01/09/2014

PRA QUE SERVE A ONU?


OHH ÓRGÃOZINHO PARADO!

SABE DE NADA INOCENTE!!!

IDOSA DE 77 ANOS REAGE A ASSALTO E MATA CRIMINOSO NO RS


Na noite do último sábado (30), um criminoso foi morto a tiros por uma idosa de 77 anos enquanto tentava assaltar seu estabelecimento no bairro Navegantes, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

Fachada do estabelecimento, foto reprodução
O caso aconteceu por volta das 21h30, quando o homem armado entrou na 'Padaria da Vovó' e anunciou o assalto. Nervosa com as constantes tentativas de roubo, a idosa sacou um revólver calibre 38 e disparou duas vezes contra o criminoso. 

Devido a problemas cardíacos, a mulher entrou em choque com a situação e teve que ser levada a hospital. Ela passou a noite no pronto-socorro e foi liberada na manhã deste domingo.

Com um tiro no pescoço e outro no braço, Jhonatan Silveira Ferreira, de 24 anos, morreu no local. Segundo o jornal "Zero Hora",  o assaltante não tinha antecedentes, mas, segundo informações preliminares da Polícia Civil, ele seria usuário de drogas.

A procedência do revólver utilizado pela idosa será investigada e, caso não tenha registro, a mulher poderá responder por porte ilegal de arma.

BRASIL É LÍDER MUNDIAL EM AGRESSÃO A PROFESSORES


Em pesquisa que ouviu 100 mil docentes em 34 países, 12,5% dos brasileiros contam que são agredidos ou intimidados uma vez por semana dentro da escola

FRANCISCO EDSON ALVES/Rio - No dia 12 deste mês, o professor de Biologia Carlos Cristian Gomes, de uma escola estadual de Sergipe, levou cinco tiros de um aluno de 17 anos, que teria ficado revoltado com uma nota baixa. Gomes está internado em estado grave e respira por aparelhos. Esta semana, professores do Ciep Pablo Neruda, no bairro Laranjal, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, ameaçaram parar suas atividades em protesto por causa das constantes agressões verbais desferidas por alunos.

R., 45 , há dois anos teve que sair do Ciep Estaudal Raul Seixas, em Costa Barros, depois de ser agredido por aluno e parentes do estudante

Os dois casos recentes de violência contra docentes ilustram pesquisa feita pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), que revela que 12,5% dos professores ouvidos no Brasil se disseram vítimas de agressões verbais ou intimidação de alunos pelo menos uma vez por semana. A enquete foi feita em todo o mundo e abordou mais de 100 mil professores e diretores de escolas do segundo ciclo do Ensino Fundamental e do Ensino Médio (alunos de 11 a 16 anos). O resultado põe o Brasil no topo do ranking de violência em escolas.

“Infelizmente, isso é pura realidade. No Estado do Rio, os professores são vítimas diariamente de vários tipos de agressões físicas e verbais. Tanto que estamos preparando um levantamento sobre o assunto”, diz a professora Beatriz Lugão, diretora do Sindicato dos Profissionais da Educação do Rio de Janeiro (Sepe-RJ). 
De acordo com ela, o clima de violência nas escolas públicas é desencadeado por diversos motivos.

“Sobretudo pela quantidade insuficiente de professores, falta de inspetores, espaços físicos sucateados e insegurança no entorno. No meio disso tudo, como um para-raio, está o professor”, diz ela.

Os índices referentes ao Brasil são os mais altos entre os 34 países pesquisados, onde a média entre eles é de 3,4%. Depois do Brasil, vem a Estônia, com 11%, e a Austrália com 9,7%. Na Coreia do Sul, Malásia e Romênia, o índice é zero.

Além de ataques, professores convivem com ameaças de morte. É o caso de R., 45 anos, que há dois anos teve que sair do Ciep Estadual Raul Seixas, em Costa Barros, depois de retirar um aluno que fazia bagunça na sala de aula e apanhou dele, da mãe e do irmão do estudante. O caso foi registrado na 39ª DP (Pavuna).

No país, só 12,6% consideram que são valorizados

Para Dirk Van Damme, chefe da divisão de inovação e medição de progressos em educação da OCDE, pela escola estar mais aberta à sociedade, os alunos levam para a aula seus problemas cotidianos. “Essa é uma das possíveis razões pelo quadro revelado pela pesquisa”, argumenta Van Damme.

