18 de set de 2015

UM CATALINEIRO VISITA TARAUACÁ - TRIBUTO AO PASSADO - AVIAÇÃO EM TARAUACÁ



Recebi essa semana a grata visita de um prazer inenarrável. Trata-se de um legítimo Catalineiro, (como são conhecidos os tripulantes que voaram o Catalina ou pata choca como eram carinhosamente apelidadas aquelas aeronaves), em tempos idos. Faço questão de escrever com letra maiúscula devido ao respeito que tenho por esses homens especiais que tanto fizeram pelo Brasil e principalmente pela Amazônia, e que infelizmente é de total desconhecimento de grande parte da população brasileira atual. 


Seu nome é João Alfredo de Oliveira, Suboficial Reformado tendo somado 5.000 horas de vôo. Também é Ex-Presidente da Associação Brasileira de Catalineiros – ABRA-CAT. Seu Alfredo era radiotelegrafista e o motivo de sua visita foi colher dados sobre José Galera dos Santos (O Carrapicho), para um livro que está escrevendo sobre o CAN (Correio Aéreo Nacional), e consequentemente a aviação no Brasil e no Acre. 

José Galera dos Santos (O Carrapicho) empresta seu nome ao aeroporto do município.


A Associação Brasileira de Catalineiros – ABRA-CAT se dedica a cultuar e preservar as tradições, o espírito de corpo, o patrimônio cultural e material, e a divulgar os feitos da Comunidade de Catalineiros (operadores mantenedores, e apoiadores das operações das aeronaves CATALINA – PBY no Brasil e DOUGLAS – C-47 na Amazônia).


Esse livro preencherá um pouco a lacuna existente dos grandes feitos no CAN – CORREIO AÉREO NACIONAL – no Brasil por esses desbravadores aeronáuticos.

Há algum tempo atrás, tive o prazer de fazer um post sobre o CAN em duas partes, (aqui), para a população amazônica de hoje conhecer um pouco mais sobre suas espetaculares ações. 

Essa visita já deu um bom resultado conseguindo eu descobrir qual designação tinha o C-47 que aparece acidentado na foto abaixo aqui em Tarauacá. É o FAB - C-47 - 2012.




No dia 22/01/1970, cumprindo missão do 1º ETA, acidentou-se, tocando antes da pista, numa depressão, havendo somente danos materiais, graças a Deus, não houve danos pessoais.


Foi descarregado, aposentado do Serviço Ativo no dia 22/02/1978.

Seu Alfredo agora me ajuda a descobrir outro mistério de outra foto (foto abaixo). A de um motor radial aberto de um C-47 que pode até ser do próprio C-47 2012. Aguardemos.

FOTO DA 1ª REUNIÃO NACIONAL DE CATALINEIROS EM DEZ 2007
Imagem de um C-47 - Tripulantes em frente ao C-47 2026

2 comentários:

  1. Parabens ao Sr. João Alfredo. Lembro que quando de minha viagem de Tarauacá para Belém, o trecho Rio Branco/Manaus foi feito num Catalina, o qual, ao chegar em Manaus, em meio a um temporal e com defeito no Trem de Pouso Dianteiro que não desceu, o Piloto, juntamente com o restante da tripulação, decidiram por um pouso de barriga, o eiros que ali viajavam. que foi feito com sucesso no aeroporto de Ponta Pelada sem nenhum dano aos passageiros que ali viajavam. Da nossa família eram Eu, o Lulu e a Mamãe. Quem sabe ele não era um dos tripulantes.

    ResponderExcluir
  2. OK,
    Vou verificar com o Sr. Alfredo para ver se identificamos a tripulação.
    abç

    ResponderExcluir

Atenção:
Comentários ofensivos a mim ou qualquer outra pessoa não serão aceitos.