7 de jun de 2017

Documento da Caixa revela que Sebastião “superfaturou” o número de casas entregues na Cidade do Povo




Ray Melo - Um documento oficial da Caixa Econômica apresentando pela deputada estadual Eliane Sinhasique (PMDB), na tribuna da Aleac, na manhã desta quarta-feira (7), pode ser a prova que a administração do governador Sebastião Viana (PT) estaria superfaturando o número de casas que foram entregues na Cidade do Povo, projeto que promete entregar mais de 10 mil unidades habitacionais.

Segundo Sinhasique, os pronunciamentos midiáticos de Viana estariam camuflando o número real de casas entregues até o momento. “A capacidade de superfaturar números, superestima e subestima a capacidade de nossa inteligência. Ele diz que já foram entregues mais de 3.131 mil casa para famílias a custo zero, mas isso não passa de falácia”, destaca a oposicionista.

Ela afirma que recebeu um documento da Caixa sobre a quantidade obras habitacionais contratadas e executadas. “A Caixa coloca que foram construídas 2.236 unidades, sendo que 217 ainda não foram entregues, mas a empresa Etenge ainda não repassou as unidades. Estão faltando 895 unidades, já que a Caixa diz que foram feitas apenas 2.236 unidades”, diz Sinhasique.

A deputada destaca ainda o lançamento do programa habitacional para servidores públicos. “Lançou o programa de habitação para os servidores no valor de R$ 35 milhões, mas o governador não esclarece de onde vem o dinheiro. Se são recursos próprios, se é dinheiro federal ou dinheiro de empréstimo. Ele coloca como se ele fosse fazer e isso é mentira”, ressalta.

O detalhe, segundo a peemedebista, é que o governador Sebastião Viana quando lançou a Cidade do Povo disse que entregaria mais de 10 mil casas, “nós já estamos na metade do segundo mandato dele, foram feitas apenas 2.236 unidades, e continua com o discurso de lançamentos de novos programas sem que os anteriores sejam concluídos pela administração estadual”.

Sinhasique finaliza o discurso deixando um enigma no ar. “Nós estamos aqui fazendo a CPI das casas, onde o governo é responsável pela distribuição de casas que seriam entregues aos moradores de área de risco. A comissão está andando e teremos novidades interessantes em breve”.

A reportagem procurou o líder do governo Daniel Zen (PT) para falar sobre os números apresentados pela deputada Eliane Sinasique. O governista disse que estaria esperando informações da gestora da Secretaria de Habitação, mas os trabalhos legislativos encerraram e Zen não retornou com os números da Sehab.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.