De acordo com ele, o Estudo Internacional sobre Professores, Ensino e Aprendizagem (Talis, na sigla em inglês), também expôs que somente um em cada dez professores (12,6%) no Brasil acredita que a profissão é valorizada pela sociedade. Nesse quesito, a média global alcançou 31%. 

Pela enquete, o Brasil está entre os dez últimos da lista em relação ao assunto. No último lugar aparece a Eslováquia, com 3,9%, seguida de França e Suécia, onde só 4,9% dos professores acham que têm o devido valor perante a sociedade.

A surpresa ficou por conta da Malásia, onde 83,8% dos professores acham que a profissão é valorizada. Cingapura, com 67,6%, e a Coreia do Sul, com 66,5%, também tiveram boas avaliações nesse item. A pesquisa indicou ainda que, apesar dos problemas, a maioria dos professores no mundo se diz satisfeita com a função.

EMPRESA DEVEM ASSUMIR PAPEL DE LIDERANÇA FRENTE ÀS MUDANÇAS CLIMÁTICAS, DIZ PAVAN SUKHDEV



planetasustentave/Marina Maciel - O último relatório do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC) deixou claro: as mudanças climáticas já estão acontecendo, em todos os lugares do mundo. Apesar dessa conclusão, o setor privado ainda não assumiu sua responsabilidade de impulsionador da mudança do clima. É urgente reconhecer isso e ter atitude para reverter a situação.

A afirmação é do economista indiano Pavan Sukhdev, autor do livro Corporação 2020: como transformar as empresas para o mundo de amanhã, lançado em português pelo Planeta Sustentável. Sukhdev foi o terceiro palestrante da série de debates Mudanças Climáticas: Rumo a um novo Acordo Global, promovido pelo Instituto CPFL Cultura, em parceria com o Planeta Sustentável e o GT de Clima do Pacto Global, sob curadoria do engenheiro florestal Tasso de Azevedo, que também é conselheiro do Planeta e curador do Blog do Clima.

De acordo com Sukhdev, a relação entre empresas e o uso responsável dos recursos naturais está na raiz do problema. Não são tributados os minérios usados e outras atividades poluidoras, mas os bens e o custo da mão-de-obra. Segundo o economista, o cálculo das externalidades é um passo para reconhecer as responsabilidades, além de ser benéfico para funcionários e a população, não apenas para os acionistas. “Temos que desafiar a definição de corporação de hoje. Não concordo com a doutrina de que a única responsabilidade do setor privado é o lucro”, afirmou.

Segundo o economista, as corporações determinam a forma de fazer política, já que as principais ações dos políticos – como geração de emprego, crescimento econômico e financiamento de campanhas – dependem delas. “Os políticos não são mais líderes; são seguidores. Os presidentes das empresas são os líderes. Eles devem dar o exemplo”, defendeu. Por isso, concluiu, CEOs devem ter pulso firme para pedir mudanças, por exemplo, subsídios para energia limpa.

Outro ponto destacado por Sukhdev para o agravamento das mudanças climáticas foi o estímulo à obsolescência dos produtos. Segundo ele, a ética da propaganda deve ser questionada e as agências devem ser responsabilizadas pelo estímulo ao consumo de novos bens. “Nosso propósito deveria ser criação de valor, não de volume”, disse.

Sukhdev percebe hoje poucas empresas que são bons exemplos de liderança frente às mudanças do clima. Porém, elas não têm outras corporações seguidoras. Para ele, essa lacuna precisa ser preenchida por regulamentações impostas pelo Estado. “Empresas são como animais. Elas evoluem conforme qualquer espécie. As instituições políticas têm que mudar para as corporações evoluírem”, concluiu.

Nos vídeos abaixo, assista à palestra completa em inglês…


... ou português.

CÃO DA POLÍCIA DOS EUA É ENTERRADO COM HONRAS APÓS MORRER EM SERVIÇO


Kye foi esfaqueado por suspeito que tentou perseguir em Oklahoma.
Policial que trabalhava com o animal matou o homem e é investigado.

O policial Ryan Stark homenageia o cachorro Kye durante seu funeral nos EUA. Animal era da polícia de Oklahoma (Foto: Sue Ogrocki/AP)


Um cachorro da polícia da cidade de Oklahoma, nos Estados Unidos, foi enterrado com honras nesta quinta-feira (29) após morrer em serviço. Durante o funeral de Kye, o sargento Ryan Stark, que trabalhava com o animal, levantou a tampa do caixão, que estava envolto pela bandeira norte-americana, para prestar uma última homenagem ao cão.

