, a solução desse problema é até bem simples: é só pisar menos no freio. Consultamos mecânicos de cinco autorizadas de São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo e Goiás, que deram basicamente a resposta a seguir para evitar o problema: “Como se trata de um carro pesado e que anda bem, sempre que for necessário parar ou reduzir a velocidade lembre-se de reduzir as marchas, principalmente na picape com câmbio automático, passando da posição D para a terceira, depois segunda, até chegar à primeira. Do contrário, os discos vão aquecer além do normal e vão empenar”. No entanto, alguns donos de Hilux disseram que é possível instalar um defletor de refrigeração nos freios para minimizar esse superaquecimento. Segundo pesquisas em concessionárias Toyota, essa peça é conhecida como espelho ventilado do disco de freio, sob o código 477820K031, e cada uma custa 173 reais, levando de uma a duas horas para ser instalada. De acordo com chefes de oficina, a partir do modelo 2007 as picapes começaram a vir equipadas com o novo espelho para resolver o problema. 

Entretanto, segundo o advogado Vicente Borges da Silva Neto, de São Paulo (SP), isso não resolveu o defeito nos freios de sua SRV 2008. “Minha picape empenou os discos três vezes antes de terminar a garantia. Agora comprei uma SRV 2009 manual e sei que os problemas continuarão, pois o sistema de freios é o mesmo. E o pior é que sempre me orientam a reduzir as marchas antes de utilizar o freio porque os discos não suportam o peso”, diz Vicente.
Nota do Blog: Aqui em Tarauacá tem hilux com menos de 3 meses de uso que está com esse problema.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.