A morte do animal aconteceu no último domingo (24). Policiais faziam uma perseguição a um suspeito em um carro. O homem, Mark Salazar, acabou batendo o veículo e tentou fugir a pé. O policial Stark então soltou Kye para perseguir o suspeito.

Quando Stark se preparava para chamar Kye de volta, viu que Salazar estava esfaqueando o cachorro, segundo a emissora OKC Fox.

Foi quando o policial sacou sua arma e atirou no suspeito, que morreu no local.

Stark foi afastado do trabalho e é investigado pela morte de Salazar. A polícia quer saber se os disparos feitos por ele foram justificados.

Kye foi levado para cirurgia depois do ataque, mas morreu na segunda-feira (25). Ele trabalhava para a polícia de Oklahoma há cerca de dois anos.

Policiais passam pelo caixão do cachorro Kye durante seu funeral nos EUA (Foto: Sue Ogrocki/AP)

31/08/2014

PEGADINHA DO ATIRADOR DE ELITE

APÓS APROVAR LEI PARA PORTE DE ARMAS, CRIMINALIDADE NA CIDADE DE CHICAGO DESPENCA



spotniks - Estado de Illinois aprovou recentemente uma lei permitindo cidadãos portarem armas de fogo; até o final do ano, estima-se que o estado tenha 100 mil cidadãos armados.

O número de crimes diminuiu desde que o estado norte-americano de Illinois aprovou o porte de armas por civis. Desde Julho deste ano o porte de armas está permitido para cidadãos maiores de 21 anos que possuírem a autorização legal emitida pela polícia.

De acordo com os órgãos oficiais, Chicago, a maior cidade do estado, registrou 20% menos prisões por assaltos em comparação com o ano passado, 20% menos roubos de casas, 26% menos roubos de veículos e a taxa de homicídios caiu 56%.

“Não é nenhuma coincidência que as estatísticas de criminalidade tenham começado a cair desde que o porte foi permitido. Apenas a ideia de que criminosos não sabem quem está armado e quem não está já possui um efeito dissuasor”, diz Richard Pearson, diretor-executivo da Associação de Rifles do Estado de Illinois.

Recentemente, as próprias autoridades chamaram de “modelo de cidadão” um homem de 86 anos que impediu um assalto após atirar no suspeito. Ele estava numa loja da AT&T quando a ação ocorreu. O tiro disparado debilitou o suspeito, que foi logo preso por policiais. O homem não teve seu nome revelado.

Outro estudo, da Crime Prevention Research Center, mostrou que o número de cidadãos norte-americanos com licença de porte de armas cresceu 147% nos últimos 7 anos, enquanto as taxas de homicídios e crimes violentos caíram 22%.

“Existe uma porção de estudos acadêmicos sobre isso, e se você olhar nos estudos que sofreram revisão por pares, a conclusão é que a grande maioria encontrou algum benefício no porte armas sobre as taxas de criminalidade – e, o melhor, sem custos”, diz John Lottr Jr., presidente do Centro de Pesquisas para Prevenção de Crimes, que conduziu o estudo acima.

A demanda por armas no estado cresceu desde que a lei foi aprovada. No site da polícia do estado, existe uma nota explicando a demora que alguns cidadãos estão passando para receberem o Registro de Identificação de Portador de Arma de Fogo (FOID Card): a demanda pelo serviço está batendo recordes e muitos candidatos erram na hora de preencher o formulário, atrasando o processo. A expectativa é de que até o final do ano 100 mil portadores de armas de fogo residam no estado.

A permissão para o porte de armas em Illinois exige pelo menos 16 horas de aulas de tiro e custa em torno de US$ 600 (R$1.346). Entre outras exigências estão uma ficha de crimes limpa há pelo menos 5 anos, não estar sob processo de prisão e ser maior de 21 anos. Se aprovado para obter o FOID Card, o cidadão terá direto de portar armas portáteis de cano curto, como pistolas e revólveres.

MINHA SANTA PACIÊNCIA, DAI-ME PACIÊNCIA - VAI SER MAL EDUCADO ASSIM LÁ NO ....


LIVRAI-NOS DOS MAL EDUCADOS TAMBÉM


PERDÃO SENHOR!

30/08/2014

MUITO LINDA, MAS PRECISAVAM TER CORTADO O ACRE?


APÓS 38 ANOS: PREFEITURA RESGATA EXPOACRE TARAUACÁ




O prefeito de Tarauacá, Rodrigo Damasceno realizou oficialmente na manhã de quinta-feira, 28, o lançamento da Expoacre Tarauacá 2014, considerado um dos maiores eventos já realizado no município. A última Exposição já realizada em Tarauacá aconteceu há 38 anos atrás, ainda na gestão do ex-prefeito, Ênio Ayres, hoje após 38 anos, a festividade terá três noites de duração, com inicio no dia 01 de Outubro, reta final do Novenário de São Francisco,  e término no dia 03, tendo como atração principal, na segunda noite com show do cantor Léo Magalhães.


A cerimônia de lançamento aconteceu na Rádio Nova Era FM, contando ainda com a presença do vice-prefeito, Chagas Batista e do Secretário de Cultura, Esporte e Turismo João Maciel. Além disso, os ouvintes tiveram a oportunidade de conhecer as atrações do evento, os artistas que foram contratados para animar a multidão.


O  prefeito Rodrigo Damasceno, relata que a exposição proporciona a sociedade urbana conhecer a vida do produtor do campo. “A valorização e o reconhecimento das famílias que vivem do agronegócio são de fundamental importância para toda a sociedade. Nossa Administração reconhece e confia na agricultura Acriana”, declarou.


Rodrigo agradeceu a todos os parceiros, em especial, o Governo do Estado, SEBRAE, dentre outros colaboradores, acrescentando ainda  que a festividade ajuda a aquecer a economia de Tarauacá em diversos setores. “Essa é mais uma das iniciativas que nos ajudam a trazer as pessoas para momentos de diversão, como também ajuda a movimentar a nossa economia, por isso, não medimos esforços para resgatar esta festividade”, complementou.

A feira é realizada pela a Prefeitura de Tarauacá, em parceria, com o governo do Estado, e acontecerá na Praça da Municipal. O prefeito Rodrigo Damasceno já confirmou a participação do show do cantor Léo Magalhães, atração principal da festa, além de outras atrações regionais. A tradicional cavalgada ocorrerá no dia 30 de Setembro.

Assecom Tarauacá

FACECOISAS - 30/08/2014

29/08/2014

TRIBUTO AO PASSADO - TARAUACÁ - ACENDIMENTO DA TOCHA OLÍMPICA NA SEMANA DA PÁTRIA


MOTOR DO KC-390 É CERTIFICADO

Kc-390 reabastecendo jatos A-1 - imagem Embraer

INTERNATIONAL AERO ENGINES RECEBE A CERTIFICAÇÃO DA FAA PARA O MOTOR V2500-E5, QUE EQUIPARÁ O NOVO JATO DE TRANSPORTE MILITAR KC-390 DA EMBRAER

Nota da Pratt&Whitney / UTC publicada na quarta-feira, 27 de agosto, informou que o motor V2500-E5 destinado ao jato militar KC-390 da Embraer recebeu certificação da FAA (Federal Aviation Administration – administração federal de aviação dos EUA). O motor é fabricado pela International Aero Engines (IAE), consórcio multinacional de motores aeronáuticos formado pela Pratt & Whitney Commercial Engines, pela Pratt & Whitney Aero Engines International GmbH, Japanese Aero Engines Corporation e MTU Aero Engines.

O jato de transporte militar e reabastecimento em voo KC-390, projetado pela Embraer e com protótipo em construção, tem como cliente lançador a Força Aérea Brasileira (FAB). Segundo Jackson Schneider, presidente e CEO da Embraer Defesa & Segurança, “alcançar a certificação do motor dentro do cronograma é um grande ganho para o programa. Nós temos um alto nível de confiança de que o motor vai desempenhar de forma tão confiável quanto sua contraparte já em serviço tem desempenhado, e estamos ansiosos pelo primeiro voo bem-sucedido.”

V2500-E5 de testes para o Embraer KC-390 - foto IAE

O presidente da Pratt & Whitney Commercial Engines, Dave Brantner, afirmou: “Atingir a certificação é mais uma prova da persistente confiabilidade de nossos motores V2500 e da capacidade de nossa equipe de desenvolvimento de aprimorar essa tecnologia.”

Com um empuxo de 31.330 libras, o motor V2500-E5 foi selecionado em julho de 2011 pela Embraer e pela Força Aérea Brasileira, que estabeleceu os requerimentos para o KC-390. Por um lado, a Embraer e seus clientes esperam o máximo de comunalidade com a família V2500. Por outro, mudanças foram feitas para otimizar a instalação do motor na nova aeronave.

Tabela de características motores família V2500 - imagem IAE

A IAE fornece, para o KC-390, um sistema de produção totalmente integrado, incluindo o motor V2500-E5 com sua nacele. A instalação dos motores e das naceles são apoiadas pela área de negócios de aeroestruturas da UTC Aerospace Systems, e as entregas visam obedecer a um cronograma de entrada em serviço do KC-390, na FAB, em 2016.

KC-390 em corte - imagem Embraer

FONTE: PODER AÉREO

GRIPEN - FAB AVALIA PROPOSTA DE EMPRESA SUECA


 Foram três semanas de avaliações e discussões acerca dos detalhes para a compra de 36 caças Gripen NG

FAB - Quinze representantes da empresa sueca SAAB estão nesta semana na sede do Comando da Aeronáutica, em Brasília (DF), para discutir os detalhes da proposta de aquisição de 36 caças Gripen NG. 

Eles se reúnem em grupos com uma comissão de representantes da FAB para tratar de aspectos logísticos, operacionais, técnicos, offset, industriais, comerciais e de conceito do programa de aquisição. Entre os dias 11 e 22 de agosto, uma equipe de cerca de 40 militares e civis do Comando da Aeronáutica avaliou cada detalhe da proposta apresentada.

Conforme o cronograma previsto, esta é a primeira de três rodadas de avaliações e discussões. Após essa fase, a SAAB encaminhará a proposta final. A expectativa do Comando da Aeronáutica é assinar o contrato até o fim do ano. 

Gripen C/D
Na próxima semana, militares da Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate (COPAC) vão se reunir com representantes do governo sueco para tratar do projeto de cessão temporária de caças Gripen das versões C e D, já em uso naquele país. A reunião irá abordar, em detalhes, como será o treinamento de aviadores e de pessoal de apoio na Suécia.

PIB BRASILEIRO CAI 0,6% NO 2º TRIMESTRE, DIZ IBGE



Com a revisão dos dados do 1º trimestre, resultado aponta que o Brasil está em recessão técnica
  
 - O PIB (Produto Interno Bruto) nacional encolheu 0,6% ao longo do segundo trimestre de 2014, na comparação com o primeiro do ano. O resultado, divulgado nesta sexta-feira (29) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), leva em conta todas as riquezas produzidas pelo País.

O instituto também aproveitou para revisar a divulgação do resultado referente ao primeiro trimestre do ano, que passou de 0,2% para -0,2%, o que caracteriza que o Brasil agora se encontra em uma recessão técnica, situação na qual a economia encolhe por dois trimestres seguidos.

Apesar das duas quedas seguidas, no acumulado dos quatro últimos trimestres, houve crescimento de 1,4% em relação aos quatro trimestres anteriores.

Em valores correntes, a produção das riquezas do País alcançou R$ 1,27 trilhão no segundo trimestre, sendo R$ 1,1 trilhão referentes ao valor adicionado a preços básicos e R$ 183,7 bilhões aos Impostos sobre Produtos líquidos de Subsídios.


No primeiro semestre de 2014, o PIB apresentou crescimento de 0,5% em relação a igual período de 2013. Nesta base de comparação, o destaque ficou para o desempenho da Agropecuária (1,2%) e dos Serviços (1,1%). A Indústria, por sua vez, sofreu queda de 1,4%.

Setores 

A agropecuária teve variação positiva de 0,2%, enquanto a indústria (-1,5%) e os Serviços (-0,5%) recuaram. Na comparação com o segundo trimestre de 2013, o PIB teve queda de 0,9%, sendo que a agropecuária permaneceu estável (0,0%), a indústria teve recuo (-3,4%) e os serviços variaram 0,2%.

Dentre os subsetores da Indústria, apenas a Extrativa mineral cresceu (3,2%). A Indústria de Transformação (-2,4%), Construção Civil (-2,9%) e Eletricidade e Gás, Água, Esgoto e Limpeza Urbana (-1,0%) apresentaram queda em relação ao trimestre anterior.

Já nos Serviços, o recuo foi puxado pelo desempenho negativo observado no Comércio (-2,2%) e em Outros Serviços (-0,8%). Os serviços de administração, saúde e educação pública (0,1%) e transporte, armazenagem e correio (0,0%) mantiveram estabilidade em relação ao trimestre imediatamente anterior.

Pela ótica do gasto, o resultado negativo do PIB foi puxado pelas quedas da Formação Bruta de Capital Fixo (-5,3%) e da Despesa de Consumo da Administração Pública (-0,7%).

DA SÉRIE: CÁ ENTRE NÓS - 29/08/2014


CÁ ENTRE NÓS HEIN! NÃO TEM NADA MAIS FORA DE MODA DO QUE ESSA EXPRESSÃO: "LUTAR CONTRA OS PODEROSOS"

ISSO JÁ VIROU ATÉ RETÓRICA.

TEM ALGUMAS COISAS QUE ESTÃO SENDO POSTADAS NAS REDES SOCIAIS QUE NEM BEIRA MAIS O RIDÍCULO, CAIU NO PRECIPÍCIO MESMO.

NÃO ADIANTA, TODOS SÃO CULPADOS DA "M" QUE ESTÁ POR VIR.

DICA TARAUACÁ NOTÍCIAS - CINCO TÉCNICAS DE CONTROLE DE PRAGAS PARA HORTAS ORGÂNICAS

Remova ervas daninhas, prepare seu próprio pesticida e faça armadilhas para as pragas indesejáveis


ecycle - As pessoas que possuem um jardim orgânico costumam pensar na própria saúde e no meio ambiente na hora de montá-lo. Porém, é preciso dar continuidade a esse pensamento na hora de combater as pragas -  há uma série de técnicas que podem ajudar sem causar danos ambientais.

Confira algumas delas:

• Limpeza

A limpeza e a manutenção do jardim feitas regularmente é a melhor maneira para preservar as plantas e obter o melhor crescimento das mesmas. Verifique se o local está livre de plantas infectadas e, caso não esteja, descarte-as. Isso ajuda na prevenção e combate das pragas prejudiciais.

Remova as ervas daninhas, pois esse é o lugar ideal para o crescimento de parasitas. Procure regar as plantas de manhã cedo para que o excesso de água seque durante o dia. Tente molhar o solo e não as folhas, já que assim elas ficam mais propensas a danos causados por fungos.

• Sombrite

A tela de sombreamento ou o “sombrite” é o método mais comum e muito eficaz para o controle de pragas. Elas são feitas de material leve, permeável, de polipropileno ou de poliéster. Podem ser apoiadas por aros de arames fincados no solo para obter uma cobertura de proteção firme ou simplesmente são deixadas soltas em cima das plantas.

• Pesticida natural

Alho, cebola, manjericão, alecrim e lavanda são consideradas formas naturais para a produção de alguns odores repulsivos. Sendo assim, você pode usar essas técnicas naturais para o controle de parasitas enquanto a infestação no seu jardim não se espalhou para uma grande extensão.

• Armadilhas adesivas

São feitas com um material rígido, revestidas com cores específicas e possuem uma substância pegajosa para a captura. Obtêm melhor resultado quando usadas de acordo com o grau de infestação e a espécies de praga. A colocação dessas armadilhas deve ser feita após consultar um profissional.

• Inseticidas caseiros

O uso deste inseticida requer cuidado, pois só funciona quando aplicado sobre os parasitas e, às vezes, pode ocorrer de queimar as folhas das plantas. Por isso, teste sobre uma pequena plantação antes de aplicar em toda a sua horta. Aí vai a receita:

Misture uma colher de sopa de sabonete e uma xícara de óleo com 500 ml de água em um borrifador. Mescle bem esses ingredientes e borrife diretamente nos insetos. Esteja certo de que as partes inferiores das folhas estejam livres deles, pois é um lugar costumeiro para os mesmos.

Ao usar essas técnicas fáceis para se livrar de pragas, certifique-se de não estar eliminando plantas ou bichinhos que são benéficos para a sua horta orgânica.

TUDO O QUE ESTÁ AQUI É PARA NOSSO USO, NÃO PARA NOSSO ABUSO - É MELHOR COMEÇAR A CONSCIENTIZAR ESSE POVO


QUEIMADAS VISTAS POR SATÉLITES

28/08/2014

UTILIDADE PÚBLICA - CACHORRINHO DE ESTIMAÇÃO DESAPARECIDO


PROCURA-SE ! 

Esse é meu cachorro ele sumiu há três dias, não voltou até agora. Por favor, se alguém tiver visto ele entre em contato pelo telefone 9996-0929.

Ele está sem roupinha e sem coleira, o nome dele é Pyter.

Recompensa-se para quem o encontrar.

Lis Aragão

INSEGURANÇA NA CAPITAL: BANDO ARMADO INVADE CASA, MATA ADOLESCENTE E DEIXA 2 FERIDOS


Os criminosos só não atiraram na mãe por falta de munição.

Adolescente morreu após ser atingida por um tiro/Foto: Arquivo Pessoal

Kellyton Lindoso - Mais um crime bárbaro foi registrado em Rio Branco. Na madrugada desta quinta-feira (28), bandidos invadiram a residência do servidor público Aldecy Freitas da Silva, de 54 anos, e assassinaram sua filha adolescente de 15 anos, identificada por L.S.F., e atiraram em seu outro filho, Lucas de Souza Freitas, 19 anos, estudante de medicina da Universidade Federal do Acre (Ufac).

O crime aconteceu por volta das 2 horas da madrugada. Informações preliminares cedidas pela polícia, pai, mãe e filhos estavam dormindo quando foram surpreendidos por um bando de três homens não identificados que arrombaram a fechadura da porta da frente.

Os bandidos, então, invadiram a casa e renderam a filha caçula de 15 anos que, ao ser imobilizada, conseguiu correr para o quarto, mas acabou sendo atingida por um tiro nas costas. Ela morreu na hora.

Com o barulho, o pai foi até a sala e foi recebido com dois tiros, que atingiram o tórax e o braço esquerdo. O irmão mais velho também foi até a sala e também foi atingido com um tiro no tórax. Os criminosos só não atiraram na mãe por falta de munição.

Ao perceberem que a tentativa de assalto foi frustrada, o grupo se evadiu da casa e um veículo prata, modelo Classic.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e encaminhou pai e filho para o Pronto Socorro de Rio Branco às pressas. Informações dão conta de que Aldecy e Lucas passaram por procedimento cirúrgico e não correm risco de morte.

Imagens de uma câmera de segurança instalada na casa de vizinhos das vítimas irão ajudar a polícia nas investigações.

Artigo relacionado:
Polícia prende acusados de matar adolescente e atirar contra pai e filho

DA SÉRIE: COLUNAS DO EDBAR - HUMOR

EDUCAÇÃO BRASILEIRA SÓ SERÁ BOA QUANDO GARANTIR A TODOS O DIREITO DE APRENDER


Quando o governante determina onde o aluno vai estudar mas não assegura um padrão minimo de qualidade no ensino, ele cria dois problemas


Ensino fundamental (Thinkstock/VEJA)

 João Batista Araujo e Oliveira -  A maioria dos prefeitos determina em qual escola o aluno deve estudar. Isso se dá quase sempre em função do local de residência. É um critério baseado na eficiência com o objetivo de reduzir transtornos e custos com transportes. Esse critério também permite racionalizar a rede de escolas. Até aí, tudo bem.

O problema começa quando aparecem os resultados. Sempre que os dados de avaliações nacionais são divulgadas, é possível notar que as redes são desiguais. Ou seja, a avaliação de 5º ano de língua portuguesa da Prova Brasil, por exemplo, mostra que existem escolas com 150 pontos, enquanto outras atingem 250 pontos. Isso significa que, quando o prefeito determina onde o aluno vai estudar mas não assegura um padrão minimo de qualidade, ele cria dois problemas.


Primeiro, como normalmente as piores escolas estão nos lugares mais carentes, os alunos que mais precisam de escola boa são os mais prejudicados, aumentando as desigualdades socais. Segundo, ao obrigar o aluno a frequentar uma determinada escola em que a qualidade não é garantida, o prefeito tira do cidadão o direito de buscar um futuro melhor.

Esse problema existe em todo mundo, mas há duas diferenças importantes que sugerem caminhos. A primeira é que o nível de desigualdades no Brasil é muito maior do que em outros países, e a quantidade de pessoas nos níveis mais baixos da escala socioeconômica é muito grande. Isso faz com que, em tese, a maioria dos alunos das escolas públicas tenha uma escola igualmente péssima. Na prática não é bem assim, pois cada diferença de 10 pontos na prova Brasil melhora significativamente as chances dos alunos.

A outra diferença é que o padrão de qualidade do ensino nas escolas que atendem as populações carentes na maioria dos países desenvolvidos é muito semelhante – apesar de nem sempre as escolas conseguirem dar o atendimento adequado aos alunos.  

Os dados do Pisa ilustram bem esse argumento. Quando se analisa separadamente o desempenho do grupo de alunos mais pobres, uma décima parte do universo de estudantes brasileiros, vê-se que a pontuação média na prova de língua portuguesa é de 340. Os dois grupos da extremidade oposta — os 20% mais ricos, portanto — têm desempenho entre 420 e 470 pontos. Mesmo com uma pontução superior à obtida pelo grupo dos mais pobres, a nota dos mais ricos ainda se encontra aquém da média dos alunos dos países da OCDE (que reúne as nações mais desenvolvidas do mundo), que é de 500 pontos.

O que os dados mostram é que um sistema de baixa qualidade é ruim para todos, mas é ainda pior para os mais pobres, pois esses ficam com suas chances cada vez mais reduzidas.

O desafio proposto pelo Prêmio Prefeito Nota 10 consiste em alterar situação: sempre haverá melhores e piores, sempre haverá escolas que se distinguem e escolas com resultados piores. Mas a pior escola deve ser muito parecida com a melhor, no sentido de assegurar a cada aluno o seu direito de aprender e um padrão de ensino de boa qualidade. E isso requer novas políticas, novas práticas e novas formas de administrar a educação no município.

João Batista Araujo e Oliveira é presidente do Instituto Alfa Beto

DA SÉRIE: TUDO SOBRE O GLP 'GÁS DE COZINHA' COMO FAZER UMA COMPRA SEGURA DE BOTIJÃO?

No momento da compra o consumidor deve sempre estar atendo aos seguintes pontos: observar a uniformização do entregador, caracterização do veículo e se o botijão está com o lacre e etiqueta da mesma empresa do entregador, veículo e a marca em relevo no botijão. Em caso de dúvida com relação ao peso do botijão não tire o lacre e ligue para o seu distribuidor.

MÁRCIO BITTAR PROMETE VALORIZAR POLICIAIS, NÃO BANDIDOS



AC24HS/Da editoria de política, com informações da assessoria do candidato - “Vou valorizar a polícia no meu governo e não bandidos”, prometeu, caso seja eleito, nesta quarta-feira, 27, o candidato ao governo do Acre, Marcio Bittar (PSDB), da Coligação por Um Acre Melhor, a moradores do bairro Plácido Castro, na Baixada da Sobral. Ele fez caminhada na região para prestigiar a inauguração do comitê de propaganda do candidato Daniel do Sintesac (PSDB).

Ao caminhar por uma das regiões mais violentas de Rio Branco durante a manhã, o candidato Marcio Bittar se deparou com cenas que lhe chamaram a atenção: as grades de ferro nas portas e janelas das residências e estabelecimentos comerciais. Das pessoas ouviu a mesma reclamação, a de que está quase impossível sobreviver à traquinagem de meliantes.

Diante da situação o candidato garantiu que, se for eleito, a partir de 2015, a polícia ganhará uma nova roupagem, primeiro na filosofia de trabalho, que começará pela valorização do cidadão que sai de casa fardado para defender a sociedade, o agente. “A polícia será bem tratada pelo meu governo. Polícia é polícia, bandido é bandido. E é assim que vai ser. Os bandidos precisam respeitar a polícia, ter medo”, disse o candidato.

Em segundo lugar, as polícias serão equipadas com tecnologia, fardamento, além da melhora no ambiente de trabalho. “Fui no quartel do Bope e fiquei com vergonha do ambiente onde nossos policiais de elite trabalham. O teto está caindo. Vamos mudar isso. Os agentes penitenciários não tem farda. Vamos mudar também”, disse.

Marcio Bittar acha que o modo como a esquerda, que governa o Acre e o Brasil, trata a segurança pública é totalmente equivocado. “A esquerda acha que todo bandido é uma vítima da sociedade. Isso não é verdade. Tem gente bem criada, de família boa, que vira bandido. Então bandido terá tratamento da lei”, afirmou.

Segundo o candidato, outra demonstração de desrespeito que o governo do PT demonstra com as polícias está no orçamento. Na propaganda, por exemplo, o governo do Acre investe praticamente o dobro de dinheiro em relação às polícias Civil e Militar. “Não é possível governar gastando mais com propaganda que com polícia. E eu vou mudar isso. Vamos investir na moral da tropa dando a ela condições de trabalho”, garantiu.

O candidato a governador tucano também anunciou que fará concurso público para as policias Militar, Corpo de Bombeiro e Civil. Há uma defasagem grande, ainda segundo estudos de 2008. “Vamos fazer os concursos e melhorar os quarteis e outros locais de trabalho deles, porque isso é um passo importante no combate à violência”, garantiu Bittar.

Durante a tarde o candidato a governador gravou programas de rádio e televisão, concedeu entrevista ao jornal espanhol El País e à noite prestigiou reuniões de candidatos proporcionais. Nesta quinta-feira, cedo viaja para o interior onde cumpre agenda em Feijó, Tarauacá, Cruzeiro do Sul e Porto Walter.